Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Uma vida cheia de gratidão

550 views

Published on

Estudo sobre algumas verdades que a Bíblia nos ensina sobre gratidão.

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

Uma vida cheia de gratidão

  1. 1. • O que a Bíblia nos ensina sobre a gratidão?
  2. 2. • 1. A GRATIDÃO É UMA ATITUDE DE RECONHECIMENTO DE QUE TUDO VEM DE DEUS • Vejamos o que disse Davi:
  3. 3. • Reconhecer que tudo vem de Deus pressupõe humildade: “Quem sou eu e quem é o meu povo...?” • Vejamos este TUDO, que vem de Deus mais detalhadamente:
  4. 4. a)O mundo, a vida e sua manutenção • “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas. Nem é servido por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais;” (At 17.24,25)
  5. 5. b) A provisão para o sustento da criação • “Tu fazes rebentar fontes no vale, cujas águas correm entre os montes; dão de beber a todos os animais do campo; os jumentos selvagens matam a sua sede. Junto delas têm as aves do céu o seu pouso e, por entre a ramagem, desferem o seu canto. Do alto de tua morada, regas os montes; a terra farta-se do fruto de tuas obras. Fazes crescer a relva para os animais e as plantas, para o serviço do homem, de sorte que da terra tire o seu pão, o vinho, que alegra o coração do homem, o azeite, que lhe dá brilho ao rosto, e o alimento, que lhe sustém as forças.” (Sl 104.10 a 15)
  6. 6. c) A família • “Herança do SENHOR são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão.” (Sl 127.3) • “Então, Esaú correu-lhe ao encontro e o abraçou; arrojou-se-lhe ao pescoço e o beijou; e choraram. Daí, levantando os olhos, viu as mulheres e os meninos e disse: Quem são estes contigo? Respondeu-lhe Jacó: Os filhos com que Deus agraciou a teu servo. (Gn 33.4,5) • “A casa e os bens vêm como herança dos pais; mas do SENHOR, a esposa prudente.” (Pv 19.14)
  7. 7. d) A sabedoria se quisermos • “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.” (Tg 1.5)
  8. 8. e) A capacitação para a obra de Deus • “não que, por nós mesmos, sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus, o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança,...” (2 Co 3.5,6)
  9. 9. f) A maior de todas as dádivas • “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3.16)
  10. 10. • Reconhecendo tudo isto só podemos fazer coro com Tiago: • “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.” (Tg 1.17)
  11. 11. • 2. A GRATIDÃO REVELA A NOSSA MATURIDADE ESPIRITUAL a) Quando somos capazes de receber também o mau sem nos revoltarmos • “Então, sua mulher lhe disse: Ainda conservas a tua integridade? Amaldiçoa a Deus e morre. Mas ele lhe respondeu: Falas como qualquer doida; temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.” (Jó 2.9,10)
  12. 12. b) Quando somos capazes de nos alegrar nas tribulações • “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança.” (Rm 5.3,4)
  13. 13. c) Quando alcançamos o contentamento • “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece.”
  14. 14. d) Quando, mesmo experimentado o “ainda que”, encontramos alegria em Deus • “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação.” (Hc 3.17,18)
  15. 15. • 3. GRATIDÃO NÃO SE MOSTRA APENAS COM PALAVRAS, MAS PRINCIPALMENTE COM ATITUDES a)Atitude de liberalidade para com a obra de Deus • Depois de Abraão vencer um grande exército com apenas 318 homens, libertar seu sobrinho Ló e recuperar todos os bens dos homens de Sodoma. No encontro com o sacerdote Melquisedeque, lemos: “E de tudo deu Abraão o dízimo.” (Gn 14.20)
  16. 16. b) Atitude de adoração • Vejamos o que fez o único dos dez ex- leprosos que voltou a Jesus: • “e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, agradecendo-lhe; e este era samaritano.” (Lc 17.16)
  17. 17. c) Atitude de consagração • “Então, Maria, tomando uma libra de bálsamo de nardo puro, mui precioso, ungiu os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se toda a casa com o perfume do bálsamo.” (Lc 12.3)
  18. 18. d) Atitude de serviço • “e também algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios; e Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, Suzana e muitas outras, as quais lhe prestavam assistência com os seus bens.”
  19. 19. e) Atitude de proclamação • O gadareno que foi liberto de uma legião de demônios: • “Então, ele foi e começou a proclamar em Decápolis tudo o que Jesus lhe fizera; e todos se admiravam.” (Mc 5.20)
  20. 20. • CONCLUSÃO: • Diante de tudo o que temos recebido de Deus a pergunta que devemos fazer a Deus é a mesma do salmista: • “Que darei ao SENHOR por todos os seus benefícios para comigo?” (Sl 116.12) • Certamente a resposta de Deus para conosco será: • “Dá-me filho meu o teu coração, e os teus olhos se agradem dos meus caminhos.” (Pv 23.26) • Pr.JoséReinaldodaSilva

×