Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A Cartografia na leitura do mundo

12,980 views

Published on

Um pequeno histórico da cartografia.

Published in: Education
  • Be the first to comment

A Cartografia na leitura do mundo

  1. 1. A Cartografia na leitura do Mundo Prof. Joacir F. Pimenta COLÉGIO ARBOS
  2. 2. Objetivos <ul><li>Identificar os elementos que formam a Cartografia e utiliza-los corretamente para uma melhor interpretação geográfica. </li></ul><ul><li>Cartografar e representar de diferentes formas o mundo; </li></ul><ul><li>Interpretar corretamente os gráficos e utiliza-los na análise geográfica; </li></ul><ul><li>Calcular corretamente os fusos horários; </li></ul><ul><li>Saber se situar em qualquer local do globo e conseqüentemente, saber situar-se diante do mundo e das situações. </li></ul>
  3. 3. Cartografia <ul><li>Objetivo : Elaboração de mapas. </li></ul><ul><li>Atividades: levantamento de campo ou da pesquisa bibliográfica, confecção de mapas, impressão definitiva e publicação. </li></ul><ul><li>Primeiros mapas eram confeccionados em placas de argila. </li></ul><ul><li>Mapa mais antigo: metade do século IX A.C. e representa um trecho do norte da Mesopotâmia. </li></ul>
  4. 4. Mapa da Babilônia – 2.500 A.C
  5. 5. Mapas da Babilônia – 1.000 A.C
  6. 6. Mapa Chinês – Século IV a.c
  7. 7. Mapa chinês – século VI A.C
  8. 8. <ul><li>Hiparco astrônomo – século II a.c., dividiu pela primeira vez a circunferência da terra em 360º e traçou sobre a esfera terrestre paralelos e meridianos eqüidistantes. Tornava-se fácil, assim a localização das cidades mais distantes e a confecção de mapas. </li></ul><ul><li>Cláudio Ptolomeu </li></ul><ul><li>( 90 – 168 d.c. ) </li></ul><ul><li>Retrata de forma abrangente a superfície terrestre conhecida na época: quase toda a Europa, grande parte da Ásia e parte da África. </li></ul>
  9. 9. Mapa de Ptolomeu
  10. 10. <ul><li>Com as grandes navegações (a partir do século XV), aos poucos o planeta foi sendo mapeado. </li></ul><ul><li>Século XVIII, praticamente todo o globo terrestre, ao menos no que tange aos contornos continentais e boa parte dos insulares já eram conhecidos. </li></ul>
  11. 14. <ul><li>Quando o homem se desprendeu do chão, a cartografia conheceu um processo de grande evolução. </li></ul><ul><li>Atualmente, computadores, aviões, satélites artificiais e radares tornam a confecção de mapas mais rápida. </li></ul><ul><li>A associação satélite-radar-computador já levou à produção de imagens dimensionais da superfície terrestre. </li></ul><ul><li>Sensoriamento remoto: conjunto de técnicas utilizadas para estudar a superfície terrestre e a atmosfera por meio de análise de imagens ou feitas por aviões ou satélites. </li></ul>
  12. 16. As visões de Mundo <ul><li>Os mapas produzidos ao longo da história sempre expressaram idéias ou visões próprias de uma pessoa ou de um grupo. </li></ul><ul><li>Sebastian Munster em 1540, procurava representar a Europa, numa provável homenagem a Carlos I, rei da Espanha (1516-1556). </li></ul>
  13. 18. <ul><li>Não existe uma única maneira correta de representar o mundo, já que o planeta, tendo a forma de um globo, não apresenta nenhum referencial fixo. Não existe acima nem abaixo em uma figura esférica. </li></ul>
  14. 19. Projeções cartográficas <ul><li>A única maneira de representar a superfície da terra, que é curva, sem que haja deformações, é por meio do globo. </li></ul><ul><li>Entre as projeções cartográficas mais utilizadas estão a cilíndrica, cônica, a azimutal e a de Robinson. </li></ul>
  15. 20. <ul><li>Projeção de Mercator : conserva a forma dos continentes, direções e ângulos. Tem o inconveniente de apresentar, de maneira exagerada, as superfícies localizadas em altas latitudes </li></ul>
  16. 21. <ul><li>Projeções cônicas: são projeções que se baseiam no princípio da transferência da rede de coordenadas do globo para um cone. Os mapas feitos em projeção cônica terão os meridianos em linha reta e os paralelos em linhas curvas. </li></ul>
  17. 22. <ul><li>Projetos planos ou azimutais : baseiam-se no princípio da transferência da rede de coordenadas do globo para um plano. Os paralelos são representados por círculos concêntricos e os meridianos, em linhas retas. Os pontos de tangência mais usados são os pólos. </li></ul>
  18. 23. Resumo: Representações gráficas
  19. 26. <ul><li>Música : </li></ul><ul><li>CD – Viagem ao centro da terra – Rick Wakeman – EMI – 1999. </li></ul><ul><li>Imagens de satélites </li></ul><ul><li>WWW.spaceimaging.com </li></ul><ul><li>WWW.Satmidia.com.br </li></ul>

×