Apresentaçao plano de investigaçao

586 views

Published on

Apresentação do Plano de Investigação do projecto de dissertação MCMM - Universidade de Avei

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
586
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentaçao plano de investigaçao

  1. 1. Tendências da Programação Televisiva <br />Infanto-Juvenil VS SIC K<br />Orientando: Hugo Pereira<br />Orientador: Conceição Lopes<br />MCMM | DeCA | UA<br />21 JAN 2011<br />Apresentação<br />Plano de Investigação<br />
  2. 2. Plano de Investigação:<br />Resumo<br />Problema de Investigação<br />Finalidade e Objectivos<br />Enquadramento Teórico<br />Metodologia<br /> - Tipo de Estudo<br /> - Participantes / Amostra <br /> - Métodos e Técnicas de Recolha de Dados<br />Modelo de Análise<br />Cronograma<br />Resultados Esperados<br />Constrangimentos<br />Plano de Contingência<br />Bibliografia<br />
  3. 3. Resumo<br />Comunicação<br />Médium<br />Televisão<br />Programação Infanto-Juvenil<br />Crianças<br />Informação<br />
  4. 4. Problema de Investigação<br />Quais as tendências nacionais e internacionais da programação televisiva infanto-juvenil?<br />Targets<br />Infantes (4 - 9)<br />Tweenies (10 - 13)<br />Teens (14 - 18)<br />Feiras e Mercados<br />
  5. 5. Finalidade e Objectivos<br />Finalidades<br />programação infanto-juvenil -> desenvolvimento integral da criança (criatividade);<br />análise da programação actual para crianças;<br />compreensão da influência da programação no comportamento das crianças;<br />no caso de existirem divergência de interesses entre a programação (emissão) e os interesses das crianças (recepção).<br />Compreensão do binómio crianças – televisão<br />As audiências em questão (a dimensão institucional da televisão). <br />Objectivo Geral<br />caracterização e análise das tendências nacionais e internacionais da programação infanto-juvenil;<br />Exemplo: Géneros, Temáticas, Targets, Horários, Motivações da emissão, …<br />
  6. 6. Enquadramento Teórico<br />A televisão como médium de comunicação singular<br />televisão – acesso ilimitado - meio de comunicação <br />retorno - dimensão institucional - confiança<br />A programação televisiva em canais especializados para crianças<br />televisão – decisão imediata – grelha programação <br />Filosofia canal - targets - públicos – géneros<br />Televisão e Internet: participação dos targets<br />
  7. 7. Modelo de Análise<br />
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10.
  11. 11. Metodologia<br />TIPO DE ESTUDO<br />Estudo de Caso<br />Entrevista<br />Modelo de Osgood - > medir o sentido conotativo dos conceitos de um diferencial semântico<br />Questionário -> Escalas Bipolares de 2 adjectivos opostos<br />AMOSTRAS / PARTICIPANTES<br />Amostra 1 – Responsáveis SIC K (Pedro Boucherie Mendes, Catarina Gil);<br />Amostra 2 – Documentos (Programação – 12 semanas temáticas);<br />Amostra 3 – Programas, Feiras/Mercados, Conteúdos, Tendências e Targets;<br />Amostra 4 – Audiências, Programas + Visualizados, Participação Públicos;<br />Amostra 5 – Concorrência (conteúdos, temas, tendências e audiências).<br />MÉTODOS E TÉCNICAS DE RECOLHA DE DADOS<br />Amostra 1 – Entrevistas, Análise de Conteúdo e Diferencial Semântico;<br />Amostra 2 – Dimensões e Categorias de Análise;<br />Amostra 3 – Análise dos Programas, Feiras, Conteúdos, Tendências e Targets;<br />Amostra 4 – Audiências, Horas Visualização, Preferências, Faixas Etárias;<br />Amostra 5 – Concorrência - Canal Panda (temas, tendências e audiências).<br />
  12. 12. Metodologia<br />Modelo de Osgood - > medir o sentido conotativo dos conceitos de um diferencial semântico<br />Questionário -> Escalas Bipolares de 2 adjectivos opostos<br /> TIPO DE ESTUDO<br />Estudo de Caso<br /> PARTICIPANTES<br />Amostra 1 – Responsáveis SIC K (Pedro Boucherie Mendes, Catarina Gil);<br />Amostra 2 – Documentos (Programação – 12 semanas temáticas);<br />Amostra 3 – Programas, Feiras/Mercados, Conteúdos, Tendências e Targets;<br />Amostra 4 – Audiências, Programas + Visualizados, Participação Públicos;<br />Amostra 5 – Concorrência (conteúdos, temas, tendências e audiências).<br />MÉTODOS E TÉCNICAS DE RECOLHA DE DADOS<br />Amostra 1 – Entrevistas, Análise de Conteúdo e Diferencial Semântico;<br />Amostra 2 – Dimensões e Categorias de Análise;<br />Amostra 3 – Análise dos Programas, Feiras, Conteúdos, Tendências e Targets;<br />Amostra 4 – Audiências, Horas Visualização, Preferências, Faixas Etárias;<br />Amostra 5 – Concorrência - Canal Panda (temas, tendências e audiências).<br />
  13. 13. Cronograma<br />
  14. 14. Resultados Esperados<br />Contribuição para o Conhecimento da SIC K:<br />Identificação das Tendências de Programação (Nacionais e Internacionais);<br />dos impactos da SIC K nos públicos a que se dirige;<br />Contribuição com sugestões decorrentes dos resultados obtidos no estudo.<br />
  15. 15. Constrangimentos<br />Recolha de Dados (Despesas decorrentes da inserção na SIC do investigador para a recolha de dados);<br />Recolha de dados dos canais concorrentes<br />Grelhas de Programação;<br />Targets;<br />Filosofia do Canal;<br />Programas<br />
  16. 16. Plano de Contingência<br />SE<br /> Não conseguir cumprir o Pré-Estabelecido por indisponibilidade temporária e/ou outra razão plausível,<br />Entrada do Plano B<br />Documentação disponibilizada pela SIC K<br />
  17. 17. Bibliografia<br />Buckingham, David, Educaciónenmedios, Paidós, Barcelona, 2005.Buckingham, David, Crecerenla era de los médios electrónicos, Morata, Madrid, 2002; <br />Liz, Carlos; Gervásio, Elsa; Dutschke, Georg; Chaves, Mónica, Kid'sPower - A Geração Net em Portugal, Corroios, Plátano Editora, 2007;<br />Strasburger, Victor C.; Wilson, J. Barbara; Jordan, B. Amy, Children, Adolescents, and the Media , California, Sage,2009; <br />Lurçat, Liliane, Tempos Cativos: As Crianças TV, Lisboa, edições 701995; <br />Pereira, Sara, Por detrás do ecrã - Televisão para as crianças em Portugal, Porto, Porto Editora, 2007; <br />
  18. 18. Correia, Carlos, Televisão Interactiva, a convergência dos media, Lisboa, editorial notícias, 2008; <br />Cádima, Francisco Rui, Desafios dos Novos Media, editorial notícias, 1999; <br />Martins, Luís Oliveira, Mercados Televisivos Europeus: Causas e efeitos das novas formas de organização empresarial, Porto, Porto Editora, 2006; <br />Pinto, Manuel, A Televisão no Quotidiano das Crianças, Porto, Edições Afrontamento, 2000; <br />Lopes, MCO, Ludicidade Humana, Aveiro: Univ. Aveiro e Civitas, 2004; <br />

×