Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Métricas e ferramental para criar produtos que sejam amados

104 views

Published on

Apresentação feita no Insper no dia 4/3/2020.

O Brasil é uma das nações mais conectadas. São mais de nove horas online todos os dias e com uma proporção impressionante de early adopters. Quais metodologias e ferramentas podemos usar para nos diferenciar e construir o que encanta e gera valor para o cliente? Venha descobrir no workshop Construindo algo que seus usuários amem: Métricas e ferramentas para novos produtos digitais.

Durante o evento, será abordado o processo qualitativo inicial de entrevista de usuário até a implementação de dados quantitativos na construção e priorização de novas funcionalidades. Serão apresentadas também metodologias e ferramentas de ponta utilizadas no Vale do Silício como Windsor.io, Amplitude e Notion.
https://www.insper.edu.br/agenda-de-eventos/conheca-metricas-e-ferramentas-para-criar-produtos-amados-pelos-usuarios/

Published in: Internet
  • Be the first to comment

Métricas e ferramental para criar produtos que sejam amados

  1. 1. Métricas e ferramental para criar produtos amados
  2. 2. Meus objetivos para hoje a noite: ● Por que é mais importante do que nunca fazer o usuário feliz? ● "Tive uma ideia... e agora?" ● O que construir? #MVP ● "Construí um protótipo… e agora?"
  3. 3. Por que é tão importante?
  4. 4. "Make something people want" - Paul Graham
  5. 5. Muita coisa mudou no mundo da internet + apps ● Mundo digital: "Winner takes all" ● Média de downloads por mês nos EUA atualmente? Mais próximo de zero do que de um. ● Canais de aquisição cada vez mais consolidados (aumento no CPC e na concorrência de keywords), hábitos já formados. ● Mais dinheiro, conhecimento e talento do que nunca. Ou seja… muita concorrência. Melhor evitar competir a base de quem tem mais dinheiro.
  6. 6. Tive uma ideia. E agora?
  7. 7. Sua ideia tem que virar um produto e se encaixar no mercado - Não podemos competir a base de "Quem tem mais grana". Competimos a base de quem entrega a melhor proposta de valor - Vamos debaixo pra cima. - Precisamos focar primeiramente no Problema que vive no mercado. Depois podemos olhar na Solução, que vive no produto. - Se prepara que esse é um loop infinito com muita iteração.
  8. 8. Ta, muito legal Jonathan! Mas eu não tenho um produto!!
  9. 9. Calma que eu vou te dar umas dicas de como entrevistar seres humanos
  10. 10. Como entender efetivamente seus usuários, sem se enganar
  11. 11. A importância do "Job to be done"
  12. 12. A vasta maioria transforma a entrevista em "pitch" - Não fale da sua ideia. A pessoa não quer saber da sua solução. Ela quer saber do problema dela. Entrar em "pitch" mode é um convite para receber "respostas educadas". Você vai aprender mais perguntando sobre a vida da pessoa - Pergunte sobre momentos específicos ao invés de opiniões.
  13. 13. Hora do jogo: ● Você acha uma boa ideia? ● Você pagaria por um produto que fizesse X? ● Quanto você pagaria por um produto que fizesse X? ● Como seria o X dos seus sonhos? ● Por que que você se importa? ● Quais são as implicações? ● Como é o seu processo? ● O que mais você já tentou? ● Como que você resolve isso hoje em dia? ● Com quem mais eu deveria conversar? ● Esqueci de perguntar alguma coisa? 🚀🚀 💩 💩 💩 🚀💩 🚀🚀 🚀 🚀 🚀 🚀 🚀
  14. 14. Trato secreto das entrevistas: Você não pode falar pra eles qual é o problema, e eles não podem falar o que você precisa construir. Eles são donos do problema, e você da solução.
  15. 15. Como fazer meu MVP?
  16. 16. Mais piramides
  17. 17. Beleza, estou com o meu MVP montado!
  18. 18. Mantemos o qualitativo, adicionamos o quantitativo Vamos usar duas ferramentas: Amplitude e Windsor para saber se estamos na direção certa. Windsor.io será utilizado para ver de perto o comportamento do usuário Amplitude (ou MixPanel) para saber se o nosso produto está indo na direção certa.
  19. 19. Nosso processo com o Windsor.io DEMO TIME!!!
  20. 20. Como escolher a métrica de sucesso (Quais serão minhas KPIs?) Por que é importante? Métricas boas trazem confiança para o time e servem como uma bússola. Métricas ruins só servem para a balada. Você vai precisar criar uma primary metric, e até três secondary metrics
  21. 21. 4 características de uma primary metric de sucesso. - Representa que você está entregando valor para o seu usuário. Receita é legal mas demora (lagging indicator). - Demonstra recorrencia. "80% dos meus usuários utilizam meu app todo mês" - Mostra uma relação direta com receita. Não usaria signups, mas usaria alguma forma de engajamento. - Você consegue usar esse número como feedback para seus experimentos. Dica: evite usar algo como MAU, demora muito!
  22. 22. Dicas Geralmente começamos montando nossa primary metric como alguma forma de "Active Users" e eventualmente migramos para "Revenue". Foque em descobrir o seu "AHA! Moment" O comportamento muda muito quando começamos a cobrar Melhores métricas são proporções.
  23. 23. Retenção do "Aha! moment" - Maioria dos apps perdem 80% dos usuários nos primeiros 7 dias. - Temos dois objetivos: Diminuir o dropoff e empurrar a curva pra cima. Sugiro focar primeiro em empurrar a curva pra cima.
  24. 24. Secondary metrics Começou a fazer dinheiro, sugiro jogar retenção do aha para secondary. Hora de escolher secondary metrics. Algumas ideias: - Churn - NPS - Aquisição organica vs paga
  25. 25. Curva está estabilizada? Agora vamos aprimorar o nosso PMF
  26. 26. >=40% Quantidade de "arrasados" necessários
  27. 27. Mas quem ama meu produto? Vamos descobrir usando o PMF Engine 1. Quão triste você ficaria se o Ânimo fechasse? ● Arrasado, Um pouco decepcionado, Não ficaria decepcionado. ● O que fez você escolher essa resposta? 1. O que você usaria no lugar do Ânimo? 2. Qual é o maior benefício que você sente usando o Ânimo? 3. Para quem você recomendaria o Ânimo? 4. Como podemos melhorar o Ânimo? 5. Há quanto tempo você corre?
  28. 28. Agora vamos segmentar a nossa resposta O resultado final vai nos mostrar: - "Quantidade de arrasados" - Que features que eles mais gostam - O que falta para os "não tão arrasados" ficarem arrasados.
  29. 29. Criamos um OKR especial de PMF, e vamos iterando!
  30. 30. Fechando a apresentação - Assim como um cientista, começamos montando a nossa hipótese e vamos trabalhando até a teoria. - Absolutamente nada é definitivo. Toda empresa de internet vive dentro de um loop de iterações. Facebook e Google ja pivotaram muito. - Mistakes happen. Errar é super normal ( e esperado), a única coisa que importa é aprender e iterar.
  31. 31. Para saber mais: - Instagram do Ânimo: @animo_fitness - Estamos na PlayStore e na AppStore - Tenho uma newsletter voltada a produto e tech: jonathankorn.com
  32. 32. E ai, curtiu? Visite esse Bitly http://bit.ly/WorkshopCEMP Ou: Obrigado Insper S2

×