Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pag02

226 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Pag02

  1. 1. 02 SEXTA-FEIRA, 2 de MARÇO de 2012 www.horadosul.com.br Artigo Gildo Volpato – Reitor da Unesc (giv@unesc.net) As múltiplas dimensões da formação universitária T emos uma grande preocupação com Até mesmo pensadores de áreas emi- a qualidade da formação acadêmica nentemente técnicas vêm defendendo na universidade. E uma formação de essa necessidade na sociedade atual. Não qualidade passa pela dimensão técnica, é por acaso que Ludwig Von Mises afirma: sem dúvida alguma, pois precisamos “A economia não lida com coisas e objetos garantir que todos os graduados se apro- materiais tangíveis, trata dos homens, suas priem de conhecimentos e desenvolvam ações e propósitos”. O próprio saudoso habilidades que os tornem aptos ao exer- Papa João Paulo II sentenciou: “A econo- cício da profissão que escolheram seguir. mia só será viável se for humana, para o Mas de nada adianta formar somente homem e pelo homem”. tecnicamente. Não adianta formar seres James Hunter defendeu a tese de que humanos hipercapazes de resolver pro- todos os profissionais devem ter caráter, blemas técnicos de sua área, mas que não uma base espiritual muito forte e a cons- tenham atitudes éticas, de humildade, de ciência de que liderança não é poder, e solidariedade, de amizade. Não adianta sim autoridade, conquistada com amor, ser excelente técnico, e sair por aí agre- dedicação e respeito pelas pessoas. Ele dindo gente, usando drogas, maltratando também nos ensina que qualquer que seja pessoas e animais, destruindo a natureza. o produto ou serviço que uma empresa Um dos grandes desafios da atualidade, forneça, ela opera no ramo do relaciona- em qualquer área de conhecimento, mento. Antes de a empresa existir para dar seja nas humanas e sociais, engenharias lucro, ela existe para atender uma necessi- e tecnologias, ciências sociais aplicadas, dade humana. O lucro é um componente saúde, etc, é contribuir com a formação essencial de uma empresa saudável, mas de cidadãos socialmente responsáveis, não é por isso que ela existe. ecologicamente conscientes, pessoas No mínimo estes autores nos fazem solidárias, cooperativas e éticas. refletir e acordar do frenesi fanático em Humanos é o que somos, e as or- que muitas vezes nos encontramos, do ganizações, estruturas e equipamentos trabalho e do lucro a qualquer custo com são apenas meios a serviço do homem a finalidade de acumular bens sem limites, e devem estar dispostos unicamente em numa insatisfação doentia, que destrói a razão da qualidade de vida das pessoas. saúde, a natureza e somente aumenta a Como diz Leonardo Boff, “só nós humanos desigualdade social, a fome e a miséria. podemos sentar à mesa com o amigo Devemos ouvir mais atentamente Le- frustrado, colocar-lhe a mão no ombro onardo Boff quando afirma: “Só o resgate e trazer-lhe consolação e esperança. Ne- do cuidado pode nos salvar. O cuidado nhuma máquina, nenhum computador não se opõe ao trabalho, mas faz com que (nem o mais inteligente) pode fazer isso. ele sirva à vida, à produção da felicidade e Eles não estendem o braço e nos tocam à instauração da convivência. O cuidado carinhosamente nem choram com nossos ajuda a encontrar a justa medida entre o infortúnios. O ser humano sim, porque ele esforço para garantirmos o bem viver de tem um coração que sente a chaga do todos e o tempo para estarmos juntos coração do outro e sabe compadecer-se e celebrarmos a gratuidade da vida e a dele”. beleza da criação”.

×