Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Desastres, violência e obras deixarão ao menos
1,6 milhão de deslocados no Brasil até 2016
 Um estudo do Instituto Igarap...
Inflação já supera dois dígitos no Rio
em doze meses
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15
(IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial no
país, já passou...
A maior taxa é de Curitiba, de 10,73%, enquanto a menor é
registrada em Belo Horizonte, de 7,86%. Na média
nacional, a in...
Deflagrada em 17 de
março de 2014 pela
Polícia Federal (PF), a
Operação Lava Jato
desmontou um
esquema de lavagem de
dinhe...
• A investigação resultou na descoberta de um esquema de
desvio de recursos da Petrobras. Segundo a PF e o Ministério
Públ...
As investigações policiais e do MPF podem resultar ou não
na abertura de ações na Justiça. Ao todo, 19 ações penais e
5 a...
EMPRESAS ENVOLVIDAS
Entenda a proposta que reduz a
maioridade penal para 16 anos
• Câmara criou comissão para analisar projeto apresentado há
...
O que determina a ConstituiçãoPelo artigo 228 da Constituição Federal, "são penalmente
inimputáveis os menores de dezoito ...
Justificativa da proposta

Na justificativa da PEC, o ex-deputado Domingos alega que a maioridade
penal foi fixada em 194...
CRISE HÍDRICA NO BRASIL
Na virada do século, em 2001, o especialista em
recursos hídricos Marcos Freitas, então diretor d...
Panorama Histórico de
precipitações
A ORIGEM DA CRISE ESTA NÃO
ESTÁ NA FALTA DE CHUVA
A origem da crise energética provocada pela
estiagem no Sul e no Sudest...
 Chamado de oscilação interdecadal do Pacífico
ou oscilação decadal do Pacífico (PDO, na sigla
em inglês), o processo car...
para uma recessão em 2015',
afirma Dieese
• A economia brasileira
cresceu 0,1% em 2014,
segundo o desempenho
do Produto In...
• O PIB per capita teve uma queda de 0,7%. O setor produtivo
caiu 1,2% no ano, enquanto o agropecuário subiu 0,4%. Os
serv...
QUESTÃO HUMANITÁRIA NA EUROPA
Navio com cerca de 700 imigrantes naufraga no Mar
Mediterrâneo
ROMA — Entre 700 e 950 imigrantes ilegais
podem ter morrido no naufrágio de um barco
perto da costa da Líbia na madrugada...
 O naufrágio aconteceu depois de uma semana já
marcada por centenas de mortes no mar, ocorridas em
acidentes semelhantes ...
ONDA DE IMIGRAÇÃO ILEGAL A Europa enfrenta um desafio sem
precedentes com a nova onda de
imigração. Apenas no primeiro tr...
A UE mantém atualmente o Triton, novo programa de
proteção de fronteiras substituto do Mare Nostrum, mais
abrangente e qu...
Estado Islâmico (EI):
 Grupo muçulmano extremista fundado em 2004 no
Iraque, inicialmente como um braço da rede
terrorist...
Islâmicos sunitas, seus militantes consideram os xiitas,
grupo predominante no Iraque, como infiéis que
merecem ser morto...
Sunitas e xiitas são duas correntes rivais do Islã e inimigos há
séculos. O Iraque já teve vários conflitos e atentados
e...
Curdos: Os  curdos  são  um  povo  original  da  região  do 
Curdistão,  que  inclui  áreas  da  Turquia,  Iraque, Irã, S...
Europa comemora 70 anos do fim da Segunda Guerra
Mundial
A Segunda Grande Guerra durou quase seis anos, envolveu 
todos o...
Ao  lado  dos  aliados,  o  Brasil  passou  a  integrar  o 
conflito  em  1942.  Cerca  de  25  mil  soldados  da  Força ...
Fim da ditadura completa 30
anos
Há exatos 30 anos o Brasil dava fim à ditadura. No dia 15 
de janeiro de 1985, Tancredo ...
Durante  mais  de  um  ano, 
milhões de pessoas fizeram 
grandes  manifestações,  em 
todo  o  país,  para  exigir  o 
di...
A oposição decidiu reagir e ganhar a briga no terreno do 
adversário e lançou a candidatura do então governador de 
Minas...
Uma  multidão  compareceu  ao  velório  no  Palácio  da 
Liberdade, em Belo Horizonte. As grades do jardim foram 
abaixo ...
Para  o  cientista  político  Nilson  Borges,  o  grande  legado 
desses 30 anos de nova república é a estabilidade polít...
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Atualidades Brasil e Mundo

254 views

Published on

Material de Atualidades para concursos

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Atualidades Brasil e Mundo

  1. 1. Desastres, violência e obras deixarão ao menos 1,6 milhão de deslocados no Brasil até 2016  Um estudo do Instituto Igarapé, que analisa segurança pública e desenvolvimento social no Brasil, estima que o país terá ao menos 1,6 milhão de pessoas deslocadas entre 2009 e 2016. São cidadãos forçados a deixar suas casas por causa de obras de infraestrutura, desastres naturais e pelo avanço da violência, nessa ordem, diz o canadense Robert Muggah, diretor de pesquisas da entidade. Os números impressionam, mas não podem ser confrontados com estatísticas oficiais. Os ministérios da Integração Nacional e das Cidades reconhecem que não há no país um cadastro de famílias deslocadas.
  2. 2. Inflação já supera dois dígitos no Rio em doze meses
  3. 3. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial no país, já passou de dois dígitos no Rio de Janeiro considerando o resultado acumulado em doze meses. A alta de preços na região metropolitana do Rio entre 12 de junho de 2014 e 14 de julho de 2015 chegou a 10,04%, a segunda maior entre as onze regiões metropolitanas do país pesquisadas pelo IBGE.
  4. 4. A maior taxa é de Curitiba, de 10,73%, enquanto a menor é registrada em Belo Horizonte, de 7,86%. Na média nacional, a inflação acumulada em doze meses é de 9,25%, a mais alta desde dezembro de 2003, quando foi 9,86%. Em 2015, a inflação acumulada até julho é de 7,19%, a terceira maior entre as onze regiões metropolitanas, atrás de Curitiba (8,20%) e Porto Alegre (7,57%). Quando se olha o resultado mensal, no entanto, a inflação no Rio mostrou desaceleração na passagem entre junho e julho, de 0,89% para 0,38%. Pelo resultado geral, o IPCA-15 ficou em 0,59% em julho, que representa uma desaceleração frente à alta de 0,99% de junho. A taxa é a mais elevada para o mês em cinco anos, desde 2008. Em 12 meses, a inflação acumulada é de 9,25%, a mais alta desde dezembro de 2003, quando foi 9,86%. Entre janeiro e julho de 2015, a alta de preços foi de 6,90%.
  5. 5. Deflagrada em 17 de março de 2014 pela Polícia Federal (PF), a Operação Lava Jato desmontou um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que, segundo as autoridades policiais, movimentou cerca de R$ 10 bilhões.
  6. 6. • A investigação resultou na descoberta de um esquema de desvio de recursos da Petrobras. Segundo a PF e o Ministério Público Federal (MPF), dirigentes da estatal estão envolvidos no pagamento de propina a políticos e executivos de empresas que firmaram contratos com a petroleira. • Mais recentemente, as investigações descobriram irregularidades também em contratos do Ministério da Saúde e da Caixa Econômica Federal. • Em 12 fases, a PF já cumpriu quase 400 mandados judiciais, que incluem prisões preventivas, temporárias, busca e apreensão e condução coercitiva (quando o suspeito é levado a depor). •
  7. 7. As investigações policiais e do MPF podem resultar ou não na abertura de ações na Justiça. Ao todo, 19 ações penais e 5 ações civis públicas foram instauradas na Justiça Federal. O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância do Judiciário, aceitou denúncia contra 82 pessoas. São alvo de ações as empreiteiras Camargo Corrêa, Sanko-Sider, Mendes Júnior, OAS, Galvão Engenharia e Engevix.
  8. 8. EMPRESAS ENVOLVIDAS
  9. 9. Entenda a proposta que reduz a maioridade penal para 16 anos • Câmara criou comissão para analisar projeto apresentado há 22 anos. Texto permite que pena em prisão comum possa valer a partir de 16 anos. A comissão especial criada nesta terça-feira (31) na Câmara dos Deputados para discutir a redução da maioridade penal para 16 anos vai analisar uma proposta de emenda à Constituição (PEC 171/1993) apresentada há 22 anos. Junto a esse texto, foram agrupadas outras 37 proposições com o mesmo teor, que serão analisadas em conjunto. O texto original é de autoria do ex-deputado Benedito Domingos (PP-DF), e altera a redação do artigo 228 da Constituição Federal, com o objetivo de reduzir de 18 para 16 anos a idade mínima para a responsabilização penal.
  10. 10. O que determina a ConstituiçãoPelo artigo 228 da Constituição Federal, "são penalmente inimputáveis os menores de dezoito anos, sujeitos às normas da legislação especial". A redação proposta pela PEC sugere que o artigo seja substituído por: “São penalmente inimputáveis os menores de dezesseis anos, sujeitos às normas da legislação especial”. O que diz o ECA A legislação especial ao qual a Constituição se refere trata-se, atualmente, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Segundo o estatuto, o adolescente menor de 18 anos que pratica ato infracional pode ter, como medida socioeducativa, desde advertência e prestação de serviços à comunidade até a internação em estabelecimento educacional, uma “medida privativa da liberdade”
  11. 11. Justificativa da proposta  Na justificativa da PEC, o ex-deputado Domingos alega que a maioridade penal foi fixada em 1940, quando os jovens, segundo ele, tinham "um desenvolvimento mental inferior aos jovens de hoje da mesma idade". De acordo com Domingos, "o acesso à informação, a liberdade de imprensa, a ausência de censura prévia, a liberação sexual, dentre outros fatores", aumentaram a capacidade de discernimento dos jovens para "entender o caráter delituoso" e, por isso, capazes de serem responsabilizados criminalmente. "Se há algum tempo atrás se entendia que a capacidade de discernimento tomava vulto a partir dos 18 anos, hoje, de maneira límpida e cristalina, o mesmo ocorre quando nos deparamos com os adolescentes com mais de 16", afirma o texto.
  12. 12. CRISE HÍDRICA NO BRASIL Na virada do século, em 2001, o especialista em recursos hídricos Marcos Freitas, então diretor da Agência Nacional das Águas (ANA), foi convidado por uma revista a fazer projeções sobre o futuro do Brasil e como seria a vida dos brasileiros em 2015. À época, a resposta de Freitas pareceu um tanto esdrúxula: o país, mesmo tendo o maior volume de água doce do planeta, viveria uma grave crise hídrica.
  13. 13. Panorama Histórico de precipitações
  14. 14. A ORIGEM DA CRISE ESTA NÃO ESTÁ NA FALTA DE CHUVA A origem da crise energética provocada pela estiagem no Sul e no Sudeste no início do ano pode estar do outro lado do mundo. Segundo meteorologistas ouvidos pela Agência Brasil, o país está sendo afetado por um ciclo natural de resfriamento do Oceano Pacífico, que se reflete em alterações climáticas em grande parte do planeta. Para o Brasil, o fenômeno indica a possibilidade de as chuvas no centro-sul do país só voltaram ao normal no verão de 2016.
  15. 15.  Chamado de oscilação interdecadal do Pacífico ou oscilação decadal do Pacífico (PDO, na sigla em inglês), o processo caracteriza-se pela sucessão entre fases quentes e frias na área tropical do Oceano Pacífico. Os ciclos duram de 20 a 30 anos e são mais amplos que os fenômenos El Niño e La Niña, que se alternam de dois a sete anos. Em 1999, o oceano entrou numa fase fria, que deve durar até 2025 e se reflete em El Niños brandos e La Niñas mais intensos.
  16. 16. para uma recessão em 2015', afirma Dieese • A economia brasileira cresceu 0,1% em 2014, segundo o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado pelo IBGE na sexta-feira (27). A soma da riqueza do país atingiu R$ 5,5 trilhões, enquanto o PIB per capita caiu, chegando a R$ 27.229.
  17. 17. • O PIB per capita teve uma queda de 0,7%. O setor produtivo caiu 1,2% no ano, enquanto o agropecuário subiu 0,4%. Os serviços, que vinham crescendo de forma contínua, tiveram em 2014 uma alta menos expressiva, de 0,7%. • “Os resultados ruins da indústria de transformação começaram a aparecer depois de 2009, quando ocorreu o efeito mais agudo da crise financeira global; porém, esses efeitos permanecem e crescem no cenário nacional. Portanto, os números do PIB do setor produtivo indicam que a crise da indústria de transformação iniciada naquele ano se alastra para o setor de serviços. • O governo tomou diversas medidas para tentar mudar a conjuntura da indústria, só que as ações adotadas mostraram-se muito pouco eficientes”, diz a coordenadora.
  18. 18. QUESTÃO HUMANITÁRIA NA EUROPA Navio com cerca de 700 imigrantes naufraga no Mar Mediterrâneo
  19. 19. ROMA — Entre 700 e 950 imigrantes ilegais podem ter morrido no naufrágio de um barco perto da costa da Líbia na madrugada deste domingo, no que pode ser a pior tragédia ocorrida no Mediterrâneo no pós-guerra — o naufrágio na Lampedusa, em 2013, deixou 366 mortos e 20 desaparecidos. Se confirmado o desastre, o número total de mortos desde o começo do ano subirá para mais de 1.500 — somente na semana passada, cerca de 400 pessoas morreram tentando chegar a Itália.
  20. 20.  O naufrágio aconteceu depois de uma semana já marcada por centenas de mortes no mar, ocorridas em acidentes semelhantes nos dias anteriores. Inicialmente, falava-se de até 700 pessoas a bordo, mas um sobrevivente elevou o número a 950, incluindo 50 crianças e 200 mulheres. Só 28 pessoas foram resgatadas, além de 24 corpos. Os passageiros vinham de países como Argélia, Egito, Somália, Nigéria, Senegal, Gana e Bangladesh, entre outros. A embarcação, que partiu do Egito e pegou os imigrantes num porto da Líbia, perto da cidade de Zuwara, lançou um aviso de socorro durante a madrugada, captado pela Guarda Costeira italiana, que rapidamente alertou um cargueiro português na área.
  21. 21. ONDA DE IMIGRAÇÃO ILEGAL A Europa enfrenta um desafio sem precedentes com a nova onda de imigração. Apenas no primeiro trimestre, quase 57,3 mil ilegais chegaram ao continente — praticamente o triplo do mesmo período de 2014, ano em que já haviam sido quebrados todos os recordes. Diariamente, a Guarda Costeira italiana ou navios mercantes resgatam uma média de entre 500 e mil pessoas. Em uma semana, mais de 11 mil chegaram a ser resgatados. Mas, segundo analistas, os líderes europeus continuam encarando o problema humanitário com uma resposta meramente policial.
  22. 22. A UE mantém atualmente o Triton, novo programa de proteção de fronteiras substituto do Mare Nostrum, mais abrangente e que acabou cancelado no ano passado porque alguns políticos acreditavam que ele encorajaria os imigrantes a deixar seus países. O sistema atual funciona num limite de cerca de 50 quilômetros da costa da Itália. Este desastre confirma a urgência de restaurar uma operação de salvamento no mar e estabelecer vias legais críveis para chegar à Europa.
  23. 23. Estado Islâmico (EI):  Grupo muçulmano extremista fundado em 2004 no Iraque, inicialmente como um braço da rede terroristaAl-Qaeda– com o qual romperia posteriormente. Até recentemente, o grupo era conhecido como Estado Islâmico do Iraque e Levante (EIIL, ou ISIS na sigla em inglês). Islâmicos sunitas, seus militantes consideram os xiitas, grupo predominante no Iraque, como infiéis que merecem ser mortos e afirmam que os cristãos têm que se converter ao Islã, pagar uma taxa religiosa ou enfrentar a pena de morte.
  24. 24. Islâmicos sunitas, seus militantes consideram os xiitas, grupo predominante no Iraque, como infiéis que merecem ser mortos e afirmam que os cristãos têm que se converter ao Islã, pagar uma taxa religiosa ou enfrentar a pena de morte. Seu objetivo é criar um Estado muçulmano que inclua as zonas sunitas do Iraque e da Síria. A violenta ofensiva do grupo tem apoio de sunitas descontentes com o governo de Bashar Al-Assad na Síria e também com o governo iraquiano xiita.
  25. 25. Sunitas e xiitas são duas correntes rivais do Islã e inimigos há séculos. O Iraque já teve vários conflitos e atentados envolvendo extremistas desses dois grupos. Sunitas: É o nome dado aos adeptos da corrente majoritária do islamismo. Constituem maioria em quase todos os países muçulmanos, menos Irã e Iraque. O nome tem origem no fato de aderirem à "Suna", livro que conta a vida de Maomé. Originalmente, os sunitas teriam uma interpretação mais flexível dos textos sagrados e adaptariam sua crença ao tempo em que vivem. Sua ação política e religiosa é marcada pela conciliação e pragmatismo, com o diálogo entre povos e religiões. Porém, os sunitas do Estado Islâmico são radicais e têm adotado uma conduta violenta no conflito.
  26. 26. Curdos: Os  curdos  são  um  povo  original  da  região  do  Curdistão,  que  inclui  áreas  da  Turquia,  Iraque, Irã, Síria,  Armênia e Azerbaijão. Jihadistas: Os  militantes  do  Estado  Islâmico  são  chamados  de  jihadistas,  nome  dado  aos  integrantes  da  jihad, termo traduzido no Ocidente como “guerra santa”. Yazidis: São  uma  minoria  de  língua  curda  e  que  segue  uma  religião  pré-islâmica.  Injustamente  chamados  de  "adoradores  do  diabo"  por  terem  uma  crença  diferente,  vivem  em  pequenas  comunidades  isoladas  no  Iraque,  na  Síria e na Turquia.
  27. 27. Europa comemora 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial A Segunda Grande Guerra durou quase seis anos, envolveu  todos os continentes do planeta e custou a vida de mais de  60  milhões  de  pessoas.  A  maior  parte  das  mortes  -  25  milhões  -  ocorreu  na  antiga  União  Soviética,  que  junto  com Grã-Bretanha e  Estados  Unidos  lideraram  as  forças  aliadas. Do outro lado estavam os agressores do eixo - Alemanha,  Itália  e  Japão  -  encabeçados  pelo  ditador  nazista Adolf  Hitler. Além  dos  horrores  de  uma  campanha  militar  que  não  poupou civis em nenhum dos lados, a guerra foi marcada  pelo holocausto: o assassinato sistemático de cerca de seis  milhões de judeus pelos nazistas.
  28. 28. Ao  lado  dos  aliados,  o  Brasil  passou  a  integrar  o  conflito  em  1942.  Cerca  de  25  mil  soldados  da  Força  Expedicionária Brasileira além de homens da Força Aérea  lutaram na Itália. O  fim  dos  combates  comemorado  na  Europa  não  significou  o  fim  da  Guerra  Mundial.  O  império  japonês,  que  recusava  a  se  render,  só  capitulou  três  meses  mais  tarde, depois que os Estados Unidos lançaram uma bomba  atômica sobre Hiroshima e outra sobre Nagasaki
  29. 29. Fim da ditadura completa 30 anos Há exatos 30 anos o Brasil dava fim à ditadura. No dia 15  de janeiro de 1985, Tancredo Neves foi eleito presidente,  encerrando um período de 21 de regime militar. A votação  aconteceu  no  colégio  eleitoral,  mas  teve  o  gostinho  de  uma resposta à derrota da campanha pelas Diretas Já.
  30. 30. Durante  mais  de  um  ano,  milhões de pessoas fizeram  grandes  manifestações,  em  todo  o  país,  para  exigir  o  direito  de  eleger  o  presidente  da  República.  Porém,  no  dia  25  de  abril  1984  veio  o  desastre:  o  governo decretou estado de  emergência  no  Distrito  Federal  e  conseguiu  que  o  Congresso  derrubasse  a  emenda  das  Diretas  Já.  A  frustração bateu forte.
  31. 31. A oposição decidiu reagir e ganhar a briga no terreno do  adversário e lançou a candidatura do então governador de  Minas  Gerais,  Tancredo  Neves,  para  a  presidência  da  República. Ele  enfrentou Paulo Maluf no colégio eleitoral,  formado  por  deputados  federais  e  representantes  das  Assembléias Legislativas dos estados. O  povo  não  pôde  votar,  mas  acompanhou  a  sessão  de  perto  pela  TV.  Quando  o  resultado  saiu,  a  população  comemorou:  Tancredo  Neves  foi  eleito  presidente  com  480  votos  e  prometeu  que  esta  seria  a  última  eleição  indireta do país. Dois  meses  depois,  na  véspera  da  posse,  a  euforia  da  vitória  acabou  de  repente.  Tancredo  Neves  foi  internado  em  estado  grave  e  passou  por  várias  cirurgias,  mas  a  doença  não  cedeu. No dia 21 de abril, veio a confirmação de sua morte. 
  32. 32. Uma  multidão  compareceu  ao  velório  no  Palácio  da  Liberdade, em Belo Horizonte. As grades do jardim foram  abaixo e a viúva, Risoleta Neves, teve que pedir calma ao  povo. O vice de Tancredo, José Sarney, foi quem assumiu a  presidência e a promessa continuou de pé: ele foi o último  presidente eleito indiretamente a tomar posse.
  33. 33. Para  o  cientista  político  Nilson  Borges,  o  grande  legado  desses 30 anos de nova república é a estabilidade política:  "Nós conseguimos instituições fortes e independentes. Nós  temos  hoje  o  Congresso  funcionando,  o  Judiciário  fucnionando,  nós  temos  partidos  políticos,  uma  polícia  federal  independente,  um  Ministério  Público  independente.  Então,  o  Brasil  atingiu  uma  maturidade  política"

×