Successfully reported this slideshow.

Pastoral da Catequese

9,335 views

Published on

Published in: Spiritual

Pastoral da Catequese

  1. 1. PASTORAL DACATEQUESE
  2. 2. REALIDADE RELIGIOSA• Cristãos afastados ou indiferentes,• Católicos não Batizados• Católicos que vivem em famílias com várias denominações religiosas• Católicos de nome ou não praticantes• Católicos de Ocasiões Especiais• Católicos de Missa (várias comunidades)• Católicos de Missa na Comunidade• Católicos Praticantes
  3. 3. A catequese hoje adquire uma Com raras exceções, os catequizandos hoje necessitam sobretudo:Do Encontro com JC - primeiro anúncio (Querigma)De um primeiro passo para a Conversão (Resposta)De um encaminhamento ao Discipulado de JesusA vida de Comunhão com os irmãos de comunidadeA Missão de construir o Reino.
  4. 4. Lugar ou ambiente normal dacatequese é a comunidade cristã. Onde há uma verdadeiracomunidade cristã, ela se torna umafonte viva da catequese, pois a fé não é uma teoria, masuma realidade vivida pelos membrosda comunidade.
  5. 5. Por outro lado,ao educar para viver a fé em comunidade, esta se torna, também, uma das metas da catequese.
  6. 6. As quatro colunas, provindas datradição dos catecismos, são:a) CRER em Deus, Uno e Trino, Criador -Salvador - Santificador e seu desígniosalvífico (Credo);b) CELEBRAR o mistério pascal nossacramentos que têm o Batismo eEucaristia como centro (Liturgia -Sacramentos);c) VIVER o mandamento do amor a Deuse ao próximo (Bem-aventuranças -mandamentos);d) REZAR para que o Reino se realize(Pai-Nosso).
  7. 7. A CATEQUESE é um“Processo de Educação:• Comunitária,• Permanente,• Progressiva,• Ordenada,• Orgânica e• Sistemática da FÉ” (CR 318).
  8. 8. FONTES DA CATEQUESE• Bíblia• Liturgia• Credo – Pai-Nosso – Ave-Maria• Mandamentos• Sinais dos tempos• Religiosidade Popular• Comunidade
  9. 9. LUGARES DA CATEQUESE• Comunidade• Família• Paróquia• Comunidades Eclesiais de Base• Grupos: Pastorais – Movimentos• Romarias, Religiosidade, Santuários• Música, Dança, Pintura, Símbolos
  10. 10. ETAPAS DA CATEQUESE1. PRÉ-INICIAÇÃO CRISTÃ2. PRIMEIRA EUCARISTIA3. PERSEVERANÇA4. CRISMA5. ADULTOS6. SITUAÇÕES ESPECIAIS
  11. 11. PLANO DE AÇÃOPARA CATEQUESE
  12. 12. 5 a 8 anos PRÉ-EVANGELIZAÇÃO • Histórias Bíblicas • Orações – Símbolos - Sinais • Desenho livre, modelagem, dramatização, jogos, pintura, dobradura, colagem, música com gestos, música ilustrada, passeios,... • A educação da fé pode ser realizada de maneira mais estruturada, mas é, sobretudo, ocasional, já que a criança vive o momento presente. Os pais e catequistas podem aproveitar as festas litúrgicas, as do calendário civil, os acontecimentos do dia a dia, etc.
  13. 13. • Trabalho de iniciação cristã realizado, através de atividades lúdicas e diversificadas, com crianças de 5 a 8 anos. “(...) poderá haver formação religiosa na Paróquia para crianças na faixa etária de 5 a 8 anos, através da Catequese Infantil, subdividida em grupos separados (5-6 anos; 7-8 anos). Este período de formação não pode ser considerado obrigatório para os catequizandos.”• Que a Pré-Catequese Infantil não seja uma repetição daquilo que a criança já vê na Escola. Não devemos tratar de forma aprofundada e sistemática temas que serão trabalhados na Catequese de preparação à 1ª Eucaristia.
  14. 14. OBJETIVO:• Levar a criança a descobrir que é amada por Deus e que este criou tudo por Amor. A descoberta de Deus Pai Criador. “O homem não pode viver sem amor. Ele é chamado a amar a Deus e ao próximo, mas para amar verdadeiramente, deve ter a certeza que Deus lhe quer bem”.(Carta do Papa às Crianças no Ano da Família).• Despertar nos pequeninos o amor a Jesus; à sua Palavra e à sua Igreja. Semear no coração da criança, através de variados recursos didáticos, o amor a Deus e ao próximo. Cultivar nas crianças o gosto pela vida na comunidade. Criar alternativas de aproximação com as famílias, visando evangelizá-las, inclusive, através dos pequeninos.
  15. 15. Crianças de 7 e 8 anos• Tem curiosidade • Carentes de• Querem aprender atenção dos pais• Gostam de brincar • Apegam-se aos• Querem atenção catequistas• Querem ser amadas • Dependem dos• Gostam de ouvir falar catequistas das coisas de Deus • Maravilham-se com• Aparecem na suas descobertas catequese quando tem vontade • Necessitam de um clima de confiança• Gostam de oração• Idades dos porquês • Sentem sono
  16. 16. • Têm interesses pelas • Costuma sentir-se pessoas e coisas centro de qualquer• São lentas e cena e dramatizar-se. meditativas na • Quer que o adulto aprendizagem seja parte do seu• Seus sentimentos mundo são violentos e de • Possui um certo grau pouca duração de consciência moral• Inquietos e já é capaz de• Imaginativos distinguir o bem do mal, o certo do• Ciúmes errado• Pequenas mentiras • Gosta de admirar as• Gostam de descobrir coisas que ela gosta,• Estão saindo do admira e contempla ambiente familiar • Suas atitudes são para entrarem em influenciadas pela TV, contato com o Filmes... mundo
  17. 17. 9 anos I ETAPA - EUCARISTIA• DEUS PAI – CRIAÇÃO DO MUNDO• Relação: Homem – Mundo – Natureza• Pessoa – Família – Comunidade Local• Igreja• Bíblia: (Antigo Testamento – até Jesus Adolescente)
  18. 18. Crescer em Comunhão Volume ISupõe-se que• Tenham noções básicas recebidas da família e reforçada na Pré-Evangelização.Conteúdo• A criação como dom de Deus Pai que se comunica a nós;• Pela vida;• Pela bíblia.
  19. 19. 10 anos II ETAPA - EUCARISTIA • DEUS FILHO - JESUS CRISTO • Jesus: Nascimento – Família – Vida – Missão – Morte – Ressurreição • Bíblia: Novo Testamento (Evangelho – Atos dos Apóstolos)
  20. 20. Crescer em Comunhão Volume IISupõe-se que• Tenham noções básicas = fé em Deus Pai criador - (Vida de fraternidade)Conteúdo• Olhar de perto Jesus apresentando-o como filho de Deus que veio morar no meio de nós. (Jesus encarnado)• Revela Deus e a si mesmo• Salva, santifica e guia• Está vivo e fala, comove, corrige, julga, perdoa e marcha conosco todos os dias.
  21. 21. Crianças de 9 e 10 anos• Muitas perguntas • Querem exemplos• Querem entender dos pais• O que o adulto fala e • Querem amizades ensina levam muito a • Tarefa em casa não sério fazem• Tem vontade própria • São egocêntricas• Gostam de ser • Começam a valorizados assumir• Gostam ser ouvidas responsabilidades• Há desinteresse • São inquietas e impacientes
  22. 22. •Tem capacidade de •É a idade dos tesouros perceber e identificar pessoais, muito as atitudes de cuidados e muito tristeza, alegria próprios, das coleções, embora não•Tem interesse pelos sejam organizadas trabalhos em equipe •Não gostam de ser•Querem ser levados a tratados como sério crianças•É ativa, tem •Possui grandes numerosos interesses, desejos de agradar aos outros. como: trabalho escolar, alcançar •possui um grande poder de assimilação, êxitos em qualquer gosta de memorizar, tarefa, fazer sempre identificar ou coisas... reconhecer os fatos, fazer classificações
  23. 23. 11 anos III ETAPA - EUCARISTIA • DEUS ESPÍRITO – EUCARISTIA • O próprio Cristo – Corpo e Sangue • Sacramentos – Vida Comunitária – Calendário Litúrgico • Missa – Liturgia • Penitência – Eucaristia • Bíblia (Novo Testamento)
  24. 24. Crescer em Comunhão Volume IIISupõe-se que• Possuam noções básicas da vida cristã e que conhecem a PESSOA e a MISSÃO de Jesus.Conteúdo• Olhar de perto a nossa igreja, comunidade que celebra sua fé e seu compromisso com o reino• Na liturgia da palavra• Na celebração eucarística• Nos sacramentos
  25. 25. Crianças de 11 e 12 anos• Rebeldes • Dengosos• Pouco interesse • Alguns começam a• Muita conversa fora entender mais do assunto sobre a Eucaristia• Conversa paralela • Desentrosamento• Pouca participação • Curiosos• Observador e ativo • Quem saber tudo• Competitivos • Muitas perguntas• Agressivos • Querem ser os• Fase dos altos e melhores baixos• Impacientes • Bagunceiros
  26. 26. • Querem saber mais • Não gostam de ser• Alguns são quietos tratados como crianças• Fase de transformação • São influenciados pelo mundo que os cercam – mudança de comportamento • Gostam de aventuras • Gostam de descobrir e• Cheios de energia fazer coisas novas• Muita preguiça para • Descobrem o amigo certos deveres • Identificam-se com os• Começam os colegas do mesmo sexo namoricos • Selecionam amizades• Não tem paciência conforme o seu interesse• Não são crianças e • Apegam-se facilmente nem adolescentes ao catequista• Tem um grande • Gostam de discutir, sentido de justiça e mas não deixam que horror à fraude discutam com elas
  27. 27. 12 anosI ETAPA - PERSEVERANÇA • DEUS PAI – PLANO DE DEUS • Visão Global do Plano de Deus – Profetas • Aliança: Deus x Homem • Vocação: Maria – Jesus – Discípulos Chamados a vivenciar o Batismo • Despertar para a Missão
  28. 28. Crescer em Comunhão Volume IVSupõe-se que• Conheçam a Pessoa de Jesus Cristo e Reconheçam os Sinais deste mesmo Cristo na Comunidade.Conteúdo• Quem sou eu? Que quero ser? Eu e DeusIntrodução do adolescente na vida moral cristã.
  29. 29. 13 anosII ETAPA - PERSEVERANÇA • DEUS FILHO – JESUS CRISTO • Deus se revelando na história • As Primeiras Comunidades – Igreja • Dons e Talentos à serviço do Reino • Vocação – Ser Igreja (Discípulos/as Missionários/as)
  30. 30. Crescer em Comunhão Volume VSupõe-se que• Queiram celebrar sua fé pessoal em Jesus Cristo, participando da vida da igreja e acionando sua missão.Conteúdo• Vivência da fé cristã sob a ação do Espírito Santo na igreja de Jesus, na construção do Reino.
  31. 31. 14 anos III ETAPA - CRISMA • DEUS ESPÍRITO – ESPÍRITO SANTO • VIVER EM COMUNIDADE – Testemunhar Jesus Cristo – Fazer a experiência dos Apóstolos • ENGAJAMENTO
  32. 32. Pré-Adolescente 13 e 14 anos• Muita atividade • Estudam, trabalham• Irresponsabilidade • Há muita imposição e• Falta nos encontros repressão dos pais (estudo – catequese –• Estão à procura de trabalho) diálogo• Falta de • Começam a assumir responsabilidades acompanhamento e incentivo dos pais • Problemas com a família• Boa participação• Abertos para o novo • São dependentes, Revoltados, impacientes• Gostam de brincadeiras • “Cabeça-quente”• Procuram lazer
  33. 33. • Querem ser donos do • Questionamento é util mundo sem medir para certos assuntos e conseqüências inútil para outros• Acham que já são • Recebem uma carga adultos e só tratam a muito grande de pressão eles como crianças • Estão em busca de• Para certos assuntos são incentivo adultos, para a • Sentem necessidades de responsabilidade são serem valorizados crianças • Querem servir (mostrar serviço)• Acreditam mais no amigo do que nos pais • Gostam de conquistar ou adultos amizade• São agressivos e • Muitos nem têm adolescência agredidos • Gostam se seguir a• Sonhadores, viver no moda, criar “ídolos” mundo da fantasia como • Gostam de ter emoções fosse realidade fortes, diferentes
  34. 34. CATEQUESE COM ADULTOSA catequese com adultos tem como missão:a) reforçar a opção pessoal por Jesus Cristo;b) promover uma sólida formação dos leigos, levando em consideração o amadurecimento da vida no Espírito do Cristo Ressuscitado;c) estimular e educar para a prática da caridade, na solidariedade e na transformação da realidade, julgando com objetividade e à luz da fé as mudanças sócio-culturais da sociedade;
  35. 35. d) ajudar a viver a vida da graça, alimentada pelos sacramentos;e) formar cada pessoa para cumprir os deveres do próprio estado de vida, buscando a santidade;f) dar resposta às dúvidas religiosas e morais de hoje;g) desenvolver os fundamentos da fé, que permitam dar razão da esperança;h) educar para viver em comunidade e assumir responsabilidades na missão da Igreja, dando testemunho cristão na sociedade;i) educar para o diálogo ecumênico e inter- religioso, como instrumentos para a busca da unidade cristã e da paz entre todos os filhos de Deus;j) ajudar na animação missionária além fronteira. fronteira
  36. 36. • É necessário levar em conta as situações e circunstâncias que exigem particular forma de catequese com adultos:• a catequese de iniciação cristã e o catecumenato de adultos (RICA);• a catequese ao povo de Deus, em forma ordinária ou extraordinária das missões populares;
  37. 37. • A Catequese por ocasião dos principais acontecimentos da vida (Batismo, Primeira Eucaristia, Confirmação, Matrimônio e Exéquias);• a Catequese para pessoas que vivem em situações canonicamente irregulares;• A Catequese para pessoas que vêm de outras igrejas e grupos religiosos.
  38. 38. Pois a "... finalidade definitiva(...) É a de fazer com quealguém se ponha, não apenasem contato, mas em comunhão,em intimidade com JesusCristo" (CT 5) e com tudo aquilocom que Ele se une: o Pai, oEspírito, a Igreja, a humanidade(cf. DGC 80-81)
  39. 39. Pois a catequese é umprocesso PROGRESSIVO ePERMANENTE. (cf. CR 318)• Este processo deve começar desde a infância à partir do relacionamento com as pessoas e com Deus.• Catequese é uma caminhada continua. (CR 281) Para fazer crescer na fá durante toda a vida.
  40. 40. A comunidade não é objeto,mas sujeito, é catequizada ecatequizadora.Catequese deve ser umaconvivência fraterna, ondese aprofunda a fé, secelebra e reza juntos.(CR318)
  41. 41. Referencial para os Conteúdos Conteúdos MISTÉRIO DA MISTÉRIO FÉ CRISTÃ FÉ CRER CELEBRAR VIVER ORAR ASSIM É DIVIDIDOO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA CATÓLICA jvieiras@hotmail.com

×