Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Plano de aula

80,831 views

Published on

Published in: Education

Plano de aula

  1. 1. PROJETO RECONSTRUINDO A ÁFRICA EM SALA DE AULA. Profª Josilma Frota Prof. Roney Farias
  2. 2. CARGA HORÁRIA <ul><li>A atividade deverá ser desenvolvida em </li></ul><ul><li>10 h/a. </li></ul>
  3. 3. PÚBLICO ALVO <ul><li>Professores do Ensino Fundamental I e Educadores Sociais </li></ul>
  4. 4. CONTEÚDO ESPECÍFICO <ul><li>Características geográficas da África. </li></ul><ul><li>A África urbana e rural nos dias de hoje. </li></ul><ul><li>Povos e reinos da África pré-colonial. </li></ul><ul><li>A diáspora africana e a formação do povo brasileiro. </li></ul><ul><li>A linguagem lúdica e a transmissão cultural nas comunidades de terreiros e na capoeira. </li></ul>
  5. 5. OBJETIVOS <ul><li>Situar a África como um continente dividido em países com línguas e culturas diversas; </li></ul><ul><li>Promover na comunidade escolar a possibilidade de desconstrução de estereótipos; </li></ul><ul><li>Possibilitar que a formação de uma identidade afro-brasileira (negra), eurobrasileira (branca) ou ameríndia (indígena) tenha como base a escolha política de cada sujeito social e histórico; </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Apreciar e reconhecer o poder dos africanos, pela presença que se traduz em força, ousadia, astúcia, sabedoria, engenhosidade, criatividade, autenticidade e inteligência na formação do povo brasileiro; </li></ul><ul><li>Fazer de conhecimento do publico alvo o poder da oralidade na cultura africana e o reflexo dela no cotidiano brasileiro, por vezes se confundindo sem saber o que é africano ou o que é brasileiro. </li></ul>
  7. 7. METODOLOGIA <ul><li>A proposta teórico-metodológica aqui sugerida está embasada nas idéias de diversos cientistas sociais e pedagogos – dentre os quais citamos Juliana Santos, Joseph Ki-Zerbo e Paulo Freire –, sem que se neguem as práticas educativas de diversas entidades negras que constituíram e conduziram com esforços uma teoria-metodológica calcada na práxis do saber-fazer, do ver-ouvir-julgar-agir e do falar enquanto instrumentos pedagógicos de transmissão de conhecimentos vivenciados no cotidiano. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Nossa proposta metodológica pauta-se pela experiência, pela memória, pela história silenciada de homens e mulheres e por documentos que embasam o nosso conhecimento e nos fazem cientes e conscientes da vida em sociedade. </li></ul><ul><li>Reconhecemos e valorizamos o contexto sociocultural e histórico de nossos alunos e alunas e dos níveis de elaboração do conhecimento. É nosso papel criar situações de aprendizagem e conflito saudável que levem à interação com a temática proposta e assim contribuir para estabelecer um novo “homem/mulher”, sempre melhor. </li></ul>
  9. 9. RECURSOS DIDÁTICOS <ul><li>Apresentação de PPT; </li></ul><ul><li>Mapas da África; </li></ul><ul><li>Textos relacionados. </li></ul>
  10. 10. AVALIAÇÃO <ul><li>Participação e comprometimento com as atividades propostas; </li></ul><ul><li>Autoavaliação </li></ul>

×