Successfully reported this slideshow.

Formação do relevo, erosão e intemperismo

11,160 views

Published on

Published in: Technology

Formação do relevo, erosão e intemperismo

  1. 1. Geomorfologia
  2. 2. Estrutura interna da Terra
  3. 8. FALHA TECTÔNICA
  4. 9. CHOQUES DE PLACAS
  5. 10. ATIVIDADE SÍSMICA
  6. 11. SEPARAÇÃO DE PLACAS
  7. 14. PLACAS E CONTINENTES
  8. 15. FORMAÇÕES DO RELEVO <ul><li>O termo bacia sedimentar é usado para se referir a uma área geográfica que exibe uma depressão decorrente da subsidência do terreno, formando uma grande bacia que recebe os sedimentos provenientes das áreas altas que a circundam, os quais vão se acumulando e a medida que vão sendo soterrados, são submetidos a um aumento de pressão e temperatura, iniciando o processo de litificação, formando uma sucessão de estratos de rochas sedimentares. </li></ul>
  9. 17. AGENTES ESCULPIDORES DO RELEVO <ul><li>As rochas que estão aflorando na crosta terrestre, sejam de que tipo for, sofrem constantemente desagregação e decomposição, seguidas de transporte dos fragmentos assim produzidos. Esses fragmentos, chamados sedimentos, são depositados em outros locais, onde, com a passar de muito tempo, poderão dar origem a novas rochas, do tipo sedimentar. </li></ul><ul><li>O intemperismo e a erosão são as fases iniciais desse grande processo geológico. </li></ul>
  10. 18. <ul><li>I N T E M P E R I S M O Dá-se o nome de intemperismo (também chamado de meteorização) ao conjunto de alterações físicas (desagregação) e químicas (decomposição) que as rochas sofrem quando ficam expostas na superfície da Terra. É um processo importante porque é o início de um processo maior que continua com a erosão e a deposição do material por ele formado, com a posterior diagênese, que leva à formação das rochas sedimentares. </li></ul>
  11. 19. Fatores que controlam o intemperismo <ul><li>Clima </li></ul><ul><li>Relevo </li></ul><ul><li>Rocha-mãe </li></ul><ul><li>Tempo </li></ul><ul><li>Fauna e flora </li></ul>
  12. 20. Tipos de intemperismo: <ul><li>Intemperismo físico :Consiste basicamente na desagregação da rocha, com separação dos grãos minerais que a compõem e fragmentação da massa rochosa original. </li></ul><ul><li>Intemperismo químico: O principal agente do intemperismo química é a água, que, absorvendo o CO2 da atmosfera, adquire características ácidas. </li></ul><ul><li>Intemperismo biológico : bem menos importante que os dois tipos anteriores e se dá através da ação de bactérias, que decompõem materiais orgânicos. </li></ul>
  13. 21. <ul><li>E R O S Ã O Erosão é o conjunto de processos que promovem a retirada e transporte do material produzido pelo intemperismo, ocasionando o desgaste do relevo. Seus principais agentes são a água, o vento e o gelo. </li></ul><ul><li>O material transportado recebe o nome de sedimento e vai dar origem aos depósitos sedimentares que, através da diagênese, transformam-se em rochas sedimentares. Chama-se de diagênese um conjunto de transformações que, em resumo, consistem em compactação e cimentação dos sedimentos, dando-lhes a consistência de uma rocha. </li></ul>
  14. 22. Erosão pluvial É aquela provocada pela água das chuvas. Como foi dito, a água é um dos principais agentes erosivos. Sua ação é lenta, mas pode ser acelerada quando ela encontra o solo desprovido de vegetação, como nas áreas desmatadas.
  15. 23. Erosão fluvial É aquela causada por rios, perenes ou temporários. É semelhante à erosão pluvial, mas em escala maior e em regime permanente ou pelo menos mais prolongado que a erosão pluvial
  16. 24. <ul><li>Erosão marinha (abrasão) :Seu trabalho é reforçado pela presença de areia e silte em suspensão. </li></ul>
  17. 25. <ul><li>Erosão eólica É aquela decorrente da ação do vento. Ocorre em regiões áridas e secas, onde existe areia solta, capaz de ser transportada pelo vento, que a joga contra as rochas, desgastando-as e dando origem, muitas vezes, a formas bizarras </li></ul>
  18. 26. Ação antrópica <ul><li>O QUE ACONTECEU? </li></ul>

×