Apresentacao iso90002010

1,519 views

Published on

apresentação em nível de graduação

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,519
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
58
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentacao iso90002010

  1. 1. A CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DA QUALIDADE NO BRASIL E NO MUNDO
  2. 2. ESCOLA POLITÉCNICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INTERNATIONAL CERTIFICATION NETWORK FUNDAÇÃO CARLOS ALBERTO VANZOLINI
  3. 3. <ul><li>Instituída em 1967 por professores do </li></ul><ul><li>Entidade sem Fins Lucrativos; </li></ul><ul><li>Opera em convênio com a Universidade de </li></ul><ul><li>São Paulo; </li></ul>Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo;
  4. 4. Área de atuação Cursos de Especialização Cursos de Média Duração Cursos Abertos Educação à Distância Educação Tipos de Certificação Acordos Operacionais Reconhecimento Nacional Reconhecimento Mundial Certificação
  5. 5. Histórico FCAV 1967 1988 Realizado um programa junto ao governo da Inglaterra 1990 2004 PARTNERSHIP 1997
  6. 6. Certificação de Sistemas de Gestão <ul><li>ISO 9001 - pioneira na América Latina OCC 001- SBAC; </li></ul><ul><li>ISO 14001; </li></ul><ul><li>OHSAS 18001; </li></ul><ul><li>ISO TS 16949:2002 único organismo latino americano credenciado pelo IATF ( International Automotive Task Force ); </li></ul><ul><li>TL 9000 </li></ul><ul><li>ISO 27001 </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Qualihab / PBQP- H: Construção Civil; </li></ul><ul><li>Acreditação Hospitalar; </li></ul><ul><li>Extintores de Incêndio; </li></ul><ul><li>Pneus; </li></ul>Certificação de Sistemas de Gestão (cont.) <ul><li>Verificação de Tiragem; </li></ul><ul><li>Boas Práticas de Informática; </li></ul><ul><li>Marca CE; </li></ul><ul><li>Transqualit; </li></ul><ul><li>SASSMAQ; </li></ul><ul><li>ABML; </li></ul><ul><li>PROCESSO AQUA </li></ul>
  8. 8. Acreditação INMETRO - Brasil <ul><li>Escopos Acreditados: </li></ul><ul><li>Alguns Exemplos (Alimentos, Bebidas, Farmácia e </li></ul><ul><li>Produtos Farmacêuticos, Produtos Plásticos, </li></ul><ul><li>Cimento, Serviços de Saúde, Bancos, etc.) </li></ul> IAF: INTERNATIONAL ACCREDITATION FORUM. <ul><li>A Fundação Vanzolini é acreditada em todos </li></ul><ul><li>os Escopos do Código IAF  ; </li></ul>
  9. 9. Reconhecimento Mundial - IQNet <ul><li>Rede Internacional que congrega as maiores certificadoras de todo o mundo (30% dos certificados emitidos no mundo); </li></ul><ul><li>A Fundação Vanzolini é membro pleno; </li></ul><ul><li>A IQNet é uma entidade certificadora legalmente constituída na Suíça; </li></ul>
  10. 10. Posição Fundação Vanzolini no Brasil <ul><li>Maior Certificadora Nacional. </li></ul><ul><li>ISO 9001:2000/2008 / ISO 14001:2004 / OHSAS 18001: 2007 </li></ul><ul><li>mais de 2500 certificados emitidos. </li></ul><ul><li>Construção Civil: mais de 600 certificados emitidos. </li></ul>
  11. 11. Abrangência e Atuação no Mundo
  12. 12. Qualidade do Produto / Serviço QUALIDADE Serviço Prestado Expectativa = Como o denominador aumenta em relação ao tempo, é necessário o melhoramento contínuo no serviço prestado .
  13. 13. Partes Interessadas Pessoa ou grupo que tem interesse no desempenho ou no sucesso de uma organização. <ul><ul><li>Banqueiros </li></ul></ul><ul><ul><li>Sindicatos </li></ul></ul><ul><ul><li>Parceiros </li></ul></ul><ul><ul><li>Sociedade </li></ul></ul><ul><ul><li>Clientes </li></ul></ul><ul><ul><li>Proprietários </li></ul></ul><ul><ul><li>Funcionários </li></ul></ul><ul><ul><li>Fornecedores </li></ul></ul>
  14. 14. Competitividade <ul><li>Desempenho </li></ul><ul><li>Pontualidade </li></ul><ul><li>Características Associadas </li></ul><ul><li>Preço </li></ul>Para se atingir a competitividade, os produtos e serviços da empresa devem oferecer aos clientes .
  15. 15. Gerenciamento por Processos Departamento A Departamento B Departamento C Departamento D Do cliente Para satisfação do cliente Processos de Negócio que Cruzam os Departamentos
  16. 16. Processos Chaves de Negócio Sub-Processos Atividades Tarefas Gerenciamento por Processos
  17. 17. Sistemas de Gestão Numa empresa os múltiplos processos devem ser gerenciados buscando um objetivo comum. Os modelos de administração empresarial utilizados para isso denominam-se Sistemas de Gestão.
  18. 18. Por que sua Organização Necessita de um Sistema de Gestão da Qualidade Certificado ? <ul><li>Exigência dos Clientes </li></ul><ul><li>Exigência do Mercado externo Para Exportação </li></ul><ul><li>Definição de Autoridades e Responsabilidades </li></ul><ul><li>Maior Formalização do Sistema da Qualidade </li></ul><ul><li>Exigência de Órgãos do Governo </li></ul><ul><li>Ordem da Matriz </li></ul><ul><li>Melhor Definição de Controles e Indicadores </li></ul><ul><li>Elemento de Marketing </li></ul><ul><li>Outros </li></ul>ISO
  19. 19. Como Comprovar a Conformidade? Evidências Objetivas Requisitos
  20. 20. Organismo Certificador O Processo de Certificação Fornecedor Cliente Necessidade Serviço Credibilidade Auditoria de Certificação 3ª Parte Auditoria de Qualificação 2ª Parte Auditoria de 1ª Parte
  21. 21. Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Acreditação INMETRO XXX XXX XXX FCAV XXX XXX ... Primeiro OC acreditado pelo INMETRO
  22. 22. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira O QUE É UM SISTEMA DE GESTÃO? PARA RESPONDER ESSA PERGUNTA RECORREMOS AO PENSAMENTO SISTÊMICO
  23. 23. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO Peter Senge em seu livro “A Quinta Disciplina”: “ Há algo dentro de nós que adora montar um quebra cabeças, que adora ver a imagem do inteiro. A beleza de uma pessoa ou de uma flor ou de um poema, está em vê-los por inteiro. O pensamento sistêmico é uma disciplina para ver o conjunto, uma estrutura de inter-relações, em lugar de coisas…”
  24. 24. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO <ul><li>Consolidou-se na época da 2a. Guerra Mundial; </li></ul><ul><ul><li>Foi a filosofia de trabalho para os grupos de pesquisa operacional; </li></ul></ul><ul><li>Autores importantes </li></ul><ul><ul><li>Churchman </li></ul></ul><ul><ul><li>Ackoff </li></ul></ul><ul><ul><li>Forrester </li></ul></ul><ul><ul><li>Senge </li></ul></ul>
  25. 25. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO MODELOS “ São representações da realidade” “ Podemos em geral construir modelos que são muito mais simples que a realidade e ainda assim conseguimos empregá-los para prever e explicar fenômenos com alto grau de precisão” Ackoff
  26. 26. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO MODELOS “ Embora seja necessário um grande número de variáveis para prever um fenômeno com exatidão perfeita, um pequeno número de variáveis explica a maior parte dele” “ O truque, evidentemente, é achar as variáveis certas e a relação correta entre elas” Ackoff
  27. 27. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO MODELOS <ul><li>Icônicos </li></ul><ul><li>Analógicos </li></ul><ul><li>Simbólicos </li></ul><ul><li>Conceituais </li></ul>
  28. 28. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO SISTEMAS Conjunto de partes coordenadas para realizar um conjunto de finalidades. Por ex.: Um animal.
  29. 29. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO SISTEMAS <ul><li>Considerações básicas sobre um sistema: Churchman 1968. </li></ul><ul><ul><li>Objetivos globais do sistema e suas medidas de rendimento; </li></ul></ul><ul><ul><li>O ambiente do sistema; </li></ul></ul><ul><ul><li>Os recursos do sistema; </li></ul></ul><ul><ul><li>Os componentes do sistema; </li></ul></ul><ul><ul><li>A administração do sistema. </li></ul></ul>
  30. 30. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO SISTEMAS Conjunto de partes coordenadas para realizar um conjunto de finalidades. Uma norma de sistema de gestão define realmente um sistema?
  31. 31. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO SISTEMAS <ul><li>Objetivos globais do sistema e suas medidas de rendimento? </li></ul><ul><li>O ambiente do sistema? </li></ul><ul><li>Os recursos do sistema? </li></ul><ul><li>Os componentes do sistema? </li></ul><ul><li>A administração do sistema? </li></ul>
  32. 32. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira PENSAMENTO SISTÊMICO <ul><li>Só se pode entender o sistema contemplando o todo, não uma parte individual. </li></ul><ul><li>O pensamento sistêmico é um conjunto de conhecimentos e ferramentas para entender sistemas como um todo e ajudar-nos a ver como modificá-los efetivamente. </li></ul>
  33. 33. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira AS NORMAS DE SISTEMA DE GESTÃO <ul><li>QUALIDADE - ISO 9001:2008 </li></ul><ul><li>MEIO AMBIENTE – ISO 14001:2004 </li></ul><ul><li>SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL – OHSAS 18001: 2007 </li></ul><ul><li>TL 9000 – QMS TELECOMUNICAÇÕES </li></ul><ul><li>ISO 22000 ALIMENTOS </li></ul><ul><li>CMMI- SOFTWARE </li></ul><ul><li>................. </li></ul>
  34. 34. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira ISO 9001:2000 Sistema de gestão da qualidade Adição de valor Fluxo de Informação 7. Realização do Produto Saída 6. Gestão de Recursos 8. Medição, Análise e Melhoria 5. Responsabilidade da Direção gestão da qualidade 4. Melhoria contínua do sistema de CLIENTE S SATISFAÇÃO Produto MELHORIA CONTÍNUA Entrada CLIENTE S REQUISITOS
  35. 35. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira ISO 14001 Política Ambiental Planejamento – estabelecer e manter procedimentos para identificar os aspectos ambientais de suas atividades Implementação e operação – estruturação e responsabilidades; treinamento, comunicação; controle das atividades, preparação e atendimento a emergências Verificação e ação corretiva – monitoramento e medição das atividades, tomada de ação corretiva e preventiva Análise crítica pela administração – assegurar a conveniência, adequação e eficácia contínua do SGA Melhoria Contínua
  36. 36. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira OHSAS 18001 Política de SST Planejamento – Requisitos relacionados à metodologia para a identificação de perigos e avaliação de riscos Implementação e operação – estruturação e responsabilidades; treinamento, comunicação; controle operacional. Verificação e ação corretiva – monitoramento e medição das atividades, tomada de ação corretiva e preventiva Análise crítica pela administração – assegurar a conveniência, adequação e eficácia contínua do SST Melhoria Contínua
  37. 37. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira Evidências Objetivas SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO Visão Tradicional ISO 9001 ISO 14001 OHSAS 18001 Parte Integrada
  38. 38. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira Evidências Objetivas SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO Visão Tradicional x Sistêmica Política da Qualidade Política Ambiental Saúde e Segurança Política Manual da Qualidade Manual de Gestão Ambiental Manual de Saúde e Segurança Procedimentos e Instruções de Trabalho Formulários e Registros ISO 9001 ISO 14001 OHSAS 18001
  39. 39. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira Evidências Objetivas SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO Visão Sistêmica ISO 9001 ISO 14001 OHSAS 18001 Requisitos específicos
  40. 40. Competência dos Auditores Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira Atributos Pessoais Conhecimentos e habilidades específicos Conhecimentos e habilidades específicos Qualidade Meio Ambiente Saúde Segurança no Trabalho Conhecimentos e habilidades genéricos Educação Experiência Treinamento em auditoria Experiência de auditoria
  41. 41. Prof. Dr. José Joaquim A Ferreira Manter o certificado ou manter o sistema Fazer análises críticas, monitorações medições e auditorias internas Investigar as causas dos problemas (reais e potenciais ) Propor ações corretivas, preventivas e de melhoria Acompanhar tomada de ações Verificar resultados das ações Manter a documentação aderente Aplicar o Sistema no dia-a-dia Treinar pessoal
  42. 42. 982832 Certificados ISO 9000 Emitidos no Mundo (fonte ISO Survey of 31 Dec 2008)
  43. 43. 112162 Certificados ISO 14001 Emitidos no Mundo (fonte ISO Survey of 31 Dec 2008)
  44. 44. 112162 Certificados ISOTS 169 Emitidos no Mundo(fonte ISO Survey of 31 Dec 2008)
  45. 45. Situação da Certificação no Brasil x Mundo 31/12/2008 Fonte: ISO Survey 2008 ISO 9001:2000/2008: 14.539 certificados BRASIL MUNDO ISO 9001:2000/2008: 982.832 certificados
  46. 46. Situação da Certificação no Brasil x Mundo 31/12/2008 Fonte: ISO Survey 2008 ISO 14001:2004: 1.669 certificados BRASIL MUNDO ISO 14001:2004: 188.815 certificados
  47. 47. Contato Tel.: 0XX11-3836-6566 Ramais: 103, 114 E-mail.: [email_address] <ul><li>SERIEDADE </li></ul><ul><li>INDEPENDÊNCIA </li></ul><ul><li>COMPETÊNCIA </li></ul><ul><li>CREDIBILIDADE </li></ul>FCAV

×