Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

U.27 - Bloco Operatório

11,061 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

U.27 - Bloco Operatório

  1. 1. U. 27 Organização dos espaços, tipologia de materiais e equipamentos específicos das Unidades e Serviços da Rede Nacional de Cuidados de Saúde Formador: Enfermeiro Pedro Rabaça Bloco Operatório Trabalho elaborado por: Mª Isabel Braz
  2. 2. O que é o Bloco Operatório e qual o seu objetivo. -A UCPA (Recobro)  Materiais e equipamentos utilizados no Bloco Operatório - Cuidados a ter com os materiais e equipamentos  Funções do/a Técnico/a Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório.  Funcionamento e organização do Bloco Operatório.
  3. 3. Entre os diversos Serviços existentes numa Unidade Hospitalar, podemos contar com o Bloco Operatório. O que é o Bloco Operatório?  O Bloco Operatório que tem como objetivo efetuar intervenções cirúrgicas, de urgência ou programadas, e outros procedimentos técnicos que exijam cuidados de assépsia ou de anestesia como Biópsias e alguns Exames de Diagnóstico Complementares.  No Bloco Operatório é efetuado também efetuado o Pós-operatório Imediato na UCPA (Recobro).
  4. 4. A UCPA – Unidade de Cuidados PósAnestésicos (Recobro) A UCPA (Recobro), é a unidade onde, tal como o próprio nome indica, o doente faz o Recobro após a cirurgia. Esta Unidade é um espaço fundamental do Bloco Operatório onde o objetivo é, através da avaliação dos sinais vitais, vigiar o restabelecimento do doente no período pós-operatório imediato e assim evitar ou corrigir o aparecimento de complicações que possam surgir. Avaliação dos sinais vitais:  Estado de consciência;  Sinais de hemorragias;  Temperatura corporal;  Pulso/frequência cardíaca;  Frequência respiratória;  Dor/sofrimento.
  5. 5. Materiais e equipamentos utilizados no Bloco Operatório Entre outros, no Bloco Operatório existem os seguintes materiais:  Material de penso;  Conjuntos esterilizados;  Ligaduras elásticas, ligaduras tubulares… ;  Campo de Tratamento;  Campo Operatório;  Kits de procedimento cirúrgico;  Utensílios clínicos (tesouras, bisturis, agulhas…);  Equipamentos clínicos (equip. ECD, serras, alicates…);  Outros equipamentos diversos ( computadores, marquesas, macas, cadeiras de rodas…)
  6. 6. Cuidados a ter com os materiais e equipamentos do Bloco Operatório Todos os materiais e equipamentos existentes no Bloco Operatório devem ser “religiosamente” cuidados, (acondicionamento, manutenção, lavagem, desinfeção, esterilização), porque disso depende, não só o sucesso das cirurgias e eficiência do Serviço, como também a própria segurança do doente e de toda a equipa de profissionais que trabalham nesse espaço.
  7. 7. Alguns dos profissionais e equipamentos intervenientes no Bloco Operatório
  8. 8. Funções do/a Técnico/a Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório. Quem é e o que faz o Técnico/a Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório? No Bloco Operatório, o Técnico Auxiliar de Saúde é o profissional qualificado, apto a prestar apoio em Serviços de Saúde, intervindo na assistência ao Doente/utente, visando a promoção da sua recuperação e bem-estar, e que presta assistência/auxilio aos profissionais de saúde dos Serviços inerentes. As principais funções de um Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório são:
  9. 9.  Proceder ao acompanhamento e transporte de doentes em camas, macas, cadeiras de rodas ou a pé, dentro e fora do estabelecimento;  Auxiliar nas tarefas de alimentação no sector respetivo, nomeadamente preparar refeições ligeiras e distribuir dietas, do regime geral e terapêuticas;  Preparar o material para esterilização;  Ajudar nas tarefas de recolha de material para análise;  Preparar e lavar o material dos serviços técnicos;
  10. 10.  Colaborar com os respetivos serviços na realização dos trâmites administrativos relacionados com as suas atividades; Transportar, distribuir as balas de oxigénio e os materiais esterilizados pelos Serviços de Ação Médica;  Zelar pela Manutenção do material utilizado nos cuidados prestados aos doentes/utentes;  Proceder à receção, arrumação e distribuição de roupas lavadas e à recolha de roupas sujas e suas entregas;  Assegurar o serviço externo e interno de transporte de medicamentos e produtos de consumo corrente, necessários ao funcionamento dos serviços;
  11. 11.  Proceder à limpeza das macas e assegurar a manutenção das condições de higiene dos respetivos serviços;  Proceder ao transporte, distribuição e entrega de documentos, materiais e equipamentos, dentro e fora dos respectivo serviços;  Proceder à carga, descarga e arrumação de materiais e equipamentos;  Realizar pequenos serviços de manutenção e reparação do material, bens e haveres.  Zelar pela segurança do doente;
  12. 12. Aos Técnicos/as Auxiliares de Saúde de serviço no Bloco Operatório, na sua área de atuação, compete ainda, sem embargo do cumprimento das funções já enunciadas, o exercício de todas as tarefas correspondentes às necessidades de apoio geral dos serviços e sectores a que sejam adstritos, sempre que tais tarefas não sejam da competência de outrem ou assumam carácter urgente.
  13. 13. Funcionamento e organização de um Bloco Operatório Como exemplo de funcionamento e organização de um bloco operatório, é apresentado o seguinte vídeo no qual nos é explicado o funcionamento do Bloco Operatório do Hospital de Santa Maria do Porto. https://www.youtube.com/watch?v=B5IaCK1Hlyc
  14. 14. Bibliografia  http://www.chbm.minsaude.pt/Servicos/Serv_Accao_Medica/BlocoOperatorio/  http://www.eteo-apepo.com/tas http://repositorio.ucp.pt/bitstream/10400.14/9272/1/Relatorio%20%28revis %C3%A3o%29.pdf  https://www.youtube.com/watch?v=B5IaCK1Hlyc  http://www.bastosviegas.com/material-de-bloco-operatorio

×