Evolução Biológica - Prof. James Martins

2,711 views

Published on

Aula sobre evolução biológica

Published in: Education
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
2,711
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,930
Actions
Shares
0
Downloads
44
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Evolução Biológica - Prof. James Martins

  1. 1. -Teorias -Evidências -Especiação - Fatores evolutivos Evolução Biológica Agradecimento a profa Ionara (Cotuca-Unicamp) cujo material foi utilizado para a criação de parte dessa aula. Prof. James Martins Colégio e Curso Objetivo
  2. 2. James Martins Evolução humana segundo o History channel
  3. 3. James Martins Evolução humana segundo o History channel ISSO NÃO É EVOLUÇÃO
  4. 4. James Martins Evolução humana segundo o Facebook
  5. 5. James Martins Evolução humana segundo o facebook ISSO NÃO É EVOLUÇÃO
  6. 6. O que é evolução biológica? •Transformação •Mudança •Tempo medido em número de gerações •Sobrevivência James Martins
  7. 7. James Martins
  8. 8. Teorias Fixismo-Não há mudança! Criacionismo-criação simultânea Evolucionismo: Lamarckismo Darwinismo Neo-Darwinismo James Martins
  9. 9. James Martins
  10. 10. Jean Baptiste Lamarck •1774-1829 •As formas de vida mais simples surgem da matéria inanimada e evoluem até estágios de maior complexidade e perfeição! •Lei da transmissão dos caracteres adquiridos •Lei do uso e do desuso James Martins
  11. 11. EVOLUÇÃO DE LAMARCK “O meio provoca mudanças dirigidas nos indivíduos, visando a adaptação.” Modificações nos indivíduos Necessidade de adaptação Mudanças Ambientais LAMARCKISMO James Martins
  12. 12. Uso e desuso James Martins
  13. 13. Transmissão hereditária dos caracteres adquiridos PAI FILHOS James Martins Problemas nas idéias lamarckistas
  14. 14. Em 1875, August Weismann cortou a cauda de camundongos por 20 gerações seguidas. Com isso, verificou que a característica ausência de cauda, adquirida durante a vida não era transmitida para as próximas gerações. James Martins Problemas nas idéias lamarckistas
  15. 15. DARWINISMO James Martins
  16. 16. DARWINISMO – SELEÇÃO NATURAL - Viagem de cinco anos para as Américas e Oceania (1831 à 1835). -Arquipélago de Galápagos Encontra nessa viagem evidencias a favor da evolução e contra a idéia de espécies fixas James Martins
  17. 17. James Martins
  18. 18. James Martins
  19. 19. Observação de tentilhões semelhantes entre si, mas com forma de bicos diferentes devido ao tipo de alimento disponível em cada ilha. James Martins
  20. 20. -Em 1838 desenvolveu a teoria da Seleção Natural, publicada conjuntamente com Alfred Russel Wallace em 1858 - Em 1859 publicou o livro "A Origem das Espécies", no qual introduziu a idéia de evolução a partir de um ancestral comum, por meio de seleção natural, que se tornou a explicação científica dominante para a diversidade de espécies na natureza James Martins
  21. 21. James Martins
  22. 22. Ideias centrais do Darwinismo • Ancestrais comuns. • O ambiente seleciona os mais aptos (exploração de recursos limitados). • O ambiente muda, mudando também os fatores de seleção. • A variabilidade e o crescimento populacional, são atributos naturais das espécies. • A seleção ambiental tende a manter as populações numericamente constantes • Os indivíduos mais aptos, sobrevivendo, passam suas características á sua descendência, provocando a evolução ( mudança ) da espécie. James Martins
  23. 23. James Martins
  24. 24. Evolução segundo darwin James Martins
  25. 25. James Martins
  26. 26. James Martins
  27. 27. NEODARWINISMO OU TEORIA SINTÉTICA DA EVOLUÇÃO James Martins
  28. 28. ESPECIAÇÃO James Martins
  29. 29. James Martins
  30. 30. James Martins ESPECIAÇÃO Fenômeno pelo qual novas espécies são formadas a partir de uma espécie ancestral comum.
  31. 31. James Martins ESPECIAÇÃO REQUISITOS: - ISOLAMENTO GEOGRÁFICO - ISOLAMENTO REPRODUTIVO
  32. 32. James Martins ESPECIAÇÃO
  33. 33. James Martins ESPECIAÇÃO Tipos de especiação a) Isolamento geográfico (alopatria) b) Existir em um continnum geográfico c) Existir dentro da mesma área (simpatria)
  34. 34. James Martins ESPECIAÇÃO Mecanismos de isolamento reprodutivo Mecanismos pré-copulatórios : impedem cruzamentos interespecíficos a. Parceiros em potencial não se encontram (isolamento sazonal ou de hábitat) b. Parceiros em potencial encontram-se, mas não copulam (isolamento etológico) c. A cópula é tentada, mas não há transferência de espermatozóides (isolamento mecânico) Parou com a palhaçada galera!!!
  35. 35. James Martins ESPECIAÇÃO Mecanismos pós-copulatórios : reduzem o completo sucesso dos cruzamentos interespecíficos Pré-zigóticos (impedem a fecundação) a. A transferência de espermatozóides ocorre, mas o ovo não é fertilizado (mortalidade gamética, incompatibilidade, etc) Pós-zigóticos (impede a formação de um indivíduo reprodutivamente viável) a. O ovo é fertilizado, mas o zigoto morre (mortalidade zigótica por incompatibilidade de cariótipos, etc.) b. O zigoto produz uma F1 de híbridos inviáveis ou com viabilidade reduzida (inviabilidade do híbrido) c. Os zigotos dos híbridos da F1 são completamente viáveis, mas parcial ou completamente estéreis ou ainda produzem uma F2 deficiente (esterilidade do híbrido) Geralmente estéreis
  36. 36. James Martins ESPECIAÇÃO Alguns exemplos de mecanismos de isolamento levando à especiação Padrões de canto diferenciado levando à especiação em pássaros. padrões de voo e emissão fluorescente diferenciada em distintas espécies de vagalumes.
  37. 37. Evidências da Evolução •Anatomia Comparada: - Homologia - Analogia •Bioquímica: -Moléculas •Fósseis James Martins
  38. 38. James Martins Homologia: mesma origem embriológica, mas diferentes funções. IRRADIAÇÃO EVOLUTIVA
  39. 39. James Martins Analogia: diferente origem embriológica, mas mesmas funções. CONVERGÊNCIA EVOLUTIVA
  40. 40. James Martins BIOQUÍMICA Filogenia: relações de ancestralidade comum entre grupos, baseada em estudos morfológicos, comportamentais, moleculares, etc.
  41. 41. James Martins BIOQUÍMICA Análise comparativa entre biomoléculas (ácidos nucléicos e proteínas) de diferentes espécies. Quanto maior a semelhança bioquímica, maior o grau de parentesco. Filogenia molecular: comparações moleculares (DNA e proteínas)
  42. 42. James Martins FÓSSEIS
  43. 43. James Martins EMBRIOLOGIA COMPARADA
  44. 44. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA O HOMEM NÃO VEIO DO MACACO. AMBOS TEM UM ANCESTRAL COMUM A EVOLUÇÃO HUMANA OU ANTROPOGÊNESE ESTUDA A ORIGEM E EVOLUÇÃO DO Homo sapiens.
  45. 45. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA
  46. 46. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA
  47. 47. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA Esqueleto e o modelo de restauração de Lucy exibidos no Museu Nacional de Ciência do Japão (Foto: reprodução/Momotarou2012 ) Um fóssil de uma fêmea dessa espécie foi encontrado nos anos 1970 pelo paleoantropólogo Donald Johanson e colaboradores, e ficou conhecido como Lucy, que foi datada com idade próxima a 3.2 milhões de anos. Australopithecus afarensis
  48. 48. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA
  49. 49. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA Homo erectus Homo neanderthalensis Homo sapiens
  50. 50. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA
  51. 51. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA
  52. 52. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA FUTURO????
  53. 53. James Martins EVOLUÇÃO HUMANA
  54. 54. BONS ESTUDOS!

×