Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
UnilesteMGArquitetura e Urbanismo – 3º Período.Humanidades III – História da Arte da Arquitetura e Urbanismo.Professora: A...
simples e complexo.Resumidamente então, neste capítulo, o autor mostra as suas ideias sobre conforto,bem-estar, o surgimen...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Resenha do capitulo 10 do livro casa pequena história de uma ideia.

  • Be the first to comment

Resenha do capitulo 10 do livro casa pequena história de uma ideia.

  1. 1. UnilesteMGArquitetura e Urbanismo – 3º Período.Humanidades III – História da Arte da Arquitetura e Urbanismo.Professora: Amanda B. Machado.Aluna: Ianna Rolim RodriguesResenha do Capitulo 10 do livro Casa: Pequena história de uma ideia.O Capítulo 10 do livro Casa: Pequena história de uma ideia de Witold Rybezynski falabasicamente sobre a noção de conforto e bem-estar durante os séculos. O que hoje éuma necessidade, ha muito tempo não era necessário. As pessoas viviam da maneiraque fosse possível e ainda que tivessem que exercer varias atividades em um mesmocômodo, elas não viam problema nisso.Nos dois primeiros parágrafos do capítulo, Rybenzynski fala rapidamente danecessidade do conforto e o diferencia da decoração, enquanto a decoração “éprimordialmente um produto da moda” o comportamento social (de onde surge anecessidade de conforto) “é mais duradouro”. A moda altera-se com maior frequênciae facilidade enquanto o costume social é algo mais duradouro que está interligado anoções culturais.No terceiro paragrafo ainda seguindo essa linha de traçar um paralelo entre costume edecoração, o autor nos mostra que mesmo trazendo essa ideia do ‘retrô’ retornandocom elementos decorativos de determinadas épocas, os costumes atuais permaneceme os elementos do passado adequam-se ao hoje. Trazer de volta determinado estilonão veio com a intenção de “recriações idênticas do passado”. “Não se pode recapturaro conforto do passado ao copiar a sua decoração”, pois os costumes eram outros e,consequentemente, a noção de conforto também.Rybensynski mostra, no quarto paragrafo, que as necessidades de conforto mudaramcom o avanço tecnológico juntamente com a domesticidade, começando como umadeterminação do “padrão de vida” e tornando-se acessível pouco tempo depois. Apartir do quinto, o autor passa rapidamente por determinadas épocas mostrando osestilos decorativos e as necessidades (ou a não existência dessa necessidade) deconforto, mostrando-nos a não recriação do passado ainda que se usem estilos antigosde decoração, um mesmo assunto já tratado no terceiro paragrafo. Para Rybensynskideveríamos olhar para o passado levando em consideração as tradições e não o pontode vista estilístico.Ao fim do decimo segundo e no decorrer de todo o decimo terceiro paragrafo, WitoldRybenzysnki fala mais detalhadamente da importância da mulher para o surgimento dadomesticidade nas casas.A partir do decimo quinto paragrafo ele nos leva a refletir sobre o que é conforto e deonde surgiu essa necessidade que antes não existia. Ele ainda fala dos “padrões” quenos ajudam a medir o conforto.Rybenzyski finaliza o seu texto com uma pesquisa feita sobre o conforto dosfuncionários de uma empresa e a conclusão tirada através dessa pesquisa é que asensação de conforto tem a ver com cada individuo. O conforto é ao mesmo tempo
  2. 2. simples e complexo.Resumidamente então, neste capítulo, o autor mostra as suas ideias sobre conforto,bem-estar, o surgimento da domesticidade, noções culturais e comportamento socialnos levando a perceber a diferença da necessidade de conforto nos ambientes atravésdo tempo e o que define o conforto para cara individuo.

    Be the first to comment

    Login to see the comments

  • LibiaPS

    Mar. 15, 2015
  • 100002615550639

    Jul. 21, 2015
  • DedaArajo

    Dec. 1, 2017
  • NoeliRodrigues4

    Nov. 16, 2019
  • PolianadosSantosSilv

    Dec. 3, 2020

Views

Total views

24,992

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

39

Actions

Downloads

81

Shares

0

Comments

0

Likes

5

×