Animismo

4,596 views

Published on

Apresentação que garimpei na internet, sobre o tema: Animismo.

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

Animismo

  1. 1. ANIMISMO Por que estudá-lo?
  2. 2. ANIMISMO OBJETIVO: VERIFICAR SUMARIAMENTE ALGUNS CONCEITOS E APLICAÇÕES MÉTODO: Destaque de ‘‘TEXTOS’’ de autores conhecidos DIRECIONAMENTO: PROGRAMA DE ESTUDOS ESPÍRITAS
  3. 3. ANIMISMO O FENÔMENO O TÊRMO Allan Kardec
  4. 4. ANIMISMO O agente de muitos fenômenos tidos por comunicações de Espíritos é a Alma do próprio sensitivo. Fenômenos internos ao corpo RECORDAÇÃO DE VIDAS ANTERIORES Fenômenos externos ao corpo TELEPATIA TELECINESIA DESDOBRAMENTO BICORPOREIDADE PERSONISMO ANIMISMO
  5. 5. <ul><li>‘‘ A Parapsicologia não trouxe novidades. Com métodos próprios, limita-se a repetir parte do que está contido em O Livro dos Médiuns.’’ </li></ul>PARAPSICOLOGIA “ A Parapsicologia iniciou-se discretamente, adstrita aos fenômenos anímicos... Fenômenos já demonstrados: TELEPATIA CLARIVIDÊNCIA RETROCOGNIÇÃO PRECOGNIÇÃO PSICOCINESIA
  6. 6. OBRAS CITADAS
  7. 7. Uri Geller é médium?
  8. 8. ASPECTOS DO ANIMISMO 1 - Sua abrangência 3 - Na desobsessão 4 - Na criminalidade 5 - Na vida prática 2 - Na obsessão André Luiz Sua definição
  9. 9. <ul><li>‘‘ Conjunto dos fenômenos psíquicos produzidos com a cooperação consciente ou inconsciente dos médiuns em ação.’’ </li></ul>de ANIMISMO pg. 163 A DEFINIÇÃO consciente ou inconsciente
  10. 10. do ANIMISMO ... ‘‘nos fenômenos mediúnicos de efeitos físicos ou de . efeitos intelectuais ’’... pg. 163 1- A ABRANGÊNCIA efeitos físicos . efeitos intelectuais
  11. 11. <ul><li>Cap. XXIII </li></ul><ul><li>‘‘ ... Inteligências desencarnadas de grande poder senhoreiam vítimas inabilitadas à defensiva, detendo-as, por tempo indeterminado, em certos tipos de recordação, segundo as dívidas cármicas a que se acham presas.’’ </li></ul>2 - ANIMISMO Na Obsessão ...As vítimas desses processos de fixação não podem ser categorizadas à conta de mistificadores inconscientes, pois, representam, de fato , os agentes desencarnados a elas jungidos por teias fluídicas ... pois, representam, de fato
  12. 12. <ul><li>Cap. XXIII . </li></ul><ul><li>(as vítimas desses processos de fixação) ‘‘...são em si próprias, Espíritos sofredores ou conturbados quanto quaisquer outros que se manifestem, exigindo esclarecimento e socorro.’’ </li></ul>3 - ANIMISMO Na Desobsessão ‘‘ Não há novidade alguma no impositivo da acolhida magnânima aos obsessos dessa natureza, hipnotizados por forças que os comandam espiritualmente, a distância.’’ acolhida magnânima aos obsessos dessa natureza
  13. 13. <ul><li>Cap. XXIII </li></ul><ul><li>‘‘ Os manicômios e as penitenciárias estão repletos de irmãos nossos obsidiados que, alcançando o ponto específico de suas recapitulações do pretérito culposo, à falta de providências reeducativas, nada mais puderam fazer que recair na loucura ou no crime.’’ </li></ul>4 - O ANIMISMO Na Criminalidade de suas recapitulações do pretérito culposo
  14. 14. <ul><li>‘‘ Quantos mendigos arrastam na Terra o esburacado manto da fidalguia efêmera que envergaram outrora! </li></ul>5 - O ANIMISMO Na Vida Prática “ TODOS PODEMOS CAIR EM SEMELHANTES ESTADOS SE NÃO APRENDERMOS A CULTIVAR O ESQUECIMENTO DO MAL, EM MARCHA INCESSANTE COM O BEM ....’’ Cap. 22 A CULTIVAR O ESQUECIMENTO DO MAL Quantos escravos da necessidade e da dor trazem consigo a vaidade e o orgulho dos poderosos senhores que já foram em outras épocas !... Quantas almas conduzidas à ligação consangüínea caminham do berço ao túmulo transportando quistos invisíveis de aversão e ódio aos próprios parentes, que lhes foram duros adversários em existências pregressas!...”
  15. 15. ASPECTOS DO ANIMISMO 1- Na educação mediúnica 2- Exemplos de fenômenos anímicos
  16. 16. <ul><li>‘‘ o animismo também está presente no mediunismo. Quando começamos a educação da mediunidade, digamos que somos </li></ul><ul><li>80% anímicos e 20% mediúnicos . </li></ul><ul><li>À medida que vamos educando a faculdade, teremos diminuída a dosagem do fenômeno anímico até reduzi-lo a expressões bem menos significativas...’’ </li></ul>1 - O ANIMISMO Na Educação da Mediunidade 80% anímicos e 20% mediúnicos .
  17. 17. 2 - ANIMISMO nos FENÔMENOS Mirabelli PODE SE CONSIDERAR FENÔMENO ANÍMICO. PODEM SER ANÍMICOS COMO TAMBÉM MEDIÚNICOS MIRABELLI - DOUGLAS HOME - S. CUPERTINO - STA. TEREZA D’AVILA FLUTUAVAM NO AR PODE SE CONSIDERAR FENÔMENO ANÍMICO. NÃO SE ERGUIAM EXCLUSIVAMENTE SOB A AÇÃO DOS ESPÍRITOS. MUITOS FENÔMENOS DE TRANSPORTE PODEM SER ANÍMICOS COMO TAMBÉM MEDIÚNICOS.
  18. 18. 2 - Na influência do meio ASPECTOS RELACIONADOS AO CONCEITO DE ANIMISMO 3 - Nas produções de fenômenos 4 - Na Alteração de mensagens 5 - A sua assepsia 1 - Na lucidez sonambúlica com Kardec
  19. 19. <ul><li>TEORIA DE OPOSITORES DA DOUTRINA ESPÍRITA </li></ul><ul><li>... ‘‘Os médiuns ficariam num estado que se poderia chamar de sonambulismo acordado...’’ </li></ul>Assim: 1 - Na LUCIDEZ SONAMBÚLICA ... ‘‘o médium tiraria de si mesmo, e por efeito de sua lucidez, tudo quanto diz e todas as noções que transmite.’’ ‘‘ Concordamos que, de fato, muitas manifestações espíritas podem ser explicadas por êsse meio’’... INTRODUÇÃO XVI ANIMISMO
  20. 20. <ul><li>‘‘ A alma do médium pode se comunicar como qualquer outra’’. </li></ul>Na LUCIDEZ SONAMBÚLICA ( A explicação) SEUS CONHECIMENTOS DO PASSADO... ... A ALMA DO PRÓPRIO MÉDIUM EM CRISE SONAMBÚLICA OU EXTÁTICA ANIMISMO Cap. XIX § 223 A explicação:
  21. 21. <ul><li>TEORIA DO MEIO AMBIENTE - </li></ul><ul><li>... ‘‘O médium é mesmo a fonte das manifestações, mas em vez de tirá-las de si mesmo, ele as tira do meio ambiente... (como) uma espécie de espelho, refletindo todas as idéias, todos os pensamentos e todos os conhecimentos das pessoas que o cercam’’. </li></ul>É assim: 2 - Por “ INFLUÊNCIA DO MEIO” (É) um princípio da doutrina, a influência exercida pelos assistentes sobre a natureza das comunicações . Mas esta influência é bem diversa do que se pretende... INTRODUÇÃO -- XVI a influência exercida pelos assistentes (de OPOSITORES) ANIMISMO
  22. 22. A INFLUÊNCIA DO MEIO CAUSA 1: OS ESPÍRITOS § 231 NOS MEIOS INSTRUÍDOS ONDE A IRONIA PREDOMINA IRÃO OS ESPÍRITOS BATEDORES E ZOMBETEIROS NOS MEIOS POUCO INSTRUÍDOS ONDE HÁ SINCERIDADE OS BONS ESPÍRITOS VÃO DE BOA VONTADE
  23. 23. A INFLUÊNCIA DO MEIO CAUSA 2: OS HOMENS “ ...(os) FENÔMENOS SE TORNAM DUPLAMENTE DIFÍCEIS EM PÚBLICO, ONDE QUASE SEMPRE SE ENCONTRAM OS ELEMENTOS ENERGETICAMENTE REFRATÁRIOS QUE PARALISAM OS ESFORÇOS DO ESPÍRITO E COM MAIS FORTE RAZÃO A AÇÃO DO MÉDIUM ...” § 98 QUE PARALISAM OS ESFORÇOS DO ESPÍRITO . A AÇÃO DO MÉDIUM ...”
  24. 24. <ul><li>PESSOAS ‘’ELÉTRICAS’’ </li></ul><ul><li>As pessoas ditas elétricas podem ser consideradas médiuns? </li></ul><ul><li>- Essas pessoas tiram de si mesmas o fluido necessário à produção dos fenômenos e podem agir sem auxílio dos Espíritos. S. Luís </li></ul>3- O ANIMISMO NA PRODUÇÃO DE FENÔMENOS PODEM PRODUZIR POR SIMPLES CONTATO, TODOS OS EFEITOS DE ATRAÇÃO E DE REPULSÃO. e podem agir sem auxílio dos Espíritos TODOS OS EFEITOS DE ATRAÇÃO E DE REPULSÃO. Cap. IV § 20
  25. 25. <ul><li>AUTO LEVITAÇÃO </li></ul><ul><li>- Sabe-se que o Sr. Home é um poderoso médium de efeitos físicos. Naquele caso (auto-levitação), era ao mesmo tempo a causa eficiente e o objeto.’’ </li></ul>O ANIMISMO NA PRODUÇÃO DE FENÔMENOS EXEMPLO: Cap. IV a causa eficiente e o objeto.’’
  26. 26. <ul><li>O Médium ‘‘... pode alterar as respostas dos Espíritos e assimilá-las a suas próprias idéias e a seus pendores’’... </li></ul>4- O ANIMISMO NA ALTERAÇÃO DOS CONTEÚDOS O Médium ‘‘é passivo quando não mistura suas próprias idéias às do Espírito estranho; porém jamais é absolutamente nulo’’... Cap. XIX § 223 porém jamais é absolutamente nulo
  27. 27. cap. XIX “ O ESPÍRITO DO MÉDIUM É O INTÉRPRETE ” “ INFLUENCIA A FORMA ” “ SEMPRE CONCORRE PARA A REALIZAÇÃO DO FENÔMENO ” O MATERIAL DO ESPÍRITO: : PAISAGENS MORAIS FILOSÓFICAS PSICOLÓGICAS, etc .. OS MATERIAIS DO MÉDIUM ...SEUS ARQUIVOS DO PASSADO... ...SEU VOCABULÁRIO DO PRESENTE... SUAS FACILIDADES INTELECTUAIS E MORAIS... ... E SUAS LEMBRANÇAS, PASSÍVEIS DE SER DESPERTADAS, NO FUNDO DO CORAÇÃO, OU DO CÉREBRO...etc MÉDIUM (MECÂNICO, SEMIMECÂNICO, OU INTUITIVO) ...ESPÍRITO ...DEUS CRISTO... ETC., INFLUÊNCIA . ‘‘INTELECTUAL’’
  28. 28. É DO CÉREBRO DO MÉDIUM QUE OS ESPÍRITOS RETIRAM OS ELEMENTOS NECESSÁRIOS PARA DAR AO PENSAMENTO QUE TRANSMITEM A VESTIMENTA DA PALAVRA … § 225 b + a = ba b + e = be... COM MÉDIUNS DE INTELIGÊNCIA DESENVOLVIDA ... DECOMPOMOS NOSSOS PENSAMENTOS E PROCEDEMOS PALAVRA POR PALAVRA, LETRA POR LETRA ...NOSSO PENSAMENTO SE COMUNICA INSTANTANEAMENTE COM MÉDIUNS POUCO ADIANTADOS b + a = ba b + e = be... O amor é a essência do Bem... O amor é a essência do Bem... Cap. XIX A INFLUÊNCIA ‘‘INTELECTUAL’’ completando
  29. 29. <ul><li>... Assim como as influências atmosféricas agem sobre as transmissões telegráficas e as perturbam, a influência moral do médium age sobre a transmissão de nossos comunicados do além túmulo e os perturbam algumas vezes... </li></ul><ul><li>ERASTO </li></ul>Cap. XIX - § 230 ALTERAÇÃO DOS CONTEÚDOS POR OUTRA CAUSA : A INFLUÊNCIA‘‘MORAL’’ a influência moral do médium age Continuando...
  30. 30. 5 - ASSEPSIA e ANIMISMO . Cap.20 PARA NÃO ALTERAR AS MENSAGENS CONDIÇÕES: DESEJAR O BEM EXPULSAR O EGOISMO EXPULSAR O ORGULHO DESPOJAR-SE DA VAIDADE etc
  31. 31. PARA REFLEXÃO AFIRMATIVAS LEITURA SEM NARRAÇÃO
  32. 32. ONDE A FRONTEIRA? ANIMISMO e MEDIUNIDADE ESPIRITISMO ANIMISMO ELES SE INTERDEPENDEM. É MUITO DIFÍCIL ASSINALAR. ELES SE INTERDEPENDEM.
  33. 33. O ANIMISMO PROVA O ESPIRITISMO ANIMISMO ou ESPIRITISMO? ESPIRITISMO ANIMISMO O ESPIRITISMO CARECERIA DE BASE . SEM O ANIMISMO O ESPIRITISMO CARECERIA DE BASE .
  34. 34. QUAL DOS DOIS EXPLICA O CONJUNTO DOS FATOS? ANIMISMO ou ESPIRITISMO? ESPIRITISMO? ANIMISMO? SÃO EFEITOS DE UMA CAUSA ÚNICA NEM UM NEM OUTRO . AMBOS SÃO INDISPENSÁVEIS À EXPLICAÇÃO DO CONJUNTO DOS FENÔMENOS SUPRANORMAIS.
  35. 35. O QUE COMO ESPÍRITO SE PODE REALIZAR... ANIMISMO ou ESPIRITISMO? ESPIRITISMO ANIMISMO TAMBÉM SE DEVE PODER FAZÊ-LO COMO ENCARNADO (EMBORA MENOS BEM) COMO ESPÍRITO COMO ENCARNADO
  36. 36. TIPTOLOGIA... ESTALIDOS NA MADEIRA... APARIÇÕES... MATERIALIZAÇÕES... ANIMISMO ou ESPIRITISMO? ESPIRITISMO? ANIMISMO? PODEM SER FENÔMENOS ANÍMICOS OU ESPÍRITAS CONFORME AS CIRCUNSTÂNCIAS CONFORME AS CIRCUNSTÂNCIAS
  37. 37. OS FENÔMENOS DO ESPIRITISMO ANIMISMO e ESPIRITISMO E SE DISTINGUEM PELO CONTEÚDO INTELECTUAL ( DE UMA PERSONALIDADE INDEPENDENTE) ESPIRITISMO ANIMISMO DE UMA PERSONALIDADE INDEPENDENTE SÃO SEMELHANTES AOS DO PERSONISMO E DO ANIMISMO
  38. 38. ANIMISMO e ESPIRITISMO O GRANDE ERRO ESPIRITISMO ANIMISMO ATRIBUIR TODOS OS FENÔMENOS DE MEDIUNISMO AOS ESPÍRITOS
  39. 39. É DO MÉDIUM OU DO ESPÍRITO? ANIMISMO e ESPIRITISMO ESPIRITISMO? ANIMISMO? Cap. XV § 180 ALGUMAS VEZES É BASTANTE DIFÍCIL DE SE DISTINGUIR
  40. 40. É DO MÉDIUM OU DO ESPÍRITO? ANIMISMO e ESPIRITISMO ESPIRITISMO? ANIMISMO? Cap. XV § 180 - ERA PRECONCEBIDO? - É CONTRÁRIO À IDÉIA ANTES FORMULADA? - ESTÁ FORA DOS CONHECIMENTOS DO MÉDIUM? - ESTÁ FORA DA SUA CAPACIDADE? etc... SE A DISTINÇÃO IMPORTA O INDICADOR É “O PENSAMENTO TRANSMITIDO”
  41. 41. Uri Geller é médium? - Não!
  42. 42. EU E O PAI... O MÉDIUM PURO (Ver - GEN Cap. XV § 2) SOMOS UM !!! Se Jesus não foi médium de Espíritos... E provocou fenômenos de efeitos físicos e de efeitos intelectuais... ( Ver Mec.Med. A. Luiz) Como classificar os fenômenos que produziu? ESPIRITISMO? ANIMISMO? SOMOS UM !!!
  43. 43. FIM

×