Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Snc!

5,194 views

Published on

  • Be the first to comment

Snc!

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA NEUROANATOMIA RADIOLÓGICA Monitora: Isadora Cristina Olesiak Cordenonsi Orientador: Carlos Jesus Pereira Haygert
  2. 2. RM (em T1) x RM (em T2) x TC
  3. 3. TC sem contraste TC com contraste
  4. 4. Métodos em Neuroimagem  Ressonância Magnética:  Alto detalhamento anatômico;  Não utilizada na emergência neurológica.  Tomografia Computadorizada:  Método de escolha na emergência;
  5. 5. COMPONENTES DO SNC Prosencéfalo Mesencéfalo Rombencéfalo Telencéfalo Diencéfalo Mesencéfalo Córtex Subst. Branca Núcleos da base Tálamo, subtálamo Hipotálamo, epitálamo Mesencéfalo Metencéfalo Mieloencéfalo Ponte e cerebelo Bulbo
  6. 6.  CÉREBRO: telencéfalo e diencéfalo;
  7. 7. SNC - TELENCÉFALO
  8. 8. LOBOS
  9. 9. Lobo temporal começa a aparecer quando aparece o terceiro ventrículo.
  10. 10. LOBO DA ÍNSULA
  11. 11. Importância no AVC isquêmico!
  12. 12. Importância no AVC isquêmico!
  13. 13. Superior Frontal gyrus Middle Frontal gyrus Superior Temporal gyrus Middle Temporal gyrus Inferior Temporal gyrus Hippocampus
  14. 14. Superfície medial do hemisfério
  15. 15. Superfície medial – lobo frontal e parietal (DO CORPO CALOSO) PARALELO AO CORPO CALOSO, SEPARA-O DO GIRO FRONTAL MÉDIO sSulco do corpo caloso Sulco do cíngulo
  16. 16. Sistema límbico  Úncus, giro para-hipocampal, istmo do giro do cíngulo e giro do cíngulo;
  17. 17. Superfície medial Centro branco medular do cérebro: Fibras mielínicas de projeção e de associação; Fórnix Cápsula interna Corpo caloso Comissura anterior Comissura do fórnix
  18. 18.  Corpo caloso  Maior comissura cerebral;  Teto dos ventrículos laterais;  Divide-se em: rostro, Joelho, corpo e esplênio.
  19. 19.  FÓRNIX  Une o córtex do hipocampo ao corpo mamilar;  Duas metades laterais e simétricas Afastadas nas extremidades; Corpo, pilares(colunas) anteriores, pilares posteriores;
  20. 20. FÓRNIX
  21. 21. FÓRNIX
  22. 22.  Comissura anterior
  23. 23.  Cápsula interna Contém fibras que separaram o núcleo lentiforme do caudado e tálamo; Acima desses núcleos as fibras passam a constituir a coroa radiada; Perna anterior e perna posterior;
  24. 24.  SEPTO PELÚCIDO
  25. 25. Núcleos da base Núcleo lentiforme (putâmen e globo pálido) Núcleo caudado Claustrum Amigdala Corpo estriado ventral (núcleo acumbens)
  26. 26. Núcleos da base
  27. 27. Núcleos da base Núcleo caudado Relacionado em toda a extensão com os VENTRÍCULOS LATERAIS; (parte anterior do núcleo lentiforme) Cabeça (dilatada); Corpo Cauda (corpo amigdaloide)
  28. 28. NÚCLEOS DA BASE  Núcleos lentiformes Composto por: Putâmen (lateral) Globo pálido (medial) (lâmina medular lateral) O que os separa do córtex da ínsula? O que a cápsula interna faz?
  29. 29. NÚCLEO CAUDADO
  30. 30. Núcleos da base Claustrum delgada calota de substância cinzenta entre córtex da ínsula e núcleo lentiforme; Cápsula extrema Cápsula externa
  31. 31. GÂNGLIOS DA BASE Amigdala Massa esferóide Pólo temporal Relação com a cauda do Núcleo caudado Sistema límbico agressividade e Comportamento sexual;
  32. 32. DIENCÉFALO
  33. 33. DIENCÉFALO  TÁLAMO  EPITÁLAMO  HIPOTÁLAMO  SUBTÁLAMO
  34. 34. DIENCÉFALO  Tálamo  Assoalho dos ventrículos laterais e da fissura horizontal do cérebro
  35. 35. DIENCÉFALO - Hipotálamo  Sulco hipotalâmico;  Paredes laterais III ventrículo, corpos mamilares, quiasma óptico, e infundíbulo;
  36. 36. Observe a localização dessas estruturas.
  37. 37. Epitalamo
  38. 38. Tronco encefálico
  39. 39. Tronco encefálico  Mesencéfalo  Ponte  Bulbo
  40. 40. Tronco encefálico - mesencéfalo
  41. 41. Tronco encefálico - mesencéfalo
  42. 42. Tronco encéfálico  Mesencéfalo Tecto (colículos) Pedúnculos cerebrais (tegmento e base) *substância negra
  43. 43. Pedúnculos cerebrais: partem da borda superior da ponte para penetrar no cérebro. Delimita fossa interpeduncular.
  44. 44. Tronco encefálico  Ponte (sulco basilar) (sulco bulbo pontino)  Bulbo
  45. 45. Compare...esse é pedúnculo CEREBRAL
  46. 46. Encéfalo – sistema ventricular
  47. 47. Encéfalo – sistema ventricular Ventrículos laterais 3° ventrículo 4° ventrículo
  48. 48. Encéfalo – sistema ventricular Ventrículos laterais Contém os plexos corióides Corno anterior, parte central, corno posterior e corno inferior
  49. 49. Encéfalo – sistema ventricular Ventrículos laterais Teto: corpo caloso Parede medial: septo pelúcido Parede lateral e assoalho: Tálamo, fórnix e núcleo caudado
  50. 50. Encéfalo – sistema ventricular 3° ventrículo Vertical entre as duas metades do diencéfalo Tela corióide Paredes laterais: tálamo
  51. 51. Encéfalo – sistema ventricular  4° ventrículo
  52. 52. ENCÉFALO CIRCULAÇÃO LIQUÓRICA  OS PLEXOS CORÓIDES SÃO RESPONSÁVEIS PELA PRODUÇÃO DO LÍQUOR  MAIOR PARTE SE ORIGINA NOS VL; PASSA PARA O III V, ONDE MAIS LCR É PRODUZIDO; CHEGA ENTÃO AO IV V, MAIS LCR É ADICIONADO; RETORNA ENTÃO AO ESPAÇO SUBARACNÓIDEO  REABSORÇÃO PARA O SANGUE ATRAVÉS DAS GRANULAÇÕES ACNÓIDES E PAREDES DE CAPILARES DO SNC E DA PIA MÁTER
  53. 53. Encéfalo – sistema ventricular  Ventrículos laterais  RM em T1 Corno anterior
  54. 54. Encéfalo – sistema ventricular  Ventrículos laterais  RM em T1  Corno posterior
  55. 55. Encéfalo – sistema ventricular  Ventrículos laterais  RM em T1  Corno inferior
  56. 56. Encéfalo – sistema ventricular RM em T1  Axial – ventrículos laterais
  57. 57. 3° ventrículo
  58. 58. 3° ventrículo
  59. 59. 4° ventrículo
  60. 60. RM (em T1) x RM (em T2) x TC
  61. 61. Meninges
  62. 62. Meninges  Dura máter  Aracnóide  Pia máter
  63. 63. Meninges
  64. 64. Meninges – dura máter
  65. 65. Meninges – dura máter  Folheto externo  Folheto interno foice do cérebro(ocupa a fissura longitudinal) tenda do cerebelo(septo transversal separa lobo occipital do cerebelo) (incisura da tenda) foice do cerebelo diafragma da sela Seios da dura máter
  66. 66. Meninges aracnóide
  67. 67. Meninges - aracnóide  Espaço subdural  Trabéculas aracnóideas  Granulações da aracnóide  Espaço subaracnóideo  Cisternas subaracnóideas
  68. 68. Dilatações espaço subaracnóideo: Cisterna supra-selar Cisterna quadrigeminal Cisterna magna Cisterna cerebelar superior
  69. 69. Hematoma epidural Forma: lente biconvexa Não ultrapassa suturas (exceção: sagital) Ultrapassa foice cerebral
  70. 70. Hematoma subdural
  71. 71. Hematoma subdural Forma: crescente Não ultrapassa a foice Ultrapassa suturas
  72. 72. Hematoma subdural
  73. 73. Hemorragia subaracnoidea Hemorragia subaracnoidea TC normal
  74. 74. Circulação arterial
  75. 75. A carótida interna
  76. 76. a. Cerebral média
  77. 77. A cerebral anterior
  78. 78.  http://www.radiologyeducation.com/ Depois selecione Anatomy-Radiology E então selecione Head Neck Brain Spine
  79. 79. Referências bibliográficas  Machado; Neuroanatomia funcional;  Brandt & Helms; Fundamentos da radiologia; 3° edição;  Lange; Radiologia Básica;

×