Capacitância e Capacitores

48,253 views

Published on

Em muitas aplicações envolvendo circuitos elétricos, o objetivo é armazenar energia em um campo eletrostático. Um dispositivo associado ao armazenamento é o capacitor, e a propriedade que determina quanta carga ou energia pode ser armazenada é sua capacitância.

Published in: Education, Technology, Business
4 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Não acredito que alguém possa elogiar um trabalho desses. Um copia e cola de um tradutor do inglês para o português de uma página da internet sobre o tema. Não corrigiu o português, frases incompreensíveis, erro de fórmula etc. Qualquer apostila mequetrefe em português trata desse assunto com mais propriedade.
    Se fosse o Jeadson, refaria os slides.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • A capacitância é a grandeza elétrica de um capacitor, determinada pela quantidade de energia elétrica que pode ser armazenada em si por uma determinada tensão e pela quantidade de corrente alternada que o atravessar numa determinada freqüência. Sua unidade é dada em farad (símbolo F), que é o valor que deixará passar uma corrente de 1 ampere quando a tensão estiver variando na razão de 1 volt por segundo.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Slide muito bom.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Um trabalho primoroso! Claro e conciso sem, entretanto, deixar de ser suficientemente abrangente. Muito obrigado por dispor do vosso precioso tempo nos legando este tesouro. Pude fazer uma viagem de aprendizado fascinante em torno desse assunto. O material foi e continuará sendo de muita utilidade para mim e e os colegas do meu círculo. Parabéns!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
48,253
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
110
Actions
Shares
0
Downloads
696
Comments
4
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Capacitância e Capacitores

  1. 1. CAPACITÂNCIA E CAPACITORES Jeandson Correa Neves
  2. 2. Resumo do trabalho  Um condensador consiste de duas placas metálicas separadas por um dielétrico.  O dielétrico pode ser feito de muitos materiais isolantes, como o ar, vidro, papel, plástico, etc  Um capacitor é capaz de armazenar carga elétrica e energia.  Quanto maior o valor da capacitância, a carga a mais Capacitor pode armazenar.  Quanto maior a área das placas ou a sua separação dos menos carga o Capacitor pode armazenar.  Um capacitor é dito ser completamente carregada quando a tensão em toda a sua chapa igual à tensão de alimentação.  O símbolo de carga elétrica é Q e sua unidade é o Coulomb.  Eletrolíticos são polarizadas.  Capacitância é medida em Farads, que é uma grande unidade de modo Microfarad (UF), Nanofarad (NF) e Picofarad (PF) são geralmente utilizados.  Condensadores são encadeados em uma linha são disse a ser ligados em série.  Condensadores que tem tanto de seus respectivos terminais ligados a cada terminal de um outro capacitor são disse a ser ligado em paralelo.  Paralelo ligado Condensadores comum ter uma tensão de alimentação em todos eles.  Condensadores ligado em Série comum ter uma corrente flui através deles. 2  Reatância capacitiva é a oposição à atual fluxo em circuitos AC.
  3. 3. Introdução ao Condensadores  Introdução  Em muitas aplicações envolvendo circuitos elétricos, o objetivo é armazenar energia em um campo eletrostático. Um dispositivo associado ao armazenamento de energia é o capacitor, e a propriedade que determina quanta carga ou energia pode ser armazenada é sua capacitância.  Neste trabalho defini-se capacitância e mostra-se como calcular a capacitância de alguns dispositivos simples e a de combinações de capacitores.  Será estudada a energia armazenada em capacitores e apresentada sua relação com o campo eletrostático. E por fim será analisado como a presença de um dielétrico em um capacitor aumenta sua capacidade de armazenar 3 energia elétrica.
  4. 4. Introdução ao Condensadores  Assim como a resistência, o condensador ou, por vezes referido como um capacitor é um dispositivo passivo, e uma que armazena energia sob a forma de um campo eletrostático, que produz um potencial em todos os seus pontos da placa. Na sua forma básica um capacitor é constituído por duas placas condutoras paralelas que não estão ligados, mas são eletricamente separados, pelo vacuo aérea ou por um material isolante denominado dieléctrico. Quando uma voltagem é aplicada a estas placas, uma corrente flui e carrega as placas com elétrons dando um uma carga positiva e outra carga igual negativa. E continua a fluir até que a tensão entre as placas (e, portanto, o capacitor) é igual à tensão aplicada Vc. Neste ponto, 4 o capacitor é dito ser completamente carregada.
  5. 5. INTRODUÇÃO aos Condensadores Um capacitor é um dispositivo que armazena Energia em um campo eletrostático. 5
  6. 6. INTRODUÇÃO aos Condensadores  O capacitor de placas paralelas é a forma mais simples do capacitor e sua capacitância o valor é fixado pela igualdade da área das placas e à distância ou a separação entre elas. Alterar qualquer um destes dois valores a alterar o valor de sua capacitância. Os capacitores armazenam a energia dos elétrons na forma de uma carga elétrica sobre as placas de maior dimensão as placas e/ou menor a sua separação maior será a taxa que o condensador possui para qualquer tensão entre as suas placas. Ao aplicar uma tensão de um capacitor e medir a carga sobre as placas, o cociente da carga Q e a tensão V dará valor a capacitância do capacitor e, portanto, é dada como: C = Q / V desta equação pode também ser disposta a de uma fórmula mais familiar para a quantidade de encargos sobre as placas como: Q = C x V 6
  7. 7. INTRODUÇÃO aos Condensadores  A unidade de capacitância é o farad (abreviado para F) com o nome do físico Michael Faraday e é definido como um capacitor tem a capacitância de um farad, quando uma carga de um Coulomb é armazenado sobre as placas por uma tensão de um volt. Capacitância, C é sempre positivo e negativo não tem unidades. No entanto, o farad é uma grande unidade de medida para usar em seu próprio modo sub-múltiplos do farad são geralmente utilizados como a micro-farads, nano- farads e Pico-farads. 7
  8. 8. Unidades de Capacitância  Microfarad (μF) 1μF = 1 / 1, 000000 = 0.000001 = 10 -6 F  Nanofarad (nF) 1nF = 1 / 1, 000000000 = 0,000000001 = 10 -9 F  Picofarad (PF) 1pF = 1 / 1, 000.000.000.000 = 0,000000000001 = 10 -12 F 8
  9. 9. Tipos de Condensadores 9
  10. 10. Tipos de Condensadores  Há uma grande variedade de diferentes tipos de condensadores disponíveis no mercado local e cada um tem o seu próprio conjunto de características e aplicações, desde pequenas delicadas rechego condensadores até grande potência metal pode digitar capacitores utilizados em alta tensão, correção e nivelamento circuitos. Como resistências, há também variáveis tipos de capacitores que nos permite variar a sua capacitância valor para uso em rádio ou "freqüência tuning" tipo de circuitos. De qualquer maneira, capacitores desempenham um papel importante em circuitos eletrônicos então aqui estão algumas das mais "comum" tipos de 10
  11. 11. Dielétricos*  Dielétricos Capacitores são geralmente do tipo de variável, como as utilizadas para a afinação transmissores, receptores e transistor rádios. Eles têm um conjunto de pratos e fixa um conjunto de placas que se deslocam com a malha placas fixas ea posição do movimento no que diz respeito às placas fixadas placas determina a capacitância global. A capacitância é geralmente no máximo, quando as placas são totalmente malha. Tipo tuning capacitores de alta tensão têm relativamente grandes espaçamentos ou ar lacunas entre as placas com repartição voltagens alcançando muitos milhares de volts. 11
  12. 12. Símbolos do Capacitor Variável  Estes são geralmente pequenos dispositivos que podem ser ajustados ou "pré-definido" para uma determinada capacitância com o auxílio de uma chave de fenda e estão disponíveis em pequena capacitances de 100pF ou menos e não são polarizadas. 12
  13. 13. Condensadores Film  Capacitores Filme são os mais comumente disponíveis de todos os tipos de capacitores, constituído por um número relativamente grande família de capacitores com sendo a diferença em suas propriedades dielétricas. Estes incluem poliéster, poliestireno, polipropileno, policarbonato, papel metalizado, teflon etc, tipo película capacitores estão disponíveis na capacitância varia de 5pF a 100uF dependendo do tipo de capacitor real e sua tensão nominal. capacitores Filme também vêm em uma variedade de formas e estilos. 13
  14. 14. Chumbo tipo radial 14
  15. 15. Tipo axial O filme e folhas tipos de condensadores são feitos a partir de longas tiras de finas folha metálica com o material dieléctrico colada juntos que são enrolados em um rolo apertado e, de seguida, fechado, em papel ou metal tubos. Estes tipos de películas exigir muito mais espessa dieléctrico filme para reduzir o risco de rasgos ou furos no filme e, portanto, é mais adequado para menores e maiores valores de capacitância 15 caso tamanhos
  16. 16. Tipo axial  Os condutores têm as películas metalizadas e pulverizadas diretamente sobre cada um dos lados do dielétrico que dá o capacitor propriedades de auto-cura e pode, portanto, usar dielétricos muito finos. Este método permite uma maior capacitância e menores valores para um determinado caso tamanhos. Filmes e folhas de capacitores são geralmente utilizados para maior potência e mais precisas aplicações. 16
  17. 17. Condensadores Cerâmicos  Condensadores de Disco cerâmico: são feitas por revestimento dos dois lados de uma pequena cerâmica ou porcelana com discos de prata e, em seguida, são amontoados juntos para fazer um condensador. A capacitância de um único disco de cerâmica de cerca de 3-6mm assumi valores muito baixos. Condensadores cerâmicos possuem uma alta constante dielétrica e estão disponíveis para que capacitâncias relativamente seja elevada, podendo ser obtido em um pequeno tamanho físico. Eles apresentam grandes não-lineares de capacitância contra mudanças na temperatura e como são utilizados como um resultado de-acoplamento ou de by-pass capacitores que são também não-polarizada dispositivamente. Condensadores cerâmicos têm valores que variam de poucas picofarads para um ou dois microfarads. 17
  18. 18. Condensadores Cerâmicos  Os capacitores de cerâmica têm, geralmente, de 3 dígitos impresso no seu corpo para identificar o valor de sua capacitância. Por exemplo, 103 que indicaria 10 x 103pF que é equivalente a 10.000 pF ou 0.01μF. Da mesma forma, 104 seriam 10 x 104pF indicar o que é equivalente a 100.000 pF ou 0.1μF e assim por diante. Carta códigos são, por vezes utilizado para indicar o seu valor, como a tolerância: J = 5%, K = 10% ou M = 20% etc 18
  19. 19. Condensadores Eletrolíticos  Electrolíticos são geralmente utilizadas quando muito grandes valores de capacitância são obrigatórios. Aqui em vez de usar uma camada muito fina película metálica para um dos eletrodos, um semi-líquido eletrólito solução em forma de geléia ou colar é utilizado que serve como o segundo eletrodo (geralmente o cátodo). O dieléctrico é uma camada muito fina de óxido, que é cultivada electro-química na produção, com a espessura do filme a ser inferior a dez mícrons. Esta camada isolante é tão fina que é possível fazer grande valor condensadores de pequena dimensão. A maioria dos tipos de condensadores electrolíticos são Polarizada, que é a tensão aplicada ao capacitor terminais devem ser as polaridades como uma incorrecta polarização vai quebrar a camada de óxido isolante e pode provocar danos permanentes. 19
  20. 20. Condensadores Eletrolíticos 20
  21. 21. Condensadores eletrolíticos de alumínio  Existem basicamente dois tipos de alumínio electrolítica Condensador, o tipo de folha simples e folha gravado o tipo. A espessura da camada de óxido de alumínio e filme alta tensão repartição dar a estes capacitores capacitância valores muito elevados para o seu tamanho. As folhas gravadas tipo diferente da planície, em que o tipo de folha de alumínio óxido sobre o ânodo eo cátodo foils foi gravado quimicamente para aumentar a sua superfície e permissividade. Isto dá um capacitor menor dimensão do que uma simples folha tipo de valor equivalente, mas tem a desvantagem de não ser capaz de suportar altas correntes AC, em comparação com a planície tipo. Também a tolerância é bastante grande leque de até 20%. Gravadas folhas são electrolíticos da melhor utilizados no engate, DC bloqueio e by-pass circuitos enquanto simples folha tipos são mais adequadas como nivelamento capacitores em fontes de alimentação. Os valores típicos de capacitância gama de 1uf para 47000uF. Alumínio electrolítica's são "polarizado" dispositivos de modo a inverter o tensão aplicada sobre o 21 conduz irá causar a camada isolante no condensador para ser destruído
  22. 22. Tântalo eletrolíticos  Tântalo eletrolíticos ou Tântalo Beads, estão disponíveis tanto em molhado (folhas) e seca (sólidos) electrolítico com os tipos de sólidos secos ou tântalo sendo a mais comum. Solid tantalums utilização dióxido de manganês como seu segundo terminal e são fisicamente mais pequenas do que o equivalente de alumínio. As propriedades dielétricas de óxido de tântalo também é muito melhor do que as de óxido de alumínio dando uma menor fuga correntes capacitância estabilidade e melhor o que os torna adequados para aplicações calendário . Também tântalo capacitores embora polarizada, pode tolerar a ser ligado a uma tensão muito reverter mais facilmente do que os tipos de alumínio, mas são muito mais baixas de trabalho nominal de tensão. Os valores típicos de capacitância gama de 47nF para 470uF. 22
  23. 23. Alumínio & eletrolíticas Condensador Tântalo 23
  24. 24. Características do Capacitor  Há uma infinidade de variedade de características associadas ao capacitor aqui são apenas citadas algumas das mais importantes. 24
  25. 25. 1. Trabalho Tensão, (VN)  O Grupo de Trabalho Tensão (Wvdc, Wvac) é a máxima contínua tensão que pode ser aplicado para o condensador sem falhas durante sua vida útil. AC DC e valores não são geralmente o mesmo que o valor referente ao AC rms. Trabalho comum em DC as tensões são 10V, 16V, 25V, 35V, 63V, 100V, 160V, 250V, 400 V e 1000V e são impressos para o corpo do condensador. 25
  26. 26. 2. Tolerância, (±%)  Tal como acontece com resistores, capacitores também ter uma tolerância classificação expressa como uma mais-ou-menos valor quer em Picofarads (± pF) para baixo valor capacitores geralmente inferior a 10pF ou como uma percentagem (±%) para o valor mais elevado capacitores geralmente superior 10pF . Capacitores são classificados de acordo com a forma como os seus valores reais estão próximos à capacidade nominal com bandas coloridas ou letras utilizadas para indicar a verdadeira tolerância. A tolerância para capacitores mais comum é 5% ou 10%, mas alguns são electrolíticos26
  27. 27. 3. Fuga Corrente  O dieléctrico utilizado no interior do capacitor não é um isolante perfeito, resultando em uma muito pequena corrente flui ou "vazamentos" através do dielétrico quando aplicada a uma tensão de alimentação constante. Esta pequena corrente na região de micro-ampères (ìA) é chamado de Fuga Corrente. Esta fuga atual é resultado de elétrons fisicamente fazendo seu caminho através do dieléctrico médio, em torno de suas bordas ou em toda a leva. A "fuga atual" de um capacitor é às vezes chamado de "resistência de isolamento" e pode ser encontrada usando a lei de Ohm. O filme / folha tipo condensador tem extremamente baixos fugas correntes, enquanto as correntes de fuga do electrolíticos de 27 alumínio aumenta com a temperatura.
  28. 28. 4. Trabalho Temperatura (T) Alterações na temperatura ao redor do capacitor afetar o valor da capacitância devido a alterações no dieléctrico. Se o ar ou a temperatura ambiente torna-se quente ou a frio a capacitância do capacitor valor pode mudar tanto de afectar o correcto funcionamento do circuito. A gama normal de trabalho para a maioria dos capacitores é -30 ° C a 125 ° C, com tensão nominal classificações dadas para uma temperatura de trabalho não superior a 70 ° C. Em geral electrolíticos's não pode ser utilizada 28 abaixo de cerca de -10 ° C.
  29. 29. 5. Temperatura Coeficiente, (CT)  O Coeficiente de Temperatura de um capacitor é a mudança de sua capacitância com a temperatura expressa linearmente como partes por milhão por grau centígrado (PPM / ° C), ou como uma mudança por cento durante um determinado intervalo temperatura. Alguns capacitores são não lineares e aumentar o seu valor, tal como a temperatura sobe dando um coeficiente de temperatura que se expressa como um positivo (PTC). Alguns capacitores diminuição do seu valor como a temperatura sobe dando um coeficiente de temperatura que se expressa como uma negativa (NTC). Por exemplo, ± 10%, ou 80% / -20% etc No entanto, alguns capacitores, não altere o seu valor e permanecer constante de uma certa gama de temperaturas, tais capacitores têm um coeficiente de temperatura zero. 29
  30. 30. 5. Temperatura Coeficiente, (CT)  Também é possível ligar um condensador com um coeficiente de temperatura positivo em série ou paralelo com um capacitor com um coeficiente de temperatura negativo o resultado líquido sendo que os dois efeitos opostos cancelará mutuamente ao longo de uma determinada gama de temperaturas. Outra aplicação útil capacitores coeficiente de temperatura é de utilizá-los para cancelar o efeito da temperatura sobre outros componentes de um circuito, tais como indutores ou resistores etc 30
  31. 31. 6. Polarização  Polarização geralmente se refere ao tipo electrolítica capacitores mas principalmente o alumínio electrolítica's, no que diz respeito à sua ligação. A maioria está polarizada tipos, que está ligada a tensão para o condensador terminais devem ter a polaridade correcta, ou seja, ve + para + ve e ve-a-ve. Polarização incorreta pode causar a camada de óxido no interior do capacitor para quebrar resultando em grandes correntes fluindo através do dispositivo. A maioria dos capacitores eletrolíticos têm seu terminal-ve claramente marcado com uma tarja preta ou preta setas para baixo o lado para evitar qualquer ligação incorreta . Alguns electrolítico do metal pode ter as suas ligado ao terminal negativo, mas têm os seus tipos de alta tensão isolados com os eletrodos podem ser levadas para fora para separar enxada ou parafuso terminais de segurança. Além disso, quando se utiliza electrolíticos's na alimentação nivelamento circuitos cuidados devem ser tomados para evitar que a soma do 31 valor pico DC e AC ondulação tensão de tornar-se uma tensão
  32. 32. 7. Resistência Série Equivalente (ESR)  A Resistência Série Equivalente é o AC impedância do capacitor, quando utilizada em altas freqüências, e inclui a resistência do dieléctrico, placa terminal e leva. ESR age como um resistor (menos de 0.1Ω) em série com o condensador (daí o nome Equivalent Series Resistance), e é dependente frequência. A ESR de electrolíticos aumento ao longo do tempo como seu eletrólito secam fora. Condensadores com muito baixo ESR classificações estão disponíveis. 32
  33. 33. Capacitância e carga 33
  34. 34. Capacitância e carga  Vimos nos slides anteriores que um condensador consiste de duas placas condutoras paralelas (geralmente um metal), que são impedidos de tocar uns aos outros (separados) por um material isolante denominado "dielétrico." Vimos também que, quando uma voltagem é aplicada ao essas chapas uma corrente elétrica flui o carregamento até um prato com uma carga positiva no que diz respeito à tensão de alimentação e os outros com uma placa igual e oposta carga negativa. Em seguida, um capacitor tem a habilidade de ser capaz de armazenar uma carga elétrica Q (unidades em coulombs) dos elétrons. No capacitor existe uma diferença potencial entre as placas, e quanto maior a superfície das placas e / ou menor a distância entre eles (conhecido como separação) maior será a taxa que o capacitor pode suportar. 34
  35. 35. Capacitância e carga  Nos Condensadores a capacidade para armazenar esta carga elétrica (Q) entre as suas placas é proporcional à tensão aplicada, V, para um capacitor de capacitância conhecido em Farads, capacitância C é sempre positivo. Quanto maior a tensão aplicada maior será a carga sobre as placas. Da mesma forma, menor é a tensão aplicada menor a taxa. Portanto, o atual carga Q sobre as placas do condensador pode ser calculado como:   Unidades: Q medida em coulombs, V, em volts e C em Farads. 35
  36. 36. Capacitância e carga  A capacidade de um capacitor para armazenar um cargo que lhe confere o seu valor de capacitância. Capacitância também pode ser determinada a partir das dimensões das chapas e das propriedades do dieléctrico. Portanto, outra forma de expressar a capacitância de um condensador é; em que A é a área das placas, em metros quadrados, d é a distância entre eles e ε (épsilon) é o valor da constante dielétrica. 36
  37. 37. Capacitor de Placas Paralelas  A capacitância de um condensador de placas paralelas é proporcional à área A é inversamente proporcional à distância, d entre as placas. A capacidade pode ser aumentada através da introdução de um dielétrico que tem uma constante dielétrica ou de permissividade relativa maior que a do ar com valores típicos de épsilon ε sendo: Ar = 1, Livro = 2.5, Vidro = 5, Mica = 7 etc 37
  38. 38. Carregar & descarga um Capacitor  Suponhamos que o condensador está totalmente descarregada e do interruptor ligado ao capacitor acaba de ser movido para uma posição. A tensão em todo o 100uf capacitor é igual a zero, neste ponto e uma tarifação atual i começa a fluir cobrança até o condensador até que a tensão entre as placas é igual à tensão de alimentação 12v. A cobrança atual fluindo e pára 38 o capacitor é dito ser
  39. 39. Carregar & descarga um Capacitor  Uma vez que o capacitor é "completamente carregada", em teoria, isso irá manter o seu estado de tensão cobrar, mesmo quando a tensão de alimentação tenha sido desconectado como elas agem como uma espécie de dispositivo de armazenamento temporário. No entanto, embora isto possa ser verdade de um "ideal" condensador, um capacitor real vontade própria quitação lentamente durante um longo período de tempo, devido ao vazamento interno correntes fluindo através do dielétrico. Este é um ponto importante a lembrar que o maior valor capacitores de alta tensão em todo conectado suprimentos ainda pode manter uma quantidade significativa de cobrar, mesmo quando a tensão de alimentação está desligado. Se o interruptor foi desligado neste momento, o capacitor seria manter indefinidamente o seu cargo, mas, devido ao vazamento interno correntes fluem em toda a sua dieléctrico o capacitor seria muito lentamente começam a quitação em si como os elétrons passaram pelo dieléctrico. O tempo necessário para o capacitor 39 de quitação até 37% da sua tensão de alimentação é conhecida
  40. 40. Carregar & descarga um Capacitor  Se o interruptor está agora a partir de uma posição para a posição B, o capacitor completamente carregado começaria a quitação através da lâmpada agora ligados através dele, iluminando a luz até que o condensador foi totalmente descarregada como o elemento da luz tem um valor resistivo. O brilho da luz e a duração da iluminação iria depender, em última instância, a capacitância valor do capacitor e da resistência da lâmpada (t = CxR). Quanto maior o valor do capacitor a mais brilhante e mais longo será a iluminação da luz como poderia armazenar mais carga. 40
  41. 41. Energia *  Quando um capacitor carrega a partir de uma fonte de alimentação ligado a ele, a energia em Joules que é armazenada no capacitor é dado pela fórmula; 41
  42. 42. Capacitores, Cores e Códigos 42
  43. 43. Capacitores, Cores e Códigos  Geralmente, os valores de Capacitância, Voltagem ou Tolerância estão marcadas no corpo dos capacitores. Porém, quando o valor da capacitância é de um valor decimal de surgirem problemas com a marcação de um "ponto decimal", como ele poderia facilmente não ser notada resultando em uma leitura errada do valor real. Em vez disso, tais como cartas p (pico) ou n (nano) são utilizados no lugar do ponto decimal para identificar sua posição. Por exemplo, um capacitor pode ser rotulado como, N47 = 0.47nF, 4N7 = 4.7nF ou 47n = 47nF. Para reduzir a confusão em relação à carta, números e pontos decimais, um Código internacional da cor sistema foi desenvolvido há muitos anos como uma maneira simples de identificar os valores e tolerâncias do condensador. É 43 constituída de faixas coloridas (em ordem espectral).
  44. 44. Capacitores, Cores e Códigos 44
  45. 45. Capacitores, Cores e Códigos  Tal como resistores, capacitores pequenos tais como filmes ou disco tipos conforme a Norma BS1852 onde as cores são substituídas por uma letra ou número codificado sistema. O código é composto por 2 ou 3 números e uma letra opcional tolerância código. Sempre que um número de dois código é usado o valor do capacitor é dada apenas em picofarads (ie. 47 = 47 pF). Uma carta código constituído por três a dois dígitos e um valor multiplicador muito como um resistor cor código (ou seja, 471 = 47 * 10 = 470pF). Três dígitos são códigos frequentemente acompanhada por uma carta adicional de tolerância código. 45
  46. 46. Capacitor Tolerância Carta Códigos Quadro  Considere o capacitor abaixo: O capacitor à esquerda é a de um capacitor de cerâmica tipo de disco que tem o código 473J impressas no seu corpo. Isto traduz-se: 47pF * 1000 (3 a zero) = 47.000 pF, 47nF ou 0,047 UF o J indica uma tolerância de + / - 5% O capacitor à esquerda é a de um capacitor de cerâmica tipo de disco que tem o código 473J impressas no seu corpo. assim : 47pF * 1000 (3 a zero) = 47.000 pF, 47nF ou 0,047 UF o J indica uma tolerância de + / - 5% 46
  47. 47. Condensadores em paralelo  Capacitores são disse a ser ligado "em paralelo", quando ambos os terminais são, respectivamente, dos seus ligado a cada terminal do capacitor ou outros capacitores. A tensão (CV) em todos os condensadores ligados em paralelo é o mesmo. Então, tem um paralelo capacitores Comum Alimentação de tensão entre eles e:  V = V C1 = C2 = C3 V V AB = 12V 47
  48. 48. Condensadores em paralelo  No seguinte circuito condensador, C 1 e condensador, C 2 estão ligadas em paralelo entre os pontos A e B.  Quando capacitores são ligadas em paralelo a capacitância total do circuito é igual à soma de todos os contratos individuais capacitores adicionadas. Isto é: 48
  49. 49. Capacitores em Série  Capacitores são disse ser "ligadas em série", quando são efetivamente juntos em uma única linha. A carga atual (IC) flui através dos capacitores é a mesma para a mesma quantidade de tempo para cada capacitor armazena a mesma quantidade de carga, independentemente da sua capacidade é: T Q = Q 1 = Q 2 = Q 3 etc .... 49
  50. 50. Capacitores em Série  No seguinte circuito, capacitores, C 1, C 2 e C 3 são ligados entre si em série entre os pontos A e B.  Em paralelo ao circuito, vimos que o total da capacitância, C T do circuito foi igual à soma de todos os contratos individuais capacitores adicionadas. Em uma série ligada ao circuito equivalente capacitância C T é calculado de forma diferente. Aqui, a recíproca (1 / C) de cada um dos capacitores são somados (como resistências em paralelo) em vez dos próprios capacitores 50
  51. 51. Condensadores em circuitos AC  Quando capacitores estão conectados em uma corrente DC tensão tornam- se imputados ao valor da tensão aplicada, agindo como dispositivo de armazenamento temporário e manter ou realizar este cargo indefinidamente enquanto a tensão de alimentação está presente. Durante este processo de cobrança, uma tarifação atual, vou para o capacitor de fluxo opostos quaisquer alterações para a tensão, a uma taxa que é igual à taxa de variação da carga elétrica sobre as placas. Esta cobrança atual pode ser definida como: I = CDV / dt. Uma vez que o capacitor é "completamente carregada" o capacitor bloqueia o fluxo de elétrons no seu todo mais placas como elas se saturado. Contudo, se aplicarmos uma corrente alternada ou AC abastecimento, o capacitor irá alternadamente carga e descarga, a uma taxa determinada pela freqüência do fornecimento. Então condensadores em AC circuitos estão constantemente cobrando e descarga. Sabemos que o fluxo de elétrons através do capacitor é diretamente proporcional à taxa de variação da tensão entre as placas. Então, podemos ver que capacitores em circuitos AC gosta de passar corrente quando a tensão em todo itsplates está constantemente a mudar 51 no que diz respeito ao tempo como em AC sinais, mas ele não gosta de
  52. 52. Diagrama de Phasor em circuitos AC  AC Capacitor Circuito  No circuito puramente capacitivo acima, o capacitor é conectado diretamente em toda a tensão de alimentação AC. Como a tensão aumenta e diminui, cargas e descargas o condensador com relação a esta mudança. Sabemos que a cobrança atual é diretamente proporcional à taxa de variação da tensão entre as placas com esta taxa de variação, na sua maior que a tensão de alimentação a partir de cruzamentos ao longo do seu ciclo positivo meia a sua meia ciclo negativo ou vice-versa em pontos, 0 º e 180 º, ao longo da onda senoidal. Por conseguinte, a menor variação de tensão ocorre quando a onda senoidal AC atravessa a cargo no seu pico máximo ou mínimo nível de tensão, (VM). Nessas posições no ciclo, o 52 valor máximo ou mínimo correntes são canalizados através do condensador.
  53. 53. Diagrama de Phasor em circuitos AC 53
  54. 54. Diagrama de Phasor em circuitos AC  Em 0 º a taxa de variação da tensão de alimentação cresce em um sentido positivo, resultando em uma corrente em que a carga máxima instantânea no tempo. Como a tensão aplicada atinge o seu pico máximo em 90 o valor de um breve instante de tempo, a tensão de alimentação não é nem aumenta ou diminui assim, corrente não flui através do circuito. Como a aplicação de tensão começa a diminuir para zero a 180 º, o declive da tensão é tão negativo que o capacitor descarga no sentido negativo. No o ponto 180 ao longo da linha, a taxa de variação da tensão está no seu máximo novamente o máximo de corrente que flui no instante e assim por diante. Então podemos dizer que, para condensadores em AC circuitos do instantâneo atual é pelo seu valor mínimo ou nulo sempre que a tensão é aplicada no seu ponto máximo e também o valor instantâneo da corrente está no seu valor máximo ou valor de pico quando a tensão é aplicada em seu valor mínimo ou zero. Desde a onda acima, podemos ver que o atual líder é a tensão por 1 / 4 ou 90 o ciclo como mostrado pelo diagrama vetorial. Então podemos dizer que, em um circuito puramente capacitivo os desfasamentos a atual tensão alternada de 90 º. Sabemos que a corrente que flui através do condensador está em oposição à taxa de variação da tensão aplicada, mas apenas como resistores, capacitores também oferecem alguma forma de resistência54 contra o fluxo de corrente através do circuito, mas com este capacitores em circuitos AC AC resistência é conhecida como reatância.
  55. 55. REFERENCIAS  HALLIDAY, David; RESNICK, Robert and WALKER, Jearl. Phiysics. 6. ed. New York, John Wiley & sons, 2001.  http://www.geocities.com/fisicattus/art_03.ht m  http://efisica.if.usp.br/eletricidade/basico/capa citor/assoc_condensadores/  http://www.electronicstutorials.ws/capacitor/cap_2. 55

×