Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
REVOLUÇÃO INGLESA    ( 1640 - 1688 )        Adaptado de Davi Ruschel   Prof. Daniel S. Assum –       Colégio Sinodal
Contexto / antecedentes   revolução comercial, ascensão da burguesia   Forte indústria têxtil inglesa   Cercamentos, mi...
   No aspecto ideológico:       Conflitos religiosos (anglicanos, católicos,        puritanos, presbiterianos)       An...
   Jaime I (1603 – 1625):       Apoio ao rei: senhores feudais, igreja anglicana e        alta burguesia.       Apoio a...
   Carlos I (1625 – 1649):       Apesar de jurar o “Bill of Rights” (Petição        dos Direitos), o rei novamente aumen...
   A República de Cromwell (1649 – 1660):     Ditadura pró-burguesia puritana (calvinista);     Repressão a opositores ex...
OS ATOS DE NAVEGAÇÃO
 Guerra contra a Holanda (1652 – 1654).      Vitória da Inglaterra (supremacia naval).      Desenvolvimento da marinha ...
   A Restauração STUART (1660 – 1688):       Carlos II (1660 – 1685).          Anglicano, pró-católicos.               ...
   Jaime II (1683 – 1688).      Católico.      Tentativa de restabelecer o absolutismo.      Apoiado por Luís XIV (FRA...
   A Revolução Gloriosa (1688):       Revolução burguesa.       1689: Guilherme de Orange acata ao Bill of        Right...
Conclusão:   A Revolução Inglesa (ou Revoluções) criou         as condições indispensáveis para a       Revolução Industr...
   http://www.youtube.com/watch?v=25B3V                    RzeVfE                    
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Revolução Inglesa

2,416 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Revolução Inglesa

  1. 1. REVOLUÇÃO INGLESA ( 1640 - 1688 ) Adaptado de Davi Ruschel Prof. Daniel S. Assum – Colégio Sinodal
  2. 2. Contexto / antecedentes revolução comercial, ascensão da burguesia Forte indústria têxtil inglesa Cercamentos, miséria da população em geral Debilitamento da aristocracia fundiária que dava sustentação ao absolutismo Surgimento dos Gentry, pequena e média nobreza rural, mentalidade capitalista e laços com a burguesia Surgimento dos Yeomen, espécie de classe média em péssimas condições
  3. 3.  No aspecto ideológico:  Conflitos religiosos (anglicanos, católicos, puritanos, presbiterianos)  Anglicanos e católicos apoiavam o Rei  Calvinistas do lado do Parlamento (rixas internas) No aspecto político:  morte de Elisabeth, fim da dinastia Tudor, decadência do absolutismo inglês
  4. 4.  Jaime I (1603 – 1625):  Apoio ao rei: senhores feudais, igreja anglicana e alta burguesia.  Apoio ao parlamento: pequena e média burguesia, gentry (nobreza mercantil) e puritanos (calvinistas ingleses).  Perseguições a católicos e puritanos.  Aumento de impostos.  Dissolução do parlamento (1614 – 1622). JAIME I
  5. 5.  Carlos I (1625 – 1649):  Apesar de jurar o “Bill of Rights” (Petição dos Direitos), o rei novamente aumenta os impostos e fecha o parlamento.  Tentativa de impor o anglicanismo na Escócia (revolta).  Guerra Civil (1642 – 1649): ANGLICANOS (monarquistas, chamados de “Cavaleiros”, apoiando o rei) X PURITANOS (forças contrárias ao rei, representadas pelo parlamento, chamados CARLOS I de “Cabeças Redondas”). Puritanos vencem e Carlos I é decapitado
  6. 6.  A República de Cromwell (1649 – 1660): Ditadura pró-burguesia puritana (calvinista); Repressão a opositores externos (Escócia e Irlanda) e internos (Levellers – niveladores e Diggers – escavadores); CROMWELL  Criação dos Atos de Navegação (1650) – somente navios ingleses transportariam mercadorias inglesas ou de outros países para a Inglaterra. Em caso de venda para a Inglaterra só navios do país de origem do produto estariam autorizados a entrar na Inglaterra:
  7. 7. OS ATOS DE NAVEGAÇÃO
  8. 8.  Guerra contra a Holanda (1652 – 1654).  Vitória da Inglaterra (supremacia naval).  Desenvolvimento da marinha e do capitalismo inglês. Oliver Cromwell nomeia-se Lorde Protetor da Inglaterra (1653). Após a morte de Oliver (1658), seu filho, Ricardo Cromwell assume o poder, porém, sem a habilidade e carisma do pai, enfrenta nova guerra civil no país, que acaba com a sua derrota e recoloca os monarquistas no poder.
  9. 9.  A Restauração STUART (1660 – 1688):  Carlos II (1660 – 1685).  Anglicano, pró-católicos. CARLOS II  Aproximação com a França.  Parlamento cria o HABEAS CORPUS e exclui católicos de cargos.  Parlamento é novamente fechado pelo rei (1683)
  10. 10.  Jaime II (1683 – 1688).  Católico.  Tentativa de restabelecer o absolutismo.  Apoiado por Luís XIV (FRA). Parlamento temeroso com a restituição do catolicismo oferece a coroa a Guilherme de Orange (HOL), casado com Maria Stuart, filha mais velha de Jaime II. Em troca, pedia o parlamento livre e a manutenção do anglicanismo. GUILHERME DE ORANGE
  11. 11.  A Revolução Gloriosa (1688):  Revolução burguesa.  1689: Guilherme de Orange acata ao Bill of Rights (Declaração dos Direitos).  Parlamento decidiria sobre impostos, garantia a propriedade privada, as liberdades individuais e divide o poder.  Fim do absolutismo na Inglaterra.  Burguesia assume o poder por meio do parlamento (Monarquia Parlamentar).  Rei reina, mas não governa.  Implantação do liberalismo.
  12. 12. Conclusão: A Revolução Inglesa (ou Revoluções) criou as condições indispensáveis para a Revolução Industrial do século XVIII, limpando o terreno para o avanço do capitalismo, deve ser considerado a primeira revolução burguesa da história na Europa, antecipando em cento e cinqüenta anos a Revolução Francesa.
  13. 13.  http://www.youtube.com/watch?v=25B3V RzeVfE 

×