Successfully reported this slideshow.

Tratamento de excees slide trabalho

943 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Tratamento de excees slide trabalho

  1. 1. Tratamento de Exceções<br />Instrutor: Douglas Del Frari<br />Email: douglas.frari@gmail.com<br /><ul><li>Rodrigo Sales- rodrigosbq@gmail.com
  2. 2. HigorKlecyus – higorklecyus@hotmail.com
  3. 3. Emerson Araújo – emersonloucura@hotmail.com
  4. 4. Iolanda Daniele- io.l@hotmail.com </li></li></ul><li>Motivação<br />Por muitas vezes ocorre que ao inserir ou manipular dados em Java ou qualquer outra linguagem, por não ser abordado na lógica do programa o tratamento desses dados, vários problemas de execução.<br />Este trabalho visa de forma simples diminuir o percentual de risco de programas a serem desenvolvidos.<br />
  5. 5. O que significa Tratamento de Exceções ?<br />A exceção é um método que serve para sinalizar alguma falha.<br />Ao lançarmos esse método no código ele gera uma interrupção rapidamente do código que a gerou.<br />Após isso o controle de execução fará com que ele volte para o começo do código onde ele foi interrompido e retornar a exceção lançada.<br />
  6. 6. Motivações para Exceções<br />Em relação aos métodos com exceções nós podemos detectar uma falha, porém não quer dizer que não esteja apto a resolver o problema do seu método.<br />Se colocarmos o tratamento de falhas durante todo o fluxo normal de código, corremos o risco de estar comprometendo a capacidade de entendimento do mesmo.<br />
  7. 7. Exceções em Java<br />Em java as exceções são representadas por classes. São inicializadas através do comando throw e são manipuladas pela estrutura try-catch-finally.<br />Para ser um método de exceção deve seguir as instruções anteriores.<br />Uma classe que represente exceção deve ter relação a uma certa hierarquia.<br />
  8. 8. Tipos<br />Em Java existem dois tipos de exceções, são eles:<br />Checked Exceptions;<br />Unchecked Exceptions.<br />
  9. 9. Checked Exceptions<br />Essas exceções são usadas para modelar as falhas contornadas. Ela precisa ser declarada nos métodos que as lançaram e que precisa ser tratadas.<br />Esse método de exceção deverá ser checado pelo compilador para ter certeza que está sendo tratada ao ser recebido e que será declarada.<br />
  10. 10. Unchecked Exceptions<br />Ao contrário do outro tipo de exceção essa será usada para modelar as falhas incontornáveis.<br />Ela não será checada pelo compilador. E normalmente não criamos exceções desse tipo, ela é usada normalmente pela linguagem para mostrar os erros. <br />
  11. 11. Exemplo 1<br />Considerando a classe:<br />importjava.io.BufferedReader;<br />importjava.io.InputStreamReader;<br />importjava.io.IOException;<br />publicclass Ex1 {<br />publicstaticvoidmain(String[] args) {<br />BufferedReaderdataIn = newBufferedReader(new<br />InputStreamReader(System.in));<br />String name = "";<br />System.out.print("Digite seu nome:");<br />try {<br />name = dataIn.readLine();<br />} catch (IOException e) {<br />System.out.println("Erro!");<br />}<br />System.out.println("Olá " + name +"!");<br />}<br />}<br />
  12. 12. Exemplo 2.01<br />Classe não tratada:<br />String menu = "LISTA DE ALUNOS " +<br />"1 --> Cadastrar aluno " +<br />"2 --> Listar aluno " +<br />"3 --> Sair";<br />do{<br />String op = JOptionPane.showInputDialog(menu);<br />num = Integer.parseInt(op);<br />
  13. 13. Exemplo 2.02<br />Classe tratada:<br />String menu = "LISTA DE ALUNOS " +<br />"1 --> Cadastrar aluno " +<br />"2 --> Listar aluno " +<br />"3 --> Sair";<br />do{<br />String op = JOptionPane.showInputDialog(menu);<br />try {<br />num = Integer.parseInt(op);<br />} catch (NumberFormatException e) {<br />// TODO Auto-generated catch block<br />JOptionPane.showMessageDialog(null, "Digite uma das Opcoes dadas");<br />} finally {JOptionPane.showMessageDialog(null, "Fim"); //opcional<br />}<br />
  14. 14. Conclusão<br />Observamos que o estudo sobre Tratamento de Exceções é essencial, já que o mercado necessita de programas que apresentem a menor quantidade de falhas possíveis, sendo assim, este estudo é aplicável a uma grande gama de interessados<br /> Por fim, constatamos que a experiência de construir esta apresentação é de extrema importância para nós estudantes da Programação Orientada a Objetos, pois exercita os conceitos lógica e programação.<br />

×