Aula 8 endomarketing e marketing em unidades de informação

4,267 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,267
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
155
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 8 endomarketing e marketing em unidades de informação

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA DISCIPLINA: Gestão de unidades de informação Endomarketing e marketing em unidades de informação Prof.ª Ms. Irma Carvalho João Pessoa 2010
  2. 2. CONTEXTUALIZANDO... Tarapanoff (1996) considera que os tipos mais conhecidos de unidades de informação são as bibliotecas, os arquivos públicos e os museus , estando inseridos neles os serviços de referência, documentação e informação. BIBLIOTECA ARQUIVO MUSEU
  3. 3. DEFINIÇÕES E CONCEITOS
  4. 4. ENDOMARKETING <ul><li>Surge como elo entre o marketing e os recursos humanos, com função de promover maior integração entre funcionário e empresa; </li></ul><ul><li>Relações de trabalho: troca, poder, persuasão; </li></ul><ul><li>Promove a convergência entre os objetivos humanos e os objetivos organizacionais, na busca da eficiência; </li></ul><ul><li>Mais que instrumento ou mecanismo, é atividade que incorpora elementos como políticas e culturas organizacionais. </li></ul>
  5. 5. ENDOMARKETING Marketing interno , in marketing, endomarketing é estar constantemente atraindo, desenvolvendo, motivando e retendo empregados qualificados através de trabalhos que satisfaçam suas expectativas. É, ainda, a filosofia de tratar empregados como clientes preferenciais (BEKIN, 2004).
  6. 6. ENDOMARKETING <ul><li>Características </li></ul><ul><ul><li>- utilizar instrumentos e técnicas de marketing. </li></ul></ul><ul><ul><li>- voltar-se para o público interno. </li></ul></ul><ul><ul><li>-divulgar a empresa e seus objetivos junto aos trabalhadores. </li></ul></ul><ul><ul><li>- integrar marketing e RH. </li></ul></ul><ul><li>Objetivos </li></ul><ul><ul><li>- troca, comunicação, valorização e reconhecimento. </li></ul></ul><ul><ul><li>-propiciar a verdadeira parceria entre empresa e empregados. </li></ul></ul>
  7. 7. Afinal, quem é o nosso público interno? O que esse público quer? <ul><li>Respeito e confiança </li></ul><ul><li>Tratamento justo </li></ul><ul><li>Controle sobre o que faz </li></ul><ul><li>Interações agradáveis </li></ul><ul><li>Chance de levar uma vida razoável </li></ul><ul><li>Orgulho com o trabalho e realizações </li></ul><ul><li>Chance de aprender </li></ul>
  8. 8. Endomarketing em unidades de informação
  9. 9. <ul><li>Vista como um negócio a unidade de informação precisa ser uma organização flexível , para ajustar todas as influencias do macro ambiente: econômicas, políticas, legais, sociais, culturais, demográficas, ecológicas e tecnológicas. (AMARAL, 1998, p. 75). </li></ul><ul><li>O PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO PRECISA... </li></ul><ul><li>Confiança; </li></ul><ul><li>Motivação; </li></ul><ul><li>Auto-estima; </li></ul><ul><li>Treinamento; </li></ul><ul><li>Competências informacionais. </li></ul>Endomarketing em unidades de informação
  10. 10. MARKETING
  11. 11. MARKETING E SUA EVOLUÇÃO Ano Evento 1940 Era da produção (o sucesso era medido e definido através das vitórias alcançadas na produção). 1950 Era das vendas ( as empresas voltaram suas atenções para a ampliação de seus mercados e buscaram criar algumas facilidades para seus clientes). 1960 Conceitos firmado ( 4 P’s: Produto, Preço, Praça e Promoção). 1970 Era do departamento de marketing ( apogeu dos gerentes de produtos e das campanhas internacionais). 1980 Construção das identidades corporativas ( cada empresa tem sua marca). 1990 A finalidade do marketing é criar oportunidades de lucros. 2000 Otimização de serviços (o serviço vai até o cliente). 2005 Tecnologias da informação voltadas para o cliente. Surge também o marketing de relacionamento.
  12. 12. Conceitos e ferramentas de marketing Para Kotler (2000) o marketing possui uma variedade de conceitos e ferramentas, e pode ser definido a priori em dois contextos, o social e o administrativo.
  13. 13. MARKETING: conceito geral <ul><li>A concepção de marketing é a do levantamento de informações que procuram esclarecer as regras e leis de mercado, apoiado no conhecimento das demandas , destinado a tornar-se um instrumento de apoio às decisões das organizações para que essas se adaptem às exigências do mercado (SILVA, 2000). </li></ul>
  14. 14. MARKETING: contexto social <ul><li>Segundo Kotler (2000) o marketing é um processo social por meio do qual as pessoas e grupos de pessoas obtêm aquilo de que necessitam e o que desejam com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outro. </li></ul>
  15. 15. MARKETING: sob a ótica da administração <ul><li>Para a administração marketing é o processo de planejar e executar a concepção, a determinação do preço ( pricing ), a promoção e a distribuição de idéias, bens e serviços para criar trocas que satisfaçam metas individuais e organizacionais (KOTLER, 2000). </li></ul>
  16. 16. OS QUATRO P’S... Philip Kotler, ainda considera a teoria original e mantém o composto de Marketing com “apenas” 4 Ps. Ele define o composto de Marketing como “o conjunto de ferramentas que a empresa usa para atingir seus objetivos de marketing no mercado alvo”. Público alvo
  17. 17. MARKETING EM UNIDADES DE INFORMAÇÃO <ul><li>Cronin (1981) Esclarece que, em princípio, marketing em unidades de informação tem como objetivo a otimização das relações entre prestadores de serviços e usuários , ajustando os recursos e capacidades de quem presta um serviço às necessidades, expressas e não expressas, a quem deles se utiliza ; </li></ul><ul><li>Para Amaral(1998) marketing em unidades de informação é o equilíbrio entre as demandas e a oferta de produtos e serviços ; </li></ul><ul><li>Silveira (1992) para ela, adotar os conceitos de marketing significa orientar-se completamente para os usuários . </li></ul>
  18. 18. RELACIONAMENTOS E REDES <ul><li>O marketing de transações é parte de uma idéia maior denominada marketing de relacionamento ; </li></ul><ul><li>O objetivo do marketing de relacionamentos é estabelecer vínculos e relacionamentos mutuamente satisfatórios, além de criar ligações econômicas , técnicas e sociais entre as partes. </li></ul>
  19. 19. MARKETING DE RELACIONAMENTOS Marketing de relacionamento é o processo por meio do qual ambas as partes – o cliente e o fornecedor – estabelecem relações eficazes, eficientes, agradáveis, entusiastas e éticos , isto é, pessoalmente, profissionalmente e proveitosamente recompensadores para ambas partes. (Michael Porter – 1993).
  20. 20. PORQUE USAR O MARKETING EM UNIDADES DE INFORMAÇÃO?
  21. 21. ALGUNS MOTIVOS... <ul><li>Tudo o que há dentro de uma biblioteca pode ser enquadrado em estratégias ; </li></ul><ul><li>Utilizar o marketing voltado exatamente para tudo o que a unidade de informação oferece, muito além dos serviços; </li></ul><ul><li>Agregar valor , explorar as oportunidades existentes para cada consumidor.; </li></ul><ul><li>Saber que cada um dos P´s pode melhorar o desempenho do fluxo informacional e a demanda; </li></ul><ul><li>Atrair e manter a (sua distribuição é direcionada exatamente para um público-alvo – usuários); </li></ul><ul><li>Comunicação será feita trazendo para dentro do ambiente ainda mais usuários equilibrando demanda e serviço. </li></ul><ul><li>Compromisso entre as pessoas e a execução é fundamental. </li></ul>
  22. 22. O Marketing de bibliotecas é a melhor forma de promover os serviços e produtos que uma biblioteca pode oferecer. É também uma ferramenta que valoriza seus produtos e serviços a medida que supram os desejos e necessidades de seu usuário com a maior qualidade possível. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  23. 23. “ S ucesso é o resultado de preparação, trabalho duro, e aprender com o fracasso.&quot; (Gen. Colin L. Powell) [email_address]

×