Imigração e Refúgio em
São Paulo
o papel da sociedade civil
no processo de reintegração
O que é um refugiado?
• Art. 1.º Será reconhecido como refugiado todo indivíduo que:
• I – devido a fundados temores de pe...
O que é um refugiado?
• Refugiado, asilado, exilado ou anistiado?
• Refugiado é imigrante?
• Mas e os haitianos?
Aspectos gerais do refúgio
• Em 2014, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas
para Refugiados:
• - 14.380.094 de pes...
Refúgio e reintegração
• Barreiras:
- Idioma
- Documentação
- Moradia
- Rede de apoio
- Preconceitos –
xenofobia, raciscmo...
O papel da sociedade civil
• Atuação em prol dos Direitos Humanos
• Construção de rede de solidariedade:
acolhida, orienta...
O papel da sociedade civil:
como engajar?
• ACNUR – www.acnur.org
www.unhcr.org
• Centro de Referência e
Acolhida para Imi...
Obrigado!
Imigração e refúgio em São Paulo: o papel da sociedade civil no processo de reintegração
Imigração e refúgio em São Paulo: o papel da sociedade civil no processo de reintegração
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Imigração e refúgio em São Paulo: o papel da sociedade civil no processo de reintegração

620 views

Published on

igovsp.net/inovaday/

Published in: Government & Nonprofit
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Imigração e refúgio em São Paulo: o papel da sociedade civil no processo de reintegração

  1. 1. Imigração e Refúgio em São Paulo o papel da sociedade civil no processo de reintegração
  2. 2. O que é um refugiado? • Art. 1.º Será reconhecido como refugiado todo indivíduo que: • I – devido a fundados temores de perseguição por motivos de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opiniões políticas encontre-se fora de seu país de nacionalidade e não possa ou não queira acolher-se à proteção de tal país; • II – não tendo nacionalidade e estando fora do país onde antes teve sua residência habitual, não possa ou não queira regressar a ele, em função das circunstâncias descritas no inciso anterior; • III – devido a grave e generalizada violação de direitos humanos, é obrigado a deixar seu país de nacionalidade para buscar refúgio em outro país • Lei 9.474/1997 (Estatuto do Refugiado)
  3. 3. O que é um refugiado? • Refugiado, asilado, exilado ou anistiado? • Refugiado é imigrante? • Mas e os haitianos?
  4. 4. Aspectos gerais do refúgio • Em 2014, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados: • - 14.380.094 de pessoas em situação de refúgio (ou em situação análoga) • - 1.796.310 de pedidos de asilo político • - 32.274.619 de deslocados internos • -Total de quase 55.000.000 de deslocamentos forçados! • Onde: África e Oriente-Médio; Europa; Sudoeste Asiático
  5. 5. Refúgio e reintegração • Barreiras: - Idioma - Documentação - Moradia - Rede de apoio - Preconceitos – xenofobia, raciscmo, esteriotipação, ... - (...)
  6. 6. O papel da sociedade civil • Atuação em prol dos Direitos Humanos • Construção de rede de solidariedade: acolhida, orientação, aprendizado • Relação com poderes públicos: articulação, diálogo, questionamento • Estímulo à autonomia: trabalho lado a lado
  7. 7. O papel da sociedade civil: como engajar? • ACNUR – www.acnur.org www.unhcr.org • Centro de Referência e Acolhida para Imigrantes (CRAI) • Casa de Passagem Terra Nova • OASIS – www.oasis- solidario.com.br • Grupo de Refugiados e Imigrantes Sem-Teto (GRIST) • Instituto Adus de Reintegração do Refugiado – www.adus.org.br • Cáritas Arquediocesana de São Paulo – www.caritassp.org.br • Missão Paz – www.missaonspaz.org.br • Mesquitas • Abraço Cultural – www.abracocultural.com.br • I Know My Rights (IKMR) – www.ikmr.org.br • Helping Hand
  8. 8. Obrigado!

×