Forum Arte, Ciencia e Tecnologia - Funchal - 7 de Maio 2009

518 views

Published on

Forum Arte, Ciencia e Tecnologia - Funchal - 7 de Maio 2009
Apresentação sobre Educação Tecnológica e integração das ferramentas web 2.0 em Educação.

Published in: Education, Technology, Business
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • Qual a opnião de vcs sobre a nova moda mudial do carro eletrico
    cada pessoa vai receber um carro e ultiliza-lo como celular?
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
518
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Forum Arte, Ciencia e Tecnologia - Funchal - 7 de Maio 2009

  1. 1. TiC FÓRUM ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA 6, 7 e 8 | Maio de 2009 | FUNCHAL ...um olhar da escola à vida EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA & WEB 2.0 ^
  2. 2. TiC FÓRUM ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA 6, 7 e 8 | Maio de 2009 | FUNCHAL ...um olhar da escola à vida EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA & WEB 2.0
  3. 3. ET ≠ TIC
  4. 4. orientações curriculares CNEB &
  5. 5. <ul><li>Web 2.0 plataformas online </li></ul><ul><li>Como é que as relações sociais e profissionais pode ser favorecidas? </li></ul><ul><li>Espaço comum de trabalho colaborativo e/ou de relacionamento; </li></ul><ul><li>Não se consome só informação mas ela é produzida, partilhada e alterada por uma comunidade; </li></ul><ul><li>Está em constante desenvolvimento (Beta perpétua) – O’ Reilly (2005) </li></ul>
  6. 7. Que competências desenvolvemos com a utilização de ferramentas da web 2.0? Que tipo de contributo tais ferramentas propiciam para que os nativos e imigrantes digitais cresçam enquanto seres participantes de uma sociedade global sem fronteiras?
  7. 8. <ul><li>Os nativos digitais (Prensky, 2001) </li></ul><ul><li>Observam as ferramentas sem grandes rodeios, e para eles, estas ferramentas são um prolongamento da sua identidade. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Os imigrantes digitais (Prensky, 2001) </li></ul><ul><li>Terão sempre que se adaptar ao ambiente e construir novas aprendizagens junto das anteriormente conseguidas, situação contrária aos nativos digitais para quem a evolução tecnológica fará sempre parte do seu processo natural de desenvolvimento. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>A edição e publicação com ferramentas web 2.0: </li></ul><ul><li>Não exige o conhecimento de linguagens de programação; </li></ul><ul><li>Permite ao utilizador comum criar, editar e publicar qualquer tipo de informação na rede; </li></ul><ul><li>Organização por tags (etiquetas) das publicações; </li></ul><ul><li>Permite a participação e colaboração da comunidade. </li></ul>
  10. 11. A concretização de texto pode auxiliar o utilizador na organização e desenvolvimento do seu pensamento e também o torna mais ágil e capaz de seleccionar a informação pertinente. São uma forma de expressão pessoal que criou uma alternativa para informar, comunicar e partilhar, potenciando a comunicação online.
  11. 12. <ul><li>A Web 2.0 é construída para e pelos utilizadores: estes deixaram de ser meros recptores de informação e passaram a dar o seu contributo e marca pessoal a um espaço que é cada vez mais de todos; </li></ul><ul><li>É um domínio rico para o desenvolvimento de competências: comunicar, pesquisar, partilhar, cooperar, respeitar, planear, organizar, seleccionar e reflectir; </li></ul>
  12. 13. <ul><li>A web 2.0 constitui-se um admirável veículo para o desenvolvimento e/ou consolidação de aprendizagens que, num contexto mais formal de formação, se tornam aborrecidas; </li></ul><ul><li>É importante que se aproxime a informalidade da web 2.0 a contextos escolares, de forma a constituir uma ponte entre os alunos, os seus interesses e experiências e a Escola. </li></ul>
  13. 14. _exemplos ?...
  14. 16. ) ; ^ 7 de Maio de 2009 animajar

×