Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

éTica E Deontologia

26,600 views

Published on

Published in: News & Politics, Technology
  • A deontologia fundamenta-se em dois conceitos que lhe dão sustentação: a razão prática e a liberdade. Agir por dever é o modo de conferir à ação o valor moral; por sua vez, a perfeição moral só pode ser atingida por uma vontade livre. O imperativo categórico no domínio da moralidade é a forma racional do 'dever-ser', determinando a vontade submetida à obrigação. O predicado 'obrigatório' da perspectiva deontológica, designa na visão moral o 'respeito de si'.
    A deontologia também se refere ao conjunto de princípios e regras de conduta — os deveres — inerentes a uma determinada profissão. Assim, cada profissional está sujeito a uma deontologia própria a regular o exercício de sua profissão, conforme o Código de Ética de sua categoria. Neste caso, é o conjunto codificado das obrigações impostas aos profissionais de uma determinada área,
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Na minha opinião os meios de comunicação têm por dever informar a população. Assim, os meios de comunicação social são essenciais na sociedade do Século XXI, pois eles fazem parte do dia-a-dia de todos nós e ajudam-nos a sermos cidadãos atentos, informados e participativos na realidade que nos rodeia. contudo considero importante que se respeite a privacidade e liberdade do cidadão. Só assim podemos viver num país democrático. Isabel Neto.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

éTica E Deontologia

  1. 1. Ética e deontologia jornalística CP
  2. 2. Ética
  3. 3. Consiste no conjunto de regras e princípios que regem a conduta de um profissional, uma ciência que estuda os deveres de uma determinada profissão. Deontologia Palavra que deriva do grego to déon , que significa o necessário, o conveniente, o devido, o obrigatório; e logos ).
  4. 4. Ética e deontologia profissional A deontologia é um conjunto de comportamentos exigíveis aos profissionais, muitas vezes não codificados em regulamentação jurídica. É uma ética profissional das obrigações práticas, baseada na livre acção da pessoa e no seu carácter moral.
  5. 5. O jornalismo e a identidade jornalística <ul><li>O jornalismo deve ser um veículo de informação para equipar os cidadãos com os instrumentos vitais para o exercício dos seus direitos e a voz na expressão das suas preocupações. </li></ul><ul><li>Ser jornalista implica a partilha de um Ethos (Traços característicos de um grupo, do ponto de vista social e cultural, que o diferencia de outros que vem sendo afirmado há mais de 150 anos). Contudo, ser jornalista implica a crença numa constelação de valores, a começar pela liberdade. </li></ul><ul><li>O trabalho dos jornalistas tem consequências sociais, num momento em que os mass media encaram aqueles a quem se destinam mais como consumidores que como cidadãos. É uma situação que nos preocupa por pôr em causa a própria qualidade da democracia em que vivemos. </li></ul>
  6. 6. Objectivos do código deontológico jornalístico 1.º Proteger aqueles a quem a informação se dirige contra os abusos de uma propaganda irresponsável, anti-social ou mentirosa. 2.º Proteger aqueles que exercem a sua profissão na informação contra pressões indevidas ou situações humilhantes que os obrigassem a agir contra a voz a sua consciência...
  7. 7. Fontes de informação e Segredo profissional <ul><li>Em várias ocasiões e lugares muitos jornalistas têm enfrentado processos de natureza criminal por persistirem na defesa do sigilo profissional, e alguns deles têm sido condenados por esse motivo, sobretudo quando no caso concorrem os delicados interesses de segurança dos Estados. </li></ul><ul><li>Cabe à lei, nos países em que a regra é a liberdade de informação, a criação de condições de acesso dos jornalistas às fontes de informação, </li></ul>O Código de 1993 no seu nº 3:diz que o dever do jornalista é exigir o acesso às fontes de informação: “ O jornalista deve usar como critério fundamental a identificação das fontes. O jornalista não deve revelar, mesmo em juízo, as suas fontes confidenciais de informação, nem desrespeitar os compromissos assumidos, excepto se o tentarem usar para canalizar informações falsas. As opiniões devem ser sempre atribuídas .”
  8. 8. Deveres Deontológicos do Jornalista <ul><li>O jornalista não deve tornar públicas informações cuja veracidade não tenha comprovado; </li></ul><ul><li>Não deverá omitir referencias a factos ou circunstâncias essenciais; </li></ul><ul><li>Não adulterar o significado dos acontecimentos ; </li></ul><ul><li>Não usar de processos moralmente condenáveis para a obtenção de informações. </li></ul>
  9. 9. Objectivos do código deontológico jornalístico <ul><li>Protege aqueles a quem a informação se dirige, ou seja, o conjunto da população, contra abusos de uma propaganda irresponsável e anti-social ou mentirosa através dos “média” ; </li></ul><ul><li>Protege aqueles que exercem a sua profissão na informação contra pressões indevidas; </li></ul><ul><li>Garante que a informação tenha livre acesso, a todo o momento, a todas as fontes e permitir, a cada instante, a expressão da voz das populações através dos media e a possibilidade de dizerem o que pensam, daquilo que é feito em seu nome </li></ul>
  10. 10. A importância dos códigos deontológicos A partir da segunda guerra, e em resultado da cada vez maior importância e influência dos meios de comunicação social, e da explosão do número destes, o debate deontológico alargou-se e aprofundou-se, como na Europa, principalmente face às crescentes intenções dos diferentes governos, Os códigos deontológicos visam proteger os indivíduos e a sociedade dos possíveis e injustificados sofrimentos e perversas consequências a que a liberdade de imprensa pode conduzir. Procuraram também, enquanto instrumentos da liberdade e responsabilidade da informação, assegurar a própria função social da informação, através da tomada de compromisso pelos jornalistas das suas especificas responsabilidades perante o público.
  11. 11. Opinião Pessoal Na minha opinião os meios de comunicação têm por dever informar a população. Assim, os meios de comunicação social são essenciais na sociedade do Século XXI, pois eles fazem parte do dia-a-dia de todos nós e ajudam-nos a sermos cidadãos atentos, informados e participativos na realidade que nos rodeia. contudo considero importante que se respeite a privacidade e liberdade do cidadão. Só assim podemos viver num país democrático. Trabalho realizado por: Isabel Neto.

×