Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto: Planejamento e Tecnologias

1,145 views

Published on

Este trabalho apresenta a abordagem de desenvolvimento urbano de baixo impacto para o planejamento e manejo de águas, com enfoque especial às águas pluviais, além de avaliar perspectivas quanto à sustentabilidade.

Published in: Technology
  • Be the first to comment

Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto: Planejamento e Tecnologias

  1. 1. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto: Planejamento e Tecnologias Verdes para a Sustentabilidade das Águas Urbanas Eliézer Cláudio Ribeiro Silva Igor Itaci Stelmastchuk da Silva RBRH – Revista Brasileira de Recursos Hídricos Volume 17 n.2 - Abr/Jun 2012, 9-18 Christopher Freire Souza; Marcus Aurélio Soares Cruz; Carlos Eduardo Morelli Tucci Instituto de Pesquisas Hidráulicas — UFRGS
  2. 2. Tópicos • Introdução • Objetivo • Evolução de Sistemas de Drenagem de Águas Pluviais • Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto (LID) • Considerações Finais
  3. 3. Introdução • Evolução no Tratamento das Águas Urbanas – Início do século XX • Evacuação dos efluentes o mais rápido possível – Final da década de 60 • Impactos negativos evidentes • Investimentos em tratamentos de esgoto – Final dos anos 90 • Reconhecimento da importância do solo e vegetação • Sistemas Naturais de Drenagem (infiltração, evapotranspiração, contato da água com bactérias e plantas)
  4. 4. Introdução • Sistemas Naturais de Drenagem Mais Avançados – Abordagem Americana LID (Low Impact Development) – Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto. Adotado no Brasil – Abordagem Australiana WSUD (Water Sensitive Urban Design) – Abordagem Britânica SuDS (Sustainable Drainage Systems) – Sistemas de Drenagem Sustentáveis
  5. 5. Introdução • Cenário Brasileiro – Crescimento urbano com impermeabilização massiva de áreas e canalizações artificiais (galerias) – Baixa eficiência dos sistemas hídricos – Baixo grau de reaproveitamento de água
  6. 6. Objetivo Este trabalho apresenta a abordagem de desenvolvimento urbano de baixo impacto para o planejamento e manejo de águas, com enfoque especial às águas pluviais, além de avaliar perspectivas quanto à sustentabilidade.
  7. 7. Evolução de Sistemas de Drenagem de Águas Pluviais • Idade Antiga – Conceito “tout à la rue” • Século XVIII – Conceito higienista de drenagem – “tout à l’égout” • Fim do Século XIX – Separação de esgotos pluviais dos cloacais. • Década de 70 – Best Management Practices (BMPs) – Manejo de Águas Pluviais • Década de 90 – LID
  8. 8. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Dispositivos de controle de águas pluviais – Preparo de Solo
  9. 9. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Biorretenção
  10. 10. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Telhados Verdes
  11. 11. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Pavimentos Permeáveis
  12. 12. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Coletores de água de chuva
  13. 13. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Fundações Verdes
  14. 14. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Seleção de Espécies Vegetais
  15. 15. Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto • Seleção de Dispositivos
  16. 16. Considerações Finais • Extrema necessidade de sanar problemas atuais de tratamento, suprimento e deposição adequada de água em meio urbano • Estimular reformas para aplicação do LID • Drenar apenas efluentes de qualidade assimilável para áreas vegetadas

×