Tarefa 4 Plano De AvaliaçãO (Recuperado)

446 views

Published on

Published in: Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
446
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tarefa 4 Plano De AvaliaçãO (Recuperado)

  1. 1. Tarefa 4<br />Plano de Avaliação a aplicar na BE<br />da Escola Secundária D. João V<br /> Índice <br /> Página<br />Nota introdutória 3Diagnóstico da BE 4Domínio seleccionado 5Instrumentos de recolha de dados 6Aplicação dos inquéritos 6Cronograma7Planificação8Tratamento e divulgação dos dados 9Reflexão sobre os resultados da avaliação 9Bibliografia10<br />Nota introdutória<br />A BE tem um papel fundamental no ensino e aprendizagens dos alunos contribuindo para o sucesso educativo. É necessário demonstrá-lo. A auto-avaliação é a forma mais adequada para o fazer. O modelo a aplicar exige passar de uma avaliação tradicional, centrada em “imputs”, para uma avaliação que seja capaz de demonstrar o seu impacto -”autcome”- no ensino e nas aprendizagens com vista à concretização da missão da escola.<br />O modelo aplicado só poderá ter sucesso se houver um envolvimento efectivo da comunidade educativa. <br />Diagnóstico da BE <br /> Elevado número de alunos frequenta o espaço (uma média de 1500 alunos mês);<br />Colecção a precisar de um reforço;<br />reduzido número de requisições domiciliárias de livros; (média de 20 requisições mês)<br />fraca articulação entre a BE e os docentes;<br />pouco envolvimento dos professores nas actividades da BE;<br />20% de documentos informatizados, o que dificulta a disponibilização do catálogo;<br />Equipamentos informáticos insuficientes;<br />Ligação à Internet pouco eficiente.<br />Domínio seleccionado<br />B. LEITURA E LITERACIA<br /> B.1 – Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura (indicador de processo).<br /> B.3 - Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbito da leitura e das literacias (indicador de impactos).<br />a) Justificação<br />O Plano de avaliação incide sobre o domínio B, porque é uma área onde nos parece importante actuar, em virtude da prática da leitura não fazer parte dos hábitos da população escolar. Um dos factores do insucesso dos alunos é apontado por muitos professores como sendo a falta de competências no domínio da Língua Portuguesa e a inexistência de hábitos de leitura.<br />O PEE destaca, nas suas áreas de intervenção/objectivos, a necessidade de «reconhecer e promover a importância fundamental da Língua Portuguesa». <br />O PAA da BE no presente ano lectivo propõe um conjunto de actividades promotoras do gosto pela leitura.<br />Objectivos<br /> Ao seleccionarmos este domínio e respectivos indicadores, pretendemos avaliar o impacto que a acção da BE da Escola Secundária D. João V, tem ao nível da promoção da leitura. Verificar em particular:<br />O que está a ser feito na BE para promover actividades que incentivem o gosto pela leitura;<br />Até que ponto o trabalho realizado transformou hábitos e melhorou competências. <br />Intervenientes<br />Equipa da BE;<br />alunos dos vários anos de escolaridade;<br />professores dos diferentes grupos disciplinares.<br />Instrumentos de recolha de dados<br />A recolha de dados será feita a partir de:<br />Análise de documentos considerados relevantes para o domínio a avaliar; <br />estatísticas da utilização da BE;<br />questionários a aplicar a alunos e professores.<br />Aplicação dos Inquéritos<br />10% de Alunos<br />Alunos7ºAno8º Ano9º Ano10ºAno11º Ano12º AnoTotaisNº alunos16065659212175578Amostra16 7 7 9 12758<br />20% de Professores<br />DisciplinasNº de ProfessoresAmostraPortuguês206Inglês81Francês 1-Espanhol1-História103Filosofia52Geografia41Biologia e Geologia103Física e Química91Matemática121Economia e Contabilidade61Informática21Educação Tecnológica51Artes Visuais61Educação Física81EMRC1-Totais :11823<br />CRONOGRAMA<br />ETAPASCALENDÁRIODivulgação do modelo de auto-avaliaçãoJaneiro (CP)Recolha de InformaçãoAo longo do ano lectivoPreparação dos instrumentos de recolha de dadosFevereiroAnálise documental2º e 3º períodosAplicação dos inquéritos2ª e 3ª semana de AbrilTratamento estatístico dos inquéritos1ª e 2ª semana de MaioTratamento estatístico e elaboração do relatório a apresentar ao CP.JunhoElaboração de um plano de melhoriaJulho<br />Planificação <br />B.1. Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na escolaFactores críticos de sucessoEvidências /Métodos e instrumentos a utilizarAcções a desenvolverCalendarização-A BE disponibiliza uma colecção variada e adequada aos gostos, interesses e necessidades dos utilizadores.-Questionário a alunos – QA2;-questionário aos professores – QP2;-PAA da BE e PAA da Escola;-estatística de requisição domiciliária e de ocupação para leitura informal;-registo de actividades;- materiais de apoio produzidos e editados;- grelha de Observação O2- pontos 05.;07 e 09- aplicada a dois pequenos grupos do 7º e 8º anos-Reuniões com os professores envolvidos;-disponibilização dos questionários na pág. da escola;-divulgação junto dos DT da calendarização para aplicação dos inquéritos em contexto de aula;-organização de um dossier onde irão ser colocadas as evidências em anexo e quadros sínteses;Ao longo do 2º e 3º períodos-A BE incentiva o empréstimo domiciliário.-A BE está informada relativamente às linhas de orientação e actividades propostas pelo PNL e desenvolve as acções implicadas na sua implementação.-A BE promove encontros com escritores ou outros eventos culturais que aproximem os alunos dos livros ou de outros materiais/ambientes que incentivem o gosto pela leitura.<br />Planificação<br />B.3. impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dosalunos, no âmbito da leitura e da literaciaFactores críticos de sucessoEvidências /Métodos e instrumentos a utilizarAcções a desenvolverCalendarização-Os alunos usam a BE para ler de forma recreativa, para se informar ou para realizar trabalhos escolares.-Estatística de requisição domiciliária e de ocupação para leitura informal.- Aplicação e análise dos documentos existentes na rotina da BE ou preparados para o efeitoAo longo do 2º e 3º períodos-Os alunos desenvolvem trabalhos onde interagem com equipamentos e ambientes informacionais variados, manifestando progressos nas suas competências da leitura e da literacia.- Grelha de Observação O2- pontos 05.;07 e 09- aplicada a dois pequenos grupos do 7º e 8º anos;- informações dos professores Os alunos participam em diferentes actividades de promoção da leitura- Questionário a alunos – QA2;-Registos das actividades<br />Tratamento e divulgação dos dados<br />O tratamento e análise de dados são no meu entender uma tarefa que exige bastante tempo. Tempo que nos falta, por isso, pensamos fazer apenas uma análise qualitativa através do levantamento das categorias adequadas a cada evidência recolhida. Posteriormente será elaborada uma síntese gráfica que irá ser incluída no relatório a apresentar ao CP. A divulgação à comunidade educativa far-se-á através da página Web da escola e por intermédio dos departamentos curriculares. <br />Reflexão sobre os resultados da avaliação<br />Os resultados da avaliação serão objecto de análise e reflexão em Conselho Pedagógico para que sejam definidos rumos estratégicos e acções para a melhoria, sempre em conformidade com o Projecto Educativo da Escola a missão e objectivos da BE;<br />Bibliografia consultada:<br />Texto da sessão.<br />Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares, disponível em linha. <br />Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares: instrumentos de recolha de dados, disponível em linha.<br />Modelo para o relatório de avaliação da BE, disponível em linha.<br />Basic Guide to Program Evaluation, disponível em linha através do link disponibilizado no texto da sessão.<br />

×