Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
PROJECTO ‘CICLORIA’
                                           CAMARAS MUNICIPAIS DA MURTOSA, OVAR E ESTARREJA E
         ...
PROJECTO ‘CICLORIA’
                               CAMARAS MUNICIPAIS DA MURTOSA, OVAR E ESTARREJA E
                     ...
PROJECTO ‘CICLORIA’
                                          CAMARAS MUNICIPAIS DA MURTOSA, OVAR E ESTARREJA E
          ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

QuestõEs De ReflexãO Conf Vf

661 views

Published on

Published in: Education, Sports
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

QuestõEs De ReflexãO Conf Vf

  1. 1. PROJECTO ‘CICLORIA’ CAMARAS MUNICIPAIS DA MURTOSA, OVAR E ESTARREJA E UNIVERSIDADE DE AVEIRO Aprovado pelo POVT - Eixo IX – Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano - Acessibilidade e Mobilidade Urbana Documento de reflexão para a definição dos objectivos transversais da Conferência (sublinhados para tentar articular os diversos contributos temáticos) Challenges for EU cycle tourism policies (Les Lumsdon, Univ. Central Lancashire – Reino Unido) Objectivos da sessão  Apresentar as conclusões do estudo do Parlamento Europeu - ‘The European Cycle Route Network Eurovelo - Challenges and Opportunities For Sustainable Tourism1’  Discutir os desafios das políticas de mobilidade ciclável ligada ao lazer e ao turismo a nível europeu; o Reflectir sobre o perfil do mercado do ‘turismo ciclável’ na Europa; o Conhecer experiências de sucesso (produto, marketing) e perceber razões; o Perceber como vai evoluir (projecções de crescimento) na Europa; o Avaliar condições para implementação de uma cultura de turismo ciclável em meios urbanos e rurais; o Avaliar a importância do estabelecimento de parcerias internacionais; o Discutir a integração do turismo ciclável com o comboio e transporte rodoviário. Apresentação do Projecto CICLORIA (Artur Rosa Pires / Jorge Carvalho / José Carlos Mota) Objectivos da sessão  Apresentar o Projecto ‘Cicloria’ - promoção da mobilidade ciclável ligada ao turismo e lazer (com três níveis de acção: estruturação e qualificação do território, organização de actividades de animação social e económica e a capacitação dos agentes locais);  Clarificar os projectos e iniciativas que se irão desenvolver no âmbito do projecto que visam: i) Promover o uso da bicicleta na região, sobretudo na perspectiva do lazer e turismo, mas também com a valorização de estilos de vida saudável; ii) Organizar e qualificar os elementos estruturantes do território com vocação ligada à mobilidade suave, ao lazer e ao turismo; iii) Valorizar os recursos naturais, culturais e patrimoniais e o conhecimento que se tem vindo a produzir sobre os mesmos; iv) Mobilizar o conhecimento tecnológico (em especial as tecnologias móveis - GPS) para proporcionar formas inovadoras de usufruto e conhecimento do território; v) Promover o desenvolvimento de I&D ligado à bicicleta, em especial nos domínios da tecnologia, design, materiais e energia; vi) Estimular o envolvimento das comunidades educativas e agentes sociais e económicos na definição, construção e implementação do projecto. 1 http://www.europarl.europa.eu/activities/committees/studies/download.do?language=de&file=26868
  2. 2. PROJECTO ‘CICLORIA’ CAMARAS MUNICIPAIS DA MURTOSA, OVAR E ESTARREJA E UNIVERSIDADE DE AVEIRO Aprovado pelo POVT - Eixo IX – Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano - Acessibilidade e Mobilidade Urbana Painel I – Inovação, competitividade e mobilidade ciclável Moderador: Carlos Rodrigues – UA Oradores: José Caetano - FPCUB - Desafios do cicloturismo em Portugal; Rui Lopes - INOVARIA - Tecnologias e Bicicleta; Paulo Rodrigues - ABIMOTA – Os desafios da indústria da Bicicleta; Eduardo Anselmo Castro – O cluster da Bicicleta Objectivos da sessão  Reflectir sobre as oportunidades de desenvolvimento económico ligada à mobilidade ciclável com motivação de turismo e lazer;  Analisar o papel dos principais agentes do sector (utilizadores de bicicleta, industriais, produtores de serviços e tecnologia);  Discutir a importância do desenvolvimento de um ‘cluster da bicicleta’, articulando a dimensão uso regular com uso lazer e turismo (articulação com cluster do turismo). Painel II - O lazer e o turismo ciclável – Experiências municipais/regionais Moderador: Jorge Carvalho – UA e Isabel Seabra – IMTT Oradores: Nuno Martins - Parque Patrimonial do Mondego; Guilherme Almeida (CM Viseu) - Projecto ‘Ecopista do Dão’; Presidentes CM Valença e Monção - ‘Ecopista do Minho’ (Prémio Europeu Vias Verdes); João Reis Machado (APCV) - Esquema Director Ciclável do Alentejo; José Sá Fernandes (CM Lisboa) - Rede de Ciclovias de Lisboa Objectivos da sessão  Conhecer e debater experiências municipais e intermunicipais nacionais;  Avaliar a natureza dos instrumentos de planeamento que lhes deram suporte;  Discutir efeitos dos projectos na estruturação e qualificação territorial, na animação das economias locais e no envolvimento e capacitação das comunidades locais;  Perceber os quadros institucionais/organizativos de suporte;  Avaliar a articulação dos projectos cicláveis com as Redes de Transportes Colectivos (Ferroviários e Rodoviários).
  3. 3. PROJECTO ‘CICLORIA’ CAMARAS MUNICIPAIS DA MURTOSA, OVAR E ESTARREJA E UNIVERSIDADE DE AVEIRO Aprovado pelo POVT - Eixo IX – Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano - Acessibilidade e Mobilidade Urbana Painel III – O lazer e o turismo ciclável - Boas práticas internacionais / contributos para a definição de uma política nacional Moderador: Elisabeth Kastenholz – UA e Jorge Carvalho – UA Oradores: Isabel Seabra (IMTT) - Políticas e Orientações para a Mobilidade Ciclável; Luís Silvestre (REFER) – ‘Plano Nacional de Ecopistas’; Emili Mató Palos (Consorci Vies Verdes de Girona) - Via Verde – Espanha; Richard Weston (Univ. Central Lancashire) - Camel Tarka Cycle Trail - UK Objectivos da sessão  Discutir as orientações nacionais de políticas de mobilidade ciclável ligada ao lazer e ao turismo o Conhecer as iniciativas/políticas que têm vindo a ser desenvolvidas sobre a matéria (mobilidade ciclável e da mobilidade ciclável com vocação de turismo e lazer); o Discutir os resultados dessas políticas; o Avaliar as novas orientações para a Política de Mobilidade Ciclável: i) Plano nacional de promoção da bicicleta e de outros modos suaves; ii) Recomendação para a promoção de redes de modos suaves a integrar nos planos de mobilidade urbana/PMOTs (Resolução da Assembleia da República 3/09 e 4/09 de 5 FEV092);  Reflectir sobre experiências internacionais; o Perceber o número, o tipo de utilizadores e as actividades desenvolvidas; o Compreender as experiências de sucesso e perceber as razões; o Conhecer as estratégias de marketing adequadas para capturar este mercado emergente e os novos desafios que se lhe colocam; o Discutir as formas de envolvimento das comunidades e dos agentes privados (por ex: CP, hotelaria, restauração, pacotes turísticos) nestes processos; o Reflectir sobre os mecanismos de criação de consensos entre parceiros à escala regional (em particular entre agentes públicos e privados); o Avaliar os impactos económicos que as iniciativas podem gerar na económica, no turismo e nas marcas turísticas; o Conhecer os desafios se colocam à manutenção e construção de trilhos cicláveis e sinalização, assim como à construção de rotas, sinalização e informação, e produção de ferramentas tecnológicas (cartografia/georeferenciação); o Discutir os modelo organizativos e de financiamento (à escala local, regional e nacional). 2 http://dre.pt/pdf1sdip/2009/02/02500/0083100831.pdf

×