Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A convergência digital na formação docente

Slides utilizados durante a videoconferência "A convergência digital na formação docente" no I Enped - I Encontro Nacional de Professores em Educação a Distância: http://www.enped.com.br/
Os slides provavelmente não se sustentam sozinhos, ou seja, foram acompanhados de palestra e discussões.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

A convergência digital na formação docente

  1. 1. I ENPEDA convergência digital na formação docente<br />18/01/2009<br />João Mattar<br />
  2. 2. Fordismo<br />
  3. 3. Pink Floyd<br />
  4. 4. Fragmentação da Profissão<br />
  5. 5. Impostutor<br />
  6. 6. Aututor: antes pato que gato-sapato<br />
  7. 7. As teorias de aprendizagem tradicionais não se aplicam mais às novas gerações.<br />Os modelos de design instrucional surgiram antes dos games e das ferramentas de simulação, portanto eles não precisam simplesmente ser atualizados, mas totalmente refeitos. <br />Seymour Papert - MIT: “Game designers have a better take on the nature of learning than curriculum designers”<br />Novo Design Instrucional<br />
  8. 8. Edupunk<br />
  9. 9. Conteúdo aberto<br />Remixagem<br />Usuário-Autor<br />Skype<br />Online Office<br />Blogs, wikis, podcasts, vídeos, videoconferências<br />RSSs, mashups<br />Caixa de ferramentas – mix correto<br />Web 2.0<br />
  10. 10. Getting Real Work Done in Virtual Worlds<br /> “[...] em cinco anos, a Internet 3-D será tão importante para o trabalho quanto a Web é hoje. Profissionais de gestão da informação e do conhecimento devem começar a investigar e experimentar com mundos virtuais.”<br />Forrester - EricaDriver & Paul Jackson – Jan. 2008<br />
  11. 11. Sala de Aula<br />
  12. 12. Ambientes Criativos<br />
  13. 13. Simulação<br />
  14. 14. ABC da EaD<br />
  15. 15. Ambiente de Aprendizagem<br /> “[…] embora o Second Life seja uma coisa inteiramente no-computador, ele claramente ativa os caminhos do nosso cérebro que utilizamos com espaços e seres físicos.”<br />StephanieBooth, CultureShock in Second Life<br />
  16. 16. “Dar uma espiada (através de videoconferência) em uma sala não é o mesmo que estar lá, nem mesmo tão interessante quanto estar ‘lá’ em um ambiente virtual. Em um ambiente virtual, você vê o seu próprio avatar, seu outro self, bem lá naquele espaço. Você está situado. Você vê e ouve coisas daquele ponto de vista privilegiado, e então parece mais presente do que em uma videoconferência. Em uma videoconferência, você está preso a um orifício de observação na sala; em um ambiente virtual, você pode se mover e falar como se estivesse na sala; você é um tipo de holografia.”<br /> Trent Batson - Project Wonderland: good avatars make good neighbors<br />Mundos Virtuais x Videoconferência<br />
  17. 17. Livros de graça para acesso pela Web, com telas pop-up, pesquisa etc.<br />Livro impresso, branco e preto ou colorido, ou em áudio, pago<br />Professor pode modificar o livro<br />Comunidade de leitores/autores<br />Materiais de estudo<br />FlatWorld Knowledge<br />
  18. 18. Currículos Flexíveis<br />Docência Online Independente<br />Ambientes Pessoais de Aprendizagem<br />Mundos Virtuais 3D online<br />Games<br />Dispositivos Móveis (m-learning)<br />Work-based learning<br />Futuro da EaD<br />
  19. 19. De Mattar<br />http://twitter.com/joaomattar<br />http://blog.joaomattar.com<br />

×