Escola Bíblica Dominical
www.ebvirtual.blogspot.com - Jonas M. Olímpio
Assembléia de Deus Min. Belém - Congr. Ponte Alta I...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Paulo e a Igreja em Filipos

1,230 views

Published on

Escola Bíblica Dominical
3º Trimestre de 2013
Filipenses
Lição 1

Published in: Spiritual
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,230
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
34
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Paulo e a Igreja em Filipos

  1. 1. Escola Bíblica Dominical www.ebvirtual.blogspot.com - Jonas M. Olímpio Assembléia de Deus Min. Belém - Congr. Ponte Alta II - Guarulhos/SP (Setor 19) - Filipenses Paulo e a Igreja em Filipos Um dos maiores centros militares do Império Romano acabou se tornando em ruínas ESBOÇO DO COMENTÁRIO RESUMIDO INTRODUÇÃO a) Paulo estava preso e a igreja era perseguida, mas continuava lhe prestando solidariedade. b) Ele escreveu aos filipenses para lhes expor seu amor e gratidão por seu zelo para com ele (Fp 1:3-5). I - INTRODUÇÃO À EPÍSTOLA 1 - A cidade de Filipos a) Situada no norte da Grécia, foi fundada por Filipe II em 360aC; era colônia do Império Romano que funcionava como um grande centro comercial e militar. b) Seu povo era carente; os que se converteram foram fiéis (Fp 1:6). 2 - O Evangelho chega à Filipos a) O Evangelho chegou em Filipos durante a segunda viagem missionária de Paulo, que com Silas e Timóteo chegaram lá por volta do ano 52dC. b) Sua estratégia era procurar uma sinagoga e pregar primeiro para os judeus, mas encontrando resistência neles, procurou um local público. c) Como podemos ver em Atos 16:14-40, ali ele encontrou Lídia e formou uma igreja em sua casa (At 16:14,15,40). 3 - Data e local da autoria. a) Essa epístola foi escrita entre os anos 60 e 63dC. b) Na ocasião, Paulo estava preso e Epafrodito doente (Fp 2:25-27,30). II - AUTORIA E DESTINATÁRIOS 1 - Paulo e Timóteo a) Timóteo aparece como um dos remetentes, mas o principal foi Paulo. b) Certamente Timóteo o auxiliou sendo seu escriba (Fp 1:1a). 2 - Os destinatários da carta: “todos os santos” a) Paulo chamou os membros da igreja de “santos”, porque por terem se entregado a Cristo eles estavam separados do mundo. b) Essa expressão indica uma íntima relação de comunhão dos salvos para com o seu Salvador (Fp 4:21; 1ª Pe 1:14-17). 3 - Alguns destinatários distintos: “bispos e diáconos” a) Citando bispos e diáconos Paulo demonstrou dar importância aos níveis de hierarquia dentro da igreja. b) Os bispos exerciam funções de liderança e os diáconos de serviços gerais (Fp 1:1b; 1ª Tm 3:10-13; 3:2-5). III - AÇÃO DE GRAÇAS E PETIÇÃO PELA IGREJA DE FILIPOS 1 - As razões pela ação de graças a) Sua gratidão era pelo apoio espiritual que aqueles irmãos lhe davam. b) Eles não tinham muito a oferecer, mas a oração daquela igreja o fortalecia (Fp 1:7). 2 - Uma oração de gratidão a) Os apóstolos sofreram muito naquela cidade, mas isso valeu a pena porque viveram grandes milagres como um grande livramento da prisão e a salvação de um carcereiro com a sua família conforme está relatado em Atos 16:27-33. b) Nos momentos mais difíceis, os filipenses lhes prestaram ajuda tanto material quanto espiritual (Fp 4:14-17; Tg 2:14-16). 3 - Uma oração de petição a) Paulo intercedia para que eles crescessem no conhecimento; b) Orava para que tivessem discernimento para não caírem em pecado. c) E rogava também para que prosperassem naquela Obra (Fp 1:9-11). CONCLUSÃO a) Grandes eram os sofrimentos na vida ministerial do apóstolo Paulo, mas suas dores eram amenizadas com o amor dos seus filhos na fé. b) A ajuda da igreja estimula o obreiro a prosseguir firme em sua missão de conduzir o povo de Deus em sua caminhada rumo ao Reino Celestial (Fp 4:18,19; Hb 13:17,18). Lição 01 07/07/2013 Leitura Bíblica em Classe - Filipenses 1:1-11 Texto Áureo “E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,” (Fp 1:9) Verdade Prática Paulo tinha uma grande afeição pelos irmãos de Filipos; por isso suas orações e ações de graças por essa igreja eram constantes. ESBOÇO DA EPÍSTOLA AOS FILIPENSES Autor: Apóstolo Paulo Tema: Alegria de viver por Cristo Propósitos: Agradecimento pelas ofertas; informar sua situação na prisão em Roma; Incentivar a igreja a permanecer firme em meio às lutas. Introdução (1:1-11)  Saudações.  Ação de graças e oração pelos filipenses. I - As situação em que Paulo estava (1:12-26)  Sua prisão beneficiou o avanço do Evangelho.  A proclamação de Cristo de todas as formas.  Sua disposição para viver ou morrer por Cristo. II - Assuntos de interesse da igreja (1:27-4:9)  Exortação de Paulo aos filipenses.  Seus mensageiros à igreja.  Advertência em relação aos falsos ensinos.  Conselhos finais. Conclusão  Reconhecimento e gratidão pelas ofertas.  Saudações finais e bênção. DICIONÁRIO Bispo: Dirigente da igreja. Se dedicavam ao ensino e à pregação. Diácono: Ajuda nos trabalhos gerais da igreja e cuidava dos pobres (At 6:1-8). Epafrodito: O nome é pagão e significa "amado por Afrodite". Responsável pela igreja de Filipos, foi enviado com ajuda à Paulo durante o seu primeiro cativeiro em Roma. Esteve doente e quase à morte. Lídia: Uma mulher cristã vendedora de púrpura na cidade de Filipos. Púrpura: Tinta com tom roxo (mistura de vermelho com azul).

×