Aula sobre argumentação

31,723 views

Published on

A argumentação e o Debate

Published in: Education
0 Comments
18 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
31,723
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
1,098
Comments
0
Likes
18
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula sobre argumentação

  1. 1. A argumentação e o Debate
  2. 2. Argumentação <ul><li>Argumentar é defender uma idéia, procurando apresentar razões para que as pessoas com quem estamos argumentando aceitem nossa idéia como a melhor, a mais acertada, a mais equilibrada, ou a mais verdadeira. </li></ul>
  3. 3. O que são Argumentos? <ul><li>Um aspecto essencial, no momento da construção da argumentação, é a escolha do argumento. </li></ul><ul><li>Os argumentos são provas (raciocínio, dados, fatos...) apresentadas para demonstrar que a idéia que você pretende defender é a correta. </li></ul>
  4. 4. Tipos de Argumentação <ul><li>Argumentação por citação: </li></ul><ul><li>Recorre-se à autoridade de outra pessoa, geralmente consagrada naquele assunto. </li></ul><ul><li>Como afirma René Girard, em seu livro A violência e o sagrado, “a violência é de todos e está em todos”. Certamente, se a sociedade se vale da violência para punir os violentos, a mensagem que passa é muito clara: há uma violência que é aceitável (talvez até mesmo desejável), da qual não se pretende abrir mão. </li></ul>
  5. 5. Tipos de Argumentação <ul><li>Argumentação por comprovação: </li></ul><ul><li>A sustentação do argumento será dada pelas informações objetivas (dados, estatísticas, percentuais) que o acompanham. </li></ul><ul><li>Segundo dados do IBGE de 2001, 59% da população brasileira que declara ter uma atividade remunerada, ganha no máximo o “piso salarial” oferecido pelo crime. Dos traficantes ouvidos na pesquisa, 25% recebiam mais de R$2.000 mensais; já na população brasileira essa taxa não ultrapassa 6%. </li></ul>
  6. 6. Tipos de Argumentação <ul><li>Argumentação por raciocínio-lógico: </li></ul><ul><li>É baseada nas relações de causa e efeito. </li></ul><ul><li>Defesa da hipótese de que o desaparecimento dos dinossauros e a sobrevivência dos mamíferos pode ter sido uma questão de sorte. </li></ul>
  7. 7. Argumentação e Oralidade <ul><li>Argumentar, defender uma tese (um ponto de vista) pode ser simples quando o fazemos oralmente, porque podemos nos corrigir ao mesmo tempo em que falamos. Além disso, podemos utilizar outros recursos paralingüísticos , tais como: gestos, olhares e tom de voz, para tornar mais claro o nosso pensamento. </li></ul>
  8. 8. Argumentando no debate
  9. 9. Posicionamento no problema : CONTRA A FAVOR &quot;O grupo aqui é contra a pena de morte porque não se pode cometer um crime para punir um outro crime, porque matando você vai... você tá matando, cometendo outro crime também. Não vai tá punindo o culpado do crime.&quot; &quot;Bom, o grupo é a favor da pena de morte porque as pessoas que cometem crimes bárbaros deveria ser punidos para não incentivarem essa atrocidade. Para isso, a reforma do sistema se faz necessária. Essa é a nossa tese.&quot;
  10. 10. Exposição das idéias CONTRA A FAVOR &quot;Matar quem matou é um castigo incomparavelmente maior que o próprio crime. O assassinato legal é incomparavelmente mais horrendo que o assassinato criminoso.&quot; &quot;A pena de morte deve se instituir para crimes bárbaros como o estupro pois causam danos morais perante a sociedade, psicológico, além de danos físicos.&quot;
  11. 11. Argumentando e rebatendo CONTRA A FAVOR &quot;A sociedade quando se une para matar é mais covarde quando mata do que aquele que mata sozinho. O argumento do grupo pró nos leva a entender que vocês só são a favor da pena de morte só em caso de crimes bárbaros como o estupro. E os outros crimes, vocês são contra a pena de morte? A pena de morte seria apenas uma base para o desenvolvimento, como aconteceu nos Estados Unidos, onde atualmente a criminalidade é quase inexistente e a vida é tranqüila e quase sem violência. A execução da pena de morte acaba com o mal pela raiz uma vez que onde o assassino que poderia matar dez pessoas vai matar apenas uma.
  12. 12. Criticando os argumentos alheios CONTRA A FAVOR “ O grupo a favor argumentou a respeito de que se acontecesse em nossas famílias queríamos sim a punição do inimigo. Será que os integrantes do grupo pró gostariam que um irmão seu fosse morto ao cometer um crime não hediondo? O tiro que mata o criminoso não mata o crime. Na forca só se pendura um cadáver.” “ O grupo contra cometeu atitude extremista pois as punições não são as mesmas para quem rouba uma galinha ou agride uma criança. Se estão defendendo tanto os direitos humanos, será que não seria necessário uma reforma do sistema que mata inocentes?”
  13. 13. É pra já!
  14. 14. Estão esperando o quê? Vamos trabalhar! <ul><li>Baseado neste tema, cada integrante tem trinta segundos para falar sobre o assunto apresentado, sendo que ninguém, em hipótese alguma, pode ultrapassar o tempo estipulado, ao mesmo tempo em que os outros integrantes devem manter-se em completo silêncio. Se o comentário terminar antes do término do tempo, todos devem manter-se em silêncio até o final deste tempo. Ao final, a palavra o tema pode ser, então, debatido livremente. </li></ul>

×