Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula 12 - Lógica

15,495 views

Published on

Aula 12 da disciplina Computação Aplicada, Unijorge, 2012.2

Published in: Technology

Aula 12 - Lógica

  1. 1. LógicaProfª Jocelma RiosOut/2012
  2. 2. O que pretendemos• Introduzir aos conceitos de lógica na perspectiva da filosofia• Relacionar a lógica e a filosofia com a Ciência da Computação• Exercitar o raciocínio lógico formal
  3. 3. LógicaPara a filosofia: área que trata dasformas do pensamento em geral (dedução,indução, hipótese, inferência etc.) e dasoperações intelectuais que visam àdeterminação do que é verdadeiro ou não.Para a computação: organização eplanejamento das instruções,assertivas etc. em um algoritmo,a fim de viabilizar aimplantação de um programa. Fonte: Houaiss
  4. 4. Lógica• Podemos pensar a lógica como o estudo do raciocínio correto• O raciocínio é o processo de obter conclusões a partir de suposições ou fatos• O raciocínio correto é o raciocínio onde as conclusões seguem-se necessária e inevitavelmente das suposições ou fatos
  5. 5. LógicaA lógica procura estudar ascoisas da mente, e não ascoisas reais/concretasPor exemplo, quando dizemos:arco-íris bonito, soldistante, praia suave sãoclassificações que damos àscoisas, e não as coisas emsi Veja também: www.9dades.com.br/ilusao-de-otica
  6. 6. Lógica
  7. 7. Lógica• Na filosofia, auxilia na determinação de que certo raciocínio é válido ou não, já que pode haver diferentes interpretações• Na matemática, auxilia na demonstração de teoremas e inferência de resultados corretos que podam ser aplicados nas pesquisas• Na computação, auxilia na determinação se dado algoritmo é correto ou não• Na física, auxilia a obter conclusões de experimentos
  8. 8. Lógica A lógica é somente mais uma teoria do pensamentoAristóteles é considerado o criador dalógica, porem o nome “lógica” veio bemdepois.No início ela não tinha um nome. ParaAristóteles, a lógica seria um modo aser usado para as pessoas poderemraciocinar com segurança (evitandoerrar).
  9. 9. Lógica Observe um exemplo da lógica dedutiva de Aristóteles:➔ Todo planeta é quadrado.➔ A Terra é um planeta.➔ Logo, a Terra é quadrada.
  10. 10. Lógica Formal Esta lógica não se preocupa com o fato de aTerra ser quadrada, mesmo que se saiba que ela é redonda. Pouco importa, ela aceita a informação que lhe foi dada. Mas exige que o raciocínio esteja correto.Preocupa-se com a forma: A = B, então, B = A. Ela não presta atenção ao conteúdo: A ou B podem ser planetas, burros, plantas etc. Por isso, esta lógica é formal (de forma) e dedutiva (de dedução).
  11. 11. Lógica FormalA nossa lógica formal dedutiva funcionaassim: a partir de uma sequência deorações verdadeiras chegamos a umaconclusão verdadeiraA lógica sempre utiliza uma linguagemexata (símbolos, sinais). Isso simplificae facilita seu estudo.
  12. 12. Lógica FormalAristóteles também elaborou a argumentaçãológica indutiva.– A baleia, o homem e o cãozinho são mamíferos.– A baleia, o homem e o cãozinho mamam.– Logo, os mamíferos mamam.Ou seja, de enunciados singulares chegamosa um universal.
  13. 13. Lógica Mais tarde, Bacon e outros aprofundaram esses ensinamentos e dividiram a lógica em três áreas:1.Formal: a que estamos aqui tratando.2.Transcendental: estuda as condições que dão base ao nosso conhecimento. Kant explicou que o intelecto tende a colocar tudo em ordem, cada tijolinho no lugar. Aliás, cada pessoa já possui uma lógica natural ao interpretar e classificar o que ela vivencia.3.Matemática: origina fórmulas de outras fórmulas, é puro raciocínio. São regras e mais regras inventadas, como jogos de cartas.
  14. 14. LógicaHegel, no entanto, achava que a lógicareferia-se ao pensamento e à realidade;disse que: – “todo o que é racional é real, e todo o que é real é racional” – A lógica é uma ciência, uma arte, um jogo; “tudo se passa como em um tabuleiro de xadrez”Mas, vejamos também outro tipo de lógica, aque considera a verdade (o conteúdo). Elaconsidera o desconhecido, a dúvida, aopinião, a certeza.
  15. 15. LógicaÉ chamada de lógica material. Ela não aceita ofato se alguém diz que a Terra é quadrada, éuma verdade. Temos alguns conceitos nestalógica:– Ignorância é a falta do conhecimento– Dúvida é a indecisão entre uma afirmação e uma negação– Opinião é uma opção que envolve a dúvida– Certeza é um firme apego à verdadeA verdade pode gerar muita discussão ebarulho. Afinal, como podemos saber o que émesmo a verdade? Os “céticos”, por exemplo,acham que não podemos afirmar nada; pois tudoé incerto.
  16. 16. Lógica• Já quem segue o dogmatismo, considera que a razão humana pode conhecer a verdade. E há muitas outras posições sobre a verdade: positivistas, idealistas e outras• O importante é saber que a verdade varia conforme os muitos sistemas filosóficos Isso pode ser poético. Existem verdades e a lógica utiliza a verdade que deseja utilizar• A lógica material defende a verdade na qual acredita de perigos como o “sofisma”
  17. 17. Lógica“Sofisma” é um raciocínio errado com aaparência de verdadeiro, tem a intenção deconduzir ao erro; observe o raciocínio:– Maria Alice é bonita.– Maria Clara é bonita.– Logo, todas as Marias são bonitas. Você já imaginou o que seria se não existisse lógica nas coisas? Já imaginou se nada fizesse sentido?Hoje, a lógica é fundamental em nossa sociedade,seja na Computação, no ensino-aprendizagem, namatemática, na medicina etc.
  18. 18. LógicaLogo, o resumo de tudo isto, é que podemosconsiderar como sendo válida a seguintedefinição. “Ciência da argumentação, prova, reflexão ou inferência”Ela lhe permitirá analisar um argumento ou raciocínio e deliberar sobre sua veracidade. A lógica não é um pressuposto para a argumentação, é claro; mas conhecendo-a, mesmo que superficialmente, torna-se mais fácil evidenciar argumentos inválidos.
  19. 19. Lógica Matemática Consiste no estudo matemático da lógica e na aplicação deste estudo a outras áreas da matemática• Guarda estritas conexões com a ciência da computação• Foi também chamada de lógica simbólica.• Inclui a lógica clássica (de Aristóteles), mas com uma notação diferente, mais abstrata, tomada da álgebra• Teorias associadas: Teoria dos Conjuntos, Teoria dos Modelos, Teoria da Prova e Teoria da Recursão
  20. 20. Raciocínio Lógico• Questões para raciocinar: – Qual o número que completa a sequência: 1, 3, 6, 10, ... • 13 • 15 • 12 • 11 • 18 – Qual o número que completa a sequência: 1, 1, 2, 3, 5, ... • 5 • 6 • 7 • 8 • 9
  21. 21. Raciocínio Lógico • Há três suspeitos de um crime: o cozinheiro, a governanta e o mordomo. Sabe-se que o crime foi efetivamente cometido por um ou por mais de um deles, já que podem ter agido individualmente ou não. Sabe-se, ainda que: • se o cozinheiro é inocente, então a governanta é culpada • ou o mordomo é culpado ou a governanta é culpada, mas não os dois • o mordomo não é inocente – Logo: • a governanta e o mordomo são os culpados • o cozinheiro e o mordomo são os culpados • somente a governanta é culpada • somente o cozinheiro é inocente • somente o mordomo é culpadoAcesse para mais desafios: http://rachacuca.com.br/logica/
  22. 22. Sequência lógica São passos executados atéatingir um objetivo ou solução de um problema.
  23. 23. ReferênciasBARONETT, Stan. Lógica: uma introdução voltadapara as ciências. Tradução de Anatólio Laschuk.Porto Alegre: Bookman, 2009. Cap. 4, 5 e 6MURCHO, Desidério. Introdução à lógica.Disponível em: <http://dmurcho.com/docs/introlog.pdf >PINEDO, Christian. Lógica matemática. Disponívelem:http://www.eumed.net/libros/2009a/499/LOGICA%20MATEMATICA.htm
  24. 24. Vídeos sugeridosCurso on-line de Lógica – www.youtube.com/watch?v=fj89dczszJ0 (argumentos dedutivos não-válidos) – www.youtube.com/watch?v=P73-zpCOPNk (proposições e tabela-verdade)Raciocínio lógico – www.youtube.com/watch?v=lg0zFWCoA30 (Aula 1 - Introdução) – www.youtube.com/watch?v=hoPu6hRfEG0 (Aula 2 - Introdução)Sequências numéricas – www.youtube.com/watch?v=-GYdgAGyZt0Aula de raciocínio lógico – 2a. Parte – www.youtube.com/watch?v=EPRLzX0_ZjM

×