Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Polaridadedasmolculaseforasintermoleculares 101024102915-phpapp02

591 views

Published on

  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Polaridadedasmolculaseforasintermoleculares 101024102915-phpapp02

  1. 1. Polaridade das moléculas e Forças Intermoleculares Autor: Rosbergue Lúcio
  2. 2. • O álcool se mistura à água. O óleo não se mistura à água. Será isso um simples capricho da natureza? A Química explica.
  3. 3. Conceitos gerais • Numa ligação covalente os elétrons são compartilhados por dois átomos que se ligam: • Em átomos diferentes: O Cloro atrai o par eletrônico para si. Por isso, dizemos que o Cloro é mais eletronegativo que o hidrogênio e que a ligação covalente está polarizada.
  4. 4. Conceitos gerais • Evidentemente, quando os dois átomos são iguais como na figura abaixo, não há razão para um átomo atrair um par eletrônico mais do que o outro. As moléculas neste caso são apolares.
  5. 5. Conceitos gerais Eletronegatividade É a "força" que o átomo tem de capturar elétrons dos outros para si.
  6. 6. Ligações polares e apolares • Ligações apolares: apresentam diferença de eletronegatividade (Δ) igual a zero (ou muito próximo de zero).Exemplos: Cl – Cl 3,0 – 3,0 F – F 4,0 – 4,0 Eletronegatividade: Δ = 3,0 – 3,0 = 0 Δ = 4,0 – 4,0 = 0
  7. 7. Ligações polares e apolares • Ligações polares: apresentam diferença de eletronegatividade (Δ) diferente de zero Exemplos: H – Cl 2,1 – 3,0 I – F 2,5 – 4,0 Eletronegatividade: Δ = 3,0 – 2,1 = 0,9 Δ = 4,0 – 2,5 = 1,5 Essa ligação é mais polar que a anterior
  8. 8. Momento dipolar resultante (μr) • Teoricamente, a determinação da polaridade de uma molécula é feita pela soma dos vetores de polarização de todas as ligações da molécula. A resultante é denominada momento dipolar resultante (μr). Enfatizando: o momento dipolar resultante (μr) depende da eletronegatividade dos elementos participantes da ligação e da geometria molecular. Veja o próximo slide.
  9. 9. Momento dipolar resultante (μr) • Essa determinação é feita considerando os vetores momento dipolo de cada ligação. Veja os exemplos a seguir:
  10. 10. Fórmula Molecular Geometria μr Polaridade da molécula
  11. 11. Solubilidade X Polaridade
  12. 12. Solubilidade X Polaridade A análise dos experimentos permite a seguinte conclusão: • Substância • Substância • Substância apolar. • Substância polar. polar dissolve substância polar. apolar dissolve substância apolar. polar não dissolve substância apolar não dissolve substância Regras! Há exceções!
  13. 13. Forças Intermoleculares
  14. 14. A capacidade das lagartixas em escalar praticamente qualquer superfície, se dá através da interação de forças intermoleculares, que ocorrem entre a superfície e as patas do animal.
  15. 15. Conceitos gerais • Só faz sentido falar em ligações intermoleculares para os estados líquido e sólido, pois no estado gasoso (ideal) as moléculas estão isoladas. • As forças atrativas intermoleculares podem ser classificadas em: – interação dipolo permanente-dipolo permanente; – interação dipolo induzido-dipolo induzido ou forças de dispersão de London; – ponte de hidrogênio ou ligação de hidrogênio.
  16. 16. Forças (ou ligações) de Van der Waals (ou de London) • Ocorrem em qualquer tipo de molécula, sendo o único tipo de força entre moléculas apolares; • Mesmo sendo apolar, a molécula contém muitos elétrons, que se movimentam rapidamente. Pode acontecer, num dado instante, de uma molécula estar com mais elétrons de um lado que do outro; essa molécula estará, então, momentaneamente polarizada; Não confunda ligação covalente (interatômica) com ligação intermolecular.
  17. 17. Forças (ou ligações) dipolo-dipolo • As moléculas polares constituem dipolos permanentes. Quando estão nos estados sólido e líquido, as substâncias formadas por moléculas polares orientam-se de forma que o pólo positivo de uma fica voltado para o negativo da outra.
  18. 18. Pontes de hidrogênio • Um caso extremo de atração dipolo-dipolo ocorre quando temos o hidrogênio ligado a átomos pequenos e fortemente eletronegativos, especialmente o flúor, o oxigênio e o nitrogênio. • DICA: Flúor, Oxigênio e Nitrogênio (FON);
  19. 19. Água Líquida x Gelo O gelo tem as suas moléculas arrumadas numa grade cristalina espacial, organizada e mais espaçada do que a água líquida. Por esse motivo o gelo é menos denso que a água no estado líquido.
  20. 20. Pontes de hidrogênio • Outra consequência importante das pontes de hidrogênio existentes na água é sua alta tensão superficial.
  21. 21. Resumo de Forças Intermoleculares
  22. 22. Por hoje é só. Bons estudos e até a próxima!!.

×