Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Prefeitura Municipal de Florianópolis

                 Departamento de Ensino Fundamental – Língua Portuguesa

          ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

RELATÓRIO DE EXPERIÊNCIA - TP6

1,117 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

RELATÓRIO DE EXPERIÊNCIA - TP6

  1. 1. Prefeitura Municipal de Florianópolis Departamento de Ensino Fundamental – Língua Portuguesa GESTAR II Profª Jociane Araujo Peres da Luz RELATÓRIO Neste ano, 2010, estou lecionando, pelo turno matutino, na EB Brigadeiro Eduardo Gomes com uma turma de 7ª série (72) e com duas 8ªs. (81, 82); pelo turno vespertino, na EB Vitor Miguel de Souza com todas as séries do ensino fundamental (52, 62, 72, 82). A atividade planejada do TP6 – Leitura e Processos de Escrita II - deram-se com as oitavas séries das duas escolas. Na primeira, a turma 81 é composta por 28 alunos e, a 82, 29 alunos; na segunda, a turma 82 é composta por 18 alunos. A atividade proposta para esses grupos foi a de que produzissem um texto dissertativo/argumentativo após leitura de materiais sobre o tema escolhido. A professora levou para sala de aula materiais como jornais e revistas (Zero Hora, Diário Catarinense, Atualidades Vestibular 2006/2007/2008/2009, Veja, Época, Superinteressante) com assuntos pertinentes aos temas discriminação, trabalho infanto-juvenil, terremoto e aquecimento global para que os alunos pudessem escolher, individualmente, um assunto que mais lhe interessasse. Feita a escolha, solicitou-se que fizessem leitura dele e fossem escrevendo, em seus cadernos, os apontamentos que mais achassem interessantes e que lhes poderiam ajudá-los para a construção do texto. Após leitura e apontamentos, deveriam começar a construir o texto dissertativo argumentando com os conhecimentos adquiridos. Depois disso, levariam o caderno à professora para que os auxiliasse na revisão. Feita a revisão e reconstrução do texto, passariam à limpo para socializarem, entregarem e pô-los em um mural expositivo na escola. Na EB Brigadeiro Eduardo Gomes, com a turma 81 foi mais fácil de explanar a atividade, conduzir e orientá-los. Com a turma 82, foi bem mais difícil, já que é um grupo “indisciplinado”. Com este grupo, sempre se teve que se chamar a atenção, pedir silêncio, concentração e exigir- lhes que fizessem a atividade. Na EB Vitor Miguel de Souza, a turma 82 respondeu muito bem ao que foi solicitado. Não acharam a atividade muito fácil, mas conseguiram perceber que lhes era muito útil para suas vidas. Tanto em uma escola quanto a outra, antes de ser aplicada tal atividade, foi lhes explanado antes os tipos textuais (conceituação, utilidade, finalidade, exemplos, etc), a linguagem a ser utilizada, a planejarem o texto, que o texto seria revisado para depois se chegar a um resultado final (edição). Os impressos foram selecionados e levados pela professora aos alunos para que eles tivessem bons textos para lerem, que lhes servissem de exemplo textual e para que se focassem sobre os temas a serem tratados. Creio que a atividade foi bem diferente para eles e que, embora não muito fácil para alguns, foi e será útil em suas vidas, levando-os a conhecer a construção de outro tipo de texto e que a escrita é um processo que precisa ser bem elaborado e de acordo com a finalidade a que e a quem se destina.

×