Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Ditadura militar no Brasil

6,769 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Ditadura militar no Brasil

  1. 1. DITADURA MILITAR NO BRASIL -OS ANOS DE CHUMBO-
  2. 2. RODA VIVA (CHICO BUARQUE) <ul><li>Tem dias que a gente se sente Como quem partiu ou morreu A gente estancou de repente Ou foi o mundo então que cresceu... </li></ul><ul><li>A gente quer ter voz ativa No nosso destino mandar Mas eis que chega a roda viva E carrega o destino pra lá ... </li></ul>Roda mundo, roda gigante Roda moinho, roda pião O tempo rodou num instante Nas voltas do meu coração...
  3. 4. Antecedentes do Golpe de 1964 <ul><li>Após o fim do Estado Novo: população se organiza para lutar por seus direitos (sindicatos, Ligas Camponesas, Movimento de Cultura Popular em Recife, Centro Popular de Cultura da Une). </li></ul><ul><li>Os conservadores viam essas associações como “ameaça” comunista. </li></ul><ul><li>Crise do Parlamentarismo: divergências entre Jango e os primeiros-ministros. </li></ul><ul><li>Jango decide antecipar o plebiscito que seria feito em 1965  RESULTADOS 74% diz NÃO ao parlamentarismo. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>REFORMAS DE BASE: aumenta a fama de comunista de Jango.  Comício na Central do Brasil.( TEXTO PÁG.111) </li></ul><ul><li>Crise econômica. </li></ul><ul><li>Conservadores intensificam oposição.  Marcha da Família com Deus pela Liberdade. </li></ul>
  5. 6. GOLPE DE 1964 : “ ...mas eis que chega a roda-viva” <ul><li>Apoio da burguesia, dos latifundiários, de banqueiros e da classe média. </li></ul><ul><li>Mas e as associações populares?Não defenderem a democracia? </li></ul><ul><li>R: Sim, mas faltava apoio da população em massa. </li></ul>
  6. 7. Após o Golpe... <ul><li>Sedes das associações foram fechadas e líderes presos  UNE incendiada. </li></ul><ul><li>Suspensão da Constituição: </li></ul>Atos Institucionais
  7. 8. ATOS INSTITUCIONAIS :“...e carrega o destino pra lá...” <ul><li>Mais poder ao Executivo. </li></ul><ul><li>Fim das eleições diretas. </li></ul><ul><li>Extinção dos partidos  BIPARTIDARISMO: MDB e ARENA </li></ul><ul><li>Cassação de políticos da oposição; </li></ul><ul><li>Fim dos direitos políticos individuais, etc. </li></ul><ul><li>♦ 1967: Nova Constituição que legaliza a Ditadura = incorporação dos AI’s.  REPRESSÃO, VIOLÊNCIA, CENSURA (SNI) </li></ul>
  8. 9. REAÇÕES AO GOVERNO : “... A gente quer ter voz ativa, no nosso destino mandar...” <ul><li>Alguns conservadores ficam descontentes, pois acreditavam que o Golpe seria uma ação rápida, apenas para eliminar os comunistas.Mas, resolvem “mudar de lado” e atacar o regime.  O ESTADO DE SÃO PAULO e formação da FRENTE AMPLA (ex-conservadores aliam-se à JK e Jango) </li></ul><ul><li>Passeata dos 100 mil: protesto contra assassinato de estudante. </li></ul><ul><li>Greves: Contagem (MG) e Osasco (SP) </li></ul>
  9. 10. AI-5:A Reação do Governo “... A gente vai contra a corrente até não poder resistir...” <ul><li>Intensificação da repressão. </li></ul><ul><li>Frente Ampla: considerada ilegal. </li></ul><ul><li>Fechamento do Congresso. </li></ul><ul><li>Amplos poderes ao Presidente. </li></ul><ul><li>Criação do DOI-CODI e OBAN : organizações paramilitares do governo que praticavam a tortura. </li></ul><ul><li>(exemplo-texto pág. 114) </li></ul>

×