Curso sobre Gerenciamento de Fábrica de Software

6,398 views

Published on

Apresentação do curso sobre Gerenciamento de Fábrica de Software. Nesta apresentação é feita uma introdução ao conceito de Fábrica de Software e detalhado o programa do curso.

Published in: Business
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,398
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
48
Actions
Shares
0
Downloads
400
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Curso sobre Gerenciamento de Fábrica de Software

  1. 1. Gerenciamento Autor: Ivan Luizio de Fábrica de R. G. Magalhães e-Mail: Software ivan_luizio @ hotmail.com Gerenciamento de Fábrica de Software – Outubro/2008
  2. 2. Autor Ivan Luizio R. G. Magalhães Professor, Palestrante e Pesquisador nas Áreas de Engenharia de Desempenho e Valor Professor dos cursos de extensão e MBA da FIPT (IPT - SP), FIAP, FIPE e Instituto de Engenharia MAUÁ, coordenador e palestrante de eventos da RECRIANDO, TEMPO REAL EVENTOS, IBC, IIR e SUCESU-SP e especialista em Arquitetura de Sistemas da Telecomunicações de São Paulo S. A. - TELESP, desenvolvendo atividades relacionadas com Arquitetura Corporativa e Governança de TI. Atua na área de Tecnologia da Informação há 20 anos, possuindo experiência em projetos de terceirização, estabelecimento de acordos de nível de serviço, desenvolvimento e implantação de sistemas, definição de arquitetura tecnológica e gerenciamento de redes de dados e telecomunicações. Na área de Negócio, vem participando de projetos de estabelecimento de estratégias de negócio e seleção de indicadores de desempenho e na implementação da metodologia Balanced Scorecard (BSC) em diversos segmentos de indústria. Atua como pesquisador nos campos da Engenharia de Desempenho e de Valor desde 2.001, tendo produzido diversos trabalhos nos formatos de artigos, palestras e curso, as metodologias Strategic Activity System (SAS), destinada ao estabelecimento de estratégias de negócio e implantação de sistemas de medição do desempenho, e IT Flex, focada na transformação da área de TI em uma fábrica de serviços, e a ferramenta Value Strategic Management (VSM), voltada à medição da capacidade da organização de criar valor em diferentes perspectivas. É autor do livro quot;Gerenciamento de Serviços de TI na Prática – Uma abordagem com base na ITIL”, publicado pela NOVATEC Editora. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 2
  3. 3. Livro-Texto O material desenvolvido para este evento teve como base o texto do livro “Gerenciamento de Serviços de TI na Prática - Uma abordagem com base na ITIL”, escrito por Ivan Luizio Magalhães e Walfrido Brito Pinheiro e publicado pela NOVATEC Editora (www.novatec.com.br). Os participantes deste evento podem usufruir de um desconto de 20 % sobre o preço de capa, citando o código da promoção “IVANLUIZIO” ao adquirirem o livro pelo site da editora. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 3
  4. 4. Objetivo Este evento destina-se a apresentar os conceitos e técnicas utilizados para o gerenciamento de Fábricas de Software. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 4
  5. 5. Aviso! O material deste evento será disponibilizado a todos os participantes também em formato eletrônico. Por favor, encaminhe solicitação ao e-mail abaixo. Assim que recebida, o arquivo será enviado. ivan_luizio@hotmail.com @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 5
  6. 6. Participe! Este será um evento interativo. Portanto, em caso de dúvidas, não se contenha! Pergunte. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 6
  7. 7. Agenda 1 Introdução @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 7
  8. 8. Pergunta Qual a sua definição para Fábrica de Software? @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 8
  9. 9. Resposta Fábrica de Software é um conjunto de Recursos (Humanos e Materiais), Processos e Metodologias estruturados de forma semelhante àqueles das indústrias tradicionais (manufatureiras), utilizando as melhores práticas criadas para o processo de desenvolvimento, testes e manutenções de softwares. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 9
  10. 10. Pergunta Por quê Fábrica de Software? @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 10
  11. 11. Conceito - Fábrica Fábrica é uma organização formada por pessoas engajadas em um esforço comum, trabalhando de uma forma organizada, onde a padronização é utilizada para assegurar a coordenação e a formalização das tarefas e a sistematização é um fator muito importante. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 11
  12. 12. Fábrica – Ciclo de Vida @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 12
  13. 13. Fábrica versus Fábrica de Software @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 13
  14. 14. Fábrica de Software – Nossa definição Uma Fábrica de Software é um organização que provê serviços de desenvolvimento de software com qualidade, a baixo custo e de forma rápida, utilizando um processo de desenvolvimento de software bem definido e com o apoio de tecnologias do mercado, além de reconhecer e aproveitar as oportunidades de melhoria do processo. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 14
  15. 15. Agenda 2 Fábrica de Software @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 15
  16. 16. Fábrica de Software – Fundamento O conceito de Fábrica de Software está baseado na idéia de prover uma linha de produção de soluções que atendam às necessidades específicas de cada cliente através da formalização de todas as atividades e os seus respectivos produtos, com etapas e tarefas bem definidas para cada tipo de profissional, indo da produtividade da linha de produção à qualidade. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 16
  17. 17. Fábrica de Software – Arquitetura @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 17
  18. 18. Tipos de Estruturas Organizacionais • Estrutura Simples • Máquina Burocrática Procedimentos e saídas padronizados • Organização Profissional Conhecimentos e normas profissionais padronizados • Empreendedora Supervisão e controle de forma direta • Adocracia Ajuste mútuo de times montados sob demanda @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 18
  19. 19. Adocracia Expressão da autoria de Alvin Tofler e popularizada por Robert Waterman, aplicável a qualquer forma de organização que rompa com as tradicionais normas burocráticas dominantes em empresas em fase de maturidade, com vista à detecção de oportunidades, resolução de problemas e obtenção de resultados. A tônica é o incentivo à criatividade individual enquanto caminho para a renovação organizacional. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 19
  20. 20. Máquina Burocrática @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 20
  21. 21. Máquina Burocrática - Características Organização por funções, muito estruturada e baseada numa separação clara entre o pessoal de concepção e o pessoal de execução. O mecanismos de coordenação é a padronização dos processos de trabalho, sendo que a tecnoestrutura apresenta papel preponderante neste tipo de organização, pois faz elevada pressão para a estandardização dos processos. O trabalho operacional é rotineiro, repetitivo e simples existindo ainda uma grande formalização de procedimentos, obedecendo a um conjunto de regras e regulamentos que todos devem cumprir. Elevada divisão do trabalho, existindo diferenciação vertical e horizontal do trabalho. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 21
  22. 22. Agenda 3 Histórico @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 22
  23. 23. Pergunta Desde quando se utiliza o conceito de Fábrica de Software? @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 23
  24. 24. Conceito - Origem • R. W. Berner (1968) General Eletric • ferramentas padronizadas • interface baseada em computador • banco de dados com dados histórico para o gerenciamento financeiro e da produção • M. D. McIlroy (1968) AT & T • reutilização de código • analogia com a linha de produção de manufatura @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 24
  25. 25. Histórico 1969 • Hitachi 1975 - 1976 • System Development Corporation 1976 - 1977 • NEC, Toshiba, Fujitsu, Mitsubishi, Nippon 1985 • Projeto SIGMA (software de alta qualidade em grande escala) @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 25
  26. 26. Exemplo Toshiba Software Factory Dr. Eng. Yoshihiro Matsumoto @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 26
  27. 27. Exemplo - Layout @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 27
  28. 28. Exemplo - Ordem de Serviço @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 28
  29. 29. Exemplo - Plano de Carreira @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 29
  30. 30. Agenda 4 Justificativa @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 30
  31. 31. O velho problema de sempre! Fonte: Standish Group (2006) Mercedes announces largest recall in its history – 1.3 million cars. Software bugs plague faulty fuel pump. – March, “Software Failure Cost the 2005 Software glitch stalls some Toyota American Economy hybrids. Toyota is asking 75,000 owners of Prius hybrid cars to come in and have their vehicle's software checked. – $59.5 Billion Annually.” October, 2005 Japan's Nagoya exchange Software glitch results in the loss suspends trading due to — American’s National of thousands of dollars for US software glitch. – November, Airways Group Inc. when some Institute of Standards 2005 tickets were mistakenly priced at $1.86. – April, 2005 (NIST) in 2002 @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 31
  32. 32. O que está acontecendo? • 16 % dos projetos de software produzem o que era esperado, dentro do prazo e do orçamento inicial • 53 % dos projetos de software atrasam (25 a 200 %) e/ou custam mais (50 a 200 %) • 31 % dos projetos de software são cancelados antes de produzirem algo @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 32
  33. 33. Cuidado! O desenvolvimento representa apenas 20 % do custo total do ciclo de vida de um software. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 33
  34. 34. É possível a completa automação? @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 34
  35. 35. Evolução das Ferramentas CASE @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 35
  36. 36. Agenda 5 Programa do Curso @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 36
  37. 37. Agenda MÓDULO 1 Organização da Fábrica de Software - Tipos de Fábricas - Estrutura interna - Papéis e responsabilidades - Competências - Dimensionamento @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 37
  38. 38. Agenda MÓDULO 2 Arquitetura de Processos de uma Fábrica de Software - Estrutura de um processo - Engenharia de software (SPICE ISO 15.504) - CMMI - Software Development Lifecycle - IT Framework for Software Factory @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 38
  39. 39. Agenda MÓDULO 3 Processos-Chave em uma Fábrica de Software - Gerenciamento de Recursos Humanos - Gerenciamento do Conhecimento - Gerenciamento de Nível de Serviço - Gerenciamento de Demanda - Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente - Gerenciamento de Configuração - Gerenciamento da Qualidade (melhoria contínua) @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 39
  40. 40. Agenda MÓDULO 4 Indicadores de Desempenho para uma Fábrica de Software - Indicadores versus medidas - Strategic Activity System (SAS) - Modelagem de indicadores de desempenho - Estruturação de um painel de indicadores - Conjunto de indicadores - Benchmarking @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 40
  41. 41. Agenda 6 Duração e Agenda do Curso @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 41
  42. 42. Duração e Agenda O curso tem a duração de 24 horas, sendo dividido em 6 noites com 4 horas de aula cada ou em 3 sábados com 8 horas de aula cada. Para informar-se sobre a agenda deste curso, favor entrar em contato com a Recriando por meio da URL: www.recriandoonline.com.br @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 42
  43. 43. Agradecimento Muito obrigado a todos pela atenção e presença. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 43
  44. 44. Contato Ivan Luizio R. G. Magalhães Professor, Palestrante e Pesquisador Strategic Enterprise Performance Management Strategic Activity System Balanced Scorecard ivan_luizio@hotmail.com @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 44
  45. 45. Maximizando o valor de uma Fábrica de Software Assegurando o desempenho da Fábrica de Software • Fábrica de Software alinhada com a • Aumentando a Produtividade da Fábrica de estratégia da organização (Alinhando a Software (Aplicação da Strategic Activity Fábrica de Software com a estratégia de System) negócio) • Business Process Management aplicada à • Engenharia de Desempenho aplicada à Fábrica de Software (Monitorando e Fábrica de Software (Aumentando o valor aprimorando os processos da Fábrica de da Fábrica de Software através da medição Software) da sua função) • Contratando uma Fábrica de Software • Balanced Scorecard para Fábrica de Software (Comunicando a estratégia e • Vendendo uma Fábrica de Software monitorando a sua execução) @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 45
  46. 46. Nota Nenhuma parte deste material pode ser reproduzido ou transmitido por qualquer meio ou para qualquer finalidade sem a prévia autorização do seu autor. O não cumprimento dessa determinação sujeitará o infrator as penalidades previstas na Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98). As fotos e desenhos utilizados têm caráter de informação e ilustração dos temas abordados. Os direitos das marcas citadas são reservados aos seus titulares. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 46
  47. 47. Bibliografia básica • Norma NBR ISO/IEC 12207 – Processos de Ciclo de Vida de Software • Site do SEI: www.sei.cmu.edu www.sei.cmu.edu/cmmi • Repositório do SEI: https://seir.sei.cmu.edu/seir/ @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 47
  48. 48. Referências V. R. (1989): The Experience Factory: Packaging Software BASILI, Experience.Proceedings of the 14th Annual Software Engineering Workshop, NASA Goddard Space Flight Center, Greenbelt MD 20771. BASILI, V. R., G. Caldiera & G. Canone (1992): A Reference Architecture for the Component Factory. ACM Transactions on Software Engineering and Methodology. BASILI, V. R. (1993): The Experience Factory and its Relationship to Other Improvement Paradigms, 4th European Software Engineering Conference - ESEC ‘93. Springer-Verlag. BEMER, R. W. (1969): Position papers for Panel Discussion: The Economics of Program Production. In A. J. H. Morrell (Ed.): Information Processing 68. Amsterdam: North-Holland. CARVALHO, A. M. B. Introdução à Engenharia de Software São Paulo: Editora Unicamp, 2001 CUSUMANO, M. A. (1989): The Software Factory: A Historical Interpretation. IEEE Software, March. CUSUMANO, M. A. (1991): Japan’s Software Factories. Oxford University Press. FERNANDES, Aguinaldo Aragon, TEIXEIRA, Descartes de Souza (2004). Fábrica de Software: Editora ATLAS, São Paulo - SP. FERNSTRÖM, C. (1991): The Eureka Software Factory: Concepts and Accomplishments. In A. Lamsweerde et al. (Eds.): Proceedings of the 3rd European Software Engineering Conference. Lecture Notes in Computer Science No. 550: Springer- Verlag. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 48
  49. 49. Referências FERNSTRÖM, C., K-H. Närfelt & L. Ohlsson (1992): Software Factory Principles, Architecture, and Experiments. IEEE Software, March. FOWLER, P. & S. Rifkin (1990): Software Engineering Process Group Guide (CMU/SEI-90- TR-24). Software Engineering Institute, Carnegie Mellon University. HAYES, W. & D. Zubrow (1995): Moving on Up: Data and Experience Doing CMM-Based Software Process Improvement (CMU/SEI-95-TR-008). Software Engineering Institute, Carnegie Mellon University. HERBSLEB, J., A. Carleton et al. (1984): Benefits of CMM-Based Software Process Improvement: Initial Results (CMU/SEI-94-TR-013). Software Engineering Institute, Carnegie Mellon University. MATSUMOTO, Y. (1981): SWB System: A Software Factory. In H. Hunke (Ed.): Software- Engineering Environments. Amsterdam: North-Holland. MATSUMOTO, Y. (1987): A Software Factory: An Overall Approach to Software Production, In P. Freeman (Ed.): Software Reusability, IEEE. McILROY, M. D. (1969): Mass-Produced Software Components. In Software Engineering: Reports on a Conference Sponsored by NATO Science Committee. Brussels. MINTZBERG, H. (1983): Structures in Fives: Designing Effective Organizations. Prentice- Hall. NILSSON, E. G. (1990): CASE Tools and Software Factories. In B. Steinholz et al. (Eds.): Lecture Notes on Computer Science. Berlin: Springer-Verlag. PAULK, M. C., B. CURTIS, M. B. CHRISSIS & C. V. Weber (1993a): Capability Maturity Model for Software (Version 1.1) (SEI/CMU-93-TR-24). Software Engineering Institute, Carnegie Mellon University. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 49
  50. 50. Referências PAULK, M. C., C. V. WEBER, S. M. GARCIA, M. B. CHRISSIS & M. Bush (1993b): Key Practices of the Capability Maturity Model, Version 1.1 (CMU/SEI-93-TR-25). Software Engineering Institute, Carnegie Mellon University. PRESSMAN, Roger S., Engenharia de Software. 3ª Ed. São Paulo: Editora Makron Books., 1995. SOUZA, Paulo Roberto Rodrigues. Como investir em tecnologia com segurança: critérios importantes para se adquirir e desenvolver software. Florianópolis, 2000. Dissertação - Mestrado - UFSC, 2000 WEBER, Kival Chaves. Qualidade e Produtividade em Software - São Paulo: Editora Makron Books, 1997. @ Copyright 2008 - Ivan Luizio Magalhães (ivan_luizio@hotmail.com) - Slide 50

×