Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação implantando um erp com sucesso

9,118 views

Published on

  • Be the first to comment

Apresentação implantando um erp com sucesso

  1. 1. Implantando um ERP com sucesso Sistemas de Gestão Integrada - ERP Juliana Maria Lopes Alexandre Moya João Roberto Magazoni 27LI – Julho 2005
  2. 2. Conceito ERP é definido como uma arquitetura de software que facilita o fluxo de informações entre todas as atividades da empresa como fabricação, logística, finanças e recursos humanos. É um sistema amplo de soluções e informações. Um banco de dados único, operando em uma plataforma comum que interage com um conjunto integrado de aplicações, consolidando todas as operações do negócio em um simples ambiente computacional.
  3. 3. <ul><li>Etapas de Implantação </li></ul><ul><li>Levantamento dos Processos e Necessidade da Empresa </li></ul><ul><li>Análise de aderência dos sistemas e tecnológica </li></ul><ul><li>Definição da equipe e Desenvolvimento do Cronograma de Implantação </li></ul><ul><li>Necessidade de Customização, Importação de Dados e Parametrizações </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de Material de apoio ao projeto </li></ul><ul><li>Testes Integrados </li></ul><ul><li>Treinamento de Usuários </li></ul><ul><li>Produção e Acompanhamento </li></ul><ul><li>Acertos e Ajustes necessários </li></ul>
  4. 4. Levantamento de Processos e Necessidade da Empresa É a primeira tarefa a ser realizada em uma implantação de ERP. Estes processos ajudam na implantação, pois são eles que direcionam os consultores para a parametrização do ERP . É neste momento, que a diretoria tem que tomar a decisão da compra ou desenvolvimento do ERP e conseguir visualizar este novo sistema para os próximos 10 ou 20 anos, com uma visão de administração e com uma melhor ferramenta nas tomadas de decisões.
  5. 5. Análise de Aderência dos Sistemas e Tecnológica Momento que as fornecedoras de ERP conseguem vender a idéia de funcionamento do sistema, ou seja, necessidade da empresa à funcionalidade do software. Etapa de planejamento e aquisição de servidores, banco de dados, processos, rotinas de backup, rotinas online e offline.
  6. 6. Definição da Equipe e Desenvolvimento do Cronograma Gerente de sistema define os líderes e usuários chaves de cada área ou módulo a ser implantado. O Desenvolvimento do cronograma de implantação deverá ser escrito com o auxilio do fornecedor. O tempo de desenvolvimento de todo o processo levará em torno de 6 meses a 24 meses .
  7. 7. Necessidade de Customização, Importação de Dados e Parametrizações Fase em que a fornecedora, após levantar a maioria das informações, detalhes e processos, inicia as variações no sistema de acordo com as necessidades do cliente. Na fase de importação de dados, a identificação os dados que deverão ser importados ao banco de dados do ERP e o estudo da consistência destes são realizados. Após o desenvolvimento de customizações, inicia-se as parametrizações do sistema, criação de tabelas obrigatórias para o funcionamento do ERP.
  8. 8. Desenvolvimento de Material de Apoio ao Projeto Este material demonstra qual a importância da implantação do ERP e como ficará a empresa após o processo. Documentação de extrema importância para a empresa já em produção com o sistema, pois serve como direcionador para os novos funcionários.
  9. 9. Testes Integrados É neste momento que a empresa tem uma idéia superficial de como vai ficar a sua gestão após o ERP, desde que os testes tenham início, meio e fim. O objetivo dos testes integrados é medir o tempo dos processos e tentar visualizar o sistema em produção. Os testes integrados visão também a correções de falhas, para que não haja ocorrência de erros na efetiva operação.
  10. 10. Treinamento de Usuários Fase de reeducação de seus colaboradores para os novos procedimentos e atividades implantadas. O treinamento de usuários dará a empresa melhores índices de produtividade, um vez que ocorreram menos erros de utilização do produto.
  11. 11. Produção e Acompanhamento É na entrada em operação é que conheceremos o funcionamento do ERP em produção. É neste momento que iremos rever os processos, criar novos processos para o dia-a-dia dos funcionários da empresa, desde a entrada de uma mercadoria até a expedição.
  12. 12. Acertos e Ajustes Necessários Em todas as implantações após a virada existem acertos e ajustes no ERP, desde acertos em máscaras de variáveis, ajustes em customizações e até relatórios completos. O ideal é manter um consultor de desenvolvimento acompanhando pelo menos 15 dias após a virada. Para os consultores de parametrização é ideal mantê-los no mínimo uma semana.
  13. 13. <ul><li>Referências de Pesquisa </li></ul><ul><li>http://www.eanbrasil.org.br/servlet/ServletContent?requestId=31&id:press=84&id:classificationpress=2., A tecnologia e o Futuro, 17/12/2004. </li></ul><ul><li>http://www.lticonsultoria.com.br/artigo_09_r.html , Implantação de ERP, Rodrigo Sant'anna. </li></ul><ul><li>http://www.lticonsultoria.com.br/artigo_01_ma.html, Implantando novos conceitos de gestão, Marco Aurelio Meda. </li></ul><ul><li>http://www.xwz.com.br/xwz/modules.php?name=Content&pa=showpage&pid=19, Implantação de ERP Sucesso na implantação depende da gestão do projeto e da administração da mudança. </li></ul>

×