Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

SEO para Wordpress (WordCamp Salvador)

1,583 views

Published on

A palestra abordou vários pontos práticos da SEO para WordPress.

Published in: Marketing
  • Be the first to comment

SEO para Wordpress (WordCamp Salvador)

  1. 1. v Ian Castro de Souza Diretor de Criação e Produção Graduado em Comunicação na Universidade Federal da Bahia (UFBA), desde a academia esteve imerso no mundo do marketing digital e acumula uma experiência de mais de 4 anos prestando consultoria para Otimização de Sites (SEO). Na Salve! Digital, é responsável por agregar recursos inovadores aos projetos, além de fazer a direção criativa e tecnológica.
  2. 2. O que eu fiz para estar aqui? JVF Empreendimentos A Salve! Digital planejou da arquitetura da informação com foco nos produtos da JVF Empreendimentos Imobiliários e na geração de leads de vendas. Hoje, mesmo sem investir continuamente em SEO, páginas do site figuram em buscas por mais de 400 termos, com mais de 8.000 impressões mensais em SERPs. Mensalmente, o site possui aproximadamente 70% do seu tráfego proveniente de mecanismos de buscas.
  3. 3. www.salvedigital.com.br
  4. 4. www.intermidias.com.br
  5. 5. Sobre o que nós vamos conversar? SEO
  6. 6. Sobre o que nós vamos conversar? Search Engine Optimization
  7. 7. E por que se preocupar com isso?
  8. 8. dos usuários de internet no Brasil usam mecanismos de buscas para encontrar informações. 90%
  9. 9. das buscas realizadas no país são feitas através do Google 96%
  10. 10. dos usuários de internet fazem pesquisas em sites, blogs, fóruns e lojas virtuais antes de comprar. 90%
  11. 11. das pessoas conhecem novos sites através de mecanismos de buscas. 49%
  12. 12. das pessoas visitam apenas aqueles sites que aparecem na primeira página. 90%
  13. 13. Agora a coisa ficou séria, né?
  14. 14. SEO ainda é uma área multidisciplinar, mas geralmente a dividimos em dois segmentos...
  15. 15. SEO On Page SEO Off Page
  16. 16. SEO On Page #01 Meta Informações #02 Links Permanentes #03 Conteúdo das Páginas #04 Otimização das Imagens #05 Redirecionamentos
  17. 17. Antes de qualquer coisa... SIM eu uso plugins, com moderação.
  18. 18. Talvez, a partir de hoje, você também comece a usar alguns, como: • WordPress SEO (by Yoast) • SEO Friendly Images • SEO Smart Links • Redirection
  19. 19. Hey! Ho! LET’S GO!
  20. 20. Palavras-chave Defina quais realmente interessam!
  21. 21. Você já se perguntou... como as pessoas buscam pelo seu site? quais são as palavras que elas mais usam? quais palavras elas também poderiam usar?
  22. 22. Calma, o Google vai dar umas dicas...
  23. 23. Google Adwords > Planejador de palavras-chave
  24. 24. Google Adwords > Planejador de palavras-chave
  25. 25. Google Trends
  26. 26. Google Trends
  27. 27. Você conhece a teoria da CAUDA LONGA?
  28. 28. Volume de buscas vs. Palavras-chave
  29. 29. Google Suggest
  30. 30. Google Suggest
  31. 31. Google Suggest
  32. 32. Se você quiser descobrir mais, use ferramentas como: • Google Analytics • Pesquisa interna do site • Yahoo Answers • Site de Concorrentes Dentre (vários) outros!
  33. 33. Meta Informações Ajude o Google a entender suas páginas.
  34. 34. Um site é um conjunto de páginas. Então vamos começar a pensar nelas separadamente.
  35. 35. As meta informações são o resumo de uma página, um mapa do que ela tem.
  36. 36. Existem vários tipos de meta informações, Mas só dois deles nos interessam agora...
  37. 37. Title (título)
  38. 38. Description (descrição)
  39. 39. O Title e o Description definem o que vemos nas SERPs
  40. 40. E nós definimos o Title e o Description no WordPress SEO
  41. 41. “Eu devo colocar as palavras-chave?” Sim, de forma contextualizada. “Quantos caracteres tem que ter?” Aproximadamente 70 no título e 160 da descrição. “E não tinha uma meta-tag Keyword?” Sim, mas o Google resolveu ignorá-la :(
  42. 42. Lembre de revisar todo o site! Todos os títulos e descrições devem ser ÚNICOS.
  43. 43. Google Webmaster Tools > Aspecto da Pesquisa > Melhorias de HTML
  44. 44. WordPress SEO > Títulos & Metadados
  45. 45. Links Permanentes Já ouviu falar de URLs amigáveis?
  46. 46. http://www.intermidias.com.br/?p=6424 Você tem alguma ideia do conteúdo desse link?
  47. 47. http://www.intermidias.com.br/como-escolher- a-melhor-hospedagem-de-sites/ Bem melhor, não? Isso é uma URL amigável.
  48. 48. A URL de uma página é um importante fator para seu posicionamento em buscas. Inclusive, a relação entre a URL e o conteúdo da página ajuda o Google a determinar a sua relevância. Então, é interessante que sejam curtas e objetivas, contendo palavras relevantes.
  49. 49. WordPress > Configurações > Links Permanentes
  50. 50. Conteúdo das Páginas só ele, faz 75% do trabalho de SEO para você.
  51. 51. O CONTEÚDO É REI! Esse pode ser um dos maiores clichês da área, mas é verdade.
  52. 52. Cada página do seu site te dá uma chance de: apresentar um produto/assunto; reter a atenção; despertar algum interesse; conduzir à realização de uma ação.
  53. 53. Para fazer isso com sucesso você precisa: • Pensar em “Topic Related Content”, não em "Keyword Related Content”; • Ter um conteúdo único, claro, objetivo e consistente, com uma média de 1.500 palavras (Moz e serpIQ); • Chamar a atenção com palavras-chave em destaque;
  54. 54. Para fazer isso com sucesso você precisa: • Transmitir este conteúdo de forma criativa, apelativa ou, no mínimo, interessante, com intertítulos, listas, fotografias, ilustrações, gráficos, vídeos e outros recursos; e • Usar e abusar de call-to-action, variando seus formatos.
  55. 55. WordPress SEO > Página/Post
  56. 56. WordPress SEO > Página/Post
  57. 57. Sua página será acessada por pessoas, não (só) por mecanismos de buscas. Sempre tenha isso em mente e não há erro.
  58. 58. Dúvidas? Pesquise no Google! Existem inúmeros guias e manuais de melhores práticas para escrita online.
  59. 59. Otimização de Imagens Exige bastante atenção, mas gera resultado.
  60. 60. Otimizar as imagens que você usa em suas páginas pode, no mínimo: #1 Tornar as imagens amigáveis ao Google (inclusive ao Google Imagens); #2 Aumentar a velocidade de carregamento de uma página.
  61. 61. Imagens otimizadas aparecendo como resultados no Google Imagens
  62. 62. Geralmente perdemos mais tempo escolhendo e trabalhando na imagem que vamos usar na página do que no processo de preparação e upload desta imagem. Isso é normal, mas vamos começar a prestar atenção em algumas coisas.
  63. 63. Nome do Arquivo O nome do arquivo que você seleciona em seu computador passa a compor a URL da imagem. Antes de fazer o upload da sua imagem, mude o nome de “DSC123456.jpg” para “assunto-da-imagem.jpg" Atenção: elimine espaços, acentos, caracteres especiais e insira palavras-chaves relevantes para exprimir o significado da imagem, ok?
  64. 64. WordPress > Mídia
  65. 65. Dimensão da Imagem Fique esperto: uma página WEB não é uma página de revista. Uma imagem não precisa ter 300dpi e ter 4.000x3.000px. Faça upload da sua imagem no tamanho final, ao invés de redimensionar com código ou através do WordPress.
  66. 66. WordPress > Mídia
  67. 67. Peso do Arquivo As imagens são responsáveis por mais de 50% do tempo de carregamento de uma página. Elimine peso desnecessário das suas imagens, salvando-as com a qualidade necessária para uma boa visualização (e não mais que isso). Como fazer isso? • “Save for Web” (do Adobe Photoshop) • ImageOptim (Mac OS X)
  68. 68. ImageOptim
  69. 69. Adobe Photoshop > Save for Web
  70. 70. Meta Informações Depois de fazer o upload e inserir a imagem na página, ainda há dois pontos que exigem atenção: os atributos TITLE e ALT. O Title Descreve o conteúdo da imagem para o usuário. O Alt Descreve o conteúdo da imagem para mecanismos de buscas.
  71. 71. WordPress > Mídia
  72. 72. "E se for outra pessoa que coloca as imagens?” SEO Friendly Images!
  73. 73. Redirecionamentos Por favor, não jogue o seu trabalho fora!
  74. 74. Você acabou de aprender várias coisas novas e é possível que mude bastante as páginas do seu site. Reorganizar as categorias, trocar as URLs padrão por URLs amigáveis, inserir palavras-chave nas URLs de páginas…
  75. 75. Porém, você não pode esquecer que as páginas do seu site já tem uma “história” e links apontando para elas. Mudar a URL de uma página é o mesmo que criar uma nova página.
  76. 76. É por isso que você deve fazer um REDIRECIONAMENTO 301
  77. 77. Há várias formas de fazer isso, mas eu gosto destas duas:
  78. 78. WordPress SEO > Painel de Edição de Post/Página
  79. 79. Redirection
  80. 80. Redirection
  81. 81. CALMA! Ainda não acabou o/
  82. 82. Metas, métricas e rotinas são mais importantes que qualquer plugin.
  83. 83. Se você ainda não acompanha os acessos do seu site através do Google Analytics, é hora de começar! Esse seria um assunto para falar mais uma hora, mas vou resumir: USE O GOOGLE ANALYTICS!
  84. 84. Dashboard do Google Analytics
  85. 85. O Google Webmaster Tools é uma ferramenta que você também deve usar a partir de agora. Outra hora de palestra? Não, procure no Google! Implemente o Google Webmasters e veja por si só!
  86. 86. Dashboard do Google Webmaster Tools
  87. 87. Minicurso Gratuito SEO para WordPress #00 Palavras-Chave #01 Meta Informações #02 Links Permanentes #03 Conteúdo das Páginas #04 Otimização das Imagens #05 Link Building Interno #06 Robots.txt e Sitemap.xml #07 Carregamento das Páginas #08 Redirecionamentos #09 Analytics e Webmaster Tools 10 lições rápidas e práticas sobre como otimizar ainda mais um site WordPress! Inscreva-se em: www.salvedigital.com.br/ minicurso-seo-para-wordpress
  88. 88. Dúvidas?
  89. 89. Ian Castro de Souza ian@salvedigital.com.br

×