Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula 11 aquecimento global

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Aula 11 aquecimento global

  1. 1. AULA 11 AQUECIMENTO GLOBAL JEYSIANE NUNES
  2. 2. AQUECIMENTO GLOBAL  É o aumento da temperatura do planeta Terra, provocando alterações no clima de algumas regiões, intensificando fenômenos naturais, como furacões, secas, enchentes, extinção de milhares de animais e vegetais, derretimento dos polos e vários outros problemas que o homem não tem condições de enfrentar ou controlar.
  3. 3. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL  O aumento da temperatura do planeta é consequência de ações humanas, especialmente tomada a partir da Revolução Industrial, no século 18. Ela promoveu um salto tecnológico e o aumento das civilizações como nunca visto antes. Impulsionou também uma taxa inédita e perigosa de poluição e degradação da natureza.
  4. 4. EVIDÊNCIAS DO AQUECIMENTO GLOBAL Existem várias evidências que a temperatura do planeta aumentou:  os termômetros subiram 0,6ºC desde o meio do século XIX;  o nível dos oceanos também subiu e as regiões glaciais do planeta estão diminuindo;  Os cientistas também consideram prova do aquecimento global, a diferença de temperatura entre a superfície terrestre e a troposfera (zona atmosférica mais próxima do solo).
  5. 5.  A maioria dos cientistas climáticos acredita que o aumento da quantidade de gases estufa (gás carbônico, metano, etc.) lançados na atmosfera provoca uma elevação da temperatura, a emissão desses gases (fruto do desmatamento e da queima de combustíveis fósseis) formam uma barreira impedindo que o calor se propague aumentando a temperatura da terra.  Os maiores responsáveis pela emissão desses gases são os Estados Unidos (que lideram a lista com cerca de 36% do total mundial), a União Europeia, China, Rússia, Japão e Índia.
  6. 6. AQUECIMENTO GLOBAL BRASIL  O Brasil por ser um país com dimensões consideradas continentais, acaba inevitavelmente, ficando mais exposto aos riscos provocados pelo aquecimento global. Além disso uma considerável parte de seu território encontra-se próxima à linha do Equador, zona da Terra que recebe os raios solares de forma mais intensa. Nesse sentido, quando a Terra sofre com o aumento da temperatura, é imperativo que a zona equatorial sinta mais os efeitos dessa mudança.
  7. 7. PROTOCOLO DE KYOTO  É um tratado internacional com objetivo de reduzir a emissão dos gases que agravam o efeito estufa, que de acordo com pesquisas científicas, são a causa do aquecimento global.  Discutido e negociado em Quioto no Japão em 1997, foi aberto para assinaturas em 11 de Dezembro de 1997 e ratificado em 15 de março de 1999. Sendo que para este entrar em vigor precisou que 55 países, que juntos, produzem 55% das emissões, o ratificassem, assim entrou em vigor em 16 de fevereiro de 2005, depois que a Rússia o ratificou em Novembro de 2004.  Objetiva a diminuição da emissão de gases dos países que compõe a União Europeia em 8%, Estados Unidos em 7%, e Japão em 6%.  Países em desenvolvimento como o Brasil, México, Argentina, Índia e China não receberam metas de redução, pelo menos momentaneamente.
  8. 8. A redução dessas emissões deverá acontecer em várias atividades econômicas. O protocolo estimula os países signatários a cooperarem entre si, através de algumas ações básicas:  Reformar os setores de energia e transportes;  Promover o uso de fontes energéticas renováveis;  Eliminar mecanismos financeiros e de mercado inapropriados aos fins da Convenção;  Limitar as emissões de metano no gerenciamento de resíduos e dos sistemas energéticos;  Proteger florestas e outros sumidouros de carbono
  9. 9. CONSEQUÊNCIAS  A falta de água potável;  Aumento do número de mortes causadas pelas várias catástrofes (inundações, calor, seca, morte de animais, etc.);  Aumento do nível do mar;  A extinção de várias espécies animais e vegetais;  Segundo os cientistas climáticos, há probabilidade da malária causar a morte de mais de 1 milhão de pessoas ao ano.
  10. 10. AQUECIMENTO GLOBAL SOLUÇÕES • Diminuição do uso de combustíveis fósseis, como gasolina, querosene e diesel, e aumentar o uso de biocombustíveis, como etanol e o biodiesel; • Revisões e regulagens periódicas nos automóveis para evitar a queima de combustíveis de forma desnecessária; •Aumentar as fontes de energia renováveis e limpas, energia eólica, nuclear e solar.
  11. 11. CONCLUSÃO  Um exemplo de que é possível deter o aquecimento global é a cidade de Cubatão, no Estado de São Paulo.  Nas décadas de 70 e 80, o polo industrial de Cubatão, na baixada santista em São Paulo, o primeiro do País, era conhecido como a região mais poluída do mundo. Lançava no ar, diariamente, quase mil toneladas de poluentes. A terra, os rios e os manguezais, que formam o eco- sistema da região, recebiam indiscriminadamente outras toneladas de poluição.  Em 1984, Cubatão resolveu dar a volta por cima. Através da parceria entre a administração municipal, a Companhia de Água do Estado de São Paulo - Cetesb, as indústrias e a comunidade, foi iniciado um rígido programa de despoluição ambiental.
  12. 12.  A Cetesb iniciou um plano de recuperação do meio ambiente, submetendo as indústrias a um rígido cronograma de controle das 320 fontes poluidoras primeiras identificadas.  Os resultados apareceram rapidamente; em menos de 10 anos, os índices das fontes poluidoras foram reduzidos em 93%.  O reconhecimento do trabalho chegou na ECO 92, pela ONU, que outorgou o Selo Verde a Cubatão, e escolheu a cidade como símbolo da ecologia e exemplo mundial de recuperação ambiental.  O aquecimento do planeta é uma realidade e, se nada for feito, ele trará consequências catastróficas para a biodiversidade e para a humanidade. Solução são muitas, porém, cabe aos órgão públicos, indústrias e a cada um de nós fazermos a nossa parte, para salvar o planeta, nossa moradia.
  13. 13. REFERÊNCIAS  Fontes: www.infoescola.com/geografia/gases-do-efeito-estufa; Amigosdecolares.blogspot.com.br/2010/07aquecimento-global; www.brasilescola.com/busca/aquecimento-global; jornalesquina.blogspot.com.br/2013/11protocolo-de-kyoto- oconstante-debate http://cidadesdobrasil.com.br/cgi- cn/news.cgi?cl=099105100097100101098114&arecod=19&new cod=674

×