Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Santo António

1,538 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Santo António

  1. 1. SantoAntónio
  2. 2. Igreja de Santo António em Lisboa. Construída na casa da família, onde nasceu o Santo.Em Lisboa, no ano de 1192 nasce Fernando de Bulhões.Viria a ser Frei António, mais tarde Santo António.
  3. 3. Foram seus pais Martinho de Bulhões e TeresaTaveira.
  4. 4. Frequentou a escola da Igreja de Santa Maria Maior,hoje a Sé de Lisboa. Estudou gramática, retórica,música, aritmética e astronomia.
  5. 5. Gostava de conviver com os jovens da sua idade. Mas essaalegria não o satisfazia, desejava uma felicidade maior.
  6. 6. Ao ver os barcos do Tejo partirem para longe, sonhavade olhos abertos. Quem sabe não iria um dia partirpara longe, como missionário?
  7. 7. Fernando, autorizado pelos pais, decide tornar-se padre.
  8. 8. Fotografia atual do Mosteiro de São Vicente de ForaEntrou no convento de São Vicente de Fora, da Ordemdos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho.
  9. 9. Aí dedica-se intensamente ao estudo, sobretudo da Bíblia.
  10. 10. Dedica-se intensamente à oração.
  11. 11. Foto atual do convento de Santa Cruz de CoimbraTrês anos depois, aos 17 anos, muda para o convento de SantaCruz de Coimbra, onde terá mais sossego e uma melhorbiblioteca. Estuda Direito Canónico, Filosofia e Teologia.
  12. 12. Terminados os estudos é ordenado sacerdote, na Ordemdos cónegos regrantes de Santo Agostinho.
  13. 13. Um dia batem à porta uns frades pobremente vestidos. Sãoda ordem franciscana, fundada à pouco tempo por Franciscode Assis. Fica sensibilizado com o seu entusiasmo e alegria.
  14. 14. Poucos anos depois esses 5 franciscanos são martirizados.Em Coimbra repicam os sinos para receber triunfalmente oscorpos dos mártires de Marrocos.
  15. 15. Fernando decide também ele tornar-se franciscano epartir para a missão. Toma então o nome de António.
  16. 16. António parte então para Marrocos.
  17. 17. Mas chegado a Marrocos fica gravemente doente.Tem de deixar as terras de África e regressar aPortugal.
  18. 18. No regresso uma grande tempestade empurra obarco para as costas da Sicília.
  19. 19. Frei António passa algum tempo em Messina enquantorecupera a saúde. Depois empreende viagem até Assis,para participar no Capítulo Geral dos Franciscanos.
  20. 20. Frei António tem a alegria de conhecer pessoalmenteFrancisco de Assis. Acaba por não regressar a Coimbra, ficanum pobre convento italiano.
  21. 21. Na solidão do monte Paulo é um irmão entre irmãos.Tem uma vida austera e pobre.
  22. 22. Cumpre fielmente todas as humildes tarefas que lhesão confiadas, ora com fervor e faz penitência.
  23. 23. Um dia, em Forli, falta o pregador de uma festa deordenações e mandam que o substitua.
  24. 24. O seu sermão agrada tanto que lhe é confiadaa missão de pregar por toda a parte.
  25. 25. O seu sermão agrada tanto que lhe é confiadaa missão de pregar por toda a parte.
  26. 26. Em Rimini fazem uma campanha para o desacreditar e apraça, desta vez, está deserta.
  27. 27. Frei António diz: “Não quereis ouvir-me? Irei pregar aos peixes.E no mar surgem os peixes para ouvir a pregação de Frei António.
  28. 28. O povo vendo isto volta a encher as praças para ouvirFrei António.
  29. 29. Frei António, por desejo de Francisco de Assis, dedica-se também aoensino de Teologia, porque grande é a sua sabedoria.Prega também diante do Papa e dos cardeais. Tal é o seu conhecimentoda Bíblia que lhe chamam “Arca do Antigo e do Novo Testamento”.
  30. 30. De Itália passa à França. Alguns descrentes desafiam o santo aprovar a presença real de Cristo na Eucaristia. Irão uma mulafaminta diante de um saco de aveia e da hóstia consagrada.Chegada a mula a surpresa acontece, em lugar de se dirigir parao saco de aveia ajoelha-se diante do Santíssimo Sacramento.
  31. 31. Em 1926 participa no Capítulo Geral da sua ordem e éeleito provincial da Romanha, cargo que desempenhacom admirável espírito de serviço.
  32. 32. Frei António vai fixar-se em Pádua.Aí os tempos são de lutas sangrentas.
  33. 33. Santo António consegue que alguns senhores deponham asarmas e construam a paz.
  34. 34. Continua, como sempre, muito próximo do povo, acompanhandoas palavras de vida com milagres. Pega ela mão de uma pessoaque tinha morrido e ressuscita-a.
  35. 35. A sua atividade em Pádua consiste principalmente em escrever:faz sermões para todas as festas dos santos e domingo do ano.
  36. 36. Pouco antes de falecer, para fazer a pregação da quaresma emPádua, Santo António hospedou-se em casa de um amigo. Durantea noite este viu uma luz sair do quarto de Santo António, foi ver oque se passava e viu Santo António com o Menino Jesus ao colo.
  37. 37. Gasto pela doença retira-se para a solidão de um bosque, longe damultidão e mergulhado no silêncio da oração.
  38. 38. Mas as multidões já o tinham por santo. E mais uma vezvêm ter com ele, para escutar as suas palavras.
  39. 39. Gravemente doente é levado num carro de bois para o conventode Pádua
  40. 40. Ao morrer, esboça um sorriso e diz: “Vejo o meu Senhor!”Era sexta-feira, dia 13 de Junho de 1231. Tinha 36 anos.As crianças levam a notícia a toda a cidade: “Morreu o Santo!”
  41. 41. Basílica de Santo António, em Pádua, aonderepousam os restos mortais de Santo António. Imagem de Santo AntónioO papa Gregório IX declara-o santo, passado menos de um ano,foi a canonização mais rápida de sempre.Em 1934 é declarado padroeiro de Portugal.Foi proclamado Doutor da Igreja pelo papa Pio XII em 1946.É um dos santos mais venerados do mundo.
  42. 42. As imagens foram retiradas de várias fontes,principalmente do filme de desenhos animados “SantoAntónio”, editado em Portugal pela LNK, mas tambémdo diaporama “Santo António”, das Edições Salesianas(slides 29, 31, 39 e 40) e imagens retiradas da internet.O texto é também muito inspirado no texto dodiaporama “Santo António”, das Edições Salesianas.http://abcdacatequese.com/

×