Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Lenda de s. martinho

1,216 views

Published on

Published in: Business, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Lenda de s. martinho

  1. 1. Lenda de São Martinho
  2. 2. Martinho nasceu no ano de 316, em Sabária ( actual Hungria ).
  3. 3. O seu pai era soldado do exército Romano… … e deu-lhe uma educação Cristã.
  4. 4. Aos 15 anos Martinho foi para Itália e alistou-se no exército Romano, tornando-se mais tarde num corajoso general rico e poderoso.
  5. 5. Um dia, de regresso a casa, cavalgava debaixo de forte tormenta. A chuva e o granizo caiam furiosamente, o vento, furioso, uivava e o frio parecia esmagar os ossos.
  6. 6. Ao longe, avistou um mendigo que, quase nu, se confundia com os troncos mirrados e enegrecidos na beira da estrada. Este, estendia um braço descarnado em busca de algum auxílio que o salvasse de uma morte certa.
  7. 7. O  general ao ver o mendigo, ficou de  coração  apertado por tamanha desgraça e comoveu-se. Então, apeou-se do cavalo e passou a sua mão carinhosamente pela do pobre.
  8. 8. Em seguida, desprendeu a espessa e quente capa que o protegia e, com um golpe seguro de espada, dividiu-a em duas partes.
  9. 9. Estendeu uma das metades ao mendigo e agasalhou-se o melhor que pode com a restante...
  10. 10. Apesar de mal agasalhado e  a chover torrencialmente, Martinho continuou o seu caminho, cheio de felicidade... Então, o bom Deus  , ao presenciar este  gesto, fez desaparecer a  tempestade. O céu ficou límpido e surgiu um sol de estio, cheio de luz e calor. Nos três  dias que ainda  durou a  viagem, um  Sol radioso  acompanhou o general .
  11. 11. Todos os anos, em Novembro, somos presenteados com, pelo menos, três  magníficos dias de Sol , para que a  memória dos homens, tantas vezes curta não se esqueça do gesto que  salvou a  vida ao  mendigo. – É  o Verão de S. Martinho
  12. 12. Fim
  13. 13. “Há festa na escola” (Música Apita ao Comboio) I Caem as castanhas Lá no castanheiro Corro a apanhá-las Não gasto dinheiro Refrão II Olha o S. Martinho De Sol a espreitar Uma fogueirinha Toca a festejar III Que lindas que são Ao lume estalar Vamos lá meninos Vamos lá provar Refrão IV Há festa na escola Vamos lá cantar Assar as castanhas E depois brincar Refrão Castanhas quentinhas Que boas que são Cuidado meninos Não queimem a mão

×