CONCURSO DA POLICIA MILITAR

Profº Jorge Marcos

QUESTÕES E GABARITOS
ALUNO:.................................................
B) Os eleitores têm a responsabilidade e a
prerrogativa legal para participar dos processos
relativos às decisões governam...
c) Uma sociedade em que as crianças mostram-se com um senso crítico mais elevado que o dos adultos está
condenada a exting...
e) à convicção de que a transformação social é uma
característica da história humana.
13) O
fenômeno
atual
da
globalização...
(B) projetos de democratização social.
(C) metas de educação para todas as raças.
(D) planos de igualdade de acesso a toda...
que fazem a guarda de honra de três rainhas;
no 2o, são mulatas vestidas de branco e
enfeitadas com fitas que vão em proci...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

2014 concurso da policia 2

745 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
745
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2014 concurso da policia 2

  1. 1. CONCURSO DA POLICIA MILITAR Profº Jorge Marcos QUESTÕES E GABARITOS ALUNO:......................................................................... ANO BASE - 2014 1) “Os movimentos sociais, particularmente os de origem popular, ao reivindicarem o acesso a bens, serviços coletivos, à moradia ou à terra, retomaram a uma descoberta já clássica no liberalismo: a de que o povo tem direitos e não só deveres. A questão dos direitos foi, e é, sem sombra de dúvidas, o grande amálgama das ações populares. Ela possibilitou a construção de uma identidade sócio-cultural.” (Glória Cohn.1992) A partir do texto e de seus conhecimentos sobre o assunto é correto afirmar: A) As pessoas de baixo poder aquisitivo têm forças suficiente para mudar as condições sociais em que vivem, pois já estão garantidos todos os seus direitos na constituição do país. B) Todas as necessidades básicas são atendidas pelo Estado. É o consumo dos bens que cria na população reivindicações que não podem ser atendidas, porque elas se constituem em despesas muito altas para serem assumidas pelo Estado Brasileiro. C) As ações dos movimentos sociais podem ser impedidas, basta que haja um eficiente controle por parte dos órgãos responsáveis pela segurança pública. D) As ações dos movimentos sociais são frutos da crescente exploração da classe trabalhadora e da tecnologia de produção. Portanto, numa sociedade democrática, sempre existirão grupos organizados, com um exercício de cidadania e defesa de direitos que se confrontará com classes ou grupos de poder estabelecidos. 2) No âmbito dos conflitos que têm marcado o cenário político nacional, dois movimentos sociais significativos e típicos dos anos 90 são: a) Movimento Camponês e Movimento pela Saúde. b) Movimento Indígena e Movimento da Melhor Idade. c) Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra. d) Movimento Sindical e Movimento Pacifista. e) Movimento Feminista e Movimento Negro. 3) Cultura, no âmbito das ciências sociais, é uma noção que se refere ao sistema de valores fundamentais de uma sociedade. Partindo desse pressuposto, quando se pensa a relação entre cultura e sociedade, é CORRETO afirmar que a) o sistema de valores das sociedades resume-se ao universo da classe dominante. b) grupos sociais diferenciados convivem harmoniosamente a partir de conjuntos de valores próprios. c) os valores fundamentais de uma sociedade são repassados a todos os novos membros de cada geração. d) os membros de uma sociedade têm suas estruturas de personalidade determinadas pelo sistema cultural. e) cada sociedade tende a constituir uma totalidade cultural original. 4) Nos últimos anos, vem ocupando lugar na agenda política internacional, o debate em torno da legitimidade do poder político derivado das experiências de democracia representativa. Alguns críticos da democracia liberal burguesa afirmam que esta modalidade democrática está em crise e precisa, urgentemente, encontrar novos mecanismos para dotar o poder de maior representatividade. São argumentos que sustentam, teórica e empiricamente, esta hipótese: A) Uma eleição não significa a manifestação da vontade popular. Trata-se de escolha entre um grupo limitado de partidos e candidatos.
  2. 2. B) Os eleitores têm a responsabilidade e a prerrogativa legal para participar dos processos relativos às decisões governamentais. C) O governo resultante da democracia representativa tem o compromisso constitucional para governar com a sociedade. D) A democracia representativa é incompatível com sociedades de economia em desenvolvimento. de primeira geração e, pela negligência com os direitos sociais. O correto está somente em: A) 1 e 2 B) 2 C) 1 e 3 D) 3 5) O Estado contemporâneo está estruturado em torno de dois compromissos políticos distintos e até certo ponto paradoxais: de um lado, afirma-se o Estado de direitos, relacionado à preservação dos direitos fundamentais da tradição burguesa; do outro, sedimenta-se o Estado social, caracterizado pela crescente demanda por proteção social. Esta contradição está expressa fundamentos éticos e políticos: nos seguintes 1- Os direitos de liberdade pessoal, política e econômica estão relacionados aos direitos de não interferência do Estado na vida da sociedade. 2- Os direitos sociais, denominados direitos de segunda geração, reivindicam a intervenção do Estado para adquirirem efetividade. 3- O Estado contemporâneo é caracterizado pela indiferença com os direitos civis e políticos, direitos 6) Um Estado é caracterizado como Estado de direito quando, do ponto de vista legal, está estruturado em torno de alguns princípios reconhecidos como legítimos em qualquer país onde a liberdade prevalece sobre a autoridade. Quais são esses princípios? A) Divisão dos poderes, predominância do governo sobre a lei, legalidade da administração e garantia dos direitos e liberdades fundamentais. B) Divisão dos poderes, império da lei, provisoriedade da administração e a garantia de liberdades individuais. C) O império da lei, a divisão de poderes, a legalidade da administração e a garantia de direitos e liberdades fundamentais. D) A garantia de direitos e liberdades fundamentais, o império da lei e a legalidade da administração. 7) A tira a seguir veicula conteúdo de crítica a valores que circulam em nossa sociedade. O melhor de Calvin Bill Watterson O ESTADO DE S. PAULO. São Paulo, 3 ago. 2003. Marque a alternativa que apresenta a crítica implícita na tira: a) Os adultos deveriam realizar, com as crianças, brincadeiras que as instruíssem na constituição da ideologia dominante. b) A manipulação das emoções reflete a ideologia da sociedade moderna, que supervaloriza aspectos negativos da realidade, no entretenimento.
  3. 3. c) Uma sociedade em que as crianças mostram-se com um senso crítico mais elevado que o dos adultos está condenada a extinguir-se por falta de emoções. d) A expressão “filme velho” autoriza o distanciamento entre os valores antigos e os modernos. e) Violência, ações vertiginosas e palavrões são recursos desvalorizados porque excitam a curiosidade. 8) A urbanização e a industrialização são características marcantes na formação da sociedade capitalista na Europa. Naquele momento histórico, as cidades passavam por um vertiginoso crescimento populacional e por uma completa redefinição das condições de vida, entre as quais se destaca a) a melhoria da estrutura de habitação, de saneamento, de saúde e de educação. b) a diminuição dos índices de prostituição, criminalidade e violência. c) o apoio aos proprietários rurais e artesãos independentes. d) a garantia de direitos trabalhistas, especialmente para mulheres e crianças. e) a ampliação da jornada de trabalho e do número de trabalhadores assalariados. 9) A visão de mundo segundo o qual nosso grupo é tomado como o centro de tudo, e todos os outros são pensados e sentidos através dos nossos valores, dos nossos modelos e das nossas definições de existência, deve ser conceituada como a) etnocentrismo. b) alienação. c) utopia. d) reificação. e) imperialismo. 11) No Brasil, o nacionalismo como ideologia, durante os anos 50 e parte dos 60, correspondeu ao controle populista estatal da participação política das classes populares, quanto à direção dada ao processo de industrialização, com vistas ao desenvolvimento capitalista “nacional”. Essa ideologia nacionalista foi a) elaborada e divulgada pelas classes populares como projeto de desenvolvimento econômico e bandeira política, posteriormente encampada pelo empresariado. b) a estratégia empreendida pelos movimentos sociais favoráveis ao desenvolvimento nacional, baseado na industrialização como garantia de futura igualdade com os países desenvolvidos. c) a base da estrutura sindical corporativista, criada e mantida até a década de 70, cujo principal empreendimento foi criticar a idéia de que o Estado representa toda a sociedade. d) idealizada e difundida por participantes do Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB), e sobretudo corporificada por setores da esquerda político-partidária. e) o conteúdo orientador do planejamento de políticas, elaboradas por expressivos segmentos do empresariado brasileiro, para atender as reivindicações da classe trabalhadora. 10) Sobre as organizações não-governamentais (ONGs) e sua atuação no cenário político brasileiro, é INCORRETO afirmar que 12) O termo “alienação”, no conjunto das reflexões sociológicas, tem múltiplas significações. Todavia, não é corretamente empregado quando se refere a) integram o chamado “terceiro setor”. b) realizam assessoria técnica, de pesquisa e documental, entre outras. c) excluem a possibilidade de participação voluntária. d) promovem capacitação para uma cidadania plena. e) podem receber financiamentos governamentais e internacionais. a) ao sentimento de impotência política que pode apoderar-se do cidadão. b) ao tédio de trabalhar na linha de montagem. c) ao fato de que o assalariado deve vender sua força de trabalho. d) à desumanização que resulta do desenvolvimento capitalista.
  4. 4. e) à convicção de que a transformação social é uma característica da história humana. 13) O fenômeno atual da globalização caracteriza-se pela conexão mundial por meio de uma rede tecnológica e de telecomunicações, com o predomínio do capital financeiro. Dentre as conseqüências desse estado atual está (A) o fortalecimento dos Estados nacionais, por meio do desenvolvimento de novas políticas de enfrentamento dos problemas locais. (B) a diminuição drástica da pobreza e do analfabetismo, principalmente em continentes como América do Sul e África. (C) a diminuição da explosão de conflitos étnicos e religiosos e suas lutas sangrentas. (D) o enfraquecimento do poder da mídia e controle do consumismo. (E)) o aumento do desemprego estrutural devido, entre outros, à utilização de nova tecnologia, como a robótica. (C) na medida em que esses empreendimentos são deletérios às populações indígenas e ribeirinhas, estas últimas exercem permanentemente o poder de veto a tais iniciativas. (D) as vantagens da implantação dos "grandes projetos" na Amazônia brasileira são fatores essenciais ao desenvolvimento nacional e justificamos sacrifícios exigidos das populações locais, cuja contribuição ao progresso do país é pouco significativa. (E)) as relações ambientais devem ser compreendidas tanto em termos de adaptação ao meio natural quanto às experiências de contacto entre culturas diversas que compartilham um mesmo ambiente. 15) 14) Em um texto sobre a questão ambiental na Amazônia, lêse: "É preciso ter claro que as conseqüências das hidrelétricas não se reduzem aos impactos ambientais. A implantação de empreendimentos desse porte envolve problemas sociais, econômicos e políticos. Os 'efeitos', assim como o planejamento das hidrelétricas, dizem respeito a um projeto político e econômico para o país como um todo..."(Santos, L. e Andrade, L. (orgs), As Hidrelétricas e os Povos Indígenas. Comissão PróÍndio de São Paulo, 1988. p. 6) De um ponto de vista antropológico, é possível concordar com as afirmações contidas no excerto acima porque (A) nada impede que as populações locais sejam deslocadas em grupo para outros territórios de idêntica dimensão, assegurando-se assim suas condições de vida. (B) as hidrelétricas trazem benefícios necessários à população brasileira como um todo e, neste sentido, só devem merecer consideração de ordem estratégica. A foto simboliza a "Marcha" do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de 1997. Sobre esse movimento, é correto afirma que (A)) não está restrito à questão da reforma agrária, já que contém temas relacionados às reformas sociais e econômicas de âmbito nacional. (B) Bahia e Minas Gerais foram os únicos estados do país que não participaram da Marcha dos Sem Terra. (C) os trabalhadores rurais da região Sul do Brasil decidiram não participar, reforçando a idéia separatista dos sulistas. (D) teve uma grande adesão em todo o país em razão do apoio financeiro fornecido pela União Democrática Ruralista. (E) não alcançou o objetivo de mobilizar os trabalhadores rurais do país em direção à Brasília. 16) Em seu discurso silencioso, o neoliberalismo difunde os as) (A) princípios privatistas da educação.
  5. 5. (B) projetos de democratização social. (C) metas de educação para todas as raças. (D) planos de igualdade de acesso a todas as classes sociais. 17) Atualmente, a luta pela posse da terra em Sergipe, e em várias regiões do Brasil, tem mobilizado diferentes setores sociais, especialmente os ligados ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra. Na história de Sergipe, os problemas da terra estão intrinsecamente relacionados aos mecanismos de exploração colonial, cuja característica marcante foi (A) a forma como se organizou a pecuária, desenvolvida predominantemente para atender ao mercado consumidor europeu. (B) os conflitos entre os colonizadores para a obtenção das melhores terras, visando a exploração de produtos de subsistência, como o feijão e o algodão. (C)) o alto grau de concentração fundiária tanto na produção açucareira como na criação de gado. (D) o tipo de sistema de distribuição das terras, denominado sesmarias, que beneficiou, com pequenos lotes, imigrantes e trabalhadores livres. (E) o predomínio do sistema minifundiário, onde eram produzidos açúcar e bens de produtos intermediários para abastecer o mercado interno. 18) Analise as frases abaixo, procurando detectar as que apresentam coerência de fatos e justificativas sobre a transferência da capital de Sergipe de São Cristóvão para Aracaju. I. A cidade de São Cristóvão recebia grande quantidade de migrantes de diferentes cidades do interior de Sergipe e do Nordeste; isso provocou reações da população desta cidade, que pressionou a Câmara Municipal para votar a transferência da capital para Aracaju. II. A escolha de Aracaju como capital de Sergipe estava diretamente relacionada, entre outros fatores, à força econômica da região de Cotinguaba, que tinha dificuldades de escoar seu principal produto de exportação para o mercado interno e externo. III. Nas décadas de 1910 e 1920, os jornais "O Estado de Sergipe" e o "Correio de Aracaju" exerceram uma poderosa influência sobre a população de São Cristóvão para que ela se manifestasse contra a transferência da capital para Aracaju. IV. A transferência da capital de Sergipe estava inserida no contexto das transformações ocorridas no país das quais, dentre outros aspectos, destacaram-se os processos de modernização, de industrialização e de urbanização. As frases corretas são APENAS (A) I e II (B) I e III (C) II e III (D)) II e IV (E) III e IV 19) Observe o gráfico. A observação do gráfico e seus conhecimentos sobre as atividades rurais de Sergipe permitem afirmar que (A) no estado, todas as terras agrícolas são intensamente ocupadas. (B) embora ocupando pequena área, as lavouras permanentes têm alta produtividade. (C) cerca de 1/3 das terras agrícolas do estado são ocupadas por matas. (D) as lavouras temporárias concentram-se no agreste e ocupam cerca de 25% da área do estado. (E)) mais da metade das terras agrícolas sergipanas destinam-se à pecuária. 20) Na festa de São Benedito, celebrada no dia de Reis, em Lagarto, há dois folguedos: no 1o, são pretos, vestidos de reis e de príncipes,
  6. 6. que fazem a guarda de honra de três rainhas; no 2o, são mulatas vestidas de branco e enfeitadas com fitas que vão em procissão, dançando e cantando música puramente brasileira. As descrições identificam, respectivamente, (A) Sambas e Folgança dos mouros. (B)) Congadas e Taieiras. (C) Batuques e Cavalo marinho. (D) Espírito Santo e Bumba-meu-boi. (E) Folgança dos marujos e Pastorinhas. GABARITOS 1. 2. 3. 4. D C E A 5. A 6. C 7. B 8. E 9. A 10. C 11. D 12. D 13. E 14. E 15. A 16. A 17. C 18. D 19. E 20. B

×