Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
5%. !-, ‘l: l‘, =.ICirf=  no hmrri» ”A‘s-1 *f. ‘lr1c: <v l_. lFK; lL. E(, l=lFK% Clo Anxr: xr‘“
file Q-'r= .Irfv, ~' CI‘rI...
”Facam morrer tudo o que
pertence a natureza terrena
de vocés:  imoralidade sexual, 
impureza,  paixa”: o, desejos
maus e ...
PAl)_(AO

OBSESSAO EOMANTICA

Tempo Médio de Duracao

2 anos
'-‘.  l} r
‘Av'. l ‘ "2 ' . 
H  . , «

   

 I 4 I l V‘ ; l _-L;  _ ill‘ _ __; ,,_,  ‘; __'. — v I/ ,'¢F‘3~1'.  l H   l(, ...
IRES _3Azc“>_Es PIORQUE
PAIXAO NAO E AMOR

° Qualquer coisa que facamos
apaixonados requerera pouca
disciplina a esforco. ...
IRES 5Azc“>_Es PIORQUE
PAIXAO NAO E AMOR

- A pessoa apaixonada nao esta
genuinamente interessada em
incentivar o crescime...
”Co| apso temporario das reservas do ego [. ..]; 
Uma reacao estereotipada do ser humano a
uma configuracao de tendéncias ...
i| ao se cleve levar em
consicleracao os atos de
bondade praticados por

alguém que se encontre sob
a influéncia da paixao...
, ~ K. ..
I  K. 
L  é~l“~_, :b)f ""
V. 
' 
‘ 

"Satanés esté ativamente empenhado
em influenciar pessoas inteiramente
dese...
FLA

'f: Ir‘rI: I<i> lAléx<iZli<i> C er [’ll. .Ir: rt_; f=‘. 'I<i>

. .'/ ’ “*2
7 L.  .. 
l  ‘
 ll‘. 
‘  P‘,  l
13  7, all...
“. '.<' ‘V
4
.1‘ ll’: 
I .4‘
.4 . >.
r’ l
3' l
fl’ :4.
r’ /1 .  '. 
.-_r A.  .‘ t
[Hf  ‘ ll
.  ' ,  l,  ‘
il  3;
‘w '*. ‘'...
ESTUDO REALIZADO NOS
ESIADOS UNIDOS APONTOU: 

~ 40% dos primeiros casamentos
terminam em divorcio. 

- 60% dos segundos c...
Hwy  . .. J    .  1.  . 
- f_l, §_'é, ,» yfi‘  ‘G     I

 

 j. 

.  l ,  1 “I  ‘ fr,  l I_’j
l ' ~ ‘ - l ' '
l f‘ ‘VI ‘

....
UMA BOA NQTlC| A Aos CASAIS: 

G AMOR E UMA OPCAO

”Mas o amor dE| e [. ..] foi tao
grande,  que de todos os povos
do mund...
o QUE E AMOR? 

- E emocional,  mas nao obsessivo, 
pois une emocao e razao. 

- Nao é um sentimento,  é uma
escolha. 

- ...
Nossa necessidade
emocional bésica como seres
humanos nao é apaixonar-se, 

mas ser genuinamente
amado pelo outro. 

E con...
"O verdadeiro amor nao é uma forte,  ardente
e impetuosa paixao.  Ao contrério,  é calmo e
profundo em sua natureza.  Olha...
if    if ‘ I Se neste casal cada um
I  A souber apenas seu idioma
1}  natural,  0 relacionamento
  estaré comprometido. 

...
“rl; lAiu1rANmENl%3A: EoilW, ,;a3
 “‘ “1“ *l  I “”*nmEmmd, a.

    
   
 

1/ i‘i1cIl*1a1 e: :;; x<: r:E: a 1’17.-Ti1<: > ...
As CINCO LINGUAGENS DO Ml 7 

1* Palavras de Afirmacao

* Qualidade de Tempo

1
ll‘ r:  1.,  l l
1  *1’   « Receber Presen...
; f1{1*11‘5’1jIE»rlTr':1',  _. l1:. r;lljl: I§la1r‘l‘1:31iiléfi A. .r1111:. xr= ; ,   

_[_w  , . ‘. w

 

L
_| 

   1

 
...
Primeira Linguagem do Amor

PALAVRAS DE  A H  M  j i  A

 

_ GENTILEZA E HUMILDADE
‘S 2
. . f ‘
e,  V [5 L/ 
/ i   Alguma...
Segunda Linguagem do Amor  T T
TEMPO DE < t*A V  EH»  K: 

PRéXlMO$,  MAS Mo JUMTOS

T , 
>i  — g E
,  V-’ ‘? "r: ~’~“" M ...
Segunda Linguagem do Amor

 

TEMPO DE I W I  7i.  I    I. 

DIALOGO DE OIIALIDADE

O foco da conversa de qualidade é O
qu...
Terceira Linguagem do Amor

I

RECEBERI I'. I:. ‘7I: I 

_ O VERDADEIRO PRESENTE

 

 /    O presente néio é O presente e ...
Terceira Linguagem do Amor

I

RECEBERI I'. I:. ‘7I: I 

FRESENTE DA PRESENCA

 

I I
  J  J Estar ao lado do seu conjuge ...
Quarta Linguagem do Amor

ATOS DE  _p< }

A EXEMPLO DE SERVIQO

 

  /   ‘ -3 Jesus ensinou Os discfpulos a amar e deu
 d ...
Quarta Linguagem do Amor

ATOS DE SERVICO

VENCENDO O ORGULHO

Muitos homens foram criados ouvindo
que servigo de casa é c...
Quinta Linguagem do Amor

TOQUE II 1 7

O PODER DO TOQUE

 

.  ‘I . 
>1.  - ‘ =  ’ . , . .
  IL/ « Segurar as maos,  beua...
Quinta Linguagem do Amor

Irv

I _
‘ ‘(V
"I

TOQUE H ii 1 7

A CRIADOS PARA SENTIR

I    Em todo nosso corpo ha receptores...
"O amor é paciente,  O amor é

bondoso.  Néo inveja,  nao se
vangloria,  nao se Orgulha. 
Nao maltrata,  nao procura
seus ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

As Cinco Linguagens do Amor

7,293 views

Published on

www.exegese.teo.br

Published in: Spiritual
  • Hey guys! Who wants to chat with me? More photos with me here 👉 http://www.bit.ly/katekoxx
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

As Cinco Linguagens do Amor

  1. 1. 5%. !-, ‘l: l‘, =.ICirf= no hmrri» ”A‘s-1 *f. ‘lr1c: <v l_. lFK; lL. E(, l=lFK% Clo Anxr: xr‘“ file Q-'r= .Irfv, ~' CI‘rI= T1i_i1nIt: ,Iri, gfvXCll‘(Cl£'= .I hAlL. lFlClO ‘: f'l~1E. lCl
  2. 2. ”Facam morrer tudo o que pertence a natureza terrena de vocés: imoralidade sexual, impureza, paixa”: o, desejos maus e a ganancia, que é , ,~ >‘ ido| atria. ” e ‘F’! I ‘ (Colossenses 3:5) 7‘ y H. ij fppt. com
  3. 3. PAl)_(AO OBSESSAO EOMANTICA Tempo Médio de Duracao 2 anos
  4. 4. '-‘. l} r ‘Av'. l ‘ "2 ' . H . , « I 4 I l V‘ ; l _-L; _ ill‘ _ __; ,,_, ‘; __'. — v I/ ,'¢F‘3~1'. l H l(, I_lFilF: l so zéiitiéiil claw M Wa~la7 fl = 9E5;<7‘i<”f) ha <; ;<fxrr, i:<: :ler trier K. »r_fl_ l'l‘ig. €; v 9:7/géiffl Fhrl lrnrltia <, :.l, »<. »M, llll4.I'f[_, _ / /I , . / l e K r ‘ __ Y , ,.. .., i an» my” V ‘”r; i<= f;rS» l 10 I l ll‘/ ill‘ ‘W lg’ ’ F _. _ , , T. ) r~c~. — 1’/ “lH”k"fi‘ e: ’r'r"rv: :l: <:> fixaalal P” ‘'l “H J‘ " meagre
  5. 5. IRES _3Azc“>_Es PIORQUE PAIXAO NAO E AMOR ° Qualquer coisa que facamos apaixonados requerera pouca disciplina a esforco. Da mesma forma que os passaros constroem seu ninho pelo instinto, a natureza do apaixonado impulsiona na realizacao de atos inusitados e nao naturals. fppt. com
  6. 6. IRES 5Azc“>_Es PIORQUE PAIXAO NAO E AMOR - A pessoa apaixonada nao esta genuinamente interessada em incentivar o crescimento pessoal daquela por quem nutre sua paixao. Consciente ou nao disso, a pessoa apaixonada tem em mente apenas terminar com sua propria solidao e talvez assegurar essa solucao através do casamento. fppt. com
  7. 7. ”Co| apso temporario das reservas do ego [. ..]; Uma reacao estereotipada do ser humano a uma configuracao de tendéncias sexuais internas a estimulacoes sexuais externas, as quais designam—se ao crescimento da probabilidade da uniao e do elo sexual. ” I G. Defini<; 'c'io de “PA| XAO" do Médico Psiquidtro M. Scott Peck fppt. com
  8. 8. i| ao se cleve levar em consicleracao os atos de bondade praticados por alguém que se encontre sob a influéncia da paixao (obsessao romantica). ” Uma forca instintiva L impulsiona e suscita acoes ll que vao além do ls comportamento normal. fppt. com
  9. 9. , ~ K. .. I K. L é~l“~_, :b)f "" V. ' ‘ "Satanés esté ativamente empenhado em influenciar pessoas inteiramente desencontradas entre si, a ligarem seus interesses. Ele exulta nesta obra, pois pode assim trazer mais miséria e E g desesperado infortunio a familia T A humana do que exercendo sua V ’ habilidade em qualquer outro sentido. ” Ellen G. White. Cartas aos Jovens Namorados, p. 29 fppt. com
  10. 10. FLA 'f: Ir‘rI: I<i> lAléx<iZli<i> C er [’ll. .Ir: rt_; f=‘. 'I<i> . .'/ ’ “*2 7 L. .. l ‘ ll‘. ‘ P‘, l 13 7, all :14 "EJ I . " 'l" ( if 4 . ‘ ,3‘ . g‘ : l ll’, l Y‘ 1 r wl u ‘I 1 Kg" ‘bl . ,. <*”" : r; _«. -.x3 . l‘il‘l<f’I<fTl<fill‘lE F lvr‘. <: .>llAl~ no A . -i><Al<: > / . I‘ / . “Al x. fl fllf E): <;ix= ar'ir‘rx= mt: anr‘rx<ir: L l, .Il‘l”l l. .|r*Eul»/ a:r': :<: > <Tillile! l"a! l"IlCEl Claw ‘lil. r<iil<i> <i; lLra> l‘lElV/ Pal <fZ<f1ll‘Il‘I€! <fTl<fIl<f> aIrI“. .a: ¢;. lATll"l‘I€1gZEIl'l‘I<fil? i an rxcri: <i; ll- a: ::tfl<ima r“: ”F’<:1'r Cll, .l%? rrre> CE : ;a: lI7 rl? f'<j> ccxml: x'IrlaIr‘r*x<irt; earn rlax<fila . ”
  11. 11. “. '.<' ‘V 4 .1‘ ll’: I .4‘ .4 . >. r’ l 3' l fl’ :4. r’ /1 . '. .-_r A. .‘ t [Hf ‘ ll . ' , l, ‘ il 3; ‘w '*. ‘'l it . ,,1‘. , ii. L ‘g ‘ “ '3 . r:'/ ' Sll , .<*” fr; _«. -3% ‘l. ‘l l: .<fIl‘iIl. 'lIl‘ll, ,Fa’: Il‘ <: iler: :tfinax<:1lt: > an t. .Ilml »/ k<: ila rrI"r: :e: r'? .r/ er . '_. ~ , ___ L_ _. ,. _"_ . _ __ _. from a %‘. ‘§i<, .l_lIl la cla g, re: ra<I<-> <, ,:Er: .:t%x<, .l. =.. (: n%! lrf? EIl'? .ll" a c: l:xrrxex<j: aIr' C E? l‘ICW<iIT term l 4 T : :’k<jilo an = ::: <:: <:x| ha “la rx<: r:: :;ri : ;re: r'r. x<_; .?T C1. a o la <ijl<: > <: jl<: > ll‘Ie! l,. l <: fnri‘ll, ,xg at
  12. 12. ESTUDO REALIZADO NOS ESIADOS UNIDOS APONTOU: ~ 40% dos primeiros casamentos terminam em divorcio. - 60% dos segundos casamentos terminam em divorcio. - 75% dos terceiros casamentos l terminam em divorcio.
  13. 13. Hwy . .. J . 1. . - f_l, §_'é, ,» yfi‘ ‘G I j. . l , 1 “I ‘ fr, l I_’j l ' ~ ‘ - l ' ' l f‘ ‘VI ‘ . - : . if FteiéizorlrIl’%l€54<: ~i'e: r“l <: ilb. ;r€§~. .> cl l"P$Il§<’§léi> l. .lr*in : ‘ g'l<: :<: > jarr*x<: x<: fr<: .:rrléll_‘teérrltxcxri%Tur'i. <:> . | I 3 ' ’ ' . ..e! r“I. r.c. x.<: > <: flla<: :'i<i2llr‘. l «:1la: ::e: W<: *xll/ err <: > ‘ ¢; Ijrfr}l«: Ii’ Y/ '§J, i’rI, li<§i, l<i§. l§é-Ill? > f, :1“<: ‘I'r' i‘I<jr, S:: i<it> <: :<? ?xirn)lt. rgre: . stggrltserm
  14. 14. UMA BOA NQTlC| A Aos CASAIS: G AMOR E UMA OPCAO ”Mas o amor dE| e [. ..] foi tao grande, que de todos os povos do mundo Ele escolheu vocés, e ate 0 dia de hoje vocés sao o seu povo escolhido. ” (Dt 10:15, NTLH) fppt. com
  15. 15. o QUE E AMOR? - E emocional, mas nao obsessivo, pois une emocao e razao. - Nao é um sentimento, é uma escolha. - Envolve o ato da vontade e requer disciplina, pois reconhece a necessidade de crescimento pessoal. fppt. com
  16. 16. Nossa necessidade emocional bésica como seres humanos nao é apaixonar-se, mas ser genuinamente amado pelo outro. E conhecer o amor que ) ‘l l/ cresce com base na razao e . , na escolha e nao no instinto. Preciso ser amado por ii alguém que escolheu me l; ‘. _g, amar. fppt. com
  17. 17. "O verdadeiro amor nao é uma forte, ardente e impetuosa paixao. Ao contrério, é calmo e profundo em sua natureza. Olha para além das meras exterioridades, sendo atraido pelas qualidades apenas. E sébio e apto a discernir, e sua dedicacao é real e permanente. ” Ellen G. White. ls Cartas aos Jovens Namorados, p. 30 fppt. com
  18. 18. if if ‘ I Se neste casal cada um I A souber apenas seu idioma 1} natural, 0 relacionamento estaré comprometido. fppt. com
  19. 19. “rl; lAiu1rANmENl%3A: EoilW, ,;a3 “‘ “1“ *l I “”*nmEmmd, a. 1/ i‘i1cIl*1a1 e: :;; x<: r:E: a 1’17.-Ti1<: > : :e> : :e: r*ItTIr'é1 mr. <:ila an = ::<;1re1;z: :r111l 1“"ri€4l. .l ? .,lll‘I<f’ll' rxcnrl afar artxamarg; rial llrx ci1,. :a1g; ran*1 <; l1,. ra ( all a1g1.ra1*x<: :ll1a1 xair a1r‘1‘. r.. <:iE:1, 1:; l1.. ua : x<: Ax<: ile Siesr Clll%! l*$! l"ilIE‘l cilai f! <:.1r'r*1“1a1 <i; lL. ra 6!lEl :5lli‘ll"€1!. l’iI<filall ziesr EIf'1‘l€~‘. I.<fi. l1‘: ‘.L €1‘§1;1‘1r§Em1
  20. 20. As CINCO LINGUAGENS DO Ml 7 1* Palavras de Afirmacao * Qualidade de Tempo 1 ll‘ r: 1., l l 1 *1’ « Receber Presentes ~ Formas de Servir 1., ‘ 0 Toque Fisico fppt. com
  21. 21. ; f1{1*11‘5’1jIE»rlTr':1', _. l1:. r;lljl: I§la1r‘l‘1:31iiléfi A. .r1111:. xr= ; , _[_w , . ‘. w L _| 1 1: I 1. Era ; :. F" R > I. . E!}P. l<: :1ii. i,; l?A; l.A&. »i. ;E§t_l'<: > 1-1 ; x1:1‘xa1~11:; n.1l l: iit: i1rlT‘It. a are 1:: a1..1 1:: c:1*; l1.. r;j1a a. m 11§1r': r-. -.11; <: lL. j as t. ‘r1;«; x;; iL. Ir'<i: > ; TI<fX<? Ilf-l ; ::: i::1rl a*: :;1xar': n1‘x<: :l1:. > '; ?X<i1li’” «: ;1.. E.r:1 p: r,1la1»/121:; Gila airx<: :c:1rajhrrrxelriitfii1. :9 ifiggraserm
  22. 22. Primeira Linguagem do Amor PALAVRAS DE A H M j i A _ GENTILEZA E HUMILDADE ‘S 2 . . f ‘ e, V [5 L/ / i Algumas vezes as palavras dizem uma ‘ ‘ coisa, mas 0 tom de voz diz outra. Seu ‘Ll % ‘J . cénjuge interpretaré a mensagem com Ii 3 base no tom de voz. J r. 2.1 _ fppt. com
  23. 23. Segunda Linguagem do Amor T T TEMPO DE < t*A V EH» K: PRéXlMO$, MAS Mo JUMTOS T , >i — g E , V-’ ‘? "r: ~’~“" M I / Q Duas pessoas sentadas no sofa da sala E ‘ assistindo TV estéo proximas, mas néo juntas. Estar junto é algo que ocorre quando o conjuge é o foco da sua H atengéo. fppt. com
  24. 24. Segunda Linguagem do Amor TEMPO DE I W I 7i. I I. DIALOGO DE OIIALIDADE O foco da conversa de qualidade é O que estamos ouvindo e néo O que iremos dizer. Devo me concentrar em ouvir com interesse tudo que meu conjuge tem a dizer com objetivo de entender seus pensamentos, sentimentos e desejos. fppt. com
  25. 25. Terceira Linguagem do Amor I RECEBERI I'. I:. ‘7I: I _ O VERDADEIRO PRESENTE / O presente néio é O presente e sim um d % simbolo do pensamento de alguém que ' % L lembrou de vocé. O presente é O I pensamento expresso em amor. I ‘. .I fppt. com
  26. 26. Terceira Linguagem do Amor I RECEBERI I'. I:. ‘7I: I FRESENTE DA PRESENCA I I J J Estar ao lado do seu conjuge quando ele / precisa é O presente mais importante AA que ele receberé, mesmo que isso te * % I ‘Ex faga abrir méo de algo que vocé goste I muito. Amor é entrega! ‘ IIM fppt. com
  27. 27. Quarta Linguagem do Amor ATOS DE _p< } A EXEMPLO DE SERVIQO / ‘ -3 Jesus ensinou Os discfpulos a amar e deu d % O exemplo de como expressar esse amor * % L I quando pegou uma bacia e uma toalha Ii 3 e comegou a Iavar Os pés deles. If I‘: _ fppt. com
  28. 28. Quarta Linguagem do Amor ATOS DE SERVICO VENCENDO O ORGULHO Muitos homens foram criados ouvindo que servigo de casa é coisa de mulher. Homem e mulher tem habilidades diferentes para O lar, mas um deve ajudar O outro para que O amor reine no lar. fppt. com
  29. 29. Quinta Linguagem do Amor TOQUE II 1 7 O PODER DO TOQUE . ‘I . >1. - ‘ = ’ . , . . IL/ « Segurar as maos, beuar, abragar e se ' 7 / “iii”, . , f d . I amar sao ormas e comunlcar amor ao % conjuge. Um abrago carinhoso de bom ‘I p T T dia comunica amor. Nao basta qualquer I3 toque, tem que ser O toque do amor. ‘ "A ‘ ‘ 1’ fppt. com
  30. 30. Quinta Linguagem do Amor Irv I _ ‘ ‘(V "I TOQUE H ii 1 7 A CRIADOS PARA SENTIR I Em todo nosso corpo ha receptores O5?’ A ’ % sensiveis ao tato. E seu conjuge quem ‘I p A E vai te ensinar Onde, quando e como um if toque seré expressao de amor. fppt. com
  31. 31. "O amor é paciente, O amor é bondoso. Néo inveja, nao se vangloria, nao se Orgulha. Nao maltrata, nao procura seus interesses, néo se ira ‘facilmente, nao guarda rancor. O amor nao se alegra J com a injustiga, mas se alegra 7 LI‘ tr“: II E 2 r *’ V com a verdade. Tudo sorre, T I tudo cré, tudo espera, tudo _ supOrta. " I', f (1 Corintios 1324-7, NVI) fppt. com

×