Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aprendizagem

3,542 views

Published on

Published in: Technology, Education
  • Be the first to comment

Aprendizagem

  1. 1. <ul><li>Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática </li></ul><ul><li>Disciplina: Pesquisa em Ensino de Ciências e Matemática </li></ul><ul><li>Professor: Dr. Edson Schroeder </li></ul><ul><li>Mestrandos: Muriel Clasen dos Santos Eyng </li></ul><ul><li>Valdir Rosa </li></ul>
  2. 2. Referência e Título <ul><li>ARRUDA, S M et. al. Da Aprendizagem Significativa à Aprendizagem Satisfatória na Educação em Ciências . Cad. Bras. Ens. Fís., v.21: p.194-223, ago. 2004. </li></ul>
  3. 3. Autor principal <ul><li>Tanto a autor principal bem como o grupo de pesquisa do qual ele pertence tem feito inúmeras contribuições na área de formação de professores, mudança conceitual, educação não-formal e grupos de aprendizagem. Só o  primeiro autor tem 18 artigos na área. Isto diz da capacidade de produção dos autores e também do quanto contribuem com seus estudos numa área estabelecida como relevante dentro da pesquisa científica na formação de professores e mudança conceitual. </li></ul>
  4. 4. Os autores <ul><ul><li>Sergio de Mello Arruda : é Bacharel em Física (USP, 1976), Mestre em Ensino de Ciências (USP, 1994) e Doutor em Educação (USP, 2001). É professor da Universidade Estadual de Londrina desde 1978. Coordenou os projetos: RENOP (1994 a 1997), Pró-ciências (1997 a 2000), Uma nova metodologia para o ensino da Física Moderna (1995 a 1997), Experimentoteca (1994 a 1997). Coordenou o Programa em Ensino de Ciências e Educação Matemática da UEL (2002 a 2004). </li></ul></ul><ul><ul><li>Atualmente coordena a implantação do Museu de Ciência e Tecnologia da UEL, financiado por VITAE e CNPq. </li></ul></ul>
  5. 5. <ul><ul><li>Alberto Villani : possui graduação em Filosofia - Licenza - Aloisianum Facultas Philosophica (1966), graduação em Fisica - Laurea - Universita degli Studi di Padova (1969) e doutorado em Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1972), Livre Docência pela Universidade de São Paulo(1987) e pós-doutorado pela Universitá di Bologna (1989) . </li></ul></ul><ul><ul><li>Atualmente é professor Associado da Universidade de São Paulo. </li></ul></ul>
  6. 6. <ul><ul><li>Michele Hidemi Ueno : Possui graduação em Física pela Universidade Estadual de Londrina (2002) e mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (2004). </li></ul></ul><ul><ul><li>Valeira Silva Dias : doutora em Educação para a Ciência pela Universidade Estadual Paulista - UNESP (2008), possui licenciatura em Fisica pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2001) e mestrado em Ensino de Ciências (Modalidade Física) pela Universidade de São Paulo - USP (2004). </li></ul></ul>
  7. 7. Publicação <ul><li>Caderno Brasileiro de Ensino de Física (CBEF) </li></ul><ul><li>periódico quadrimestral; </li></ul><ul><li>Arbitrado; </li></ul><ul><li>Indexado; </li></ul><ul><li>Possuí circulação nacional e com penetração em países cujo idioma é o espanhol; </li></ul><ul><li>É voltado prioritariamente para o professor de Física da escola secundária e para os cursos de formação de professores . </li></ul>
  8. 8.
  9. 9. David Paul Ausubel <ul><li>David Paul Ausubel </li></ul>David Paul Ausubel nasceu em1918, em Nova Iorque. Foi um grande psicólogo da educação. “… o fator isolado mais importante influenciando a aprendizagem é aquilo que o aluno já sabe; determine isso e ensine-o de acordo.” (Ausubel apud Moreira, 1999, p.163)
  10. 10. David Paul Ausubel <ul><li>A teoria da assimilação de David Paul Ausubel, ou teoria da aprendizagem significativa, é uma teoria cognitivista e procura explicar os mecanismos internos que ocorrem na mente humana com relação ao aprendizado e à estruturação do conhecimento. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Do que se trata a pesquisa? </li></ul><ul><li>Tipo de pesquisa : pesquisa teórica  dedica-se a reconstruir uma teoria existente, aprimorando fundamentos teóricos. </li></ul>A pesquisa complementa as considerações implícitas na aprendizagem significativa, introduzindo o universo inconsciente e a discussão de exemplos na História da Ciência e na aprendizagem em Ciências.
  12. 12. <ul><li>Psicanálise e Educação, História da Ciência, aprendizagem significativa, aprendizagem satisfatória . </li></ul><ul><li>Como foi realizada? </li></ul><ul><li>Através de leituras sobre teoria da aprendizagem, formação de professores, psicologia e história da Ciência. </li></ul><ul><li>Relevância dos resultados: </li></ul><ul><li>Importante contribuição para auxiliar o professor a ajudar o aluno a elaborar seu próprio saber, envolvendo-o de maneira satisfatória. </li></ul>Termos presentes no artigo :
  13. 13. Título do artigo <ul><li>O título descreve de forma adequada o conteúdo apresentado no artigo, indo diretamente ao assunto do estudo. </li></ul>
  14. 14. Objetivos claros, percebendo-se com nitidez o que trata o artigo. Descreve o método e procedimentos. Salienta que o artigo finaliza com a apresentação e a discussão de vários exemplos na História da Ciência e na Aprendizagem em Ciências. Resumo
  15. 15. Introdução <ul><li>Perguntas de pesquisa: </li></ul><ul><li>Como o aluno aprende? Como ou quando o estudante desperta para o querer aprender? Quando o conhecimento se transforma em um objeto de desejo para o sujeito? </li></ul><ul><li>Revisão de literatura: </li></ul><ul><li>Atual e relevante, principalmente na área de ensino de Ciências e Aprendizagem Significativa. Utilizou-se também de referências mais antigas, explorando a História da Ciência. </li></ul><ul><li>Citações que comprovam o estudo: Mortimer, Ausubel, Moreira, Coll, Kuhn. </li></ul>
  16. 16. Pressupostos teóricos: <ul><li>Os autores utilizam a Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel; a Psicologia Cognitiva que estuda os processos mentais que estão por trás do comportamento, recorrendo a autores como Freud, a Teorias dos Gozos em Lacan, Teoria da Equilibração de Piaget. </li></ul>
  17. 17. Argumentos que justificam a realização do estudo: <ul><li>Conflito da Educação em promover a aprendizagem de uma cultura tradicional ou fomentar a elaboração de algo novo. </li></ul><ul><li>A pesquisa é importante por apresentar uma renovação das perspectivas teóricas e serve de incentivo para as práticas didáticas. </li></ul>
  18. 18. Material e Método <ul><li>Os autores utilizam-se de revisão bibliográfica para analisar situações onde pode ter ocorrido a aprendizagem significativa e a aprendizagem satisfatória. </li></ul><ul><li>Os autores utilizam-se de trabalhos publicados sobre estudo de caso para analisar se houve aprendizagem </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>significativa ou satisfatória. </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  19. 19. Discussão <ul><li>Os autores referem-se ao inconsciente como um aliado para se entender como se dá a aprendizagem. E para isso, busca auxílio na psicanálise. Assim, entra questões como o desejo incosciente: </li></ul><ul><li>“… o mundo freudiano não é o mundo das coisas, não é um mundo do ser, mas um mundo do desejo como tal ” . (Lacan, citado na p. 201). </li></ul><ul><li>Para os autores, satisfazer uma demanda (um querer) é algo consciente; o querer sempre algo novo e a realização desse desejo é uma operação inconsciente. </li></ul>
  20. 20. <ul><li>O desejo deve levar ao gozo (a satisfação incosciente) (p 204) </li></ul><ul><li>Para se ter uma aprendizagem satisfatória, é necessário que o conhecimento tenha um movimento contínuo de busca, tenha sentido, acoplado à satisfação com o exercício. </li></ul><ul><li>Envolve o gozo do aprendiz com a experiência e, portanto, introduz uma marca estável, levando-o a originalidade. (p 206) </li></ul>
  21. 21. Considerações Finais <ul><li>Os autores enfatizam que a visão da aprendizagem deve ser ampliada para englobar a dimensão da satisfação inconsciente; </li></ul><ul><li>Ressaltam que a aprendizagem depende do gozo e do desejo de saber; </li></ul><ul><li>Mencionam de maneira direta e concisa que o conhecimento estabelecido faz parte do </li></ul><ul><li>processo de aprendizagem, mas não </li></ul><ul><li>torna o aprendiz autonômo e criativo. </li></ul>
  22. 22. Sobre as Referências <ul><ul><li>Na página 195 foi citado Ausubel (1968) o correto é (1978). </li></ul></ul><ul><ul><li>Na página 205, na nota de rodapé 10 é citado Aichhorn (educador e psicanalista austríaco) mas não consta nas referências. </li></ul></ul><ul><ul><li>Na página 213 existe (KUPFER, 1991) o correto seria 1990 . </li></ul></ul>
  23. 23. Referências <ul><li>CRATO, A. N. et al. Como realizar uma análise crítica de um artigo científico. Arquivos em Odontologia, Belo Horizonte, V.40, n.1, p.001-110, jan./mar. 2004. </li></ul><ul><li>Moreira, M. A. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: EPU, 1999. </li></ul>

×