Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Obesidade CriançA E Adolescente

6,121 views

Published on

  • Olá
    Eu não sofro com obesidade,mas conheço um amigo que sofria muito com isso, tomava muitos remedios para tentar emagrecer e até conseguia emagrecer,mas depois voltava a engordar de novo.
    Ele me falou que um dia estava pesquisando no youtube sobre como emagrecer e encontrou um video onde uma mulher falava que tinha conseguido perder 8 kilos em apenas 2 semanas com um metodo que ela tinha aprendido em um curso, no inicio ele falou que não acreditou muito, mas quando ele adquiriu o curso e seguiu o passo-a-passo ele conseguiu emagrecer de uma forma inacreditável, ele me falou que foi uma das melhores coisas que aconteceu na sua vida porque hoje ele não sofre mais com obesidade e nem precisa tomar nenhum remedio

    Deixo esse depoimento para fortalecer aqueles que querem se livrar da obesidade, para aqueles que querem saber mais sobre esse curso acessem esse link:http://bit.ly/melhorformadeemagrecer1
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Obesidade CriançA E Adolescente

  1. 1. OBESIDADE Prof. Hudson Junior Fisiologista do Exercício NA CRIANÇA E ADOLESCENTE
  2. 2. O que é a Obesidade? <ul><li>É uma condição patológica na qual o peso corporal de uma pessoa do sexo masculino é de 20 a 25% acima de sua exigência física esquelética. Para o sexo feminino esses valores são de 30 a 35%. </li></ul>
  3. 3. OBESIDADE <ul><li>Foi considerada pela OMS uma epidemia de proporções mundiais, podendo variar de 10 a 20% da população Européia, 20 a 25% da América do Norte, até 40% entre mulheres da Europa Oriental, no Brasil a população Obesa já é de 10% do total. </li></ul>
  4. 4. Causas da Obesidade <ul><li>MEDIADORES MODERADORES </li></ul><ul><li>EQUILÍBRIO = energia in - energia out X ajustes fisiológicos </li></ul><ul><li>ENERGÉTICO </li></ul><ul><li>INFLUÊNCIAS </li></ul><ul><li>Ambiente + Biologia + Comportamento </li></ul><ul><li>Egger & Swinburn 1996 </li></ul>
  5. 5. Causas da Obesidade <ul><li>HEREDITARIEDADE: Pais não obesos 10%, um dos Pais 40%, e chega 80% quando o pai e a mãe são obesos. </li></ul><ul><li>INATIVIDADE: Em </li></ul><ul><li>adolescentes é tão </li></ul><ul><li>importante quanto </li></ul><ul><li>a hiperfagia . </li></ul>
  6. 6. INVOLUÇÃO
  7. 7. Causas da Obesidade <ul><li>INGESTÃO EXCESSIVA DE ALIMENTOS: Fatores psicológicos e sociais podem estar relacionados </li></ul><ul><li>DISFUNÇÃO GLANDULAR: Poucas pessoas de fato, são obesas devido à disfunção glandular (5%) </li></ul>
  8. 8. Fator a considerar <ul><li>Nossa estrutura genética não causa necessariamente a obesidade, porém reduz o limiar para o surgimento da doença (genes da suscetibilidade) e contribui muito para a variabilidade no aumento de peso observado entre indivíduos cuja alimentação diária contém excessos idênticos de energia. </li></ul>
  9. 9. Ingesta x Gasto <ul><li>Para muitos especialistas a diferença entre ter ou não excesso de gordura está na balança entre ingerir e gastar. </li></ul><ul><li>Tudo em que o indivíduo se engaja estará sendo contabilizado no chamado Gasto Energético Total. </li></ul>
  10. 10. Gasto Energético Total <ul><li>Gasto Energético Basal: energia necessária para manter as funções orgânicas em repouso, sendo responsável por 60 a 75% do GET. </li></ul><ul><li>Energia Para Ingestão dos Alimentos: representa 10% do GET. </li></ul><ul><li>Atividades Físicas: É a parte mais variável da equação, 15 a 30%, podendo ser até mais em atletas. </li></ul>
  11. 11. Períodos Críticos de Ganho de Peso
  12. 12. Quem é obeso?
  13. 13. <ul><li>IMC = PESO (Kg) </li></ul><ul><li>ESTATURA 2 (m) </li></ul><ul><li>Ex. IMC = 107 107 36.1 </li></ul><ul><li>1.72 2 2.9584 </li></ul><ul><li>Resultado: Obesidade II Risco Alto para a Saúde. </li></ul>Quem é obeso?
  14. 14. Vulnerabilidade da Avaliação
  15. 15. <ul><li>IMC = PESO (Kg) </li></ul><ul><li>ESTATURA 2 (m) </li></ul><ul><li>Ex. IMC = 107 107 36.1 </li></ul><ul><li>1.72 2 2.9584 </li></ul><ul><li>Resultado: Obesidade II Risco Alto para a Saúde. </li></ul>Quem é obeso?
  16. 16. “ O Exemplo da falha” <ul><li>IMC = 36.1 </li></ul><ul><li>OBESIDADE II </li></ul><ul><li>%GORDURA = 11.5 </li></ul><ul><li>%GORD. ACEITÁVEL = 12.5 </li></ul><ul><li>%MÚSCULO = 56 </li></ul><ul><li>ESTRUTURA ÓSSEA = LARGA </li></ul>
  17. 17. CRIANÇA E ADOLESCENTE
  18. 18. <ul><li>” ...a juventude não participa de atividades físicas, seja educação física ou não, o suficiente para desenvolver a resistência cardiovascular. Por essa razão, a nossa juventude apresenta um risco de desenvolver uma variedade de doenças associadas com o estilo de vida sedentário...” </li></ul>
  19. 19. Características gerais <ul><li>Os jovens estão cada vez mais obesos; </li></ul><ul><li>Somente metade dos jovens exercitam-se vigorosamente; </li></ul><ul><li>As meninas exercitam menos do que os meninos; </li></ul><ul><li>A força na porção superior do corpo é ruim; </li></ul><ul><li>A aptidão aeróbia é ruim; </li></ul><ul><li>Muitos apresentam fatores de risco para doenças; </li></ul>
  20. 20. Tendências gerais <ul><li>A maioria dos especialistas recomenda que os adolescentes sigam as orientações da atividade física dos adultos; </li></ul>
  21. 21. Tendências gerais <ul><li>Antes de atingirem a maturidade, as crianças e os jovens podem aumentar a aptidão aeróbia em resposta à prática de exercícios, mas num grau menor do que os adultos. </li></ul>
  22. 22. Tendências gerais <ul><li>Desde 1988 o Colégio Americano de Pediatria recomenda Musculação para crianças e adolescentes; </li></ul>
  23. 23. Tendências gerais <ul><li>A obesidade em crianças e jovens tem sido associada com a inatividade física. </li></ul><ul><li>Crianças cada vez mais obesas: jovens entre 6 e 17 anos, 22% têm excesso de peso. </li></ul>
  24. 24. Tendências gerais <ul><li>Crianças que praticam exercícios apresentam menor risco de adoecer, embora muitos fatores de estilo de vida estejam envolvidos, parece que a atividade física regular auxilia a manter alguns fatores de risco sob controle, especialmente em crianças e jovens que apresentam maior necessidade de melhoria. </li></ul>
  25. 25. Tendências gerais <ul><li>Adolescentes ativos apresentam menor propensão ao tabagismo e à ingestão de álcool do que os inativos. </li></ul><ul><li>Existe alguns traços que demonstram o hábito de atividade física na vida adulta por influência da infância, porém muitas pessoas se tornam inativas quando fazem a transição da adolescência para a vida adulta. </li></ul>
  26. 26. Avaliação para Prescrição <ul><li>Consulta para observação clínica, </li></ul><ul><li>Rotina de vida, </li></ul><ul><li>História Familiar; </li></ul><ul><li>Histórico de doenças; </li></ul><ul><li>Gostos, preferência e possibilidades </li></ul>
  27. 27. Avaliação para Prescrição <ul><li>Provas e funções; </li></ul><ul><li>Avaliação Postural; </li></ul><ul><li>Avaliação de Flexibilidade </li></ul><ul><li>Histórico de lesões e fraturas </li></ul>
  28. 28. Avaliação para Prescrição <ul><li>Analise de composição corporal; </li></ul><ul><li>Ergometria; </li></ul><ul><li>Ergoespirometria; </li></ul><ul><li>Lactimetria. </li></ul>
  29. 29. Avaliação para Prescrição <ul><li>Orientação para prescrição de exercício personalizado, calçados, roupas, horários, quantidade semanal, duração, intensidades..... </li></ul>
  30. 30. Avaliação para Prescrição <ul><li>Frequência de Treinamento: 3 a 5 vezes por semana. </li></ul><ul><li>Intensidade de Treinamento: </li></ul><ul><li>60 a 90% da FCMAX ou </li></ul><ul><li>50 a 80% do VO 2 MAX. </li></ul><ul><li>Duração: 20 a 60 minutos </li></ul><ul><li>de atividade contínua dependendo </li></ul><ul><li>da intensidade. </li></ul>
  31. 31. Avaliação para Prescrição <ul><li>Tipo de Atividade : qualquer atividade que utilize Grandes Grupos Musculares que seja mantida constante, rítmica e aeróbia por natureza. </li></ul><ul><li>Treinamento de Resistência : </li></ul><ul><li>8 a 10 exercícios envolvendo os </li></ul><ul><li>principais Grupos Musculares </li></ul><ul><li>com séries de 8 a 12 repetições </li></ul><ul><li>pelo menos 2 vezes por Semana. </li></ul>
  32. 32. <ul><li>Diminui a Percentagem de Gordura Corporal; </li></ul><ul><li>Aumenta a Massa Magra; </li></ul><ul><li>Potencializa a Termogênese; </li></ul><ul><li>Diminui a Pressão Arterial; </li></ul><ul><li>Aumenta a Condição Cardiovascular; </li></ul><ul><li>Beneficia a Saúde Psico-social. </li></ul>Efeitos do Exercício na Criança e Adolescente Obesos
  33. 33. FIM

×