Unindus - Adminstracao Sustentavel - Design Thinking 1

847 views

Published on

Aula 1 de 3 ministrada junto ao curso de Administracao Sustentavel da Unindus - FIEP.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
847
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Unindus - Adminstracao Sustentavel - Design Thinking 1

  1. 1. quem sois? juliana bach PPGDesign | UFPR juliana_bach@yahoo.com.br design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  2. 2. o que é design? design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  3. 3. por que design é uma atividade importante dentro das organizações?? design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  4. 4. o que é design? Herbert Simon, em “Sciences of the Artificial” (MIT Press, 1969) define “design” como “transformation of existing conditions into preferred ones” - transformação de condições existentes em condições preferíveis - (p. 55). design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  5. 5. breve história do Design - história da cultura material - design vernacular - 1850 . Revolução Industrial - em função do desenvolvimento da novas tecnologias indústriais, especialmente no Grã-Bretanha, houve uma necessidade em se criar uma divisão clara entre o artista plástico e o designer. Com as mudanças na forma de produção durante a Revolução Indústrial, cada vez mais se fez necessário que houvesse alguém responsável pela concepção dos objetos industriais. Essa figura seria conhecida como o designer e, mais tarde, designer de produto. - 1890 . Artes e Ofícios - William Morris. relação artesão objeto. design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  6. 6. breve história do Design - Deutscher Werkbund - Para o movimento Deutscher Werkbund a indústria era parte dos novos tempos e, através dela, poder-se-ia obter um mundo melhor. O artista e o artesão buscaram, juntos, melhor condição de vida e melhor qualidade de produtos industriais. - Bauhaus - Em 1919, esse mesmo grupo funda a escola Bauhaus de arquitetura e artes. A Bauhaus, ou Casa estatal da construção, foi uma escola de design, artes plásticas e arquitetura de vanguarda que funcionou entre 1919 e 1933 na Alemanha. Ela foi uma das maiores e mais importantes expressões do que é chamado Modernismo no design e na arquitetura, sendo a primeira escola de design do mundo. Hannes Meyer e o socialismo na Bauhaus. 1928 - 1930 A forma segue a função. - Ulm - Esdi - UFPR * CARDOSO, Rafael. Uma Introdução à História do Design. Editora Blucher. * PEVSNER, Nikolaus. Os Pioneiros do Desenho Moderno. Martins Fontes. design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  7. 7. o Design hoje * ‘supérflua’ ferramenta x recurso estratégico * produto x experiência “Você não sacrifica a experiência pelo crescimento; você impulsiona o crescimento a partir da qualidade da experiência.” (JOBS, S. 2009) “ O papel do design estende-se muito além da simples criação de formas para posicionar e diferenciar a empresa no mercado. Ao invés disso, o design sugere produtos e serviços que materializam os valores essenciais da empresa, transformando- se assim em uma ferramenta central ao processo de inovação.” (KISS, 2010) design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  8. 8. Ao longo das últimas décadas os designers desenvolveram habilidades visando combinar as necessidades humanas conjugadas à disponibilidade de recursos técnicos como também as limitações mercadológicas do negócio. Através da integração do que é desejado sob a ótica dos aspectos humanos, em conjunto com o que é tecnologicamente praticável e economicamente viável, designers foram capazes de criar produtos e marcas admirados. Design Thinking amplia este espectro de atuação, empregando a metodologia para um universo mais amplo de problemas, deslocando a atitude de ser designer para pensar como designer. (BROWN, 2009) design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  9. 9. “ À medida que escala e complexidade de problemas de design crescem, eles precisam ser tratados como sistemas.” AIGA | associação profissional para design, Nova Yorque Fonte: Igor Saraiva. http://www.igorsaraiva.com/index.php/about design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  10. 10. design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  11. 11. design de sistemas “ À medida que escala e complexidade de problemas de design crescem, eles precisam ser tratados como sistemas.” AIGA | associação profissional para design, Nova Yorque Fonte: Igor Saraiva. http://www.igorsaraiva.com/index.php/about design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  12. 12. design de sistemas ANALISI CONTESTO D'USO ESISTENTE 1- Análise do contexto existente: aspectos sociais, aspetto socio-relazionale ambientais e econômicos IL TEMPO SPESO E' SOLAMENTE QUELLO NECESSARIO PER SERVIRSI DA BERE NON VI E' ATTIVITA' j SOCIO RELAZIONALE LA MACCHINA RAPPRESENTA UN SEMPLICE PUNTO DI PASSAGGIO NEL PERCORSO DEL CLIENTE La macchina rappresenta un semplice punto di passaggio nel percorso che il cliente fa per prendere il proprio pasto; il tempo speso nei pressi della macchina è solamente quello necessario per servirsi da bere. Dal punto di vista socio-relazionale quindi non accade praticamente niente attorno alla macchina. jornada emocional do usuário GENERAL BEVERAGE ANALISI CONTESTO D'USO ESISTENTE DIsS Politecnico di Milano - INDACO configurazione del sistema desenho do sistema atual análises swot; blue ocean, Porter etc. GENERAL BEVERAGE DIsS Politecnico di Milano - INDACO ANALISI CONTESTO D'USO ESISTENTE analisi SWOT IGIENE STRENGHTS WEAKNESS BEVANDE ALTO EQUO- CONSUMO SOLIDALE ENERGETICO BASSO MANUTENZIONE APPEAL INGOMBRO GESTORE DELLA BOMBOLE E MENSA MACCHINA BAG-IN-BOX ECO- ALTA USO FACILITA' EFFICIENZA FREQUENZA DI BICCHIERI UTILIZZO DEL SISTEMA MANUTENZIONE USA E GETTA BANDI PUBBLICI NESSUNA PROTEZIONE (BREVETTUALE) (GREEN PROCUREMENT) DELL'IDEA INSERIMENTO IN ALTRI CONTESTI OPPORTUNITIES D'USO THREATS spazio amb. inter. soc. generale (sistema) GENERAL BEVERAGE DIsS Politecnico di Milano - INDACO design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  13. 13. design de sistemas 2 - Exploração inicial de hipóteses de um novo contexto: geração de idéias, apresentação de possibilidades de novo cenário, discussão de idéias. 3 - Exploração de novo cenário de contexto de uso 4 - Elaboração de cenário 5 - Especificação de características 6 - Definição design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  14. 14. design de sistemas design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  15. 15. design de sistemas design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  16. 16. design de sistemas Formar 3 grupos Usando o kit de representações, elaborar a representação do sistema do curso Administração Sustentável Unindus. quais stakeholders compõe esse sistema? qual é o fluxo econômico? qual o fluxo de conhecimento? materiais? pessoas? outras características do sistema. design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  17. 17. proposta de projeto Proposta de projeto de Design de Sistema de Serviço A proposta é, em grupos de 3, desenvolver um sistema de serviço para atender ou reduzir uma demanda específica relacionada ao projeto integrador. A proposta deve contemplar, ao menos, o envolvimento da comunidade local, um órgão governamental e uma instituição de ensino. Deve-se buscar e encontrar essa demanda e delimitá-la, para então criar alternativas de solução e desenvolvê-las. Essas alternativas devem ser avaliadas para a seleção de uma alternativa final mais adequada ao problema. Essa solução deve ser detalhada e apresentada em forma de story board e representação do sistema. Para fins de documentação e prática de visualização, os participantes devem produzir um relatório sucinto do projeto e um cartaz com a alternativa escolhida e seus comentários. Este projeto visa dar aos participantes uma visão do Design profundamente sistêmica, que vai muito além da preocupação estética. A proposta de projeto de cada equipe, com definição do problema, deve ser enviada por email até 30/08/2010. design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  18. 18. proposta de projeto Relatório – 5 páginas + capa Apresentação Contextualizar o problema. 1 página Problema Apresentar o problema de forma sucinta. Apresentar as alternativas desenvolvidas no formato padrão de Alternativas (mínimo 3, máximo 5) 1 página sistemas, com comentários. Demonstrativo de seleção Quadro comparativo. 1 página Apresentar a alternativa escolhida no formato padrão + story Alternativa selecionada 1 página board, com comentários. Justificativa Justificativa da escolha em relação às demais. 1 página Conclusões Conclusões sobre o projeto. design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  19. 19. proposta de projeto Que problema iremos abordar? brainstorming 15´ design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br
  20. 20. =) obrigada! juliana_ bach@yahoo. com.br design thinking| FIEP| 2010.2 | juliana_bach@yahoo.com.br

×