FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                         NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES                                           ...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                         NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES   •   As inscrições deverão ser transcrita...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                         NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES                                           ...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                       NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESAs categorias de pesos atenderão aos limites ...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                        NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES                                         CAP...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                        NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 36 – Nos campeonatos copas e festivais ...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                        NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES                                         CAP...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                         NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES                                         CA...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                         NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES                       SELETIVA ESTADUAL – ...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                         NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 77 – O Campeonato Baiano 2011 será uti...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                        NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 87 - Atletas, técnicos e dirigentes que...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                        NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES§ - Para as Agremiações convidadas, de outro...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                            NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESII - Disponibilizar local adequado para ...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                         NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 104 - Fornecer relação de hotéis e pou...
FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ                        NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESXI - Todos deverão portar escudos de suas ag...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Regulamento normas gerais

3,118 views

Published on

Regulamento de Normas Gerais da Febaju para o ano de 2011

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Regulamento normas gerais

  1. 1. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES CAPÍTULO I DAS FINALIDADESArt. 1 - O presente Regulamento visa disciplinar a participação dos clubes filiados nas competiçõesoficiais previstas no Calendário da Federação Baiana de Judô, estendendo-se sua aplicação atodos os eventos a nível estadual, regional ou nacional, adaptado ao que for necessário.Art. 2 - Serão consideradas promoções oficiais da Federação Baiana de Judô, as constantes docalendário, que constitui parte integrante do presente regulamento.Art. 3 - Fixar e definir atribuições e responsabilidade dos árbitros, mesários e diretores daFederação Baiana de Judô, atletas no decorrer das competições programadas pela entidade, emcomplementação ao Estatuto da Federação Baiana de Judô.Art. 4 - Estabelecer rotinas a serem observadas em todas as competições e seletivas, que nãosejam regidas por regulamento próprio. CAPÍTULO II DAS CONDIÇÕES DE EXECUÇÃOArt. 5 - As datas e locais das competições oficiais serão elaboradas pela Federação Baiana deJudô, a qual se reserva o direito de determinar em definitivo, os dias e locais, após obtidas asconfirmações necessárias, bem como o direito de modificar o calendário de acordo com anecessidade e possibilidade de execução.Art. 6 - Os campeonatos e festivais estaduais serão realizados nas seguintes classes (Masculino eFeminino): • Sub-13 anos (11/12 anos); • Sub-15 anos (13/14); • Sub-17 anos (15/16 anos); • Sub-20 anos (17/19 anos); • Sub -23 (+15 a 22 anos); • Sênior (+15 anos); • Máster/Veteranos (+ de 30 anos) CAPÍTULO III DAS INSCRIÇÕES DE FILIADOSArt. 7 - Para participar dos campeonatos e seletivas, os filiados deverão satisfazer as seguintescondições: • Encaminhar à FEBAJU, com antecedência de 08 dias da data marcada para o início da competição, ou até a sexta-feira da semana anterior às 17h, a inscrição de seus atletas nas competições realizadas pela FEBAJU; • Terem todos os componentes da agremiação a carteira da FEBAJU/CBJ atualizada; • Estar, clube, associação ou agremiação, em dias com suas obrigações junto a FEBAJU; • Não estar cumprindo punições; 1
  2. 2. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES • As inscrições deverão ser transcritas em letra de forma, bem legíveis ou digitada contendo nome do evento, data e nome da agremiação, com número de registro do atleta nome do atleta, classe, categoria, peso e graduação, tudo em ordem cronológica, conforme modelo em anexo; • Estar com toda a documentação regularizada na FEBAJU; • Não será aceita inscrição por telefone, só via fax, e-mail ou comparecendo a sede da FEBAJU;Art. 8 - Obriga-se, o clube ou agremiação, a apresentar atestado médico individual ou coletivo, emque conste o(s) atleta(s) em pleno gozo de suas faculdades físicas e mentais e em condições departicipar do evento.Art. 9 - Obriga-se ao diretor técnico do clube ou agremiação a apresentar termo de isenção ouresponsabilidade devidamente assinado no qual isenta a Federação Baiana de Judô de qualquerculpa por acidente ocorrido com seus atletas durante a realização do evento ficando a FEBAJUresponsável pelo atendimento médico.Art. 10 - A cada clube ou agremiação cabe o direito de inscrever vários atletas em cada categoriade peso, em cada classe, de acordo com a tabela de pesos constantes no presente Regulamento. CAPÍTULO IV DAS INSCRIÇÕES DOS ATLETASArt. 11 - Para participar de qualquer campeonato ou seletiva deverá o atleta estar inscrito nocadastro da FEBAJU, até 08 (oito) dias antes da competição, apresentando, na hora da pesagem,a carteira de atleta com a anuidade paga, e documento de identidade com foto (não será aceitaCertidão de Nascimento).Art. 13 - A idade do atleta será aferida tomando-se por base o ano de nascimento, independentedo dia e do mês.Art. 14 - Será permitida a participação de atleta da classe juvenil em campeonato baiano júnior eSenior e do atleta júnior em campeonato baiano Senior. No caso de menores de 18 anos, exige-sea apresentação de autorização específica, assinada pelo pai ou responsável legal e devidamenteabonada pelo professor. O não cumprimento impede o atleta de participar do evento.Art. 15 - Na ficha de inscrição, para as categorias individuais, deverá ser especificada a categoriade peso e graduação que o atleta irá disputar. O atleta só poderá participar na categoria de pesoem que foi inscrito.Art. 16 - A inscrição do atleta para participar da Seletiva para Olimpíadas Escolares eUniversitárias deverá ser feita em formulário específico com o timbre daEscola/Colégio/Universidade, constando a relação nominal dos atletas e técnico, bem como aassinatura do diretor do Estabelecimento de Ensino ou responsável pelo Departamento deEducação Física. 2
  3. 3. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES CAPÍTULO V CAMPEONATO BAIANO POR EQUIPEArt. 17 - Na competição por equipe, cada representação deverá ser composta no mínimo 03 (três)e no Maximo 10 (dez atletas).Art. 18 - Na competição por equipe poderá haver substituição após cada confronto.Art. 19 - Nas Competições Por Equipe a Escalação dos atletas deverá obedecer ao seguinte:- 1º Combate - atletas das categorias, super ligeiro, ligeiro e meio leve;- 2º Combate - Atletas das categorias, ligeiro, meio leve e leve;- 3º Combate - Atletas das categorias, meio leve, leve e meio médio;- 4º Combate - Atletas das categorias, leve, meio médio e médio;- 5º Combate - Atletas das categorias, meio médio, médio, meio pesado e pesado; CAPÍTULO VI DA PESAGEM, CATEGORIAS DE PESO E FAIXA ETÁRIAArt. 20 - A pesagem dos atletas será efetuada em local e hora determinada, de acordo com aFEBAJU e não deverá ficar a mais de 24 horas nem a menos de uma hora do previsto para o inícioda competição.Art. 21 - Uma hora antes do início da pesagem oficial, a balança deverá estar instalada e àdisposição dos atletas para pesagem livre.Art. 22 - O atleta será pesado de roupa íntima ou nu, ser for necessário.Art. 23 - O atleta só poderá competir na categoria em que estiver inscrito e não confirmado o pesode sua inscrição será eliminado do evento.Art. 24 - A responsabilidade total pela pesagem será da comissão de pesagem, composta de, nomínimo, dois membros e designada no dia do sorteio das chaves, por indicação do Diretor Técnico,observando-se comissão feminina e masculina.Art. 25 - A pesagem do atleta será apenas para confirmar o peso em que foi inscrito.Art. 26 - No recinto da pesagem somente poderão entrar as seguintes pessoas: a) Diretor Técnico da Federação Baiana de Judô b) Os membros da comissão de pesagem, designados pelo Diretor Técnico. c) Atleta chamado para a pesagemArt. 27 - As categorias de peso e faixa etária para as competições realizadas ou autorizadas pelaFEBAJU atenderão aos limites mínimos e máximos estabelecidos na tabela em anexo:Art. 28 – Será obrigatório a apresentação da carteira da FEBAJU ou documentação oficial comfoto. A não apresentação da documentação necessária ocorrerá a desclassificação do atleta dacompetição. 3
  4. 4. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESAs categorias de pesos atenderão aos limites mínimos e máximos estabelecidos na tabela abaixo: MASCULINO SUB-13 SUB-15 SUB-17 SUB-20 SÊNIORCATEGORIAS/ 11/12 anos 13/14 anos 15/16 anos 15 a 19 anos A partir deCLASSES 15 anosS. LIGEIRO - 28 Kg Até 36 Até 51 Até 55 Até 55LIGEIRO - 31 Kg +36/ 40 +51/55 +55/60 +55/60MEIO LEVE - 34 Kg +40/44 +55/60 +60/66 +60/66LEVE - 38 Kg +44/48 +60/66 +66/73 +66/73MEIO MÉDIO - 42 Kg +48/53 +66/73 +73/81 +73/81MÉDIO - 47 Kg +53/58 +73/81 +81/90 +81/90MEIO PESADO - 52 Kg +58/64 +81/90 +90/100 +90/100PESADO + 52 Kg +64 +90 +100 +100 FEMININO SUB-13 SUB-15 SUB-17 SUB-20 SÊNIORCATEGORIAS/ 11/12 anos 13/14 anos 15/16 anos 15 a 19 anos A partir deCLASSES 15 anosS. LIGEIRO - 28 Kg Até 36 Até 40 Até 44 Até 44LIGEIRO - 31 Kg +36/ 40 +40/44 +44/48 +44/48MEIO LEVE - 34 Kg +40/44 +44/48 +48/52 +48/52LEVE - 38 Kg +44/48 +48/52 +52/57 +52/57MEIO MÉDIO - 42 Kg +48/53 +52/57 +57/63 +57/63MÉDIO - 47 Kg +53/58 +57/63 +63/70 +63/70MEIO PESADO - 52 Kg +58/64 +63/70 +70/78 +70/78PESADO + 52 Kg +64 +70 +78 +78 A idade do atleta é aferida pelo ano de nascimento, independente do mês e dia.CLASSE IDADESUB-13 11 E 12 ANOSSUB-15 13 E 14 ANOSSUB-17 15 E 16 ANOSSUB-20 15 A 19 ANOSSUB -23 A PARTIR DE 15 ATÉ 22 ANOS * mesma tabela do SêniorSÊNIOR A PARTIR DE 15 ANOSMASTER/VETERANOS A PARTIR DE 30 ANOS * mesma tabela do Sênior 4
  5. 5. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES CAPÍTULO VII DO CONGRESSO TÉCNICOArt. 29 - O Congresso Técnico será realizado com o prazo máximo de 72 horas, e prazo mínimo de12 horas antes do início da Competição, na sede da FEBAJU ou em outro local informadopreviamente, a partir das 09 horas.Art. 30 – Poderá participar do Congresso Técnico os representantes de Clubes, Associações ouAgremiações inscritas na competição, embora seja ele realizado com qualquer número derepresentantes presentes no horário estabelecido.Art. 31 - No Congresso Técnico serão discutidos os assuntos constantes na agenda elaboradapelo Diretor Técnico, da qual constarão, obrigatoriamente, além de assuntos de ordem levantadospelos representantes das associações, os seguintes itens: • Confirmação das inscrições; • Correção definitiva das inscrições; • Sistema de apuração; • Sorteio das chaves; • Identificação dos representantes dos clubes ou associações. CAPÍTULO VIII DO SISTEMA DE APURAÇÃO PARA CLASSIFICAÇÃO Art. 32 - Quando o número de competidores na categoria de peso for inferior a seis atletas, o sistema de apuração será o “RODIZIO” (1 CONTRA TODOS) Art. 33 - Para a classificação e desempate entre os atletas serão obedecidos os seguintes critérios: I - Número de vitorias; II - Contagem de ponto conforme a seguinte tabela: A – Vitoria por IPPON ou equivalente 10 pontos B – Vitorias por WAZA-ARI ou equivalente 07 pontos C – Vitoria por YOKO ou equivalente 05 pontos E - Vitoria por YUSEI-GASHI ou equivalente 01 ponto III - Confronto direto pelos atletas empatados; IV - Permanecer o empate haverá novo confronto para os atletas empatados.Art. 34 - Persistindo o empate, após a contagem de pontos, será levado em consideração oresultado do confronto direto, para o desempate entre os dois competidores.Art. 35 - Quando o número de competidores em cada categoria de peso, for igual ou superior aseis, a apuração será feita pelo sistema de eliminatória com repescagem entre os perdedores dossemi-finalistas (sistema olímpico) nos campeonatos baianos e seletivas. 5
  6. 6. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 36 – Nos campeonatos copas e festivais em que o numero de competidores em cadacategoria de peso for superior a 06 o sistema de apuração será feito pelo sistema de eliminatóriasimples sem repescagem sendo considerados 3º colocados os perdedores dos finalistas.Art. 37 - Para efeito de classificação dos clubes será considerado a contagem olímpica ganhará aequipe que possuir maior número de primeiro lugar, acontecendo empate o maior nº de segundolugar, permanecendo o empate o maior nº de terceiro lugar e persistindo o empate depois das trêscontagens será pelo nº. de inscrições no evento. CAPÍTULO IX DO CAMPEONATO BAIANO POR EQUIPEArt. 38 - Nas competições por equipes será considerada vencedora aquela que obtiver o maiornúmero de vitórias em cada confronto.Art. 39 - Após a realização do número de combates suficientes para definir a equipe vencedora,o confronto entre as equipes deverá ser encerrado.Art. 40 - A ordem das categorias de peso para o início dos combates deverá ser definida porsorteio.Art. 41 - No caso de empate no número de vitórias, a equipe vencedora será apurada,considerando-se o seguinte critério: A - Vitoria por IPPON ou equivalente 10 pontos B - Vitorias por WAZA-ARI ou equivalente 07 pontos C - Vitoria por YOKO ou equivalente 05 pontos E - Vitoria por HIKI-WAKE embate 00 pontoArt. 42 - Se duas equipes apresentarem o mesmo número de vitórias e pontos, o desempate far-se-á através de um combate extra, com o sorteio entre as categorias de peso empatadas. Casouma das equipes não queira participar do combate extra, a equipe adversária será consideradavencedora por kiken-gashi.Art. 43 - Caso haja empate entre as equipes e não tenha ocorrido empate entre os combates dosatletas, o sorteio para o combate extra, será feito entre todas as categorias de peso disputadas.Art. 44 - Os combates serão considerados Hiki-Wake (empate) quando houver igualdade noplacar.Art. 45 - O sistema de disputa nas competições por equipe, será o de eliminatória, comrepescagem entre os perdedores dos finalistas, sem cruzamento das chaves.Art. 46 - As equipes vencedoras da repescagem serão consideradas terceiras colocadas. 6
  7. 7. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES CAPÍTULO X DA DURAÇÃO DO COMBATEArt. 47 - O tempo de duração de combates obedecerá ao abaixo estabelecido: I - Classe Sênior (M/F) 05 minutos II - Classe SUB 17 (M/F) e Classe SUB 20 (M/F) 04 minutos III - Classe SUB 13 (M/F) e Classe SUB 15 (M/F) e Master/Veteranos (M/F) 03 minutos CAPÍTULO XI DO TEMPO DE OSSAE-KOMIArt. 48 - O tempo de Ossae-Komi para todas as classes e sexo obedecerá ao abaixo estabelecido: I – YOKO 15 segundos ou mais, porém menos de 20 segundos II - WAZA-ARI 20 segundos ou mais, porém menos de 25 segundos III – IPPON Um total de 25 segundos CAPÍTULO XII DAS REGRAS DE ARBITRAGEMArt. 49 - As regras de arbitragem utilizada nos eventos da FEBAJU são as regras oficias da FIJ/Internacional Judô Federation e da Confederação Brasileira de Judô.Art. 50 - Somente atuarão como árbitros nos eventos da FEBAJU os que constarem no quadroestadual e nacional de árbitros com suas obrigações em dia e sem qualquer outro impedimento.Art. 51 - O clube ou agremiação que deixar de incluir um árbitro na sua inscrição, por um motivonão justificável, ficará obrigado ao pagamento de uma taxa equivalente ao valor de 05 (cinco)inscrições.Art. 52 - Sempre antes de cada campeonato será feita uma clínica de arbitragem e logo aoencerramento do mesmo, uma avaliação de desempenho dos árbitros pelo Departamento deArbitragem.Art. 54 - Nos campeonatos das classes Sub-13 e Sub-15 valerão as técnicas de: NAGE-WAZA(projeções) e OSSAE-KOMI-WAZA (imobilizações).Art. 55 - Nos campeonatos das classes Sub-17, Sub-20 e sênior deverão cumprir toda a regra dearbitragem.Art. 57 - Os exames para promoção de árbitros serão realizados nos campeonatos estaduaisnacionais e internacionais de acordo com o Departamento de Arbitragem da FEBAJU.Art. 58 – Será obrigatório o uso dos kimonos azul e branco em todas as competições realizadas naFEBAJU, obedecendo aos critérios da FIJ e CBJ. 7
  8. 8. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES CAPÍTULO XIV DOS TÉCNICOSArt. 59 – Será obrigatório o credenciamento e o uso de Crachás emitidos pela FEBAJU.Art. 60 – As Agremiações poderão credenciar até 03 técnicos por competição.Art. 61 – Os técnicos devem possuir graduação mínima de Faixa-preta 1º DAN (shodan), eestarem com anuidade 2011 atualizada.Art. 62 – O técnico não poderá atuar com o seguinte vestuário: short, bermuda, camiseta, chinelo,sandália e boné. CAPÍTULO XIV CAMPEONATO BAIANOArt. 63 – Participarão do Campeonato Baiano nas seguintes classes Masculinas e Femininas: • Campeonato Baiano SUB-13 (11/12 anos); • Campeonato Baiano SUB-15 (13/14); • Campeonato Baiano SUB-17l (15/16 anos); • Campeonato Baiano SUB-20 (17/19 anos); • Campeonato Baiano Sênior (+15 anos); • Campeonato Baiano Sub -23 (+15 a 22 anos); • Campeonato Baiano de Iniciantes (Até a faixa verde - 3º kyu) • Campeonato Baiano Dangai (faixa roxa e faixa marrom - 1º kyu); • Campeonato Baiano de Faixas-pretas (Sênior e Máster) • Campeonato Baiano Absoluto (Sênior); • Campeonato Baiano Por equipes (Sênior); • Campeonato Baiano de Kata; • Campeonato Baiano Máster/Veteranos (+ de 30 anos)Art. 64 – Nos Campeonatos Baianos de Iniciantes e Dan-gai participarão as classes SUB-13, SUB-15, SUB-17, SUB-20 e Sênior e Master/veteranos.Art. 65 – Será da responsabilidade da FEBAJU organizar e realizar o Campeonato Baiano.Art. 66 - Nos Campeonatos Baianos: • Iniciantes (Até a faixa verde - 3º kyu); • Dangai (Faixa roxa e marrom - 1º kyu); • Faixas Pretas; • Absoluto (Sênior); • Por equipes (Sênior); • Kata; • Máster / Veteranos (+ de 30 anos).Será permitida a participação de qualquer atleta ou clube filiado a FEBAJU. CAPÍTULO XV 8
  9. 9. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES SELETIVA ESTADUAL – BRASILEIRO REGIONALArt. 67 – A Seletiva Estadual será utilizada para classificação para o Campeonato BrasileiroRegional, participarão as seguintes classes Masculinas e Femininas: • Sub-13 l (11/12 anos); • Sub-15l (13/14); • Sub-17l (15/16 anos); • Sub-20 (17/19 anos); • Sênior (+15 anos);Art. 68 – Conforme regulamento da CBJ serão destinadas 100 vagas no Campeonato Brasileiroregião III para a FEBAJU.Art. 69 – Serão selecionados para o Campeonato Brasileiro Regional os atletas campeões de cadaclasse.Art. 70 – Após apuração dos campeões, serão selecionados os atletas, de acordo com o númerode vagas residuais.Art. 71 – Serão utilizados como critérios de escolha para as vagas residuais: 1. Segundo colocados na Seletiva; 2. Atletas com títulos Internacionais (Mundial, Pan e Sul-americano); 3. Atletas com títulos Nacionais (Campeonatos Brasileiros, Jogos Universitários e Estudantis); 4. Atletas com títulos Regionais (Campeonato Brasileiro Regional); 5. Indicação técnica.Art. 72 – Será de responsabilidade da Direção Técnica a escolha das vagas residuais, obedecendoaos critérios deste regulamento.Art. 73 – Os atletas que desistirem de participar do campeonato Brasileiro terão que fazê-loatravés de documento emitido por seu clube à Diretoria Técnica da FEBAJU, com 30 dias deantecedência da viagem. Caso não cumpram o período poderão receber as seguintes punições,exceto em casos de lesão, comprovados por laudo médico: 1. Suspensão de campeonatos baianos; 2. Suspensão de seletivas estaduais; 3. Suspensão de competições nacionais. CAPÍTULO XVI VAGAS PARA CAMPEONATO BRASILEIROArt. 74 – Todas as vagas conquistadas no Campeonato Brasileiro Regional serão creditadas aFederação Baiana de Judô, segundo Regulamento da CBJ – Normas Gerais 2011.Art. 75 – Serão critérios para a disputa da vaga: • Atleta campeão do Campeonato Brasileiro Regional; • Atleta campeão Baiano;Art. 76 – O Campeão Brasileiro Regional 2011 estará pré-classificado para a vaga. 9
  10. 10. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 77 – O Campeonato Baiano 2011 será utilizado como Seletiva para o Campeonato BrasileiroFase Nacional.Art. 78 – Caso o campeão Brasileiro Regional conquiste o Campeonato Baiano (na mesma classee categoria) a vaga será automaticamente do mesmo.Art. 79 – Caso o campeão Brasileiro Regional perca ou não dispute o título baiano (mesma classee categoria disputada no Campeonato Brasileiro Regional), haverá ‘’seletiva’’ entre ambos nosistema melhor de 03 combates.Art. 80 – Fica pré-estabelecido que seja disputada a ‘’seletiva’’ entre o Campeão Baiano eCampeão do Campeonato Brasileiro Regional, na mesma data e local da realização doCampeonato Baiano da respectiva classe e categoria. CAPÍTULO XVII CIRCUITO BAIANO DE JUDÔArt. 81 – Será da responsabilidade da FEBAJU organizar e realizar o Circuito Baiano.Art. 82 – Serão realizadas em 07 etapas.Art. 83 – Nos Circuito Baiano de Judô participarão as classes: Sub-13, Sub-15, Sub-17, Sub-20,Sênior e Master/Veterano.Art. 84 – No caso da realização de Campeonato Baiano e Circuito Baiano na mesma data, ascompetições não poderão ser realizadas no mesmo turno. CAPÍTULO XVIII FESTIVAL DA CRIANÇAArt. 85 – Será regido por regulamento próprio, estabelecido pela Direção Técnica, divulgada eentregue aos associados. CAPÍTULO XIII DA COMISSÃO DE ÉTICA E DISCIPLINAArt. 86 - Com o objetivo de supervisionar a conduta de atletas, técnicos e dirigentes, durante arealização dos eventos da Federação Baiana de Judô, será nomeada pela coordenação técnica doevento, uma Comissão Disciplinar temporária, composta de três membros que terão as seguintesatribuições:a) Julgar, no ato, as condutas inadequadas à disciplina do Judô, praticada por atletas, técnicos, dirigentes, árbitros e outras pessoas que se encontram no recinto do evento;b) Aplicar sanções aos infratores, advertência verbal e escrita; exclusão do evento; desclassificação; impedir a premiação; solicitar uso de força policial e encaminhamento ao Tribunal de Justiça Desportiva da FEBAJU;c) A comissão de ética e disciplina terá caráter temporário atuando durante a realização do evento para qual foi constituída. 10
  11. 11. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 87 - Atletas, técnicos e dirigentes que perturbarem o desenvolvimento da competição ou quecometerem atos considerados desrespeitosos será advertido pela Comissão Disciplinar.Art. 88 - Nos casos que a Comissão Disciplinar julgar necessário, de acordo com a gravidade dainfração cometida, será lavrado o auto de infração e encaminhado ao Tribunal de JustiçaDesportiva da FEBAJU.Art. 89 - Para supervisionar a atuação dos árbitros nos eventos, será nomeado pela Diretoria dearbitragem, uma Comissão de Arbitragem, composta por três árbitros, que terão as seguintesfunções:a) Dar orientação geral aos árbitros e esclarecimento sobre Regras de Arbitragem;b) Aplicar sanções aos árbitros que atuarem inadequadamente - advertência, afastamento temporário, exclusão do evento, encaminhamento ao Tribunal de Justiça Desportiva da FEBAJU.Art. 90 - Nos eventos realizados nas classes até 10 anos de idade (Festival da Criança) aspenalidades deverão ser aplicadas com fins educativos. CAPÍTULO XIV DAS RESPONSABILIDADES DOS CLUBES DESIGNADOSArt. 91 - São os clubes filiados, responsáveis por: a) Participarem exclusivamente dos eventos programados ou autorizados pela Federação Baiana de Judô; b) Verificarem se seus atletas estão em perfeitas condições físicas, psicológicas e técnicas para competirem; c) Fazerem com que seus atletas se mantenham em treinamento, principalmente após classificados para as competições estaduais; d) Manterem os atletas informados e as providências a serem tomadas, para que possam participar dos campeonatos e seletivas estaduais e nacionais.Art. 92 - Os clubes ou associações que deixarem de atender às disposições enumeradas no artigoanterior, ficam impedidos de participarem de qualquer evento.Art. 93 - Para disciplinar a realização de eventos sob forma de Festivais e Torneios Amistosos, oPresidente da FEBAJU, no uso de suas atribuições, baixa a presente PORTARIA, que regulamentaessas atividades:§ I - A realização de Festivais e Torneios por entidades filiadas à FEBAJU será reconhecida comouma atividade do seu calendário esportivo.§ II - Para realização dos Festivais a Agremiação deverá fazer solicitação via oficio ou e-mail empapel timbrado.§ III - Para realização dos festivais a Agremiação deverá atender as seguintes exigências: a) Estar em dia com suas obrigações de filiada; b) Pagar a taxa de alvará de autorização, conforme tabela de custas; c) Apresentar cópia do regulamento do evento; d) Apresentar relação das entidades convidadas.Art. 94 - Para a realização de eventos judoisticos no Estado da Bahia só poderão ser convidadasàs Agremiações que sejam filiadas e /ou vinculadas a FEBAJU, ou por ela autorizada. 11
  12. 12. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕES§ - Para as Agremiações convidadas, de outros estados às mesmas deverão encaminhar o pedidode autorização a CBJ para que possa participar dos eventos.Art. 95 - Os atletas participantes dos eventos constantes no calendário da FEBAJU deverão serrelacionados, por classes e categorias de peso por agremiação, sendo obrigatório o seu registro naFEBAJU.§ - Os Atletas das faixas etárias do pré-mirim (até 06 anos) ao infantil (09 e 10 anos) não terãoobrigatoriedade de registro na FEBAJU, entretanto, a participação dos mesmos fica sujeita à taxada tabela de custas.Art. 96 - A FEBAJU colocará à disposição da organização do evento as facilidades disponíveis(equipamentos de competição), desde que haja solicitação por escrito e pagamento das taxasprevistas.§ - O atendimento da solicitação será feito desde que o material esteja disponível e, havendo maisde uma solicitação para a mesma data, será obedecida a ordem cronológica de protocolo.Art. 97 - A Direção Técnica do evento será de responsabilidade do Diretor Técnico da FEBAJU oude 01 membro da Comissão Técnica.Art. 98 - Caberá a direção administrativa da FEBAJU as seguintes atribuições conferir aparticipação de entidades convidadas e de atletas, conforme disposto na presente PORTARIA; a) Exigir o alvará de autorização b) Receber cópia da relação de atletas e Associações convidadas participantes; c) Solicitar relatório final do evento.Art. 99 - Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria da FEBAJU ou, em caráter excepcional,por seu representante legal. CAPÍTULO XV DA RESPONSABILIDADE DA FEDERAÇÀO BAIANA DE JUDÔArt. 100 - É de competência da Direção Técnica da Federação Baiana de Judô a direção decongressos, pesagens, sorteios, seleção dos elementos para funcionarem como auxiliares e tudo omais que possa interessar à organização nos campeonatos, seletivas e copas.Art. 101 - É da responsabilidade da Direção Técnica da Federação Baiana de Judô a direção dacerimônia de abertura, desenvolvimento e encerramento do campeonato e da premiação. CAPÍTULO XVI DAS RESPONSABILIDADES DAS AGREMIAÇÕES SEDESArt. 102 - Competem as Agremiações as Sedes de eventos do Calendário da FEBAJU:I - Informar com um mês de antecedência à Federação Baiana de Judô um projeto de execução desuas ações, para o evento solicitado com cronograma estabelecido; 12
  13. 13. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESII - Disponibilizar local adequado para as seguintes ações; Recepção e credenciamento de atletas; Hospedagem Alimentação Local para o Congresso Técnico Local para a Clínica de Arbitragem Local para a Pesagem Ginásio para a realização do evento com espaço suficiente com toda a estruturanecessária;III - Atendimento medico;IV - Disponibilizar assistência medica-hospital de emergência a todos os participantes firmandoconvenio com clínicas e hospitais;V - Oferecer locais para alimentação próxima ao local do evento com preços acessíveis, ficando opagamento sobre a responsabilidade pelas as agremiações participantes;VI - Tomar providências necessárias para o isolamento da área de competição;VII - Organizar equipes de voluntários para o cerimonial de abertura, premiação, encerramento econfraternização;VIII - Oferecer sistema de segurança adequado;IX - Promover a divulgação do evento em âmbito e estadual através de órgão de empresa e peçaspromocionais.IX - Criação, execução e acompanhamento de toda programação visual do evento após aaprovação da Federação Baiana de Judô;X - Disponibilizar a permanência de médicos, no local da competição de preferências“traumatologistas” em numero suficiente para atender as áreas de competição, até o enceramentodo evento;XI - Enviar as agremiações filiadas a FEBAJU que participarão do evento a programação oficial, einformações gerais, com antecedência de 30 dias da data de realização do evento;XII - Disponibilizar equipes para atender o evento em todas as suas fazes de preferênciaidentificados com crachás;XIII - Para atuarem como oficiais de mesa de cronometristas será exigida idade mínima 16 anos egraduação mínima 2º KIU faixa roxa;Art. 103 - Os eventos que tem como sede agremiações do interior do estado as mesmas deverãoprovidenciar: • Alojamento em perfeitas condições de higiene, confortável e ventilado, sem ônus para os atletas devendo os mesmo solicitar o alojamento com antecedência de 30 adias. 13
  14. 14. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESArt. 104 - Fornecer relação de hotéis e pousadas com diferentes níveis de preços, ficando opagamento de inteira responsabilidade dos atletas que optarem pela hospedagem por hotéis epousadas.Art. 105 - Fornecer os seguintes materiais: • Quite de competição completo.Art. 106 - Impedir a utilização de instrumentos sonoros ou de quaisquer outros objetos quevenham a impedir bom andamento das atividades no recinto da competição.Art. 107 - Remunerar os árbitros é equipe técnica que atuarem no evento, conforme tabela definidapela FEBAJU CAPÍTULO XVII DISPOSIÇÕES GERAIS:I - Os clubes ou agremiações deverão credenciar junto a FEBAJU, o técnico que atuará no evento.II - As disposições contidas nesse Regulamento se aplicam igualmente a todas as competiçõespromovidas pela Federação Baiana de Judô e Confederação Brasileira de Judô.III - Todos os atos capitulados no código brasileiro de disciplina esportiva ou que vier substituído,cometido por atletas, técnicos, delegados ou dirigentes presentes às competições, quer comoparticipantes ou como assistentes.IV - Os clubes ou agremiações filiadas são responsáveis pela condição de saúde de seus atletasparticipantes, cabendo-lhes conduzi-los a exame médico antes da competição.V - Serão formadas seleções permanentes em todas as classes. Os atletas convocados ouindicados por seus clubes, através de ofício dirigido pelo presidente da agremiação ou clube filiado,deverão participar dos treinos, obedecendo ao que for estabelecido pela Diretoria e pela ComissãoTécnica da Federação.VI - A área delimitada por alambrado ou assemelhado será reservada para os atletas que foremlutar, os quais terão que permanecer de judogui. Nenhum responsável técnico, massagista,fotógrafo, etc., poderá permanecer no local, a não ser que seja antecipadamente credenciado pelaDiretoria da Federação, sem, entretanto acercar-se do shiai-jo.VII - Ninguém, durante os combates, poderá permanecer junto às mesas de controle, nem transitarpela frente das mesmas.VIII - O atleta deverá apresentar-se para a competiçào uniformizado de acordo com as normas eregulamentos da FIJ, considerando as medidas oficiais do judo-gui.IX - O atleta deverá transitar na área de competição com sandálias, chinelos. Nunca descalço.X - É terminantemente proibido ao atleta permanecer no recinto da competição quando não forchamado para competir, ficar de dorso nu, faixa pendurada no pescoço, trajado indevidamente oudescalço. 14
  15. 15. FEDERAÇÃO BAIANA DE JUDÔ NORMAS GERAIS PARA COMPETIÇÕESXI - Todos deverão portar escudos de suas agremiações preso no peito esquerdo.XII - Toda e qualquer publicidade no judogui, uniforme, agasalhos, etc, deverá obedecer aodisposto no regulamento da Confederação Brasileira de Judô.XIII - É expressamente proibida a presença de elementos sem função administrativa na área dacompetição.XIV - São responsáveis pelo cumprimento dessas normas o representante legal do clube ouassociação e os técnicos que estejam participando do evento.XV- Os atletas participantes de campeonatos estaduais e seletivas, promovidos pela FederaçãoBaiana de Judô, obrigatoriamente deverão usar a faixa de graduação, de acordo com regulamentode promoção de faixas da Confederação Brasileira de judô.XVI - Será sempre computado ponto para a agremiação ou clube em campeonato, independenteda quantidade de atletas inscritos no peso conforme sua classificação. CAPÍTULO XVII DOS CASOS OMISSOSArt. 111 - Os casos omissos ou os que atentam contra qualquer norma prevista nesseregulamento, serão resolvidos pela Diretoria da Federação Baiana de Judô, respeitadas alegislação e as normas técnicas em vigor.Salvador, 24 de fevereiro de 2011Antonio Oliva Viera França Marcelo Ornelas da Cruz França Moreira Presidente Diretor Técnico 15

×