Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Idosos

5,675 views

Published on

Idosos

  1. 1. Idosos Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro Professor Carlos Ubaldo Disciplina: Psicologia Trabalho Realizado Por: Daniela cascão nº2 TCM Diogo Costa nº3 TCM Liliana Félix nº7 TCM
  2. 2. Introdução <ul><li>Este trabalho foi desenvolvido no âmbito da disciplina de Psicologia. </li></ul><ul><li>Este tema de trabalho que vamos abordar mais à frente pertence ao ciclo de vida humano; com este trabalho pretendemos estudar a vida de um idoso. </li></ul>
  3. 3. O que é ser Idoso? <ul><li>Idoso é uma pessoa considerada de terceira idade. </li></ul><ul><li>As pessoas idosas têm habilidades regenerativas limitadas, mudanças físicas e emocionais que expõem a perigo a qualidade de vida dos idosos. </li></ul><ul><li>Podendo levar à síndrome da fragilidade, conjunto de manifestações físicas e psicológicas de um idoso onde poderá desenvolver muitas doenças . </li></ul>
  4. 4. Atuais características dos idosos <ul><li>Idosos: com 65 anos ou mais.  21% da população total são idosos. </li></ul><ul><li>Tendência de envelhecimento • 2002 -  23,63milhões  - 18,5% • 2025  (projeções)        - 28,7% • 2050  (projeções)        - 35,7%  </li></ul>
  5. 5. Tendências de Consumo dos Idosos <ul><li>Experiência na seleção de produtos : Compra o que necessita e agrada. </li></ul><ul><li>Produtos menos superficiais e mais autênticos. </li></ul><ul><li>Produtos que podem convergir em felicidade. </li></ul>
  6. 6. O mercado Emergente de idosos <ul><li>Mercado de surpresas (emoção). </li></ul><ul><li>Mercado de reabilitação (recuperação). </li></ul><ul><li>Mercado de renascença (nostalgia). </li></ul><ul><li>Mercado de diversão (agradável). </li></ul>
  7. 7. Idosos do Século XXI <ul><li>Idosos atuais são diferentes dos idosos tradicionais. Pensam e comportam-se de diferentes maneiras. </li></ul><ul><li>A concepção de valores também mudou. </li></ul><ul><li>Ao responderem a uma pesquisa, 94,4 % dos idosos responderam que não querem nem necessitam de ajuda financeira dos filhos e que 66,9 % não pensam em deixar herança para os filhos e para os seus netos. Ou seja, esses novos idosos têm dinheiro e tempo. </li></ul>
  8. 8. Dez características dos Idosos do Século XXI <ul><li>1) Dão prioridade à vida particular, antes prioridade era o trabalho. </li></ul><ul><li>2) Têm estilo de vida de jovens.   </li></ul><ul><li>3) O estilo de vida é a qualidade mais importante que títulos, classe social ou hierarquias. </li></ul><ul><li>4) Gostam de estar elegantes, não se importam em pagar mais por um produto que valha a pena.  </li></ul><ul><li>5) Imaginam-se e aparentam ser mais jovens do que na realidade são.  </li></ul>
  9. 9. <ul><li>6) São sempre atuantes.  </li></ul><ul><li>7) Comportam-se de acordo com as suas próprias motivações.  </li></ul><ul><li>8) Apegam-se às suas próprias concepções de valor.  </li></ul><ul><li>9) São sociáveis.   </li></ul><ul><li>10) São pessoas admiradas pelos mais jovens, que se imaginam como elas quando envelhecerem. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>O idoso moderno tem o seu comportamento profundamente modificado em função do progresso e das constantes e rápidas inovações tecnológicas ocorridas. </li></ul>Só compra o que necessita ; Produtos menos superficiais e mais autênticos; Só compra o que os agrada;
  11. 11. Em quais os segmentos os idosos do século XXI gastam mais? <ul><li>Viagens : há uma grande variedade de produtos e serviços relacionados a esse segmento, tais como: câmaras de fotografia, filmagem, roupas (por exemplo para uma viagem a local com clima diferente), cosméticos, alimentação... </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Saúde : para os idosos, a primeira preocupação é a saúde. Dão mais importância para a qualidade, querem dietas mais saudáveis e medicamentos para dores, diabetes, pressão alta; realizam caminhadas, e praticam esportes para se manterem saudáveis. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Entretenimento : visitam museus, assistem a concertos de música, óperas, filmes. Também podem se enquadrar nesse segmento por exemplo, o consumo de home-theatres para assistirem aos espetáculos em casa comodamente. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Gastos com as relações humanas : Como têm mais tempo livre, dão mais importância ao estreitamento de suas relações (cônjuges, amigos, vizinhos, etc…) e para tal aumentam seus gastos com comunicação. </li></ul>
  15. 15. Principais setores de consumo <ul><li>Alimentos: há o crescimento do consumo dos produtos relacionados com a saúde. </li></ul><ul><li>Casas: Por causa do envelhecimento da população, há menos jovens e há um excesso de moradias. Essas moradias são ocupadas pelos mais velhos, sendo pagas com as reformas destes. Começa a haver uma adaptação nessas moradias. </li></ul><ul><li>Por exemplo, se há escadas que dificultam o acesso do idoso em cadeira de rodas, são substituídas por rampas. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Bem-estar; </li></ul><ul><li>Paz, sossego e afeição; </li></ul><ul><li>Saúde; </li></ul>
  17. 17. Manifestações físicas <ul><li>Rugas; </li></ul><ul><li>Algumas manchas na pele; </li></ul><ul><li>Mudança da cor do cabelo para cinza ou branco; </li></ul><ul><li>Alopécia*; </li></ul><ul><li>Diminuição da capacidade visual e auditiva; </li></ul><ul><li>Diminuição dos reflexos; </li></ul><ul><li>Perda de habilidades e funções neurológicas diminuídas, como raciocínio e memória; </li></ul><ul><li>Podem desenvolver doenças como a incontinência urinária e Alzheimer. </li></ul><ul><li>* Perda de cabelo ou pelo em algumas partes do corpo </li></ul>
  18. 18. Produto : Bengala de Bolso <ul><li>Este produto consiste numa bengala automática, com o botão para se encolher, com uma fivela na pega onde os idosos podem enrolar na mão ou pôr no bolso. </li></ul><ul><li>Facilidade em agarrar, não fazendo muito esforço e não perdendo esta bengala em vários sitios, podendo guardá-la antes de entrar em algum local. </li></ul>
  19. 20. Envelhecer em Portugal
  20. 21. <ul><li>Em Portugal, quando se coloca a questão do </li></ul><ul><li>envelhecimento bem ou mal sucedido estamos a </li></ul><ul><li>definir padrões de adaptação do idoso às suas actuais </li></ul><ul><li>capacidades de funcionamento, no seu contexto de </li></ul><ul><li>vida, implicando com isso quer critérios externos sociais </li></ul><ul><li>(relativos ao que se espera do idoso em cada </li></ul><ul><li>cultura), quer critérios internos-individuais (o sentir e a </li></ul><ul><li>vontade subjectiva). </li></ul>
  21. 22. <ul><li>Retrato dos idosos portugueses quanto à qualidade </li></ul><ul><li>de vida </li></ul><ul><li>27% “boa” / “muito boa” </li></ul><ul><li>41% “nem boa nem má” </li></ul><ul><li>32% “má” / “muito má” </li></ul><ul><li>Retrato dos idosos portugueses quanto à satisfação de vida </li></ul><ul><li>58% “insatisfeito” / “muito insatisfeito” </li></ul>
  22. 23. Velhice em Risco <ul><li>Resportagem VELHICE EM RISCO - OS IDOSOS EM PORTUGAL - YouTube.flv </li></ul>http://portaldoenvelhecimento.org.br/contato.html http://www.iasfa.pt/idoso.html http://www.portaldoavo.com.pt/artigosa.php?id=2 http://www.min-saude.pt/portal/conteudos/informacoes+uteis/comparticipacoes/beneficios+adicionais+saude+idosos.htm Alguns sites

×