Cabos coaxiais

25,835 views

Published on

Published in: Technology
3 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • A informação de você forneceu em relação às impedâncias está mal, 50 OHM é utilizado para transmissões digitais e 75 OHM é para transmissões analógicas e de TV a cabo. Pode consultar o livro do Tanenbaum, redes de computadores que está lá estwa informação que estou a passar aqui! Não vale a pena fazer tutoriais sem referências, pois normalmente a informação fica errada!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Boa agora era as ferramentas e estava um trabalho TOP
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Obrigado! Acabas-te de me safar :)
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
25,835
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,431
Actions
Shares
0
Downloads
442
Comments
3
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cabos coaxiais

  1. 1. Cabos<br /><ul><li>Cabos Coaxiais;
  2. 2. Cabos de Par Entrançado;
  3. 3. Cabos Ópticos;
  4. 4. Tipos de Transmissão sem fios.</li></li></ul><li>Índice<br />Cabo Coaxial;<br />Cabo de Par Entrançado;<br />Cabos Ópticos;<br />Vantagens dos cabos ópticos em relação aos entrançados.<br />
  5. 5. Cabo Coaxial<br /><ul><li>Cabo Coaxial Fino;
  6. 6. Cabo Coaxial Grosso.</li></li></ul><li>Funcionamento<br />A maioria dos sistemas de transmissão utiliza cabos de impedância de 50 Ohms, geralmente utilizados nas TVs a cabo. No passado este tipo de cabo era o mais utilizado.<br />Actualmente, devido às suas desvantagens, está cada vez mais a cair em desuso, sendo só recomendado para redes pequenas. <br />
  7. 7. Tipos:<br />Coaxial Fino (10base2)<br />Este tipo de cabo coaxial é o mais utilizado. <br />É chamado “fino” porque a seu diâmetro do cabo é menor que o cabo coaxial grosso.<br />“10” significa taxa de transferência de 10 Mbps e “2” a extensão máxima de cada segmento de rede.<br />Fig.1- Cabo Coaxial 10base2 <br />
  8. 8. Tipos:<br />Coaxial Fino (10base2) (cont.)<br />Características do cabo coaxial fino:<br /><ul><li>Utilizam a especificação RG-58 A/U;
  9. 9. Cada segmento de rede pode ter, no máximo, 185 metros;
  10. 10. Cada segmento pode ter, no máximo, 30 nós;
  11. 11. Distância mínima de 0,5 metros entre cada nó da rede;
  12. 12. Utilizado com conector BNC</li></li></ul><li>Tipos:<br />Coaxial Fino (10base2) (cont.)<br />Conectores e Terminador:<br />
  13. 13. Tipos:<br />Coaxial Grosso (10base5)<br />Este tipo de cabo coaxial é pouco utilizado. É também chamado “ThickEthernat”ou 10base5.<br />Analogamente ao 10base2, 10base5 significa 10 Mbps de taxa de tranferência e cada segmento da rede pode ter até 500 metros de comprimento.<br />É conectado à placa de rede através de um transceiver. <br />
  14. 14. Tipos:<br />Fig.2- Cabo Coaxial 10base5 <br />
  15. 15. Tipos<br />Coaxial Grosso (10base5) (cont.)<br />Características do cabo coaxial grosso:<br /><ul><li>Especificação RG-213 A/U;
  16. 16. Cada segmento de rede pode ter, no máximo, 500 metros;
  17. 17. Cada segmento pode ter, no máximo, 100 nós;
  18. 18. Distância mínima de 2,5 metros entre todos os nós da rede;
  19. 19. Utilizado com transceiver.</li></li></ul><li>Tipos:<br />Coaxial Grosso (10base5) (cont.)<br />Conectores :<br />
  20. 20. Cabos de Par Entrançado<br /><ul><li>Com Blindagem;
  21. 21. Sem Blindagem;
  22. 22. Cabos STP e UTP.</li></li></ul><li>Cabos de Par Entrançado<br />Existem basicamente dois tipos de cabo par trançado<br />Os Cabos sem blindagem chamados de UTP (UnshieldedTwistedPair) e os blindados conhecidos como STP (ShieldedTwistedPair). <br />A única diferença entre eles é a existência de uma malha (blindagem) no cabo com blindagem, que ajuda a diminuir a interferência electromagnética e, com isso, aumentar a taxa de transferência obtida na prática.<br />
  23. 23. Cabos de Par Entrançado<br />Fig.4 – Par Trançado com Blindagem (STP) <br />Fig.3 – Par Trançado sem Blindagem (UTP) <br />
  24. 24. Cabos de Par Entrançado<br />Cabos UTP<br />Este cabo é o mais utilizado em redes. O cabo UTP é de fácil manuseio, instalação e permite taxas de transmissão até 100 Mbps com a utilização do cabo CAT 5.<br />Funcionamento:<br />Um par de fios torcidos cria uma espira virtual com capacitância e indutância, suficientes para ir cancelando o ruído externo através das suas múltiplas espiras, ou seja, o campo magnético formado pela espira X, é inverso da espira Y, e assim por diante. Se num dado momento o cabo sofrer uma interferência, esta será anulada na inversão dos polos das espiras.<br />
  25. 25. Cabo UTP<br />
  26. 26. Cabos de Par Entrançado<br />Cabos STP<br />Um cabo STP, além de possuir uma malha blindada global que confere uma maior imunidade às interferências externas electromagnética/radiofrequência, possui uma blindagem interna envolvendo cada par trançado componente do cabo cujo objectivo é reduzir a diafonia. <br />Um cabo STP geralmente possui dois pares trançados blindados, uma impedância característica de 150 Ohms e pode alcançar uma largura de banda de 300 MHz em 100 metros de cabo. <br />
  27. 27. Cabo STP<br />
  28. 28. Categorias<br />
  29. 29. Cabos Ópticos<br /><ul><li>Grandes Distâncias;
  30. 30. Pequenas Distâncias.</li></li></ul><li>Cabo de Fibra Óptica<br />O cabo de fibra óptica é formado por um núcleo extremamente fino de vidro. Uma nova cobertura de fibra de vidro, bem mais grossa envolve e protege o núcleo. Em seguida temos uma camada de plástico protectora chamada de cladding, uma nova camada de isolamento e finalmente uma capa externa chamada bainha.<br />
  31. 31. Cabos de Fibra Óptica<br />A transmissão de dados por fibra óptica é realizada pelo envio de um sinal de luz codificado, dentro do domínio de frequência do infravermelho a uma velocidade de 10 a 15 MHz. As fontes de transmissão de luz podem ser díodos emissores de luz (LED) ou lasers semicondutores. <br />O cabo de fibra óptica pode ser utilizado tanto em ligações ponto a ponto quanto em ligações multímodo. A fibra óptica permite a transmissão de muitos canais de informação de forma simultânea pelo mesmo cabo. <br />
  32. 32. Tipos de fibras<br />As fibras ópticas podem ser basicamente de dois modos:<br />Monomodo: <br />Permite o uso de apenas um sinal de luz pela fibra.<br />Dimensões menores que os outros tipos de fibras.<br />Maior banda passante por ter menor dispersão.<br />Geralmente é usado laser como fonte de geração de sinal.<br />Multimodo: <br />Permite o uso de fontes luminosas de baixa ocorrência tais como LEDs (mais baratas).<br />Diâmetros grandes facilitam o acoplamento de fontes luminosas e requerem pouca precisão nos conectores.<br />Muito usado para curtas distâncias pelo preço e facilidade de implementação pois a longa distância tem muita perda.<br />
  33. 33. Vantagens dos Cabos Ópticos em relação aos Cabos Entrançados<br />
  34. 34. Vantagens dos Cabos Ópticos em relação aos Cabos Entrançados<br />A fibra óptica tem inúmeras vantagens sobre os condutores de cobre, sendo as principais:<br />1. Maior alcance ;<br />2. Maior velocidade ;<br />3. Imunidade a interferências electromagnéticas ;<br />Ao contrário dos cabos coaxiais e de par trançado, que nada mais são do que fios de cobre que transportam sinais eléctricos, a fibra óptica transmite luz e por isso é totalmente imune a qualquer tipo de interferência electromagnética. Além disso, como os cabos são feitos de plástico e fibra de vidro (ao invés de metal), são resistentes à corrosão.<br />
  35. 35. …Fim<br />Trabalho Realizado por:<br /><ul><li>Joana Moura nº9</li>

×