Voluntariado no Brasil: Avanços e Desafios

1,380 views

Published on

Apresentação feita por Wanda Engel na Conferência Internacional do Voluntariado, que ocorreu no dia 15 de dezembro de 2011.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,380
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Voluntariado no Brasil: Avanços e Desafios

  1. 1. Voluntariado no Brasil: Avanços e Desafios Wanda Engel 15.12.2011
  2. 2. História do Voluntariado no Brasil Brasil Colônia Entidades Religiosas Santas Casas Confessional / assistencial Período Instituições Motivação 1950 e 1960 Circulos de Cultura Comunidades de Base Militância politico-ideológica 1970 Ongs internacionais Governo : Projeto Rondon Enfrentar o subdesenvolvimento 1980 Organizações da Sociedade Civil / Igreja Transformação Social Estado Novo Legião Brasileira de Assistência Consolidação do estado nacional 1990 Redução da pobreza Ação da Cidadania Contra a Fome e a Miséria Programa Voluntários:Centros de Voluntariado - Lei
  3. 3. Cenário do século XXI Novos instrumentos de tratamento da informação e de comunicação: internet , mídias sociais Globalização Responsabilidade social corporativa Novo conceito de desenvolvimento: desenvolvimento sustentável
  4. 4. Humano ECONÔMICO SOCIAL AMBIENTAL Desenvolvimento Sustentável
  5. 5. Desenvolvimento Sustentável condição Capacidades Oportunidades condição PROTEÇÃO SOCIAL DES. HUMANO DES. SOCIAL DES. ECONÔMICO Preservação Ambiental
  6. 6. Novos desafios PROTEÇÃO SOCIAL DES. HUMANO DES. SOCIAL DES. ECONÔMICO Preservação Ambiental Desastres Naturais
  7. 7. <ul><ul><li>Altos índices de desmatamento com processos de desertificação </li></ul></ul><ul><ul><li>Índices crescentes de poluição das águas </li></ul></ul><ul><ul><li>Problemas sérios no tratamento de resíduos sólidos </li></ul></ul><ul><ul><li>Assoreamento de rios e canais </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento da incidência de tufões e terremotos </li></ul></ul>Desastres Naturais Voluntariado Preservação Ambiental <ul><ul><li>Ações de incremento da consciência ecológica e dos princípios do consumo consciente </li></ul></ul><ul><ul><li>Programas de coleta seletiva e de limpeza de praias e rios </li></ul></ul><ul><ul><li>Mitigação das consequências de desastres ambientais </li></ul></ul>
  8. 8. Novos desafios PROTEÇÃO SOCIAL DES. HUMANO DES. SOCIAL DES. ECONÔMICO Preservação Ambiental Crises Econômicas Desastres Naturais
  9. 9. Áreas afetadas: desenvolvimento econômico Pobreza e extrema pobreza Economia informal (sem cobertura de seguridade) Desemprego dos jovens Trabalho Infantil Aumento do preço dos alimentos e da energia Diminuição das remessas Aumenta a desigualdade
  10. 10. Estagnação do índice GINI 2008 - 2009 * Relatório “Economia Brasileira em Perspectiva” - edição maio/julho 2011
  11. 11. Voluntariado e Desenvolvimento Econômico Assistência técnica para desenvolvimento local Programas de educação financeira Programas de fortalecimento da mulher como fator de desenvolvimento
  12. 12. Novos desafios PROTEÇÃO SOCIAL DES. HUMANO DES. SOCIAL DES. ECONÔMICO Preservação Ambiental Crise de capital humano Desastres Naturais Crises Econômicas
  13. 13. Crise de capital humano   Saúde: Fome/desnutrição Suicídios Doenças do coração Consumo de álcool e drogas Doenças mentais Educação: Saída da escola Falta de condições de escolaridade exigidas pelo novo mercado de trabalho
  14. 14. Voluntariado e desenvolvimento humano Atuação em escolas para aumento do desempenho e diminuição de evasão (reforço escolar, mentoria, qualificação da infraestrutura) Atuação em hospitais e aumento da consciência sobre hábitos saudáveis Ganhos de desenvolvimento humano para o próprio voluntário : Educação: Desenvolvimento de habilidades e competências requeridas pelo novo mercado de trabalho Saúde: Atua no sistema de recompensas do cérebro – libera dopamina (neurotransmissor ligado a sensação de bem-estar aciona o córtex subgenual ligado à formação de laços afetivos)
  15. 15. Habilidades desenvolvidas, segundo os voluntários 0 1 2 3 4 3.06 3.34 3.38 3.46 3.53 3.56 3.59 3.76 3.77 3.79 1-discordo totalmente; 2= discordo parcialmente; 3= concordo parcialmente; e 4- concordo totalmente
  16. 16. Novos desafios PROTEÇÃO SOCIAL DES. HUMANO DES. SOCIAL DES. ECONÔMICO Preservação Ambiental Crise de capital humano Desastres Naturais Crises Econômicas Crises sociais e de valores
  17. 17. Crise sociais e de valores Sociedade Violência e Crimes Fragmentação social Instabilidade política Xenofobia Terrorismo Freia o progresso social Diminui a coesão social Família Stress familiar Separações Migração para trabalho Exploração infantil Violência contra as mulheres e crianças Crise de Valores – Capital social Respeito Confiança Solidariedade
  18. 18. <ul><li>Programas voltados para mitigar as consequências </li></ul><ul><li>Consolidação de valores inerentes ao voluntariado: </li></ul><ul><li>Justiça </li></ul><ul><li>Equidade </li></ul><ul><li>Pertencimento </li></ul><ul><li>Reciprocidade </li></ul><ul><li>Solidariedade, confiança e respeito: aumento do capital social </li></ul>Voluntariado e desenvolvimento social Aumento do capital social Aumento da coesão social
  19. 19. Novos desafios PROTEÇÃO SOCIAL DES. HUMANO DES. SOCIAL DES. ECONÔMICO Preservação Ambiental Crise de capital humano Desastres Naturais Crises Econômicas Crises de valores e sociais Aumento da pobreza desigualdade
  20. 20. Aumento da pobreza e desigualdade Dilema: Necessidade de uma Rede de Proteção Social X falta de sustentabilidade fiscal O desafio da eficiência, eficácia e efetividade e integração: parceria: sociedade civil focalização Controle social contra fraude, erro e corrupção
  21. 21. Voluntariado e proteção social Melhora das Instituições Melhora dos Serviços Sociais Aumenta a transparência Introdução da cultura da eficiência, eficácia e efetividade O voluntariado é peça chave na promoção do desenvolvimento sustentável.
  22. 22. Voluntariado no século XXI Novas formas de trabalho voluntário: voluntariado on line, voluntariado global Novos instrumentos de: Organização, mobilização virtual (Primavera Árabe) monitoramento e avaliação Novo tipo voluntariado: voluntariado empresarial Novas formas de voluntariado podem contribuir de maneira relevante (e não somente meritória) para o desenvolvimento sustentável
  23. 23. Voluntariado Empresarial
  24. 24. Voluntariado Empresarial Investimento Social Privado Responsabilidade Social Corporativa Empresa Sociedade Voluntariado Empresarial
  25. 25. Resultados previstos Orgulho dos Funcionários(BPW) Diferencial para os consumidores Valor da marca Integração da equipe Relacionamento com a comunidade e o governo Voluntariado Empresarial Investimento Social Privado Responsabilidade Social Corporativa Empresa Sociedade Foco Planejamento Organização Capacitação Monitoramento e avaliação Maximiza os resultados
  26. 26. Principais desafios do Voluntariado Empresarial <ul><li>1. Incentivar, qualificar, fortalecer e disseminar o trabalho voluntário nas Empresas, Institutos e Fundações Empresariais, por meio de: </li></ul><ul><ul><li>consolidação de conceitos e ideias relacionadas ao voluntariado empresarial; </li></ul></ul><ul><ul><li>intercâmbio de experiências; </li></ul></ul><ul><ul><li>produção e disseminação de conhecimento; </li></ul></ul><ul><ul><li>identificação e divulgação de ferramentas de gestão monitoramento e avaliação. </li></ul></ul>Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial CBVE
  27. 27. Perfil do Voluntariado Empresarial no Brasil, 2007 e 2010 - CBVE De 2007 para 2010 a concentração de empresas que desenvolvem voluntariado passou de 61% para 84% na região Sudeste 2. Aumentar a cobertura principalmente nas regiões de mais baixos indicadores de desenvolvimento sustentável
  28. 28. Perfil do Voluntariado Empresarial no Brasil 2010 - CBVE Em 2010, 73% das empresas que promoviam voluntariado eram de grande porte 3. Diversificar o tipo de empresa que fomenta ações de voluntariado empresarial
  29. 29. Perfil do Voluntariado Empresarial no Brasil 2010 - CBVE 4. Desenvolver estratégias capazes de mobilizar e fidelizar o voluntário empresarial
  30. 30. 5. Aumentar a efetividade do Voluntariado Empresarial Gestão para Resultados (GpR) Resultados como Foco Capacitação dos envolvidos Monitoramento e Controle Sistema de Informação Avaliação Estratégias de Comunicação e Marketing Incentivos e Reconhecimento Ações Estruturadas qual o objetivo, o que precisa ser feito, como atuar Maiores chances de Sucesso
  31. 31. O papel dos governos Mobilização Apoio na organização e capacitação (Centros de Voluntariado) Incentivos Reconhecimento Inclusão do voluntariado no desenho e implementação de políticas públicas Ao negligenciar o fator voluntariado no desenho e implementação das políticas públicas, os governos correm o risco de desperdiçar um valioso ativo (conhecimentos, habilidades, relações sociais) para melhorar seus resultados, além de desvalorizar tradições culturais de colaboração.
  32. 32. OBRIGADA PELA ATENÇÃO

×