Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Painel didatico leitura filosófica

186 views

Published on

Painel didatico leitura filosófica

Published in: Education
  • Be the first to comment

Painel didatico leitura filosófica

  1. 1. PASSOS PARA A LEITURA FILOSÓFICA Referências Bibliográfica CSAVIAN FILHO, Juvenal. Argumentação: a ferramenta do filosofar. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010.( p. 37-61, 65 e 66) Derly jean Aniceto – aluno (PIBIDCAPES) Maria Cristina Theobaldo (orientadora) 1º PASSO LEIA O TEXTO INTEIRAMENTE Ler o texto inteiramente, mesmo que não entendamos tudo o que lemos. Em se tratando de um livro, devemos ir por partes (por capítulos ou por parágrafos). Nessa primeira leitura, devemos procurar identificar o assunto central do texto e fazer o levantamento do vocabulário que não conhecemos, marcando e anotando os termos desconhecidos. 2º PASSO BUSQUE O SENTIDO DOS TERMOS DESCONHECIDOS (se o texto não explicar) É preciso notar se o próprio texto não explica o termo, pois, muitas vezes, a definição é dada por ele mesmo. Se o texto não explica um termo, então recorremos a um bom dicionário da Língua Portuguesa, e, se necessário, a um bom dicionário de Filosofia. 3º PASSO INDENTIFIQUE OS ARGUMENTOS DO AUTOR Consiste em reler o texto, em ritmo mais lento, para identificar os argumentos ou raciocínios do autor (seus pressupostos, premissas e conclusões). É nesse ponto que começamos a comparar nossas experiências com as experiências do autor. Chamamos esses argumentos ou raciocínios “movimentos” do texto, pois representam os movimentos do pensamento do autor. O conjunto desses movimentos compõe o texto. 4º PASSO ENUMERE OS MOVIMENTOS DO TEXTO Enumerar esses movimentos, identificando a estrutura geral ou a armação do texto. Trata-se de uma visão de conjunto muito esclarecedora. 5º PASSO CORRELACIONE O TEXTO COM CONTEXTO Consiste em relacionar o texto com o restante da obra do filósofo e com o contexto histórico e cultural por ele vivido, isso amplia nossa compreensão, na medida em que podemos ver correlações com fatos, pessoas, teorias etc., importantes para esclarecer o pensamento do autor estudado. Isso, contudo, não equivale explicar o texto em função do contexto, como se alguém pensasse o que pensa apenas porque na sua época, ocorresse algo que o determinasse.

×