Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
2
ISMAEL ROSELEI DE CARVALHO
E EIS QUE ERA
MUITO BOM
Coisas de cas...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
3
DEDICATÓRIA
“Aos meus os meus mestres de ontem e de hoje, e ao Esp...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
4
ÍNDICE
Introdução..................................................
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
5
INTRODUÇÃO
A família, indubitavelmente, é a instituição mais impor...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
6
E EIS QUE ERA MUITO BOM.
E viu Deus tudo quanto tinha feito, e e...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
7
algo que tem potencial para ser muito bom mesmo. Faça da
conquista...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
8
Muitos casais vivem juntos toda uma vida, mas nem todos
têm a co...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
9
me disse um dia que a família era uma instituição falida.
Respondi...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
10
de Deus, nem tampouco para curtir o casamento, pois o
tempo e e...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
11
PERFIL DO AMADO.
Em tempos de tantas informações disponíveis, par...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
12
Essas linguagens de amor seria um total de cinco: Dar e re-
ceb...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
13
uma flor, por exemplo, e isso tem que ser entendido como
uma decl...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
14
sair lascas quando se encontrarem, ela frustrada porque é
ansio...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
15
mas a profundidade dessa fé, e a forma como a pratica.
Quem é che...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
16
UM AMOR QUE NÃO PASSA.
“... porque o vosso amor é como a nuvem ...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
17
Preste atenção nesta canção, e veja as coisas que o amor
faz:
“Vo...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
18
COMEÇOU ERRADO? CORRIJA.
E disse Sarai a Abrão: Eis que o Senho...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
19
todas as situações da vida. Sara não quis manter firme a es-
pera...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
20
de Deus, independentes de nossos objetivos. A verdadeira
prospe...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
21
tos estão sendo preservados, os riscos foram calculados, e se
há ...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
22
desiste antes da hora. Sem investimento, não há casamento.
Temp...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
23
UM MARIDO ABENÇOADO, NÃO PERFEITO.
E aconteceu que, chegando ele ...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
24
era mulher desejável. Meias verdades, quase sempre, pro-
duzem ...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
25
be, não promove relações é impor sofrimento. Ainda mais
quando as...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
26
Costumo dizer que assim como as bênçãos seguem as pes-
soas que...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
27
APROXIMANDO O REAL DO IDEAL
“Quem é esta que aparece como a alva ...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
28
No amor reside o poder transformador que faz as pessoas
saírem ...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
29
valo branco, mas também não é isso que se espera na ver-
dade. O ...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
30
das transformações é fértil
quando já se compreendeu
essa neces...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
31
Viver um grande amor não é viver de romance apenas, é vi-
ver a r...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
32
A COSTELA DELE ACHADA NELA.
"Todavia, nem o homem é sem a mulhe...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
33
sabe se comporte como que a buscar de si mesmo e do qual
necessit...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
34
como o coração e os pulmões, além dos grandes vasos. Sua
função...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
35
ELA LHE FAZ O BEM E NÃO O MAL.
“Ela lhe faz o bem e não o mal, to...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
36
Duas palavras, a meu ver, definem a esposa e seu papel,
conform...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
37
sões diferentes, ele a de lavrar e guardar, e ela , de gerar fi-
...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
38
dir este ato. A gente vê bem esse equilíbrio em Provérbios
31:1...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
39
O MARIDO, UM LIBERTADOR.
“Vós, maridos, amai vossas mulheres, com...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
40
lhe uma qualidade de vida melhor, é capaz de morrer por
ela se ...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
41
Entretanto melhor que os bons cremes é a bondade para
com ela, a ...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
42
Gosto de atentar para a forma como Deus trata sua mulher
(Israe...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
43
te quem ele é, creio que é também isso que Deus espera
quando nos...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
44
que o amor e o respeito estejam presentes, sempre algo de-
sagr...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
45
traz a ideia de ser paciente, cordato, e ensinável. Respeitar a
o...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
46
esse espírito agressivo para assim reagir com energia e debelar...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
47
com seu veículo no farol, aí outro motorista, apressado, buzina v...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
48
ROMANTISMO É COISA DE DEUS
E DE HOMENS
Geralmente, temos que os...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
49
Ainda falando de Jacó e Raquel, conta o relato bíblico que
ele tr...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
50
de “delicia dos meus olhos”. Ora, se Deus chama uma de
suas fil...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
51
APRENDA A BRIGAR BEM, VAIS PRECISAR.
Mais importante que não have...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
52
ria que você pensasse nisso e me ajudasse porque não quero
me a...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
53
Lembre-se que o que focamos ou damos valor acaba au-
mentando.
O ...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
54
**Imponha limites**
Aprenda estabelecer limites para si mesmo, ...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
55
Note bem os detalhes, é preciso avisar antes, dar o prazo,
estipu...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
56
Sentimentos de auto piedade, que é um pensamento, senti-
mento ...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
57
com Deus e sua Palavra, menor serão nossos problemas, e
melhor se...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
58
primeiro tirar o graveto do seu próprio olho e depois, enxer-
g...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
59
Nos relacionamentos encontramos pessoas fáceis de lidar e
pessoas...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
60
bom caminho. Exercer um pouco mais de paciência, afinal,
é para...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
61
dando de boa vontade, os papeis se inverterão, aquele que
era o m...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
62
**Use o silencio**
Saber silenciar em alguns momentos traz bons...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
63
não podemos pensar o perdão sob essa perspectiva apenas,
seria mu...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
64
VINGANÇA É PRATO QUE...NÃO SE COME.
Amados, nunca procurem ving...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
65
inimigo. Quando oramos pelo inimigo, ao depararmos com
ele, a rai...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
66
O que isso importa para nós hoje? Pessoas estão carregando
defu...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
67
ANTES, DURANTE E DEPOIS
É triste imaginar que a sexualidade poder...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
68
sim, sexo para os homens pode significar a satisfação de
uma ne...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
69
O melhor que poderíamos fazer seria ensinarmos os jovens
que o se...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
70
O depois – Após o ápice sexual, o homem imediatamente
entra num...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
71
TENHA PLANOS.
Nossos planos são limitados, por causa da imprevisi...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
72
s. É preciso definir a visão que se tem enquanto família e alin...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
73
As conquistas podem ser das mais variadas ordens, aquisição de
be...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
74
alguém fazer um negócio certo, porém na hora errada, de modo qu...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
75
O segredo é manter equilíbrio financeiro e à medida que Deus vai
...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
76
vida, ter uma provisão
maior, quem sabe mais
conforto, entretan...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
77
PARA UM PLANO FINANCEIRO DE SUCESSO
Pois qual de vós querendo edi...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
78
Não compre quando estiver empolgado demais.
Quando ficamos desl...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
79
Necessidades e desejos são coisas diferentes.
Necessidades são co...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
80
sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil? De outra
...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
81
Na maioria dos casos, o marido se torna fiador e nem ao menos
con...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
82
quem estivesse em dificuldades com alimentos, remédios ou algo
...
E eis que era muito bom.
Ministério Casados em Cristo
83
Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe
e...
Ismael Roselei de Carvalho
Ministério Casados em Cristo
84
Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, prefe-...
E eis era muito bom
E eis era muito bom
E eis era muito bom
E eis era muito bom
E eis era muito bom
E eis era muito bom
E eis era muito bom
E eis era muito bom
E eis era muito bom
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

E eis era muito bom

891 views

Published on

Coisas de casais

Published in: Spiritual
  • DOWNLOAD THAT BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book that can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer that is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story That Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money That the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths that Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

E eis era muito bom

  1. 1. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 2 ISMAEL ROSELEI DE CARVALHO E EIS QUE ERA MUITO BOM Coisas de casais. Bernardino de Campos. 2017
  2. 2. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 3 DEDICATÓRIA “Aos meus os meus mestres de ontem e de hoje, e ao Espírito Santo que me ensina o que é bom, a eles a minha gratidão.” O autor
  3. 3. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 4 ÍNDICE Introdução......................................................................................05 E eis que era muito bom................................................................06. Perfil do amado..............................................................................11 Um amor que não passa.................................................................16 Começou errado? Corrija...............................................................18 Um marido abençoado, não perfeito..............................................23 Aproximando o real do ideal..........................................................27 A costela dele achada nela.............................................................32 Ela lhe faz o bem e não o mal........................................................35 O marido, um libertador................................................................39 Romantismo é coisa de Deus e de homens..................................48 Aprenda a brigar bem, vais precisar.............................................51 Vingança é prato que não se come ................................................64 Antes, durante e depois..................................................................67 Tenha planos..................................................................................71 Para um plano financeiro de sucesso.............................................77 Conselho de amigo.........................................................................88 Família, lugar onde mora a felicidade............................................89 Sobre o autor..................................................................................92
  4. 4. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 5 INTRODUÇÃO A família, indubitavelmente, é a instituição mais importante que temos em toda a criação, aquela que mais exerce o poder de nos levar ao sucesso ou fracasso, alegria ou tristeza, tudo dependendo da maneira como a valorizamos ou não. É tam- bém na família para aonde desembocam os resultados, bons e maus, o que vai determinar a qualidade de vida de seus mem- bros. Assim sendo, cuidar bem dela é uma escolha sábia. Além dos fatores que determinam o perfil da família, lugar de paz ou de conflito, o simples fato de ser criação de Deus, por si só, é motivo suficiente para que os inimigos se levantem na sua desconstrução. E são muitas as estratégias, ferramentas e ardis utilizados, porém, a origem de tudo está em Satanás, que aproveita as cobiças e toda sorte de pecaminosidade para operar seus intentos. O propósito maligno não é separar o homem e a mulher, pais e filhos, mas o objetivo maior é sepa- rar a todos do seu Criador, de maneira que isso se transforme num entrave para o Reino de Deus. Nesse sentido, a proposta deste livro de confrontar o sistema maligno, ensinando o que é bom, e denunciando o mal, fortalecendo os relacionamentos com princípios e valores. Que a perversidade e a permissivi- dade não tenham o poder de impedir o florescer a obra prima de Deus, o casal.
  5. 5. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 6 E EIS QUE ERA MUITO BOM. E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto (Gênesis 1:31) À medida que Deus ia criando os elementos que constituiri- am o universo, e, por conseguinte, a Terra, ao final do dia, Ele observava a obra de sua criação e via que era “bom” aquilo que tinha criado. No dia que criou a humanidade, homem e mulher os criou, ao contemplar a criação, com destaque para a presença do casal, viu que não era apenas “bom”, mas sim, “muito bom”. A existência do casal fez a dife- rença no conceito de Deus. O homem sozinho era bom, mas a presença dela coroando toda a criação, mexeu com o coração do Criador. Imagino Deus olhando para eles e exclamando: “Hum! Agora sim, muito bom! Está perfeito! Ficou lindo! “ O casal é o melhor de tudo que Deus criou. Creia nisso, e trabalhe com sabedoria para que seu casamento chegue a esse nível de qualidade, pois se o Criador disse que era mui- to bom e sabia o que estava dizendo, então o casamento é Duas palavras são chaves pra se alcançar um sucesso relacional as- sim. Investir e priorizar.
  6. 6. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 7 algo que tem potencial para ser muito bom mesmo. Faça da conquista de um casamento muito bom o seu desafio, o seu alvo, pense assim: “Meu casamento ainda não é, mas pode ser muito bom, vou investir para conformá-lo ao que Deus disse à respeito dele.” Investir no casamento é “o quê” e “o quanto” se oferece pa- ra que ele seja para sempre e sempre com prazer. Priorizar, palavra que tem sua origem no latim “priore” e significa a condição do que é o primeiro, em tempo, ordem, e dignida- de. Essa palavra existe apenas no singular, exatamente pelo fato de não ser possível haver mais de uma prioridade, se houver , deixou de ser. A relação do casal vem antes, em tempo, apontando para a urgência com a qual se deve tratá-lo, e o quanto de tempo se gasta para que funcione bem e seja prazeroso. Vem antes em ordem, referindo-se em hierarquia de valores, é o pri- meiro na lista de coisas importan- tes, e por fim, sua dignidade, ense- jando elevada nobreza, a ponto de ser merecedor do maior respeito. Quem tem bom casamento ainda está no nível da mediocridade, por- quanto ele pode alcançar um nível melhor, ser “muito bom”.
  7. 7. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 8 Muitos casais vivem juntos toda uma vida, mas nem todos têm a consciência desse nível de valor e assim a relação permanece na marca da mediocridade, algo “mais ou me- nos”, hora mais e hora menos. Em um bom casamento está o nascedouro de outras relações importantes, como os fi- lhos, amigos, trabalho, igreja, etc. Além disso, o bom casa- mento proporciona saúde mental, pessoas alegres e felizes, gente de bem com a vida. Ele é capaz de agregar em torno de si bens e valores. É certo que outras coisas o seguem, ele tem o poder de fazer andar as demais relações e atividades. É só observar à sua volta, olhe para os vencedores, homens e mulheres de suces- so, geralmente, tem bom casamento e família funcional. Os filhos desse ca- samento, são filhos centrados, filhos da luz e da paz, admiráveis e admirados, e que serão adultos maravilhosos que tomarão nos seus om- bros o compromisso de participar na construção de um mundo melhor, o Reino de Deus. Serão filhos que darão prazer aos seus pais. Acho interessante que os casais que se separam, tão logo quanto possível, voltam a se casar nova- mente, sinalizando que o casamento não é tão ruim. Alguém “Meu casamento ainda não é, mas pode ser muito bom, vou investir para conformá-lo ao que Deus disse à respeito dele.”
  8. 8. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 9 me disse um dia que a família era uma instituição falida. Respondi de pronto: -“ A família não. A família é projeto perfeito, o que está falido são os relacionamentos, o caráter das pessoas”. Aumentar o prazer, diminuir e resolver bem as crises que surgirem, preserva o casal da perda do encanto e da admiração, valores cuja au- sência é mortal para a relação. Estamos onde estamos, e somos o que somos, por escolha pessoal, somos os únicos responsáveis por estarmos onde estamos mesmo quando o lugar não nos agrada. E finalmen- te, somos os únicos que podem nos tirar de onde estamos, ninguém mais pode fazer isso por nós. E fazemos isso quando assumimos a responsabilidade pelos erros e fracas- sos, não imputando culpa a outros, mas sim, tomando as ré- deas de nossa vida, tanto no que se refere ao passado, pre- sente e futuro. Transferir responsabilidades só vai nos man- ter no lugar onde não nos agrada. Porém, quando assumi- mos a culpa por estarmos onde estamos, nos responsabili- zamos pelos resultados, e os resultados obtidos indicarão nosso destino. Quando a vida está desorganizada a ponto de vivermos à espera de milagres, não se tem tempo para fazer a vontade Num bom casamento está o nasce- douro de outras relações importan- tes, como os filhos, amigos, traba- lho, igreja, etc.
  9. 9. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 10 de Deus, nem tampouco para curtir o casamento, pois o tempo e energia serão gastos na resolução de problemas que se amontoam. Quem não assume a responsabilidade pelo seu próprio su- cesso ou fracas- so, viverá do passado, das la- múrias, e de so- nhos que nunca se tornam realidade. E assim, a vida se torna uma constante caça aos culpados pelos fracassos e transferências de culpas. Deus viu que a união do primeiro casal era algo muito bom, logo, o casamento de cada pessoa sobre a face da terra pode ser também algo muito bom e caso ainda não seja muito bom, então é hora de sair dessa posição e provocar mudan- ças necessárias. É hora de se entusiasmar, voltar a crer, e buscar viver o melhor possível. Quando a vida está desorganizada a ponto de vivermos à espera de mila- gres, não se tem tempo para fazer a vontade de Deus, nem tampouco para curtir o casamento,
  10. 10. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 11 PERFIL DO AMADO. Em tempos de tantas informações disponíveis, parece inte- ligente que se conheça bem a pessoa com quem se pretende passar o resto de suas vidas. Hoje a internet possibilita co- nhecer os dados pessoais do pretendido perante a sociedade, justiça, o comércio, e outras informações pessoais disponí- veis em redes sociais e bancos de dados públicos, e assim aumentar a segurança sobre aquele que se aproxima, viabi- lizando um melhor romance. Mas que o conhecimento não pare por aí, apenas em dados cadastrais. Outros conhecimentos são também interessantís- simos, entre eles estão, as linguagens de amor, o tempera- mento, e as crenças espirituais. Dizem que as mulheres esperam que o seu homem mude depois de casado, e que os homens esperam que a sua mu- lher não mude nunca. Alusão feita à juventude e sua beleza física. Brincadeiras à parte, o bom é que os amantes se co- nheçam bem para que os ajustes sejam poucos e os conflitos administráveis. As cinco linguagens do amor. Gary Chapman, escritor americano, autor do Livro “As cin- co linguagens do amor”, ensina que as pessoas manifestam amor e entendem-se amadas, através de linguagens próprias.
  11. 11. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 12 Essas linguagens de amor seria um total de cinco: Dar e re- ceber presentes, tempo com qualidade, palavras de afirma- ção, toque físico e proximidade, e ações de serviço. O no- me dessas linguagens é bastante sugestivo e quase que au- toexplicativo. As linguagens são maneiras como alguém demons- tra amor e tam- bém a forma co- mo gostaria de ser amado. Quem presenteia quer ser presenteado, é a sua for- ma de amar. Aquele que procura passar tempo junto é por- que fica mais feliz quando recebe amor dessa mesma ma- neira, tempo com exclusividade. E Assim, acontece com o toque físico, as palavras de afirmação (encorajamento) e por fim, as ações de serviço. Quem abraça quer ser abraçado, quem elogia quer ser elogiado, e quem ajuda quer ser aju- dado. Ensina Chapman que podemos nos mover em uma linguagem de amor principal e uma secundária, mas que es- tamos prontos a nos relacionarmos em amor fazendo uso de todas as cinco linguagens, porém, é certo que há uma lin- guagem principal, aquela que mais se usa. Quem declara amor com presentes, pode ser que não diga nada, mas traga Dizem que as mulheres esperam que o seu homem mude depois de casa- do, e que os homens esperam que a sua mulher não mude nunca.
  12. 12. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 13 uma flor, por exemplo, e isso tem que ser entendido como uma declaração. Quem faz um serviço, um favor, do mesmo modo, pode ser o seu jeito de dizer: “Eu te amo.” É de se esperar que conhecer as linguagens do amor, ajude e muito, porque , o que se vê , são maridos e esposas que se amam, mas não se sentem amados pelos seus cônjuges, e assim, vão se aumentado os conflitos. Temperamentos. Não tenho a pretensão de trazer aqui um tratado sobre tem- peramentos e personalidade, mas apenas, despertar a curio- sidade do leitor sobre a relevân- cia desse tema e sua influencia no relacionamento a dois. Os temperamentos são basicamente em número de quatro, o sanguíneo, o colé- rico, o fleumático e o melancólico. Cada um desses tem su- as características peculiares que em sendo conhecidas po- dem facilitar o relacionamento. Digamos que um marido é fleumático e a esposa é sanguínea, e ela quer comprar um fogão novo, e como boa sanguínea quer o bem pra agora, já viu o preço, as condições de pagamento e está determinada a comprar. Passa a mão no telefone e liga pra ele, escutando do fleumático marido: “Vamos pensar um pouco mais, quem sabe no começo do ano que vem”. Provavelmente, vai Quem abraça quer ser abraçado, quem elogia quer ser elogiado, e quem ajuda quer ser ajudado.
  13. 13. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 14 sair lascas quando se encontrarem, ela frustrada porque é ansiosa, e ele tranquilo porque entende que fez a coisa certa. Oras, se ela conhecesse o temperamento dele, já esperaria por uma reação desse tipo, não há nenhuma surpresa aí, pois fleumáticos agem assim. Caso não conheça vai se aborrecer e se frustrar. Sanguíneos são impulsivos e erram com mais constância, e fleumáticos são demorados a decidir, mas cos- tumam acertar em suas decisões. Entendeu o valor de se co- nhecer os temperamentos? Vamos imaginar um casal, ele melancólico e ela colérica. Ela com a alegria de um coléri- co, traça planos, faz contas e já no seu íntimo decide cons- truir uma casa nova para a família, e ao compartilhar com o deprimido melancólico, cheio de sentimentos pela casa an- tiga diz a ela que a história de vida dele está naquela casa, portanto não gostaria de uma mudança tão radical assim. Já imaginou? Afinados na fé. Em termos de relacionamento para toda a vida como o ca- samento, as afinidades são importantes, quanto mais eles ti- verem coisas em comum, maior a chance de serem felizes. Conhecer a fé é uma dessas sintonias necessárias, talvez até mais que os demais acima apontados. A Bíblia ensina que o casamento deve acontecer entre pessoas que tenham a mesma fé, a fé em Cristo Jesus. Não só a maneira como crê,
  14. 14. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 15 mas a profundidade dessa fé, e a forma como a pratica. Quem é cheio da presença de Deus, se reveste de virtudes maravilhosas, como amor, alegria, paz, paciência, benigni- dade, bondade, fé, mansidão, temperança, e por conta des- sas virtudes torna-se pessoa fácil de relacionar. Imagine alguém se casando com uma pessoa de fé divergen- te, o que fazer quando nasce o fi- lho, onde será educado, e o ba- tismo em qual das crenças acontecerá? Que tipo de lugares frequentarão, que musicas e filmes curtirão? Os conflitos religiosos podem inviabilizar uma relação. A Bíblia ensina que o casamento deve acontecer entre pessoas que tenham a mesma fé, a fé em Cristo Jesus. Não só a maneira como crê, mas a profundidade dessa fé, e a forma como a pratica.
  15. 15. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 16 UM AMOR QUE NÃO PASSA. “... porque o vosso amor é como a nuvem da manhã e como o orvalho da madrugada, que cedo passa” Os 6.4 O amor é a força que une e em unidade possibilita que ca- minhem juntos. O amor traz o pertencimento e os mantem “online”. Gosto das palavras do profeta Jeremias quando fala: “e eu vos darei um só coração e um só caminho, para o seu bem e o bem de seus filhos.”, ele está falando de um andar juntos e em amor que trará o bem para quem assim procede e será para o bem de seus filhos. É um amor que se alongará no tempo e alcançara os filhos, que serão felizes por terem am- bos os pais juntos dentro de casa. Filhos que terão um refe- rencial, um modelo para também assim procederem quando chegar o seu tempo, ou seja, caminhar juntos e em amor. Quando o amor é raso, não espere nada de fantástico, é amor que prefere desistir ao invés de investir . Mas saiba que nem mesmo Deus se permite ser amado por um amor de “tanto faz”, que diante do superável prefere não tentar, e por falta de perdão deixa de existir. O amor que vale a pena, amor sublime é exagerado, que faz loucuras, e vai além. Ti- po de amor que faz coisas impensáveis, inimagináveis.
  16. 16. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 17 Preste atenção nesta canção, e veja as coisas que o amor faz: “Você lembra, lembra! Eu costumava andar Bem mais de mil léguas Pra poder buscar Flores-de-maio azuis E os seus cabelos enfeitar.” (Keyton e Kledir) O amor é assim, exagerado às vezes. O amor aparece quan- do de amor se precisa. Se alguém aprendeu amar, não res- ponde com pouco caso, responde com abraços, pois o amor não se ressente, se refaz. O amor não se fecha e encerra, o amor recomeça quantas vezes se fizerem necessárias. O amor cede, abre mão em prol da continuidade do amor. Amor não empurra pra longe, mas puxa pra mais perto. Não sonega, presenteia. O amor vai junto, e volta sorridente. O amor conta as horas, quer um pouco mais. O amor ajuda, o amor corre junto quando falta o mérito, o amor nunca mor- re, sempre vence. Nesse sentido, proponho a quem quer amar, ame mesmo, com amor maior, amor que vence e prossegue, que não se desfaz como orvalho da manhã, ou que passa como nuvem passageira.
  17. 17. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 18 COMEÇOU ERRADO? CORRIJA. E disse Sarai a Abrão: Eis que o Senhor me tem impedido de dar à luz; toma, pois, a minha serva; porventura terei fi- lhos dela. E ouviu Abrão a voz de Sarai. Assim tomou Sa- rai, mulher de Abrão, a Agar egípcia, sua serva, e deu-a por mulher a Abrão seu marido,...Gênesis 16:2,3 A história é bem conhecida, Deus prometeu um fi- lho a Abraão, po- rém, com idade avançada, receberam a promessa com fé e alguma reserva, pois olhavam para suas impossibilidades fisiológicas. En- tão, encontraram uma solução alternativa, gerar um filho através de Agar, uma jovem escrava. Grávida, Agar passou a desprezar Sara. É muito interessante esse momento. Sara era senhora, mas tornou-se escrava de Agar quando tomou emprestado seu útero. Cumpriu-se o que Provérbios 22.7, onde diz: “Quem toma emprestado torna-se escravo daquele que emprestou”. Aprendemos aqui muitas lições, primeiro é não se tornar escravo agindo afoi- tamente, deixando de esperançar em Deus. Isso vale para Deus viu que a união do primeiro casal era algo muito bom, logo, o casamento de cada pessoa pode ser também muito bom
  18. 18. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 19 todas as situações da vida. Sara não quis manter firme a es- perança e a paciência até que a promessa se cumprisse e desse a luz a um filho. A paciência é uma das virtudes onde o tempo é absolutamente necessário. E na prova do tempo, Sara foi reprovada, impaciente não soube esperar. A escrava Agar parece que foi usada, injustiçada, e quando pôde cobrou seu preço. Gostamos quando lemos no evange- lho de Marcos que as bênçãos, sinais e maravilhas seguem aqueles que creem, mas é preciso lembrar que nossas mal- dades também nos alcançam com suas conse- quências. Elas sempre nos acham. Sara e Abraão erraram feio nessa decisão, que foi além das raias do adultério e poligamia e chegou as raias da maldade quando fizeram usura da escrava. Agar foi tratada como sendo não humana, um mero animal reprodutor, desprovida de interesses e sentimentos. Como poderia alguém que não era considerado humano, mas mera propriedade, e ainda as- sim, gerar um filho, humano, para Abraão? A coerência, e a integridade, são virtudes mais belas dos que temem a Deus. Nossos pensamentos, palavras, e atitu- des têm que ser condizentes com nossa condição de filhos A coerência, e a integridade, são virtudes mais belas dos que temem a Deus.
  19. 19. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 20 de Deus, independentes de nossos objetivos. A verdadeira prosperidade exige integridade. Quando a escrava grávida começa a se sentir gente, mani- festa nela o espírito de competição, então a despreza sua dona. Diante disso, Sara coloca culpa em seu marido, sendo que na verdade foi ela quem jogou a escrava nos braços de- le. Nas crises conjugais, geralmente, há mais de um culpa- do, e, costumeiramente, poupamos a nós mesmos e culpa- mos o parceiro, e isso não é justo. A serva pertencia a Sara, mas preferiu acusar o marido e exigir sua intervenção. Que- ria que o marido Abraão resolvesse um problema que ela deu causa estando em suas mãos o poder de resolvê-lo. Es- pecialmente quando um homem é maduro, ele detesta ser acusado de algo que não fez, ou que pelo menos não tem culpa sozinho, muitos casamentos se rompem por causa dis- so. Preste atenção, não se precipite diante de erros cometi- dos, assuma sua parcela de culpa e busque soluções discutindo o problema e não acusando alguém. Numa construção assim, não se aceita o achismo, mas a convicção do melhor caminho. A relação que você está tentando construir tem uma base segura de amor, há firmeza, alguém está sendo ferido, direi- Nossos pensamentos, palavras, e atitudes têm que ser condizentes com nossa condição de filhos de Deus....
  20. 20. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 21 tos estão sendo preservados, os riscos foram calculados, e se há riscos é possível ter o controle deles, e por fim, é justo? Faça sempre essas perguntas antes de tentar construir uma relação que seja duradoura. Não se pode começar errado, quando se espera que dê certo e que seja certo por muito tempo. Mas digamos que você começou errado um relacionamento, onde escolhas ruins foram feitas, e agora? Bom, embora não seja possível voltar ao passado, é possível recomeçar certo. Penso assim, feche o ciclo de coisas más que ocorrem, per- doem-se pelos erros, e façam nova proposta, com novos planos, recomecem. Realinhem seus desejos e intenções, es- tabeleçam metas, digam aonde querem chegar, comprome- tam-se com a re- lação e sigam em frente. É verdade que o que come- ça errado tende a não dar certo, mas isso não é uma fatali- dade, apenas tendência, é possível reverter o processo, mas vai exigir maior investimento para se colocar a vida nos tri- lhos da maturidade. Note bem, até aqueles casamentos que começaram sem planejamento ou precipitadamente, podem se transformar num grande casamento se houver neles um pouco de investimento, há sempre esperança quando não se Sara achou que poderia começar uma família usando sua serva, foi um mau começo. Aquilo que começa errado tende a não dar certo.
  21. 21. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 22 desiste antes da hora. Sem investimento, não há casamento. Tempo de crise, é tempo de oportunidade e de mudanças, corrigir rumos e dar passos certos, na direção certa. É no fogo que se depura o ouro e a prata, pois é com o fogo que a sujeira, se torna visível e se separa do metal, possibilitando que se veja seu brilho e valor. Obviamente que no contexto da época o erro de Abraão e Sara era “politicamente cor- reto”, mas o bom é que amadureceram com o evento, a pon- to de Abraão tor- nar-se o pai da fé e de nações, e a Sara a grande mãe de povos, eles cresceram em caráter. Entre o que é politicamente cor- reto e a vontade de Deus há uma queda de braço que perdu- ra até os dias de hoje, mas que a vontade de Deus prevaleça sempre, pois o politicamente correto nem sempre é correto diante de Deus. Quem se põe a viver o politicamente cor- reto, perde o poder de denúncia do Evangelho, passa a viver de acomodação, satisfazendo o presente século. ...feche o ciclo de coisas más que ocorreram, perdoem-se pelos erros, e façam nova proposta, com novos planos, recomecem. .
  22. 22. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 23 UM MARIDO ABENÇOADO, NÃO PERFEITO. E aconteceu que, chegando ele para entrar no Egito, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher formosa à vista; E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é sua mulher. E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida. Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti. E aconteceu que, entrando Abrão no Egito, viram os egípcios a mulher, que era mui formosa. E viram-na os príncipes de Faraó, e gabaram-na diante de Faraó; e foi a mulher to- mada para a casa de Faraó. Gênesis 12:11-15 Abraão é conhe- cido como o Pai da Fé, um cara incrível, amigo de Deus, obedi- ente, respeitado no lugar, cheio de promessas em sua vida, porém, um ser humano. E no texto bíblico acima temos Abraão, ao que me parece, numa flagrante falta de fé, usando de uma meia verdade, (mentira) ao dizer que Sara era sua irmã e assim não corres- se risco de ser morto pelos homens do lugar, vez que ela “Ser imperfeito é humano, perfeita- mente aceitável, porém, estar con- fortável em suas imperfeições não é uma boa escolha”
  23. 23. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 24 era mulher desejável. Meias verdades, quase sempre, pro- duzem os mesmos maus resultados que as menti- ras. Teria Abraão não confi- ado que Deus o guardaria? Esqueceu-se da promessa? Tudo que indica que sim. Nossa humanidade faz com que não sejamos perfeitos, sempre suscetíveis a erros, más escolhas, e outras bolas fo- ras. Ninguém olhe para si mesmo como alguém todo sufi- ciente, isso não é possível. Tanto o marido como a esposa, não deve esperar perfeição de quem é imperfeito, não idea- lizar que o outro irá suprir todas suas carências e necessida- des, e nem tampouco imaginar que irá acertar sempre. Um marido, como homem que é, tende a achar que é todo sufi- ciente, podendo suprir completamente sua esposa em suas necessidades de relações sociais Alguns chegam a pensar que ver gente, rir com amigas e amigos, estar com parentes, visitar e ser visitada, não é uma necessidade, mas tenho uma informação àqueles que assim pensam, vocês estão engana- dos. Em situações normais, gente gosta de gente, e esposa, antes de ser esposa é gente. Somente Deus é capaz de suprir todas as necessidades de alguém. Portanto não seja o opres- sor dela nesse sentido. Viver com alguém que impede, proí- Tempo de crise, é tempo de oportunidade e de mudanças, corrigir rumos e dar passos certos, na direção certa.
  24. 24. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 25 be, não promove relações é impor sofrimento. Ainda mais quando as razões do impedimento são provenientes de men- tes pequenas, com base no ciúme e no controle. Marido de- ve ser libertador, como um bom marido, não um opressor, gerador de angústias. Bom, pior do que fazer más escolhas trazendo prejuízo para si mesmo, é cau- sar danos na vida daqueles que es- tão por perto, como foi o caso de Abraão que com sua mentira expôs a risco aquele que o acolheu no momento da fome. Todo empenho deve ser realizado para não prejudicarmos inocentes com nossos erros. Tenho por hábito orar a Deus pedindo que me ajude a não errar feio demais, cometendo erros irreparáveis, ações que gerem prejuízos para inocen- tes. Nossas decisões e escolhas são como lançar pedras no lago, geram ondas, mais fortes ou mais fracas. Nosso entor- no será alcançado por essas ondas. Daí o cuidado com tudo o que fazemos para que vidas não sejam transtornadas por ondas que criamos. Alguns chegam a pensar que ver gente, rir com amigas e amigos, estar com parentes, visitar e ser visitada, não é uma necessidade, mas tenho uma informação àqueles que assim pensam, vocês estão en- ganados.
  25. 25. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 26 Costumo dizer que assim como as bênçãos seguem as pes- soas que tem fé, trazendo a existência coisas poderosas, mas, a maldade também tem o poder de seguir pessoas tra- zendo destruição. Tem indivíduos cujas presenças em um ambiente enche o lugar, trazendo bem estar e alegria, já ou- tros, sua chegada mais parece a en- trada de um ele- fante numa relojo- aria, um desastre. Há maridos que sua chegada é esperada com ansiedade, mas tem aqueles que despertam temor, especialmente pela sua imprevisibilidade, nunca se sabe como estará o seu humor. E aos maridos digo, lembre-se da pedra no lago, e reflita que tipo de onda você gera em seu lar, e em suas relações, que sentimentos são esses que você está provocando. Ser imperfeito é humano, perfeitamente aceitável, porém, estar confortável em suas imperfeições não é o melhor que al- guém possa oferecer. Mudanças para o bem são bem vindas a todas as pessoas, em todos os lugares e em todo o tempo. E fazer disso um ideal, um processo contínuo, amadurecer à medida que vai envelhecendo, isso é o que se espera de cada um. As leitoras deste livro terão marido imperfeito, mas tomara que sejam perfeitamente amávéis, homens que provoquem saudades.
  26. 26. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 27 APROXIMANDO O REAL DO IDEAL “Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, pura como o sol, formidável como um exército com bandeiras? Quem, pois, é esta que vem subindo do de- serto, apoiada no seu amado?” Ct 6-10, 8:5 Acho esse texto por demais de provocante e desafiador, es- pecialmente quando diz que uma mulher vem do deserto, triunfante e vem apoiada no seu amado. O casamento ofere- ce essa possibilidade, tirar as pessoas de lugares áridos e de escassez e os transportar para um lugar reser- vado aos vence- dores. Entre o que se sonhou para o casamento e a realidade que se vive, pode haver uma grande distância. Penso que idealizar um grande casamento, pode ser algo muito positivo, é, certamente, me- lhor que não sonhar ou sonhar pequeno. Não estou falando de utopia, mas de possibilidades, de um sonhar que conside- ra a realidade, sonhos possíveis. Tempo de crise, é oportunidade de mudanças, correção de rumos. Tem- po de dar passos certos, na direção certa.
  27. 27. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 28 No amor reside o poder transformador que faz as pessoas saírem à luta em busca daquilo que se quer para a vida e buscar o melhor dentro do melhor que cada um possa ofere- cer. Imagine um lugar onde todas as famílias vivam em pleno amor, onde as palavras não ferem, o abandono não acontece, e coisas como depressão, e solidão são fenômenos desconhe- cidos. Na verdade, um lugar assim, está para acontecer, com a implantação do Reino de Deus, mas até que se consuma em plenitude, cada casal tem esse compromisso consigo mesmo e com a relação, de viver, ainda que em parte, esse reino de amor. Mudanças precisam acontecer. A mudança mais difícil é a do caráter, porém uma vez mudado, uma avalanche de outras transformações começam a acontecer. O que mentia não mente mais, o que era violento torna-se tranquilo, o preguiçoso volta-se para o trabalho, o arrogante se reveste de humildade, e assim por diante. Mudança de caráter é a proposta do Evangelho , que é Poder de Deus pa- ra a transformação e salvação daquele que nele crer. Ele nos ensina o que é bom. Observo as pessoas e vejo o potencial de crescimento nelas, é certo que nem todos chegarão a príncipes, aqueles do ca- O casamento oferece essa possibili- dade, tirar as pessoas de lugares áridos e de escassez e os transportar para um lugar reservado aos vence- dores
  28. 28. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 29 valo branco, mas também não é isso que se espera na ver- dade. O que se espera é que os casais cresçam individual- mente nas mais diversas áreas, mas especialmente como marido e mulher, desfazendo-se de vícios que maculam a relação. Engravidar-se do sonho de ser melhor, chegar a condição de “grande marido”, ou “esposa virtuosa”, essa é a busca. Uma das ferramentas para isso, uma entre as maiores e melhores, é o encorajamento, é você ter alguém ao seu lado, que apoia, aplauda, aconselha, corrija, alguém ao seu lado que diga: “Vai que eu estou contigo”, afinal, não é exatamente isso que Deus fala conosco? Disse que teríamos dificulda- des, as coisas seriam difíceis, teríamos problemas pela fren- te, mas “Estarei convosco todos os dias”. Precisamos de al- guém nas arquibancadas das emoções para nos aplaudir. Lembro-me de um movimento pela alfabetização durante o Regime Militar, quando usaram o slogan “Você também é responsável, tenho minhas mãos domáveis, tenho sede do saber”. Preste atenção nas palavras, é alguém ensinável e com sede do saber, implorando por ajuda do outro que pode ajudar. Os que têm sede de mudanças interiores precisam de alguém que dê um empurrão. O casamento é onde o solo A mudança mais difícil é a do cará- ter , porém uma vez mudado, uma avalanche de outras transformações começam a acontecer.
  29. 29. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 30 das transformações é fértil quando já se compreendeu essa necessidade. O amor é compromissado com o melhor do outro. O texto de Cantares acima, fala de uma mulher brilhante que vem acompanhada de um homem de não menor brilho, e que juntos sobem do deserto. Ele vem do palácio, tem sangue azul, ela estava no deserto, mas ele vai ao seu en- contro e a faz subir dali. Revestem-se da glória dos vence- dores, e como um exército com bandeiras, sobem do deser- to. Ela está formidável ao lado dele, brilhante como o sol, e apaixonante como a lua. E ele, um homem admirável. O deserto não foi capaz de vencê-los. O homem do palácio ouve de sua camponesa: “Sou morena, mas sou agradável.” Ser morena era a sua realidade, uma camponesa simples, mas agradável, esse era o seu ideal alcançado. Mario Sérgio Cortela ensina: “É o teu melhor na condição que você tem enquanto não tem condições melhores para fazer melhor ainda.” Cada um buscando ser melhor dentro de sua história de vi- da, com os recursos que tem, até que as coisas mudem e ou- tras conquistas melhores possam ser almejadas. O amor tem o poder de promover o crescimento, propor transformações e assim aproximar o ideal do real.
  30. 30. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 31 Viver um grande amor não é viver de romance apenas, é vi- ver a realidade, sem se acomodar. O casamento ideal não é aquele onde eles apenas ficam juntos, mas sim, onde eles fi- cam juntos para juntos vencerem, saírem da mediocridade conjugal e tornar-se um casal admirável, com poder de in- fluenciar suas ge- rações futuras. Tenho aprendido que um bom ca- samento, daqueles cuja história marque sua época, pode influenciar os filhos dos filhos, pois a sombra da dignidade de um bom casamen- to permanece no tempo. Cada um buscando ser melhor den- tro de sua história de vida, com os recursos que tem, até que as coisas mudem e outras conquistas melhores possam ser almejadas.
  31. 31. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 32 A COSTELA DELE ACHADA NELA. "Todavia, nem o homem é sem a mulher, nem a mulher sem o homem, no Senhor” I Corintios 11.11 O homem foi feito do pó, a mulher do homem, e isso, con- forme meu entendimento, dá ideia de valorização a ela e igualdade entre eles, filhos do mesmo Pai. O homem rece- beu o sopro Divi- no após ser cria- do, o Espírito de Deus nele, e a mulher também recebe essa Presença acolhendo em seu corpo parte do corpo do homem. Creio que ser originado do humano que traz consigo o Espírito de Deus fala de sua sig- nificância, e transmite ao homem um recado: “ Proteja essa mulher porque ela é parte de você e de mim também, esta- mos nela, por isso cuide.” A costela fala de uma codependência, eles já não podem ser plenamente felizes se tentarem viver uma vida independen- te. É a materialização de um vínculo existencial , de manei- ra que ele olha para ela e se lembra que tem algo dele ali, e talvez por isso esse desejo do homem pela mulher, quem Ser morena era a sua realidade, uma camponesa simples, mas agradável, esse era o seu ideal alcançado.
  32. 32. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 33 sabe se comporte como que a buscar de si mesmo e do qual necessite para viver. Li um texto, gostei e compartilho aqui: “ Ela foi dotada de idoneidade, ou seja competente para atende-lo em sua necessidade de ajuda, e não há machismo ou demérito nisso, apenas questão de posição, vez que am- bos são iguais diante de Deus, porém, diferentes em seus papéis. Li também : “O homem não precisa de uma esposa sem opinião, pois ele tem animais de estimação para isso. Ele precisa de conselhos sábios em consideração as decisões. O homem não precisa casar-se com um objeto sem sentimentos, pois, ele já tem bens materiais. Ele precisa de uma pessoa sensí- vel para com as suas próprias necessidades para respeitá-la e com a qual ele possa amadurecer. Ele não precisa de uma cabeça, pois Deus é a cabeça de todo o homem. Ele precisa de alguém com intenções amáveis e construtivas que o en- coraje e estimule a ser tudo o que Deus o criou para ser.” (Pr. Calvin Gardner). Convenço-me ainda mais desse dever do homem, pois as costelas é uma grande caixa óssea que protege órgãos vitais eles já não podem ser plenamente felizes se ten- tarem viver uma vida independente. É a mate- rialização de um vínculo existencial , de maneira que ele olha para ela e se lembra que tem algo dele ali,
  33. 33. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 34 como o coração e os pulmões, além dos grandes vasos. Sua função protetora es- tende-se também ao fígado e ao estô- mago, órgãos situa- dos no abdomen, percebe a mensagem? O homem tem ombros largos, peitoral musculoso, braços e pernas fortes, exatamente para poder desempenhar seu papel de “lavrar e proteger”. O homem está relacionado a traba- lho, daí alguns confundirem o trabalho como sendo a razão única de sua existência, a ponto de menosprezar o tempo de lazer da família, ou tempo de intimidade com a esposa. Al- guns homens se não estiverem trabalhando horas a fio. Ela tem a cintura larga, curvas no corpo, para poder acomodar sua cria, estando fisiológica e anatomicamente preparada para acolher em seu ventre uma nova vida. Assim, o homem que protege e prove pra sua esposa tem cumprido seu papel, mas note, proteção que se exige dele, vai além da proteção física, é também emocional e espiritu- al, e desse modo também, a provisão, vai além do alimento, requer que ela seja provida de paz, segurança, e alegria. Assim, o homem que protege e prove pra sua esposa tem cum- prido seu papel, mas note, pro- teção que se exige dele, vai além da proteção física...
  34. 34. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 35 ELA LHE FAZ O BEM E NÃO O MAL. “Ela lhe faz o bem e não o mal, todos os dias de sua vida.” Pv 31.12 Alguns creem que é Deus quem escolhe a esposa para o homem. Não comungo desse pensamento, por entender que se assim fosse, não teríamos divórcios provocados por mu- lheres cristãs, elas seriam quase que perfeitas. Creio sim, que é Deus quem dá sabedoria para uma mulher se tornar uma boa esposa, e também, Deus é quem oportuniza e o homem escolhe, é ele quem tem o arbítrio de dizer o sim (Um homem pode herdar dos seus pais casa e dinheiro, mas somente o SENHOR pode conceder uma esposa sábia.) Não que Deus não possa fazê-lo, pois ele é dono de tudo, tem o poder de fazer o que bem lhe aprouver, entretanto, nem o amor a Ele mesmo é imposto, mas uma decisão, uma esco- lha. Feliz é o homem que encontra uma boa esposa, o seu acha- do é mais valioso que pedras preciosas, não tem dinheiro que pague, aliás, é mais fácil conquistar bens, dinheiro, ri- quezas do que achar uma boa esposa. Isso fala do quanto é especial aquela a quem se possa atribuir o título de boa es- posa.
  35. 35. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 36 Duas palavras, a meu ver, definem a esposa e seu papel, conforme diz a Bíblia, alguém que lhe corresponda: Ajuda- dora (“eser”, hebraico) e companheira ( cum pannis, latim). “Eser” é ajudadora, aquela que circunda a vida dele para o bem dele. “Eser” é a mulher que se torna determinante para que ele seja um conquistador, alguém que vai e vence na vi- da. Sem a sua “eser” ele não iria tão longe, não teria o que tem, não seria o que é, e não faria o que fez. Companheira, é “cum pannis”, aquela que come o pão co- migo à minha mesa. Para mim, em se tratando de uma cris- tã, seria assim: “Aquela que come o pão comigo à minha mesa, mesmo nos dias em que não temos pão em casa.” Mu- lher do tipo ”conte comigo, sempre.”, conforme diz Wanda Assumpção, autora do livro “Uma companheira do tipo “conte comigo.” A mulher não é um ser humano de segunda categoria. Quando a Bíblia diz que ela seria submissa ao marido, na verdade está dizendo que ela teria uma missão de apoio, en- quanto o homem teria a missão principal de liderar a famí- lia, estando sobre os ombros deles o governo e a responsabi- lidade sobre a família. Homem e mulher, imagem e semelhança de Deus, filhos do mesmo Pai, portanto, iguais diante Dele, porém com mis-
  36. 36. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 37 sões diferentes, ele a de lavrar e guardar, e ela , de gerar fi- lhos para Deus. E juntos deveriam povoar a terra, e dominá- la como representantes de Deus. Acredito que há uma correlação quase que obrigatória entre o sucesso de um homem e a presença de uma boa esposa. A existência dela e a forma como se relaciona em amor com seu homem, e como se comporta na administração da casa é o que proporciona vida e paz , tanto individualmente, quanto para o lar. ”Com sabedoria se constrói a casa, e com inteligência ela se consolida. Mediante discernimento seus cômodos são mobiliados com todo tipo de bens preciosos e agradáveis”, diz o Provérbio 24:3,4, parece falar de alguém que cuida do interior da casa, e o faz com discernimento, que é a capaci- dade de compreender situações, de separar o certo do erra- do. Desse modo seria mais ou menos assim: Ele provê, ela administra o interior da casa, segundo seu discernimento daquilo que é melhor. Já encontrei pelos caminhos da vida, maridos que se incum- bem até dos arranjos interiores da casa, o que vejo como uma usurpação de missão, pois a mulher é quem melhor está preparada para determinar tais arranjos. Nada impede que ele participe da montagem de uma casa, mas ela deve presi-
  37. 37. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 38 dir este ato. A gente vê bem esse equilíbrio em Provérbios 31:10ss, onde a figura da esposa é quem é a protagonista do lar, mas no tempo que sobra, também olha para os negócios extra casa , comprando, produzindo e vendendo, e isso é visto com bons olhos pelo seu marido e filhos. Esposa não é só esse aspecto de cuidar da casa, mas também , ser fonte de prazer e refrigério de alma para o seu homem (alegre-se com a sua mulher, seja feliz com a moça com quem você casou, amorosa como uma corça, graciosa como uma cabra selvagem. Que ela cerque você com o seu amor, e que os seus encantos sempre o façam feliz! Pv 5.18).
  38. 38. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 39 O MARIDO, UM LIBERTADOR. “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela pa- lavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irre- preensível.” Efésios 5:25-27 O Novo Testa- mento nos leva a vislumbrar a figura do mari- do como um ti- po de Cristo. Obviamente, não é um salvador eterno, mas sim, temporal. Ele é aquele que oferece segurança emocional quando diz: “Calma, estou com você.” A noite chega e o dia amanhece, ele vai para o trabalho, mas ela sabe que voltará, sua alma fica serena. Ele está atendo para o momento dela, sabe ler seus pensa- mentos, e se ocupa em antecipar suas necessidades. Esse homem está pronto a fazer o que deve ser feito para oferecer Esse homem está pronto a fazer o que deve ser feito para oferecer lhe uma qualidade de vida melhor, é capaz de morrer por ela se preciso for.
  39. 39. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 40 lhe uma qualidade de vida melhor, é capaz de morrer por ela se preciso for. O marido que a esposa sonha não é outro homem, mas o seu homem, porque ele lhe faz bem. Com ele seus esforços são reconhecidos e suas opiniões respeitadas. Ela participa da vida e dos planos dele, e o faz com competência, está pronta pra isso. Ele confia porque ela merece a confiança, então tem a liberdade de ir e vir, participar ou não, agir de acordo com sua consciência. Fico imaginando em que estado cada marido apresenta a si mesmo a esposa. Jesus faz isso, e apresenta sua noiva a si mesmo sem mancha, sem rugas. A ideia é essa , que os ma- ridos cuidem bem de suas esposas para si mesmos e depois, num momento futuro, ela será apresentada a Deus. O estado como ela será apresentada é importante. Será possível que vamos apresentar uma esposa envelhecida na alma, com ru- gas no coração? Homens gostam de mulher bonita e bem arrumada, então, que arrume a sua, não precisa olhar a do outro, inclusive li- berando o cartão de crédito para os cremes antirrugas, não é mesmo?
  40. 40. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 41 Entretanto melhor que os bons cremes é a bondade para com ela, a forma como lhe toca o coração, faz dela uma mu- lher alegre. As rugas de uma esposa, não devem passar de meras marcas do tempo no rosto, e não na sua alma. Um marido que embeleza. Então te lavei com água, e te enxuguei do teu sangue, e te ungi com óleo. E te vesti com roupas bordadas, e te calcei com pele de texugo, e te cingi com linho fino, e te cobri de seda. E te enfeitei com adornos, e te pus braceletes nas mãos e um colar ao redor do teu pescoço. E te pus um pendente na testa, e brincos nas orelhas, e uma coroa de glória na cabeça. E assim foste ornada de ouro e prata, e o teu vestido foi de linho fino, e de seda e de bor- dados; nutriste-te de flor de farinha, e mel e azeite; e foste formosa em ex- tremo, e foste próspera, até chegares a rea- leza. Ezequiel 16:9-13 Será possível que vamos apresentar uma esposa envelhecida na alma, com rugas no coração? As rugas de uma esposa, não devem passar de meras marcas do tempo no rosto, e não na sua alma.
  41. 41. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 42 Gosto de atentar para a forma como Deus trata sua mulher (Israel), aprendo muito com ele. Deus é um marido espeta- cular, cuida da beleza exterior, embelezando sua esposa com brincos, braceletes, roupas finas, colar, e olha, tudo coisa de primeira, super da moda, alta costura, muita quali- dade. É verdade que Ele é dono do ouro e da prata, e nós homens, não temos tanta suficiência financeira assim, mas tenho um conceito comigo, aquilo que amo, priorizo. Com boa vontade, sempre dá pra dar um jeito e destinar uma gra- na extra para ela, afinal, é um bom investimento. Investimento é aplicar tempo, recursos, esforços, dinheiro em empreendimento que dê retorno. Investir nela dá ótimo retorno, retorno em amor. Mas não é só isso que o Deus ma- rido faz, cuida também de sua saúde, ofertando-lhe alimen- tação natural, flor de farinha, mel e azeite, até que se pareça com uma rainha. Demais, não é? Sabemos que uma mulher sentindo-se bela, vai internalizar essa beleza, tendo como consequência um bem estar emoci- onal indizível. Tudo que o marido fizer por ela retornará a ele em forma de prazer. Na sua primeira epístola Pedro fala da prioridade que deve ser dada a beleza interior, sem, contudo negar a exterior. Uma mulher elegante no seu agir, educada e bela, fala mui- to sobre o marido que ela tem. De alguma maneira ela refle-
  42. 42. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 43 te quem ele é, creio que é também isso que Deus espera quando nos ensina sobre o amor de Cristo pela sua noiva. Deus dá dicas aos maridos. Vivendo com entendimento. “...vós maridos, vivei com vossas esposas a vida cotidiana do lar, com entendimento,...”I Pe 3.7b Para os amantes do motociclismo “trocar a relação” é trocar um conjunto de engrenagens que possibilitam o funciona- mento e faz andar o veículo. Quando as engrenagens estão desgastadas, não funcionam direito e vai até não andar mais. Numa relação afetiva também ocorre algo parecido se as peças estiverem não se encaixando bem. Observe que em toda relação afeti- va, há um período de ajustamento que se faz necessário. Os desencontros iniciais são quase que obrigatórios, por mais Sabemos que uma mulher sentindo- se bela, vai internalizar essa beleza, tendo como consequência um bem estar emocional indizível. Tudo que o marido fizer por ela retornará a ele em forma de prazer. Uma mulher elegante no seu agir, educada e bela, fala muito sobre o marido que ela tem. De alguma ma- neira ela reflete quem ele é,...
  43. 43. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 44 que o amor e o respeito estejam presentes, sempre algo de- sagrada. O desconhecimento disso faz com que casais, em alguns casos, acabem pondo fim a um relacionamento que poderia ser muito bom. Seria como um sapato bonito, dese- jado e novo, que você usa e ele te machuca os pés. Você não o joga fora, antes continua com ele porque sabe que vai se conformar. Do mesmo modo a relação precisa de um tempo para confor- mação e acomodação. Nossos pais tinham um jargão que dizia que era preciso comer um saco de sal com alguém pa- ra bem conhecê-lo. É perfeito esse pensamento. Um saco de sal não se come em poucos dias, mas sim, demanda muitos dias, muitos dias de convivência e correção de condutas. Particularmente, não gosto quando ouço alguém dizer: “Ninguém muda ninguém”. Penso que é uma meia verdade, podemos não mudar, porque mudar é uma decisão pessoal, mas, podemos sim, provocar o melhor no outro. Podemos sugerir, sugestionar, inspirar, e entusiasmar pessoas. Os navegadores diriam que se o vento não estiver favorável, é hora de ajustar as velas. Não importa se a relação está à deriva, importa é ajustar as velas. Viver com entendimento “Ninguém muda ninguém”. Penso que é uma meia verdade, podemos não mudar, porque mudar é uma decisão pessoal, mas, podemos sim, provocar o melhor no outro...
  44. 44. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 45 traz a ideia de ser paciente, cordato, e ensinável. Respeitar a opinião do outro mesmo que seja divergente, afinal, ser uma só carne não significa ter a mente exatamente igual, mas igual naqueles valores principais, e quando isso não aconte- cer, buscar compreender, considerar e quem sabe aceitar a mudança de opinião pessoal. Viver com entendimento é ser capaz de se humilhar, fazendo-se pequeno, para assim, faci- litar a vida do outro que precisa também crescer. Quem ado- ra discussões, dificilmente viverá com entendimento, mas aquele que abre mão, que não valoriza as contendas, esse pode alcançar esse ideal, viver com entendimento com a es- posa. Conhecendo o nível de agressividade dele. A inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espí- rito é vida e paz” ( Rm 8:6 ). Há dentro do ho- mem, mesmo o mais man- so deles, uma força que o impulsiona a agir no senti- do de destruir o seu oponente, ou aquele que pode representar uma ameaça. Essa energia é explicável, o homem desempenha o papel de protetor de sua prole e de suas propriedades, logo tem que ter Viver com entendimento é ser capaz de se humilhar, fazendo-se pequeno, para assim, facilitar a vida do outro que precisa também crescer.
  45. 45. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 46 esse espírito agressivo para assim reagir com energia e debelar aquilo que vem contra ele.Essa energia tem que ser uma energia sob controle, e o homem ter exata compreensão de quem é o inimi- go, o que precisa ser contra-atacado com força e o que não. E aí que mora o perigo, porque nem todos os homens tem domínio sobre suas emoções, e quando a emoção está no comando, a razão fica prejudicada. Por isso temos homens agredindo a esposa, às vezes, até tirando-lhe a vida, nesse caso, um perfil doentio. Por esse mes- mo motivo temos brigas e pancadarias no trânsito, no futebol e em tantas outras atividades. No relacionamento mari- do-mulher, a sabedoria está quando ela consegue mensurar até onde o seu homem é capaz de dominar esse ímpeto que lhe é natural, o quanto ele consegue suportar uma afronta ou resistência antes de partir para uma reação violenta. A Bíblia diz que Moisés era o homem mais manso da terra, entre- tanto, começa seu ministério matando um homem, e é exatamente isso, o desejo é no sentido de destruir o oponente. A mulher sábia conhece seu homem, e por isso nunca o incentiva para a violência, pois se já tem dentro dele esse espírito, então, imagina se for encorajado. Exemplificando: A família está parada Há dentro do homem, mesmo o mais manso deles, uma força que o impul- siona a agir no sentido de destruir o seu oponente, ou aquele que pode representar uma ameaça.
  46. 46. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 47 com seu veículo no farol, aí outro motorista, apressado, buzina vá- rias vezes para que o carro com a família saia da frente, vez que o farol já abriu. O marido, irritado e desafiado na frente da esposa e das crianças, responde a ofensa com outra ofensa, e o resultado disso acaba sendo uma morte logo mais a frente. Ora, talvez, se a esposa tivesse se adiantado e dito ao marido: “Pare! Não se envolva em confusão, não quero isso.”, o resultado morte não teria aconte- cido. As mulheres não imaginam o poder que tem a palavra “Cal- ma, meu bem”, saído de suas bocas. Homem quando é desafiado, ameaçado e não responde de acordo com seu desejo momentâneo, vai pra casa e fica sem dormir à noite, ruminando essa contrariedade e inconformismo com ele mesmo, por não ter destruído o outro. Essa palavra é palavra de sabedoria, aproveite pra sua vida pessoal. A Bíblia ensina que os homens que estão cheios do Espírito res- pondem com “vida e paz” e os que são homens naturais, iníquos ( desobedientes a Deus), respondem com “morte”.
  47. 47. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 48 ROMANTISMO É COISA DE DEUS E DE HOMENS Geralmente, temos que os homens não são lá muito român- ticos, ainda que isso tenha mudado pra melhor nos últimos anos. Entretanto, ainda é motivo de alguma tristeza para as mulheres. Homens são práticos, racionais, e ser romântico é ser fantasioso e fazer coisas que tocam o coração, e assim, alguns homens acabam não indo muito bem nesse quesito. Elas são emotivas, por isso, essa atração pelo romantismo. Deus por sua vez é muito romântico. Ele mostra seu roman- tismo ao longo de sua Palavra, e de maneira toda especial, no livro de Cantares, escrito por Salomão, inspirado por Ele. O romantismo de Deus é conhecido por textos que tratam de relacionamentos conjugais. Veja a história de Jacó quan- do avistou Raquel, desabou em lágrimas e chorou copiosa- mente a ponto de merecer menção na história bíblica. Per- gunto a você mulher, o que aconteceria com seu coração se esse choro tivesse acontecido quando do primeiro encontro com seu futuro marido? Imagina você poder contar aos seus filhos que o pai deles, quando viu a mamãe, chorou de emo- ção? Não mexe o coração da gente só de pensar nisso?
  48. 48. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 49 Ainda falando de Jacó e Raquel, conta o relato bíblico que ele trabalhou graciosamente para o sogro por sete anos, para só depois tê-la como esposa, e que isso lhe pareciam como poucos dias pelo muito que a amava. Olha só isso, que lou- cura! Um fato registrado com romantismo e poesia. Temos também Isaque e Rebeca que foram vistos em lugar público brincando, se aca- rinhando, se to- cando como amantes, expres- sando ternura um para com o outro a ponto de ser percebido por observadores que era uma relação de amor. Cantares de Salomão é ro- mantismo do começo ao fim, mas destaco um momento em que ela, a sulamita, fala de seu amante dizendo que o falar dele é muitíssimo suave e agradável, sim, ele é totalmente desejável, diz ela. E que por ser assim, havia vida na cama deles, e um casamento fortalecido com valores que davam sustentação e durabilidade a relação. E pra fechar, leio Deus falando ao profeta Ezequiel que, por alguma razão que só Ele sabe, sua esposa morreria, mas ainda assim, refere-se a ela como a “delícia dos olhos” do profeta. Fico impressio- nado e imaginando Deus está a nos ensinar o que toda mu- lher gostaria de ouvir de seu marido, ou seja, ser chamada Homens são práticos, racionais, e ser romântico é ser fantasioso e fazer coisas que tocam o coração, e assim, alguns homens acabam não indo muito bem nesse quesito.
  49. 49. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 50 de “delicia dos meus olhos”. Ora, se Deus chama uma de suas filhas assim, então, vejo como uma quebra de para- digmas, um modificar de pensamentos retrógados, onde nós homens cristãos ficamos intimidados de falar de amor de um modo mais sensual, como se isso fosse uma indignidade ou ofensa. Quem tem facilidade para falar, fale. Quem não tem facili- dade, faça algo, mas faça mesmo. Uma flor num dia qual- quer, um bilhete num papel improvisado, a declaração cari- nhosa com batom no espelho, não sei, mas seja criativo. Ouvi alguém contando que sua esposa resolveu na hora do jantar acender uma vela, deixando uma penumbra no ambi- ente. E que isso modificou a relação dos dois, trouxe uma intimidade maior, e olha, disse o marido que até o tom de voz, naqueles momentos, é mudado. Falam baixinho, tro- cam confidências, as mãos se acariciam, e assim o amor se faz. Romantismo é coisa de Deus. Encorajo vocês a tentarem al- go. O roman- tismo é criação Dele para a alegria do amor conjugal. Decididamente, Deus é um ser romântico e ro- mantismo é coisa de homem. Fico impressionado e imaginando Deus está a nos ensinar o que toda mulher gostaria de ouvir de seu ma- rido, ou seja, ser chamada de “deli- cia dos meus olhos”.
  50. 50. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 51 APRENDA A BRIGAR BEM, VAIS PRECISAR. Mais importante que não haver conflitos é saber administrá- los bem, pois conflitos sempre existirão e pensar o contrário seria uma utopia. Onde estiverem dois, ali estará estabeleci- do o conflito. ** Começo, meio e fim.** Quando se quer resolver as pendências e desencontros atra- vés do diálogo, o casal deve se lembrar de que esse diálogo tenha começo, meio e fim. Comece o diálogo estendendo a bandeira branca da paz, co- locando condições para o diálogo, algo assim: “ Vamos conversar, porém, não quero briga, quero resolver as ques- tões pendentes, por isso, vou manter a serenidade e propo- nho que faça o mesmo.” Tratem de modo específicos assuntos, não abrindo demais o leque para não perder o controle. Durante o discutir do ca- samento, não vale insinuações, começar falar e não termi- nar, e acusações levianas. Não faça do suposto erro do outro o foco, mas sim, a solução dele. O que o casal deve fazer para sair da questão. Exemplo: “Meu bem, você, quando você se atrasa eu me sinto envergonhada com isso.” Gosta-
  51. 51. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 52 ria que você pensasse nisso e me ajudasse porque não quero me atrasar e nem tampouco passar vergonha. Veja, ela disse um fato e o como se sente em relação a esse mesmo fato. Não alongou com outras acusações, não fez juízo do porquê ele se atrasa, mas sim, focou no seu sentimento de vergo- nha, e ao final, pede que pense numa mudança possível para que não aconteça mais. Imagina se ela começa agressiva- mente dizendo que ele é um “atrasildo”, que está “sempre” está atrasado, que já não aquenta mais viver com ele, enfim, exagerando nas verdades, saindo da moderação e do equilíbrio. A confusão estaria armada. E ao final deve vir a pergunta, “está resolvida essa questão? Havendo acordo, não se fala mais nisso, e caso, o fato surja novamente, sem fato novo dentro do fato, de pronto, alguém já lembra: “Opa, já resolvemos isso.” **Focar as virtudes e não defeitos** Alguém que entra em uma relação e põe-se a procurar de- feitos e imperfeições, rapidamente se fartará deles. Mais importante que não haver con- flitos é saber administrá-los bem, pois conflitos sempre existirão e pensar o contrário seria uma utopia. Onde estiverem dois, ali estará es- tabelecido o conflito.
  52. 52. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 53 Lembre-se que o que focamos ou damos valor acaba au- mentando. O melhor de nós continua a ser imperfeito, então não é justo buscar perfeição entre os imperfeitos. Jesus tinha uma formula para esses momentos, falava de au- toexame, perdão, de oração e propunha andar mais uma mi- lha com aquele que o oprime, temas que trataremos logo mais adiante. **Lance fora as pedras que traz nas mãos.** Soltar as pedras que trazemos nas mãos também é um dos segredos para a resolução de conflitos, pois quando estamos armados contra o outro, nossa mente fica predisposta ao conflito e não a sua resolução. É muito comum, quando temos pedras na mão, reagirmos de maneira desproporcional, com uma agressividade maior. Também é observado que quando se tem pedras na mão, a comunicação fica cheia de ruídos, e por vezes as palavras são distorcidas e mal entendidas. Alguém que entra numa relação e põe-se a procurar defeitos e imper- feições, rapidamente se fartará de- les,
  53. 53. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 54 **Imponha limites** Aprenda estabelecer limites para si mesmo, e nunca para o outro, pois se fixar limites para o outro, ele não cumprirá. Diga ao faltoso, que dará um prazo para que deixe de come- ter tal ofensa, e caso continue aquele comportamento que lhe é agressivo, você irá tomar uma atitude e diga qual a ati- tude a ser tomada. Uma vez, avisado, conversado, e estabe- lecido o que irá fazer caso continue a agressão ou ofensa, então, tem que ficar firme, e se acontecer a falta, cumpra com o que disse. Aplique o limite. Vou dar exemplo: Mari- do adorava esculachar com a esposa na presença dos ami- gos, a fazia passar por ridículos e assim todos riam muito. Um dia ela decidiu que aquilo não mais seria aceito. Em ca- sa, avisou-o, e que da próxima vez que acontecesse, o dei- xaria falando sozinho, abandonando o ambiente, fosse onde fosse, na presença de quem fosse, e quando aconteceu, e de fato aconteceu, pois ele e não acreditou, então ela, saiu do ambiente e ele ficou sozinho com cara de tacho na roda de amigos. Isso é colocar limites, é dizer “chega!” ...quando se tem pedras na mão, a comunicação fica cheia de ruídos, e por vezes, as palavras são distorci- das e mal entendidas.
  54. 54. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 55 Note bem os detalhes, é preciso avisar antes, dar o prazo, estipular a providência que irá tomar, e se acontecer, fazer o que disse que faria. Claro que há situações mais graves, e pessoas mais difíceis, mas em geral, a imposição de limites funciona bem. **Melhore a auto estima.** Alguns sentimentos nocivos são observados na vida de quem vive o conflito, e devem ser tratados à medida que se tenta solucionar a questão. E entre eles está a baixa autoes- tima, a mania de vitimi- zação, a auto piedade, au- to sabotagem, pois estan- do presentes pensamentos doentios o relacionamen- to se torna ainda mais conflituoso. A baixa autoestima é um sentimento de menos valia e que vem atrelada ao sentimento de insegurança. Quem sofre de baixa autoestima tem dificuldade de compreender fatos e si- tuações, com uma imagem negativa de si mesmo, acaba in- terpretando mal. Melhore a autoestima, tenha noção de va- lor próprio, ame-se até o limite desse amor estar nivelado ao amor que libera para o outro. Aprenda estabelecer limites para si mesmo, e nunca para o outro, pois se fixar limites para o outro, ele não cum- prirá.
  55. 55. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 56 Sentimentos de auto piedade, que é um pensamento, senti- mento ou comportamento de quem exagera piedade de si mesmo em situações difíceis da vida. É muito nocivo para a relação, a pessoa se fere com muita facilidade e acredita que merece a piedade de todos. Aqueles que “gostam” de se fa- zer de vitimas, e usam como estratégia para receber a pie- dade que tanto precisa das pessoas, tornam ainda mais difí- cil a resolução de seus conflitos, choramingam, falam que merecem passar por aquilo, enfim, fazem coisas em busca de piedade. Mas o conflito permanece onde sempre esteve, no mesmo lugar. **Auto responsabilidade** Assuma a responsabilidade pela sua parte de culpa nos eventos, não ache que o outro é sempre o culpado de tudo e você a vitima. Geralmente, os dois têm suas respectivas parcelas de culpa, por ação ou omissão. E por fim, vale des- tacar que, quanto maior e melhor for nosso relacionamento A baixa autoestima é um sentimento de menos valia e que vem atrelada ao sentimento de insegurança. Quem sofre de baixa autoestima tem dificuldade de compreender fatos e situações, com uma imagem negati- va de si mesmo, acaba interpretan- do mal.
  56. 56. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 57 com Deus e sua Palavra, menor serão nossos problemas, e melhor será nosso relacionamento pessoal. Às vezes penso que casais, por vezes, espiritualizam demais suas re- lações, transferem para Deus a solução de suas crises rela- cionais. Eles não sabem o que fazer, então, terceirizam o problema para Deus. Sim, não é errado, posto que Deus é Pai e como Pai é generoso e sempre ajuda seus filhos, po- rém, o caminho da alegria conjugal está na sua Palavra, já está escrito o que se deve fa- zer, seja preven- tivamente vi- vendo bem, ou processos de cura para quando o mal já esti- ver instalado, o remédio está ali, na sua Palavra. Ser cristão é estar decido a viver biblicamente correto e não politica- mente correto. É conduzir a vida de modo que aqueles que o acusam, passem por mentirosos. **Autoexame** Entendo que Jesus falava sobre tirar o graveto do próprio olho antes de tirar o cisco do olho do irmão, como algo as- sim: “ Você que aponta o cisco no olho de teu irmão, vá Melhore a autoestima, tenha noção de valor próprio, ame-se até o limite desse amor estar nivelado ao amor que libera para o outro. E não se resume a orar, mas também em se comportar de modo que difi- culte a existência dos conflitos.
  57. 57. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 58 primeiro tirar o graveto do seu próprio olho e depois, enxer- gando melhor, volte a tratar do cisco no olho do irmão.” Es- tá falando de um auto examinar, para que, quando nos exa- minarmos, nos daremos conta de nossas muitas faltas e as- sim, teremos misericórdia e compaixão e melhor senso de justiça. **Ore pelo “inimigo”** Também ensinou o poder da oração pelo inimigo, e isso é algo poderoso, pois quando oro pelo meu inimigo, inicial- mente não o faço de bom grado, mas depois vou me acos- tumando com a ideia e ao fim, já consigo realmente desejar o melhor para ele. Quando você encontra um inimigo pelo qual está orando, fica muito estranho ter sentimentos ruins a respeito dele, nosso espírito testifica que não é correto isso, orar e sentir raiva ao mesmo tempo. E com a ação do Espi- rito de Deus, que se abrandam sentimentos, cura corações, e promove encontros de paz. Se o teu par, hoje, está sendo o teu inimigo, então ore por ele nessa condição. **Lide bem com pessoas difíceis.**
  58. 58. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 59 Nos relacionamentos encontramos pessoas fáceis de lidar e pessoas de difícil trato, gente dura na queda. A problemática está exatamente no fato que temos a propensão em nos aproximarmos mais das pessoas fáceis, As pessoas difíceis deixamos na prateleira. Mas, e quando essa pessoa difícil é o seu par? Aí a coisa complica um pouco, não é? As pessoas difíceis precisam saber que são difíceis e que não devem valorizar em si mesmas aquilo que não é virtu- de.. Há pessoas que tem orgulho de serem duronas, outras de ser sangue quente, teimosas, irresponsáveis, etc. Elas preci- sam que alguém lhes aponte essa falha de caráter. Agora, isso não se faz no momento da discussão, se faz num mais oportuno. E sempre que for necessário tecer uma crítica, que venha antes um elogio, uma promessa, um encorajamento, e aí, sim, fale do defeito do outro. As pessoas difíceis têm seus valores fortes também, posições morais bem definidas, geralmente elas são assim, então, aprender lidar com eles é de grande sabe- doria. Procurar agradá-los, obviamente, dentro daquilo que não está sendo prejudicial a suas emoções e nem tampouco tendo que abrir mão de valores que lhe são caros, esse é um ...quando oro pelo meu inimigo, ini- cialmente não o faço de bom grado, mas depois vou me acostumando com a ideia e ao fim, já consigo re- almente desejar o melhor para ele.
  59. 59. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 60 bom caminho. Exercer um pouco mais de paciência, afinal, é para esses casos que Deus criou essa virtude. Evite des- gastes desnecessários, se a pessoa não gosta de ser confron- tado, não confronte, contorne quando possível. Gosto da es- tratégia utilizada pelos rios que descem montes e avançam pelo vale até chegar ao mar. Ele não entra em choque com as montanhas, mas as contorna, e assim vai se conduzindo e cumprindo sua missão. **Comunique amor** Importante também é comunicar amor , mesmo nos momentos mais tensos. Vou dar exemplo, houve uma discussão, es- tão de cara feia um com outro, mesmo assim, prepare um bom jantar, um favor especial, algo que fale por você e comunique amor e não rancor. Bom é falar menos quando o outro está irado, na verdade são palavras brandas e silencio que desviam o furor. **Ande mais uma milha** Aprendemos com Cristo que se alguém te forçar a andar com ele uma milha, ande duas, pois na segunda milha, an- As pessoas difíceis preci- sam saber que são difíceis e que não de- vem valorizar em si mesmas aquilo que não é virtude.
  60. 60. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 61 dando de boa vontade, os papeis se inverterão, aquele que era o maior se tornará o menor, e o menor se tornará maior. Durante a segunda milha é que é dada ao seu opositor a oportunidade de se arrepen- der. **Apague o fogo** Bombeiros usam de pelo menos 04 técnicas para apagar um incêndio: Fogo contrário, abafamento, resfriamento, retirada do material combustível. Fogo que se apaga com fogo contrário, é técnica para apa- gar fogo em coisas, mas não em coração de pessoas, essa técnica não funciona nos relacionamentos incendiários. Abafamento e retirada do material combustível é não por mais lenha na fogueira, é não dar motivos para a briga. O resfriamento é quando uma das partes não leva adiante a questão, ignora, e resolve com calma a contenda. Resfria- mento é quando se propõe a paz, sem vencido e vencedor. A retirada do material é a mudança de comportamento, é não dar mais causa para a contenda. ...comunicar amor mesmo em meio à crise, pois veja, ele não é um inimigo a ser vencido, na verdade não deve haver vencido ou ven- cedor, mas o amor deve ganhar, sempre.
  61. 61. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 62 **Use o silencio** Saber silenciar em alguns momentos traz bons resultados. Não é o silencio carregado de rancor, mas sim um silencio brando e sereno. Um silencio que libera paz. Especialmente o homem quando algo o aborrece, pra não falar o que não deve, não ser agressivo, ele opta por ficar quieto no seu can- to emocional. A esposa ansiosa insiste que ele fale, ela se comporta como quem quer arrancar dele um sentimento, e isso acaba piorando a situação. A sabedoria ensina que si- lenciar até que ele resolva ressurgir na vida dela é uma me- lhor opção. Eles sempre voltam. **Que o perdão seja por completo** O perdão é o melhor remédio para conflitos, é a ferramenta de Deus para por fim a eles. Perdão é questão de inteligência, pois o não perdão acarreta doenças psi- cossomáticas e autoimunes, tanto é assim que muitos casos de canceres são desencadeados após problemas de relacio- namento como perdas, rupturas, mágoas e ressentimentos prolongados. Entendeu porque é questão de sabedoria. Mas Bom é falar menos quando o outro está irado, na verdade são palavras brandas e silencio que desviam o furor.
  62. 62. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 63 não podemos pensar o perdão sob essa perspectiva apenas, seria muito egoístico demais. Creio que devemos perdoar para sermos perdoados, para não adoecermos, mas essenci- almente por amor. Quem ama pessoas imaturas sabe de an- temão que pode ser ferido, logo, deve antecipadamente estar preparado para perdoar quando necessário. O problema que é que somos imaturos em alguma área da vida, e a possibi- lidade de errar a qualquer momento está sempre presente. Muito bem, uma vez decido perdoar como deve ser esse perdão? Daquele tipo que diz: “Eu te perdoo, mas fica longe de mim!”. Ora, se a decisão é pelo perdão, então que seja o perdão completo, total, nada de meio perdão, pois meio perdão é não perdão.
  63. 63. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 64 VINGANÇA É PRATO QUE...NÃO SE COME. Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor. Rm 12.19 De vez em quando ouvimos alguém cheio de suas próprias verdades dizer frases parecidas com essas: “Vingança é um prato quente que se come pelas beiradas”, “ A sua hora vai chegar”, “O que é seu está guardado”, “Dor de barriga não dá uma vez só”, “O mundo dá muitas voltas”, e junto de fra- ses assim, sempre um tom ameaçador. Pois bem, esses pen- samentos são irracionais e despertam para a inimizade, o fomento das intrigas. Na vingança, os homens e mulheres são diferentes, os ho- mens tem a ideia de destruir por completo o seu oponente, é reação imediata e impulsiva. A mulher se arma com atitudes de desprezo, fofocas e planos de vingança. Isso tudo passa a fazer parte do seu pacote de maldades. Todo tipo de vingança é mau, seja do homem ou da mulher. Ela instala no coração das pessoas a mágoa e a raiva, senti- mentos nocivos que primeiro destroem as emoções, e depois trazem doenças para o corpo físico. Quando estamos certos numa questão e fomos injustamente prejudicados, houve rupturas de relacionamento, a recomendação é orar pelo
  64. 64. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 65 inimigo. Quando oramos pelo inimigo, ao depararmos com ele, a raiva já não se manifesta com a mesma intensidade, porque nossa consciência nos cobra dizendo: “Isso não é coerente, como podes ficar com raiva de alguém por quem estás orando”. Esse é o segredo para se libertar. Continue orando, a raiva e a mágoa vão diminuindo até deixar de existir, e assim também o desejo de vingança. Vou contar um fato: Em Roma, quando alguém matava sem justa causa, havia uma condenação onde o morto era amar- rado nas costas do ho- micida, e este era solto pelas ruas da cidade. Detalhe, ninguém pode- ria lhe dar alimento ou água. E assim, ele pe- rambulava pela cidade com o defunto nas cos- tas. Nem sua família po- deria ajudá-lo. No início dava a impressão que ele, homici- da, estava numa posição privilegiada, pois destruiu aquele que o feriu. Passado não muito tempo, a putrefação do de- funto e os vermes acabavam entrando no corpo do homicida e assim, ele também acaba morrendo. “O segundo erro costuma ser ainda pior do que o pri- meiro, pois foi premeditado e arquitetado na escuridão enquanto o primeiro pode ter sido um descuido, uma fatalidade, ou simplesmente isento de dolo”.
  65. 65. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 66 O que isso importa para nós hoje? Pessoas estão carregando defunto em suas costas quando não perdoam, ou passam a vida com espirito de vingança. Acham que estão com a ra- zão, não perdoam, pensam em vingança e assim perdem o sentido da vida, e logo estarão mortos por causa daquilo que carregam consigo. Quando se tem certeza que foi in- justiçado, lembre que a Bíblia diz que o Senhor é o teu vingador. Ele é quem se encarregará de fazer justiça. Não tome para si esse pre- tenso direito, entregue a Deus. Quando tento resolver atra- vés da minha vingança, é um indicativo que confio que sou mais competente para fazer juízo do que o próprio Deus. Conheci alguém que dizia: “O segundo erro costuma ser ainda pior do que o primeiro, pois foi premeditado e arquite- tado na escuridão enquanto o primeiro pode ter sido um descuido, uma fatalidade, ou simplesmente isento de dolo”. “Isso não é coerente, como podes ficar com raiva de alguém por quem estás orando”. Esse é o segredo pa- ra se libertar.
  66. 66. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 67 ANTES, DURANTE E DEPOIS É triste imaginar que a sexualidade poderia ser fator de coe- são do casamento acabe sendo motivo e razão de separa- ções. Estudos mostram que homens e mulheres são muito diferen- tes sexualmente falando. Os homens focam a relação como se fosse um encontro pênis-vagina, ao passo que as mulhe- res colocam romantismo nesse encontro. E é exatamente es- se descompasso, um dos fatores que pode estar influencian- do negativamente os relacionamentos, a ponto de as estatís- ticas sinalizarem que apenas 30% das mulheres se satisfa- zem sexualmente com seus parceiros. Ima vergonha pra nós homens, um descaso. Os homens são iniciados sexualmente, quase que na sua to- talidade, pela pornografia, fonte massificada e quase que única onde eles resolvem suas curiosidades. Basta perguntar a um homem onde procurou conhecimento sobre o ato se- xual e ele dirá que foi através de filmes pornôs, revistas e outros materiais com tais conteúdos. A pornografia apresenta o sexo desprovido de sensações e sentimentos de amor. Tem como foco a genitália, como se o sexo se resumisse no encontro desses órgãos e não o encon- tro entre dois seres com alma, desejos e necessidades. As-
  67. 67. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 68 sim, sexo para os homens pode significar a satisfação de uma necessidade fisiológica, e uma necessidade psíquica de dominação, nada muito além disso, trazendo sérias conse- quências para o relacionamento. Há toda uma ofensiva da poderosa indústria pornográfica para apresentá-la como atividade normal da vida humana, e do lado de cá, temos os resultados que ela traz pra socieda- de: exploração, abuso, estupro, violência, pedofilia e outros tantos vícios. Em analise pessoal, percebo que o dano é maior ainda, ela se tornou a escola sexual de nossos jovens, tendo-a como referencial e padrão de com- portamento, on- de a mulher nem sempre é levada em consideração. Caso a relação não seja prazerosa pra ela, isso não importa. O fazer amor torna-se um gesto egoísta e mecânico, e am- bos saem, quando muito, atendidos fisiologicamente. Isso ainda como o melhor resultado, pois nem sempre, no caso da mulher, a satisfação é uma realidade. Penso que o ato sexual é algo tão importante e tão cheio de benesses quando bem feito que deveria ser ensinado com responsabilidade, pela família, escola e mesmo pela igreja. Os homens são iniciados sexualmen- te, quase que na sua totalidade, pela pornografia, fonte massificada e quase que única onde eles resolvem suas curiosidades
  68. 68. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 69 O melhor que poderíamos fazer seria ensinarmos os jovens que o sexo tem muito mais a oferecer que alguns minutos de prazer, e a satisfação de uma necessidade puramente natural e fisiológica. Um bom sexo consolida e fortalece a aliança existente entre eles, eleva o nível de amor, e um desejo constante pela pre- sença do outro se faz perceber. O sexo faz bem para a saúde como um todo, e para as emoções é santo remédio. Cientis- tas descobriram que uma noite de sexo, com orgasmo, re- verbera na vida do casal por muitos dias, alongando no tempo uma sensação de bem estar e de prazer. O antes – Para um bom sexo, a mulher deve estar vivendo um momento bom com seu homem, sem mágoas ou ressen- timentos. Até por conta disso a Bíblia ensina que o homem não deve tratar a esposa com grosserias, pois elas guardam esses sentimentos por muitos dias. Iniciado as primeiras carícias, o homem demora coisa de dois minutos para estar pronto para o ato em si. A mulher vai precisar de um tempo maior, em torno de 12 minutos de preparação. Essa informação é importante, pois uma das grandes queixas delas é que seus maridos são apressados demais, e muitas vezes a penetração acontece sem que este- jam prontas, perdendo-se parte do prazer.
  69. 69. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 70 O depois – Após o ápice sexual, o homem imediatamente entra num estado de resolução, um relaxamento total que o faz sonolento, colocando o para dormir. Seria como se o or- ganismo pedisse para entrar no modo econômico de suas baterias que precisam ser recarregadas. Então, eles viram do lado e dormem. As mulheres, por sua vez, continuam um pouco mais de tempo com a sensação de prazer perpassando por todo o seu corpo. Ele dorme, ela continua acordada e muito acordada. Quando o homem conhece esses detalhes, então, pode esco- lher não dormir assim que tem o orgasmo, e abraçado a sua parceira curte com ela mais esse continuar do prazer até que se complete o seu ciclo, quando então, podem dormir a von- tade.
  70. 70. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 71 TENHA PLANOS. Nossos planos são limitados, por causa da imprevisibilidade da vida, porém, somos orientados pela Palavra a termos planos de acordo com as áreas de interesse, planos de saúde, planos financei- ros, planos de trabalho, estudos, e assim por diante. É melhor ter um plano imperfeito do que não ter nenhum plano. É preciso identificar o que queremos para o amanhã. Aonde chegare- mos e como chegaremos. Escreva a visão. Então o Senhor me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa corren- do. Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará. Habacuque 2:2,3 Deus daria uma visão e manda que seja escrita em um painel bem grande, quem sabe tenha sido o primeiro “outdoor” que se tenha registro. A visão deveria ser escrita com letras bem grandes pra não haver dúvidas, e de maneira que até os mais apressados poderiam ler, mesmo aqueles que passassem correndo.
  71. 71. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 72 s. É preciso definir a visão que se tem enquanto família e alinhar essa visão com a visão individual dos dois, marido e mulher. Esta- mos falando de sonhos para a família e sonhos pessoais. Quando a visão particular se encaixa perfeitamente na visão de futuro da fa- mília, há uma sintonia fina nos interesses e as coisas tendem a da- rem certo. Entretanto, nem sempre é tão simples assim. Por exem- plo, a esposa tem a visão de compra de um apartamento, mas o ma- rido quer um carro novo, e ambos os bens não são possíveis ao mesmo tem- po, logo, será preciso ali- nhar as vontades, nesse caso, negociar é a solução. Uma das partes terá que fazer conces- são, ou encontrarem uma via alternativa. Pode acontecer de ambos terem bons motivos para a compra do seu bem pretendido. A visão deve estar inserida numa linha do tempo, aonde eles que- rem chegar, e quais as conquistas em curto prazo (próximos me- ses), em médio prazo (próximos 05 anos) e em longo prazo (10 anos). É preciso escrever, pois visão que não está escrita não é visão, ape- nas um sonho que pode dar certo ou não. A partir do registro da visão, tem-se início o foco para a sua consecução. E não se esqueça de apresentar a Deus os seus planos para que Ele os confirme e abençoe. Quem vai tocando a vida, sem uma visão clara de futuro, aca- ba se perdendo muitas vezes ao lon- go do caminho, desperdiçando tem- po, energia e recurso
  72. 72. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 73 As conquistas podem ser das mais variadas ordens, aquisição de bens, estudos, viagens, investimentos, nascimento de filhos, saúde e outros. Também é importante ter uma visão espiritual, onde servirão a Deus e onde prestarão serviços espirituais. Se alguém coloca esse desejo diante de Deus, Ele mesmo vai estabelecendo cada pessoa na sua atividade e à medida que os filhos vão crescendo eles já en- tram no ritmo de servir a Deus, é algo já internalizado desde a mais tenra idade. Ouvi alguém comparar a falta de objetivos como o voo da mosca cega, que voa pra todo lado e não vai a lugar nenhum. Diz-se que quem não sabe para onde vai, qualquer lugar serve, inclusive luga- res ruins. Escrever a visão traz a ideia de que todos da casa devem conhecer os planos da família, especialmente os financeiros, para que este- jam imbuídos do mesmo propósito, e ninguém, por ignorância, tra- balhe contra. Saiba discernir o tempo e o modo. O tempo é o momento em que algo deve acontecer e o modo é o jeito, é a estratégia para sua execução. Quando sei que é tempo de fazer algo acontecer e também sei como fazê-lo acontecer, geralmente, o resultado do negócio é bom. Pode
  73. 73. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 74 alguém fazer um negócio certo, porém na hora errada, de modo que o resultado pode não ser o melhor. Mantenha o foco. Ter um plano de ação, com suas metas estabelecidas, faz com que seja possível avaliarmos e detectarmos quando acontece algum desvio e assim, fazer logo a correção necessária. Não havendo um plano, sem se saber quais são os objetivos e suas prioridades, pro- vavelmente os desvios não serão nem ao menos notados, e assim, não se alcança os objetivos. O dinheiro para o sonho maior nunca se completa, pois sempre é desviado para coisas menores. Mante- nha o foco, há coisas importantes, outras urgentes, e há prioridades, saber lidar com elas viabiliza o sucesso. Procure viver o melhor possível dentro do seu status social. “O que o homem mais deseja é o que lhe faz bem; porém é melhor ser pobre do que mentiroso”. Provérbios 19:22. Com relação ao status social, a melhor coisa é procurar viver bem, tranquilo, cada qual dentro Do limite de suas posses. Viver acima do seu padrão social acaba gerando frustrações e falta de paz.
  74. 74. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 75 O segredo é manter equilíbrio financeiro e à medida que Deus vai abençoando, vai adquirindo aquilo que deseja a sua alma. Paulo, o apóstolo, diz que aprendeu a viver bem em todas as cir- cunstâncias, tanto no muito como no pouco, esse também é um bom parâmetro. Parafraseando Paulo, “...aprendi a viver bem em toda e qualquer circunstâncias, aprendi a viver bem no pouco e também no muito”. O destaque aqui está no verbo aprender. É pre- ciso aprender a viver bem independente do dinheiro que se tem, do carrão, da casa grande na esquina, ou numa choupana simples, o que importa é a paz de espírito, é olhar o que se espera, mas com gratidão pelo que tem conquistado. Viver querendo impressionar os outros torna a vida uma mentira, algo que não se sustenta por muito tempo e que corrói a integridade da família. Nesse caso, o pai precisa mentir para se safar dos credores, anda de cabeça baixa pelo bairro, foge de um e de outro, e assim os filhos vão convivendo e aprendendo condutas indignas, perdem-se valo- res como honestidade e lealdade, conforme diz Salomão: “O homem fiel será coberto de bênçãos, mas o que se apressa a enriquecer não ficará impune. Provérbios 28:20. Viver como rico, mas com dinheiro de pobre é cavar a própria se- pultura financeira. Não quer dizer que não se possa melhorar de
  75. 75. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 76 vida, ter uma provisão maior, quem sabe mais conforto, entretanto, é preciso perseverança e paciência até que as coi- sas aconteçam. A ostentação, desejo de tornar conhecido o quanto somos podero- sos é um mal terrível. É estar sempre se comparando, competindo , medindo forças e assim nos tornamos antipáticos, invejosos e pre- sunçosos. Salomão já observava isso: “Há alguns que se fazem de ricos, e não têm coisa nenhuma, e outros que se fazem de pobres e têm muitas riquezas.´Pv 13.7 Viver bem, com segurança e conforto é algo bom de desejar, mas até pra isso tem que haver um limite, a integridade de uma pessoa não pode ser negociada. Nenhum sonho é mais valioso que a reti- dão. Viver querendo impressionar os outros torna a vida uma mentira, algo que não se sustenta por muito tempo e que corrói a integridade da família.
  76. 76. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 77 PARA UM PLANO FINANCEIRO DE SUCESSO Pois qual de vós querendo edificar uma torre, não se assenta pri- meiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a aca- bar? Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicer- ces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a es- carnecer dele, dizendo: este homem começou a edificar e não pôde acabar.” (Lucas 14.28-30). Jesus estava ensinando a fazer contas antes de fazer o gasto. Isso é ter um plano de ação, é ser previdente para não ser envergonhado depois, e desse modo tornar-se um mau testemunho, envergonhan- do o evangelho de Cristo. Vamos pensar um pouco sobre nossas finanças, algumas coisas necessárias e imprescindíveis: Tenha um orçamento doméstico. Ter um orçamento é importante para saber o quanto entra e o quan- to sai. Quem não sabe para onde vai o seu dinheiro, nunca terá o suficiente. Orçamento é coisa simples, é uma lista do dinheiro que entra e do dinheiro que sai. Quando a situação aperta você olha e sabe onde fazer os cortes, o que ainda falta pagar, quando vão aca- bar algumas prestações e assim se organizar melhor para o futuro.
  77. 77. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 78 Não compre quando estiver empolgado demais. Quando ficamos deslumbrados com alguma coisa, deixamos de perceber suas falhas e imperfeições e perdemos a noção de cus- to/benefício. Por isso, o negócio é não se apressar na compra. Quando compramos com base nas emoções, a possibilidade de comprar mal é grande. Cuidado com as dívidas. “A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.” Rm 13.8 Quando há um descontrole financeiro, logo em seguida começam a surgir os primeiros desentendimentos do casal. E assim as coisas vão se tornando mais difíceis, a tolerância diminui, a alegria se es- vai e o riso já não é farto. O testemunho cristão também é afetado. Um pregador cristão, mo- rador de uma pequena cidade dizia: “Quer saber se uma pessoa é crente? Pergunte ao comerciante e ele te dirá”. Essa foi uma experi- ência pessoal quando tínhamos um pequeno comércio e ficávamos abismados de ver como alguns cristãos eram prontos para comprar, mas tardios para pagar.
  78. 78. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 79 Necessidades e desejos são coisas diferentes. Necessidades são coisas das quais não podemos prescindir. Desejos são complementos, coisas sem as quais se pode viver tranquilamen- te. Aquilo que preciso é necessidade, aquilo que gostaria é desejo. Muitas vezes um sonho, torna-se um fardo a mais. A alegria pela posse do bem vai embora quando vem a dificuldade para pagar, é importante distinguir bem desejo de necessidade. Outra coisa para o casal observar é quando se tem uma boa renda, mas por má administração, diluem o dinheiro com coisas de menor importância e acaba não sobrando para conquistas mais interessan- tes. Faça de tudo para permanecer no azul. Pague suas dívidas todas, não deixe acumular. Conforme o caso é melhor vender um bem e pagar as dívidas do que ficar com o bem e pagando com juros. Dí- vidas roubam a alegria da família. Seja previdente: Ou qual é o rei que, indo à guerra a pelejar contra outro rei, não se assenta primeiro a tomar conselho sobre se com dez mil pode
  79. 79. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 80 sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil? De outra maneira, estando o outro ainda longe, manda embaixadores, e pe- de condições de paz. Assim, pois, qualquer de vós, que não renun- cia a tudo a quanto tem, não pode ser meu discípulo." (Lucas 14.31-33). Sinônimo de previdente é cauteloso, cuidadoso, sabido, acautelado, precavido, prevenido, para que aquilo que planeja ou realiza acon- teça do melhor modo possível. Ser previdente é ver lá na frente, calcular os riscos, ver de antemão as ameaças, os perigos, as provi- dências necessárias, é também agir de modo a evitar o fracasso logo mais adiante. É melhor fazer acordos de paz do que iniciar uma guerra que bastaria estudar um pouco para se dar conta que seria uma derrotada já esperada. Dar passos além de suas pernas, viver além de suas posses, antecipar conquistas, são atitudes que trarão a tristeza a aqueles que assim vivem. Não seja fiador. “Decerto, sofrerá severamente aquele que fica por fiador do estra- nho, mas o que aborrece a fiança estará seguro” ( Pv 11:15)
  80. 80. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 81 Na maioria dos casos, o marido se torna fiador e nem ao menos consulta a esposa. Só que se vier a acontecer de ter que pagar aque- la dívida ela também sofrerá as consequências, então não é justo que seja assim. Já no início de um casamento, eles devem fazer um pacto de não serem fiadores de ninguém. Desta maneira quando alguém vier solicitar para que seja fiador, esclarecerá que tem uma aliança com a esposa e está impossibilitado de assinar por força deste acordo. Emprestar é socorrer necessidades e não desejos. “Que todo o credor, que emprestou ao seu próximo uma coisa, o quite (de por quitado) : não a exigirá do seu próximo ou do seu irmão, pois a remissão do Senhor é apregoada. Do estranho a exi- girás; mas o que tiveres em poder de teu irmão a tua mão o quita- rá: Somente para que entre ti não haja pobre; pois o Senhor abun- dantemente te abençoará na terra que o Senhor, teu Deus, te dará por herança, para possuí-la (Dt 15:2-4). Veja que aquele que emprestou não podia nem mesmo cobrar a dívida quando o devedor era da família, e só se emprestava para
  81. 81. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 82 quem estivesse em dificuldades com alimentos, remédios ou algo de primeira necessidade. Portanto só empreste se você tem sobrando, pois no caso de não pagamento, não afetará o bom andamento da família. Não empreste cartão de crédito ou folha de cheque. O empréstimo só deve acontecer para suprir necessidades básicas. Para um inves- timento, existe o sistema financeiro que está ali para isso e tem as ferramentas para cobrança. É melhor você emprestar para um pobre que poderá não te pagar do que emprestar para quem realizar dese- jos. Quem empresta ao pobre, empresta a Deus. Quem empresta àquele que tem desejos, desobedece a princípios bíblicos. -Não cobre juros, mas corrija o valor do dinheiro: Se emprestares dinheiro ao meu povo, ao pobre que está contigo, não te haverás com ele como um usurário; não lhe imporeis usura( Ex 22:25). O mandamento era no sentido de não se emprestar di- nheiro para lucrar ( agiotagem). O máximo que pode ser feito é a correção do dinheiro. Seja generoso, doe, abençoe, dizime e oferte.
  82. 82. E eis que era muito bom. Ministério Casados em Cristo 83 Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes (Mt 5:42) Lendo a história de Cornélio no livro de Atos vemos que Deus usa um anjo para dizer a ele que o está aprovando por seu tempo de oração e também por suas esmolas , pois elas denotam o coração de um homem. O que eu acho bonito é saber que Deus o avisa que tais esmolas estão diante do altar como um memorial. Isso significa que Deus vê nosso amor em ação quando somos generosos com as pes- soas e com a igreja. Honre a Deus, Ele fará sobejar. “Honra ao Senhor com a tua fazenda, e com as primícias de toda a tua renda. E se encherão os teus celeiros abundantemente, e tras- bordarão de mosto os teus lagares” Pv 3:9-10 Quando eu me preocupo com a Casa de Deus, Ele se preocupa com a minha casa. Quando eu cuido dos negócios do meu Pai, ele cuida dos meus negócios de modo que nada me faltará.. Não pense somente em seus próprios interesses.
  83. 83. Ismael Roselei de Carvalho Ministério Casados em Cristo 84 Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, prefe- rindo-vos em honra uns aos outros. Rm 12.10 Olhe também para aqueles que caminham contigo. Isso inclui a igreja, os pais, filhos, parentes, amigos e necessitados. Há um mis- tério nisso. Isso atrai bênçãos, é o Senhor quem dá semente ao se- meador. Se você não semeia na vida de ninguém, você não receberá mais sementes para a multiplicação. Nossas esmolas falam por nós no Céu. E eis que, diante de mim, se apresentou um varão com vestes res- plandecentes, e disse: Cornélio, a tua oração foi ouvida, e as tuas esmolas estão em memória diante de Deus. At 10:31. A família de Cornélio foi visitada por um anjo e a primeira coisa que este falou foi sobre as orações de Cornélio que estavam sendo ouvidas por Deus, e a segunda coisa, foi o memorial que Deus tinha diante dele, construído com as esmolas de Cornélio. Muitos querem

×