Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Projeto de poesia

11,674 views

Published on

Projeto desenvolvido na Escola Municipal Ausônio Araújo, com alunos do Ensino Fundamental I.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Projeto de poesia

  1. 1. Projeto: Todo dia é dia de poesia ESCOLA MUNICIPAL AUSÔNIO ARAÚJO
  2. 2. JustificativaCom o advento da comunicação, atualmente o ensino voltadopara a área de linguagens, códigos e suas tecnologias tem comoproposta de envolver o aluno de tal maneira que ao entrar emcontato com a leitura e escrita, possam sentir-se verdadeirosusuários da língua, e que, a cada nova proposta, possam tornar-se leitores e escritores mais competentes.
  3. 3. Objetivos• Contribuir para o desenvolvimento das habilidades e conteúdos disciplinares sem fragmentá-los;• Dominar diferentes linguagens;• Construir o conceito de rima e aplicá-la;• Identificar o poema como gênero textual, comparando-o a outros gêneros;• Ler e conhecer poesias de autores diversos;• Interpretar textos poéticos, desenvolvendo um pensamento reflexivo;• Conhecer a prática social de um sarau.
  4. 4. MetodologiaLeitura de imagens, textos poéticos, narrativos, epistolares,músicas; Interpretação escrita e oral; Atividades em grupo;Observação e manuseio de materiais impressos, como livros,textos e vídeos; Pesquisas na internet; Dramatização poética;Produção e reprodução de textos poéticos; Recitação depoesias; Sarau poético com participação dos alunos,professores e familiares; Gravar o sarau poético.
  5. 5. AvaliaçãoAo final do projeto espera-se que as crianças sejamcapazes de reconhecer características do texto poético,divisão em versos, estrofes, rimas e também seexpressarem em público transmitindo o sentimento dapoesia apresentada.
  6. 6. PROINFO INTEGRADOCursistas:Erivalda BezerraJosilene de Araújo MedeirosSueide Kátia Pereira de Araújo “Um poeta é sempre irmão do vento e da água: deixa seu ritmo por onde passa.” Cecília Meireles

×